22/03/17 | 17:46
Análise do IAS aponta impacto positivo com o projeto piloto “Amigos do Zippy” na rede municipal de ensino

Avaliação amigos ZIPPY. Aud Semed. Fotos Cleomir Santos (14)Após um ano de implantação do projeto piloto “Amigos do Zippy”, desenvolvido pela Associação pela Saúde Emocional de Crianças (Asec), em parceria com o Instituto Ayrton Senna na rede municipal de ensino de Manaus, foi constatado que houve um impacto positivo em aspectos como inteligência emocional, afetividade e civilidade.

Os dados foram apresentados durante palestra feita pelo Professor Doutor e economista chefe do Instituto Ayrton Senna (IAS), Ricardo Paes Barros, na tarde desta quarta feira, 22/3, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Durante a apresentação, o educador destacou os impactos e resultados obtidos com o “Amigos do Zippy” e o “Se Liga”, que trabalha com alunos em distorção idade/série e com a dificuldade de aprendizagem.

O programa “Amigos do Zippy”  trabalha o lado emocional, ensinando os alunos a lidarem com as dificuldades do dia a dia, a identificarem seus sentimentos e saberem como lidar com eles.

Avaliação amigos ZIPPY. Aud Semed. Fotos Cleomir Santos (27)Na oportunidade, a  secretária da Semed, Kátia Schweickardt, destacou que, nos últimos três anos, a secretaria tem priorizado duas frentes de atuação. Segundo ela, uma é valorização dos professores, com programa de tutoria, mudando o perfil das formações, disponibilizando formação continuada e permanente, em cima das limitações de cada professor para enfrentar as dificuldades de sala de aula; e outra são estratégias voltadas para aprendizagem dos  alunos.

Ela destacou ainda a importância da parceria com IAS. “Esta parceria está nos ajudando a superar e garantir o direito de aprendizagem, além de diminuir a distorção de idade/ano. Por isso, vemos esta parceria como fundamental  e como um suporte no nosso fazer pedagógico”, salientou.

Avaliação amigos ZIPPY. Aud Semed. Fotos Cleomir Santos (32)Os resultados apresentados foram mensurados a partir de questionários socioemocionais, com pais e alunos; além de entrevistas com professores e, em seguida, a compilação de dados analisados pelo Instituto Ayrton Senna. Segundo o representante do IAS, o economista Ricardo Paes Barros, a partir da análise feita pela Semed e, em seguida, pela equipe multiprofissional do IAS foi possível comprovar que houve um impacto positivo depois da implantação do Programa “Amigos do Zippy” na rede municipal de educação.

“Este procedimento permite comparar as escolas que tiveram “Zippy” e “Se Liga” com aquelas que só tiveram “Se liga”, permite também  identificar o impacto a nível do Zippy, que é usado em mais de 30 países e universalmente usado na Lituânia e Dinamarca”, explicou.

Segundo a coordenadora municipal do IAS, Neuza Viana, com a implementação do Programa “Amigos do Zippy”, uma  parte das  escolas beneficiadas com as ações do IIAS, no ano de 2016, executava somente o Programa “Se liga” e uma outra parte o “ Amigos do Zippy” integrado ao “ Se liga”.

“Parte das turmas do “Se Liga” tinham o Se liga normal e outras tinham o “ Amigos do Zippy, que trabalha a questão da inteligência emocional dos alunos”, explicou.

 

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054