29/08/14 | 15:30
Alunos são premiados em concurso sobre a dengue e o tabagismo

Doze alunos de escolas da rede municipal de educação foram premiados, nesta sexta-feira, 29, na cerimônia de divulgação dos vencedores do IV Concurso sobre Dengue e do V Concurso sobre Tabagismo, lançados, no dia 30 de maio, pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A cerimônia foi no auditório da sede da Prefeitura de Manaus, na Avenida Brasil, Compensa 1.

O concurso premiou os três primeiros colocados nas categorias desenho e slogan, tanto em dengue, que teve 298 trabalhos inscritos, quanto em tabagismo, que recebeu a inscrição de 371 trabalhos.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que os dois concursos são realizados anualmente e representam uma ação de saúde pública que é imprescindível no combate às doenças, envolvendo crianças e adolescentes, e integrando saúde e educação. “Não é possível mudar nada sem educação e conscientizar os estudantes é essencial na obtenção de sucesso das ações de saúde pública. Cada criança, que é incentivada a pensar sobre os problemas de saúde, acaba se tornando um agente multiplicador de informações dentro de casa e na própria comunidade”.

Os trabalhos premiados foram selecionados por uma banca avaliadora que teve a participação de membros da Fundação de Medicina Tropical (FMT/AM), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (Fcecon)  e da Liga Amazonense Contra o Câncer (LACC).

A pesquisadora Ilea Brandão, do Inpa, que participa do concurso há cinco anos, explica que a qualidade dos trabalhos selecionados nas escolas está melhorando a cada ano. “O concurso é importante por ser uma estratégia que modifica a ação das pessoas. Faz com que os alunos reflitam sobre o tema e observem o comportamento no seu entorno. Os trabalhos mostram que eles estão buscando as alternativas e expressam isso nos desenhos e slogans. Além disso, o número de trabalhos avaliados vem aumentando a cada edição do concurso, o que mostra a motivação dos professores em relação à atividade”.

Premiação

Todos os alunos foram premiados com certificados. Os terceiros colocados ganharam gravadores. Os alunos que ficaram em segundo lugar foram premiados com bicicletas. Já os primeiros colocados ganharam notebooks e troféus.

Uma das premiadas foi a estudante Ana Caroline dos Santos Melo, que venceu em primeiro lugar na categoria slogan do concurso sobre Tabagismo. “Aprendi que o tabagismo faz muito mal para a saúde, principalmente para o pulmão, e queria montar uma frase que ajudasse as pessoas a abandonar o tabagismo”, explicou.

Aluna do sexto ano da Escola Municipal Maria do Socorro Azevedo, no bairro Jorge Teixeira, Ana Caroline diz que recebeu informações sobre o Tabagismo na escola para formular o slogan vencedor: “Tabagismo é a droga que faz mal ao coração, muita gente usa e nem pensa no pulmão”.

Três alunos de uma mesma turma (4º ano C) da Escola Municipal Thomás Meireles venceram a categoria desenho.  A professora da sala, Soraya Freire, comentou sobre o trabalho realizado e se emocionou com a colocação dos alunos.  “Nosso objetivo é fazer com que as crianças desenvolvam competências e habilidade. Na realidade, o mais importante de tudo isso é a participação desses alunos e a satisfação que isso nos traz. Esse estímulo a produzir e o despertar para a questão social é muito importante porque enquanto não concebermos a educação no contexto da realidade social, fazendo esse link entre os problemas sociais e da escola, não corre a educação”.

Depois de trabalhar o tema dentro da sala de aula, o aluno Victor Israel Santos de Souza, 9, se inscreveu no concurso e ficou em segundo colocado na categoria de desenhos. “Eu desenhei um relógio pensando em algumas ações que podemos fazer para prevenir a dengue. Estudamos bastante o tema na escola e pedi ajuda dos meus pais para fazer o desenho. Eu não esperava ganhar, mas aí eu ganhei e estou muito feliz”, contou.

O slogan “A dengue está aí, vamos combater e não deixar ela agir”, da aluna Valcineide Souza da Silva, 11, da Escola Municipal Francisco Campos Corrêa, ficou em segundo lugar. “Eu mesma criei o slogan depois de ter participado de palestras sobre a dengue. Aprendi muitas coisas, principalmente os meios de prevenir”, comentou.

Confira a lista dos alunos vencedores:

Concurso ‘Dez Minutos contra a Dengue’

Desenho

1º Karoline da Silva Nogueira – Escola Municipal Thomás Meireles
2º Victor Israel Santos de Souza – Escola Municipal Thomás Meireles
3º Kayllan Lima de Lima – Escola Municipal Thomás Meireles

Slogan

1º Eric Dezincourt Serrão – Escola Municipal Vicente de Paula
2º Valdineide Souza da Silva – Escola Municipal Profª Francisca Campos Corrêa
3º Josielhe Souza Nascimento – Escola Municipal Profª Francisca Campos Corrêa

Concurso ‘Acenda a luz do seu coração e apague o cigarro da sua mão!’

Desenho

1º Kesia Kelly Neves Lemos – Escola Municipal Olga Gultmann Benário
2º Júlio César Guimarães Carvalho – Escola Municipal José Tavares de Macedo
3º Maria Isabela de Paiva Cavalcante – Escola Municipal Irmã Dulce

Slogan

1º Ana Caroline Melo – Escola Municipal Maria do Socorro Azevedo
2º Juliana Gomes Pereira – Escola Municipal Escola Municipal Profª Francisca Campos Corrêa
3º Stela Soares de Souza – Escola Municipal Profª Francisca Campos Corrêa

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio/Semsa e Luana Carvalho/Semed

Fotos: José Nildo/Semsa