08/02/17 | 11:51
Alunos de escola municipal recebem orientação sobre uso da internet de forma segura

31955991393_be60f6d2eb_hBuscando orientar os alunos quanto aos perigos que podem existir no uso das redes sociais, se não usadas adequadamente, a Escola Municipal Lírio do Vale, localizada no bairro de mesmo nome, zona Oeste de Manaus, aceitou o convite do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) para participar de uma atividade de orientação sobre os riscos existentes na internet e como tornar o espaço virtual mais seguro para as crianças.

A iniciativa teve como motivação o Dia da Internet Segura, criado pela Rede Insafe, e cuja data foi nesta terça-feira, 7. A Rede agrupa as organizações que trabalham na promoção do uso consciente da Internet nos países da União Europeia há 12 anos e está no Brasil há 10 anos por meio da Safernet Brasil.

32616835132_d6eb940bea_hDurante a atividade, que reuniu alunos do 4º ao 9º, as crianças receberam orientações sobre cuidados ao compartilhar fotos, informações pessoais e ao adicionar desconhecidos em redes sociais e aplicativos de mensagem. Também foram orientados a evitar acessar conteúdos impróprios para a faixa-etária deles. Após as orientações, as crianças foram divididas em grupos, onde desenvolveram conteúdos como vídeos, desenhos e redações voltadas ao tema.

Gestor da unidade de ensino, Cristiano da Silva Vasconcelos afirmou que assim que foram convidados, decidiram aderir à ideia por entenderem que o tema é bastante presente no dia a dia da escola. “As crianças usam celular, internet e facebook o tempo todo. Então achamos interessante participar. Todos nossos professores também aderiram à iniciativa”.

32616834952_032abbf439_hAluno do 7º ano Romel Santos Nogueira, 13, foi um dos que recebeu orientações. Ele falou sobre o que aprendeu durante as atividades. “Aprendi que precisamos ter cuidado para não nos prejudicarmos e também não prejudicarmos os outros. A ter cuidado em não enviar fotos nossas, a não adicionar quem a gente não conhece”.

Ivana Costa, assessora de Tecnologia da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Oeste, explicou que a DDZ foi procurada pelo MPF-AM e prontamente decidiu participar do programa, assim como toda a unidade de ensino.

“A ideia é mesmo alertar essas crianças dos perigos de compartilhar fotos e informações pessoais nas redes sociais. Após a produção desses materiais, eles vão apresentar os resultados uns para os outros, socializando o que aprenderam”, informou.

 

Texto: Martha Bernardo

Fotos: Karla Vieira/Semcom

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054