17/09/14 | 16:30
Alunos de escola municipal expõem trabalhos inspirados em artistas da história da arte

Alunos da Escola Municipal Senador Fábio Pereira de Lucena Bittencourt, no Nova Esperança, zona Oeste, realizaram, na manhã desta quarta-feira, 17, a 2ª Expoarte – evento que reúne obras  pintadas por estudantes do 4º ao 9º ano, inspiradas em artistas famosos da história da arte.

Gestora da instituição de ensino, Nadir Socorro explicou que o trabalho foi desenvolvido como parte das atividades da disciplina de Artes, porém acabou envolvendo outras matérias da grade.

“A exposição é um trabalho interdisciplinar. Além da arte, o aluno trabalha a geografia, a história, a língua portuguesa e até a matemática, pois a professora usa as datas de nascimento das obras. A nossa intenção com a Expoarte é que os alunos não façam apenas a releitura das obras, mas que eles possam, mais para frente, produzir sua própria pintura”, destacou.

Professora de Artes, Lucimeire Sousa explicou que foram necessários dois meses de preparação para a exposição das obras dos alunos, mas salientou que conteúdo foi trabalhado desde o início do ano letivo.

“Trabalhamos para mostrar a importância da arte para a humanidade. Passamos por vários períodos: neolítico e paleolítico até os tempos atuais da arte contemporânea, como o artista Romero Britto. Incluímos no trabalho também artistas brasileiros, como Tarsila do Amaral, Anita Malfatti. Foi uma viagem na história da arte”, informou.

Sem saber nada sobre a história da arte, a aluna Heloísa Helena, 11, do 7º ano, se interessou pelas obras do pintor espanhol Pablo Picasso. Ela destacou que durante a preparação da exposição, acabou se apaixonando pelo Cubismo, movimento artístico que trata a natureza por meio de figuras geométricas.

“Eu não sabia nada sobre as artes nem sobre os pintores. Depois que a professora falou da obra de Pablo Picasso, eu fui me interessando e resolvi pintar uma das obras dele”, disse.

A professora de artes lembrou que a releitura não é uma cópia fiel da obra, mas sim a visão do aluno. “Não se pode mudar muito e nem fazer nada igual. É muito gratificante ver o entusiasmo do aluno em realizar um prático na escola”, finalizou.

A 2ª Expoarte está aberta para a visita de pais e de alunos de outras escolas que queiram conhecer os trabalhos.

Texto: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054