26/09/14 | 11:33
Alunos recebem esclarecimentos sobre doação de órgãos

Foi realizado na tarde desta quinta-feira, 25, o encerramento do 1º Encontro de doação de Órgãos, da Escola Municipal Padre Sebastião Luiz dos Santos Puga Barbosa, localizado no Japiinlândia, zona Sul. O objetivo, segundo a gestora da unidade de ensino, Vera Núbia dos Santos, foi de alertar os alunos para a importância da doação e transplante de órgãos.

De acordo a gestora, a campanha sobre a doação de órgãos foi realizada em parceria pelas secretarias municipais de Educação (Semed) e de Saúde (Semsa) e foi voltada, principalmente, para os alunos do 8º e 9º anos, para que eles possam atuar como multiplicadores dentro da escola e da comunidade.

“No começo do mês passado houve uma palestra para os alunos dos 8º e 9º ano, ministrada por profissionais da Central de Transplantes do Amazonas, da Semsa. Neste dia foram tiradas todas as dúvidas dos alunos sobre como, para quem, quando e em que situação pode se doar um órgão. Temos 1.060 alunos e não poderia ser passado para todos de uma só vez, por isso escolhemos os alunos que estão concluindo, que são os mais velhos, para que eles pudessem repassar para os alunos mais novos e para a comunidade. Eles têm agora o dever de atuar como multiplicadores, espalhando a importância da doação e do transplante de órgãos”, relatou.

Responsável pelo programa Saúde na Escola, a agente de saúde Auristela Brasil Brito, informou que apesar do grande número de alunos, nenhuma turma ficou de fora da campanha.

“Foi trabalhado o assunto com os alunos do 1º ao 5º, pelo professor responsável por todas as matérias, e para os alunos do 6º ao 9º o professor de Ciências ficou responsável de desenvolver o conteúdo. O tema foi abordado por meio de palestras, para alunos e pais, filmes, cartazes, folders da campanha foram colocados nos comércios na comunidade, tudo com o objetivo de tirar dúvidas, transformando os pais também em multiplicadores, pois eles ainda são os quem têm mais dúvidas sobre o assunto”, informou.

 

A aluna Gabriela Maia, do 9º ano, foi uma das alunas que apresentou trabalhos no encerramento. Orientada pelas professoras de ciências Sandra Botelho e Silvana Carvalho, ela informou que não sabia muito sobre a doação de órgãos e que agora pretende ser uma doadora.

“Eu aprendi que é importante a doação, pois cuidando da minha saúde, quando eu falecer eu posso salvar vidas, mas se não me cuidar eu não vou poder ajudar ninguém. Aprendi, ainda, que pode se doar órgãos ainda em vida, como o rins e o fígado, coisa que eu não saia”, destacou.

TEXTO: JOÃO PEDRO FIGUEIREDO

FOTOS : CLEOMIR SANTOS

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054