29/08/17 | 13:55
Alunos do 9° ano de escolas rodoviárias participam de aulão preparatório

Aproximadamente, 200 alunos do 9° ano do Ensino Fundamental, de escolas municipais da zona Rural/Rodoviária da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participaram da 1ª edição do Aulão Preparatório Pró-Ideb, que aconteceu, na manhã desta terça-feira, 29/8, no auditório da Escola Municipal Maria Leide Amorim, localizada na Comunidade São João, no quilômetro 4, da BR-174.

A ação foi promovida pela Divisão Distrital Zonal Rural (DDZ Rural) com o intuito de melhorar a qualidade do aprendizado dos estudantes, bem como prepara-los para a Prova Brasil, avaliação nacional do Ministério da Educação (MEC) que compõe a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e que será realizada em novembro deste ano. A meta da rede pública municipal de ensino de Manaus é ficar entre as dez capitais brasileiras com o melhor desempenho no índice.

O momento desta terça foi destinado aos alunos do 9º ano, mas, tanto os do 5º ano, quanto os de escolas da zona Rural/Ribeirinha, também serão contemplados com essa ação. A chefa da DDZ Rural, Edilene Pinheiro, contou que todos os educadores da divisão estão empenhados em elevar os índices educacionais da rede. “Essa é uma das ações do Pró-Ideb. Hoje, há nove escolas envolvidas. A Divisão Rural está trabalhando para que consigamos um resultado significativo com as escolas do campo”.

O ação possui dois formatos, que são o aulão do 9º ano e o aulão do 5º ano, que funcionam com estratégias diferentes, mas o formato básico de ambos visa dinamizar e intensificar o conhecimento dos estudantes sobre a prova.

A gerente pedagógica da divisão, Marilene Gomes, explicou como se dá o funcionamento do aulão. “É uma aula diferenciada, bastante dinâmica, onde se fala um pouquinho de todos os itens que são importantes para a criança não esquecer no dia da prova, por exemplo, sobre o gabarito, como ele deve assinar. Então, através de jogos e brincadeiras, acabamos elaborando uma aula diferenciada”.

Apesar do clima de descontração, os alunos entenderam a importância da Prova Brasil, não só pelo resultado, mas para o futuro deles mesmo, como relata a aluna Jamilly Freitas, que está no 9º ano na Escola Municipal Abílio Alencar. “Essa aula é fundamental porque na hora da prova ocorrem muitos erros e como eles explicam a forma correta de preencher o gabarito, fica mais fácil, porque muitos alunos acabam se distraindo e errando bastante na hora de preencher. É muito importante para nossa educação, principalmente, para a educação aqui no Amazonas”.

E não apenas os alunos estão engajados para o sucesso na prova. Escolas e professores também traçaram estratégias diferenciadas para conseguir um bom resultado. A professora Erika Souza, que ensina Língua Portuguesa para os alunos do 9º ano da Escola Municipal Abílio Alencar, falou sobre as ações que estão utilizando na sua escola. “Também estamos fazendo uns aulões especiais para eles. Mais ou menos como está sendo feito aqui, além das aulas, entra o esporte para que eles possam ficar mais atraídos à ação. Procuramos fazer as aulas com qualidade, o que servirá não apenas para o Ideb, mas para a vida deles enquanto estudantes”.

Texto: Alexandre Abreu

Fotos: Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054