03/10/12 | 16:31
Alunos da Semed participam do Circuito da Ciência

No último sábado, (29), 120 alunos de três unidades educacionais da Secretaria Municipal de Educação – SEMED visitaram o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA para participar da 127º edição do Projeto Circuito da Ciência. Assim como nas outras, essa edição trabalhou por meio de stands, cartazes e barracas com o intuito de demostrar pesquisas e ações que alunos da rede municipal e de outras instituições como a Universidade Federal do Amazonas – UFAM desenvolvem no seu ambiente escolar ou no entorno de suas comunidades.

De acordo com a assessora de Educação Ambiental da Divisão de Ensino Fundamental – DEF, Angela Amorim, esta versão do circuito, assim como as outras, vem trazer a todos os alunos um momento de aprendizagem diferente.

“Os alunos ao passar pelas estações (barracas) têm a oportunidade de visualizar uma série de projetos científicos onde podem aprender, e com isso, levar para sua comunidade reflexões e ações pertinentes.  O momento de hoje visa, também, propiciar aos pesquisadores do INPA, instituições, e unidades educacionais como a Escola Municipal José Sobreira, a demonstração de trabalhos que desenvolvem ao longo”, afirmou a assessora.

Para o coordenador do Circuito da Ciência, Jorge Lobato, o projeto é extremamente importante para toda a sociedade manauara, mas principalmente para classe estudantil.

“O circuito da ciência permite um olhar diferenciado em relação ao comportamento do homem ao meio ambiente. Esse projeto visa popularizar a ciência. Portanto, pode desencadear um jovem a vivenciar um momento ímpar e, além disso, pode levá-lo a despertar o anseio por uma carreira profissional na área da ciência. Isso é maravilhoso”, destacou o coordenador.

O professor de Geografia da Escola Municipal José Sobreira do Nascimento, Ronaldo Gama Pereira, enfatizou que diante do conhecimento adquirido, os alunos poderão tornar o meio ambiente e a vida das outras pessoas mais saudáveis.

“A ciência na vida do aluno gera autonomia e opinião, pois a partir daí ele passa a se sentir capaz de promover o conhecimento e trazer contribuições à sociedade com soluções que possam trazer benefícios para sua escola, comunidade e família. Enfim para todas as pessoas que estejam ao seu redor. Isso é praxis, ou seja, o conhecimento transformador em ações concretas”, disse o professor.

 

O aluno da Escola Municipal Alfredo Linhares do 6º ano, Hyure Souza, 8 anos, salientou que a visita ao bosque da ciência pode influenciar no seu futuro profissional.

“Nesta visita vou levar o conhecimento sobre vários aspectos, como, higiene bucal, leishmaniose, dengue e materiais recicláveis. Devido a esses temas que foram abordados e a um antigo anseio estou pensando em cursar biologia e, assim, me tornar um grande cientista” ressaltou.

Circuito da Ciência

O projeto Circuito da Ciência já existe há 13 anos e tem como objetivo divulgar a importância do estudo da ciência tendo como público alvo alunos de diferentes faixas etárias, séries e graduações. Este evento é realizado de março a dezembro desde a sua criação.

Participação da Semed

A Secretaria Municipal de Educação juntamente com as suas unidades educacionais participam deste projeto de fortalecimento às pesquisas acerca da ciência há sete anos. Neste ano, participaram da edição: Escolas Alfredo Linhares, Moisés França Viana e José Sobreira do Nascimento que, inclusive, levou o seu projeto voltado para o armazenamento de resíduos na comunidade Nossa Senhora de Fátima no Tarumã Mirim. O critério de participação é que as escolas sejam levadas de maneira gradativa, fazendo assim, com que todas sejam oportunizadas.