27/08/15 | 16:40
Alunos do Projovem Urbano apresentam Festival Folclórico

RRA_0982O resgate da história da Amazônia, por meio das lendas, foi o tema abordado na noite desta quarta-feira, 26, no Festival Folclórico apresentado pelos alunos do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano), que aconteceu no Clube Municipal, localizado no bairro de Flores, zona Centro-Sul.
Cerca de mil alunos das escolas municipais Firme na Fé, Themistocles Gadelha, Eliana Lúcia, Graziela Ribeiro, Sabá Raposo e Leonor Uchoa, que oferecem o Projovem Urbano, encenaram as lendas da Cobra Grande, da Iara, Boto, Uirapuru, do Guaraná e do Mapinguari.

De acordo com a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, o trabalho com as lendas é um mecanismo para que os alunos aprendam e guardem o conteúdo passado em sala de aula. “É o resgate do nosso contexto amazônico. O aluno passa a conhecer a história da nossa região por meio das lendas”, destacou.

RRA_1033A coordenadora do Projovem, Magna Galvão Collyer, acrescentou que este é um evento que acontece todos os anos para envolver os alunos. “O festival é uma meta alcançada por todos nós. É o resultado de um esforço do trabalho dos professores e de toda a equipe das escolas que oferecem o programa. Contamos sempre com o apoio do Clube Municipal que sempre nos concede o espaço para a realização dos nossos eventos”, destacou.

O aluno Marcelo da Silva Soares, 29, ressaltou a importância do programa que lhe concedeu a oportunidade de retomar o sonho de se tornar engenheiro. “Passei quase dez anos sem estudar e encontrei no Projovem essa oportunidade. Minha profissão é ceramista e espero, um dia, me formar em engenharia”, disse.

RRA_1055Para o gerente da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Semed, Weyder Ricardo Bindá, o Projovem Urbano soma-se com outros programas da secretaria que oportunizam a jovens e adultos o acesso ao conhecimento.

“O Projovem é um programa que vem juntar-se ao projeto de excelência de educação e aprendizagem de pessoas jovens e adultas na cidade de Manaus. É um programa federal que junto ao EJA, primeiro e segundo segmento, e o Promeapi, faz com que a Semed dê uma resposta efetiva nos estudos de jovens e adultos”, informou.

A primeira-dama do município, Goreth Garcia Ribeiro, participou do festival e destacou a importância do desenvolvimento social a partir da participação e educação de jovens e adultos. “Fiz questão de vir, representando nosso prefeito Artur Virgílio Neto, pois a Prefeitura de Manaus apoia esse projeto que a cada ano resgata mais jovens para as salas de aula. Desejo sempre mais sucesso e um belo futuro aos participantes”.

Projovem
O Projovem é destinado às pessoas que tenham de 18 a 29 anos, que saibam ler e escrever, mas que ainda não concluíram o Ensino Fundamental. Com duração de 18 meses, o programa oferece qualificação profissional inicial na área de alimentação e cursos de informática.

Texto: João Pedro Figueiredo
Foto: Rodemarques Abreu

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054