27/11/17 | 13:24
Alunos das unidades de ensino da Zona Sul recebem atendimento oftalmológico

Alunos de 51 unidades da Divisão Distrital Zonal (DDZs) Sul, passarão por exames oftalmológicos. A ação faz parte do Programa Municipal Saúde na Escolar, da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceira com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e acontece até o dia 14 de dezembro e serão beneficiados cerca de 1.900 alunos com baixa acuidade visual. Os atendimentos tiveram início nesta segunda-feira, 27/11, no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Humberto de Alencar Castelo Branco, no bairro Parque Dez.

Os alunos serão atendidos em escolas polos da divisão é o objetivo é identificar e corrigir problemas visuais nos alunos da rede municipal de ensino que possam comprometer o processo de ensino aprendizagem, visando contribuir com a redução das taxas de evasão escolar, facilitando a diversidade de contextos sociais e também garantir a melhoria na qualidade de vida destes cidadãos.

No início do ano foi realizado em toda rede municipal uma triagem com 69.021 alunos do município, sendo diagnosticados 6.901 estudantes com baixa acuidade visual e que passarão pelo oftalmologista. Serão realizadas cinco mil consultas oftalmológicas, além da doação de dois mil óculos. O projeto será desenvolvido nas sete DDZ da secretaria.

A diretora Tânia Carla da Rocha, do Cmei, Humberto de Alencar, disse que a escola conta com 350 alunos do maternal e do 1º e 2º períodos, em que serão atendias 14 crianças de acordo com a acuidade visual realizada em junho, pela Semed. “É uma oportunidade valiosa, porque é um atendimento oftalmológico e também a entrega dos óculos. A Secretaria está oferecendo mais um recurso para melhorar a aprendizagem e qualidade do ensino por meio desse projeto”, explicou.

O funcionário público Marcelo Alves da Cruz, 47, pai dos alunos do 2º período, Nicolas e Natália Costa Melo Cruz, ambos de 5 anos, elogiou a iniciativa do atendimento, pois é um serviço que tem um custo elevado. “É uma boa oportunidade, porque muitos pais não têm condições de comprar os óculos para os filhos. Essa iniciativa é excelente e válida. Se fosse pagar pelos exames seria um custo alto, mas vou ter uma economia boa”, comemorou.

A aluna do 7º ano, Isabelle Paula Amaro, 12 anos, da Escola Municipal Antônio Matias Fernandes, no Bairro da União, já havia feito um exame ano passado levada pelo pai, mas que não poderia perder essa chance de passar por nova avaliação, agora oferecida pela divisão Sul da Semed. “Acho que pode melhorar meu rendimento dentro de sala de aula, porque vou melhorar meu aprendizado”, finalizou.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054