09/10/14 | 17:19
Alunos lançam livros e organizam tarde de autógrafos no encerramento da Semana do Livro Infantil no Cmei Wilson Mota Reis

Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Wilson Mota Reis, localizado no bairro Redenção, zona Centro-Oeste, realizaram apresentações artísticas na tarde desta quinta-feira, 9, para marcar o encerramento da Semana do Livro Infantil.

De acordo com a gestora da unidade, Berenice da Silva, foram trabalhados vários temas com os alunos durante a semana abordando a literatura, as lendas, parlendas e música.

“Todos os professores se empenharam para passar para os alunos um bom conteúdo, eles trabalharam as lendas, parlendas, textos literários, usaram o livro ‘O Leão e a Libélula’ como referência para trabalhar a história e, no final, todas as oito turmas produziram o livro deles mesmos, foi bem interessante”, informou.

A dona de casa Terezinha Dias de Almeida, mãe do aluno Ismael Dias, 6, informou que sempre que pode participa das atividades do filho na escola e acredita que trabalhos como este incentivam os alunos para a leitura.

“É uma aprendizagem a mais para os alunos, é um incentivo à leitura, mesmo que seja de uma forma mais descontraída, em forma de brincadeira, mas no fundo o aluno entende o que as professoras tentam passar, que é o incentivo para as histórias. Quando tem atividades como estas, o Ismael fica estudando em casa, decorando o que tem que apresentar e lendo os livros”, relatou.

A aluna Sarah Ester, 6, disse que gostou de aprender sobre a história infantil.

“Eu gostei fazer o livro, gostei de desenhar e gostei mais de aprender sobre as histórias infantis. Ainda aprendemos sobre dar autógrafos”, contou.

Autora do livro ‘O Leão e a Libélula’, Alessandra Karla Leite, participou do evento, conversou com os alunos e trocou ideias sobre o livro.

 “O retorno é muito especial, pois quando você escreve vai ganhando uma dimensão que você não imagina, no meu caso foi algo muito por realização pessoal. A aceitação do livro é boa e cada faixa etária entende de uma forma, os alunos conversaram comigo sobre como eles entenderam a história, que fala da amizade entre o leão e a libélula, que ele fica triste porque não pode voar e no final, depois de uma lágrima da libélula ele acaba ganhando asas. Por isso que pode ser trabalhada a questão da amizade, do amor, da diferença e da preservação da natureza”, relatou.

Leite ressaltou, ainda, a importância da aproximação do escritor amazonense com as crianças.

“É muito legal, fui aceita de uma forma muito pessoal e acredito que quando acontece esse tipo de convite acaba incentivando os alunos para o interesse da leitura, pois o livro marca a infância de uma pessoa”, finalizou.

Os alunos, junto, com a autora, ainda realizaram uma sessão de autógrafos nos livros que eles produziram.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Rodemarques Abreu

 

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054