22/10/18 | 15:35
Alunos da Semed conhecem Circuito Ambiental e projeto de Matemática organizados pelo Espaço Ecam

Cerca de 80 alunos do 6º e 7º ano, do Ensino Fundamental das Escolas Municipais Francisco Guedes de Queiroz e Vicente Cruz, participaram nesta segunda-feira, 22/10, do Circuito Ambiental, que faz parte do projeto Ocas do Conhecimento Ambiental, e do Projeto Divertindo-se com a matemática no Shopping, realizados no Espaço da Cidadania Ambiental (Ecam).

O Circuito Ambiental e o projeto Divertindo-se com a Matemática, são desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com Instituto Soka – CEPEAM, Manauara Shopping e Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Os alunos conheceram o trabalho ambiental realizado pelo shopping e instituições parceiras, com a economia de água, papel higiênico, a criação de uma área de preservação permanente do buritizal, coleta seletiva, entre outros.

A coordenadora das Ocas, Gina Gama, ressaltou a iniciativa por dar oportunidade do contato com questões ambientais.  “Depois que eles fizeram a visita vieram para o espaço Ecam, dialogar sobre i que eles viram, ou seja, foi uma aula viva. Isso busca uma mudança de comportamento na preservação do meio ambiente”, comentou.

O engenheiro ambiental, Jean Dinelly Leão, do Instituto Soka, tratou a atividade como um momento especial e de muito aprendizado. “É importante proporcionar aos alunos das escolas municipais esse aprendizado e oportunidade de conhecer todo sistema de gestão ambiental do shopping”, finalizou.

Para professora Aurileide Menezes, que acompanhou os estudantes, foi uma aula fora da escola bem interessante, significativa pelo lado social, pois muitos alunos puderam conhecer o shopping, além da importância da temática tratada.

“Foi uma aula diferenciada, onde eles conheceram mais sobre o meio ambiente, os cuidados e esse aprendizado vão levar para casa. O que eles viram aqui vão tentar reproduzir em casa”, disse.

O aluno do 6º ano, Wendell da Cunha Santos, 11, gostou muito do passeio e falou sobre a experiência. “Aprendi essa questão do lixo. Achei bem legal colocarem tudo separado, preservação da área do buritizal, sobre a questão da água para não gastar com a descarga, que gera uma economia de 14 litros”, contou.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054