05/11/13 | 16:51
Alunos da rede municipal participam de Programa Ambiental

Aproximadamente duzentos e cinquenta alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Cândido Honório, Alvorada, zona Oeste, participaram do Programa de Educação Ambiental Vitória Régia, uma parceria entre a escola e o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) para fomentar boas práticas ambientais entre os alunos e formar multiplicadores de experiências para a criação de um ambiente favorável ao bem-estar comum.

A formatura dos alunos ocorre nesta terça-feira, na quadra da escola, com a participação do Secretário da Semed, Pauderney Avelino, pais, responsáveis, alunos, professores, comunitários, convidados e militares coordenadores do programa do Batalhão de Policiamento Ambiental. Divididos em oito turmas, os alunos receberam informações sobre fauna, flora, desmatamento (queimadas), impactos ambientais, lixo (coleta seletiva), reciclagem e reaproveitamento, leis de crimes ambientais e oficinais de reaproveitamento.

Segundo a diretora da escola, Elizangela Brandão de Souza, os alunos tiveram a chance de ficar por duas semanas envolvidos na questão ambiental. “Tudo que envolve a questão da fauna, da flora, dos animais em extinção, a questão das leis e a preocupação para onde vai o lixo depois que é descartável, precisa ser discutido”, afirmou a diretora.

O coordenador do Programa de Educação Ambiental Vitória Régia, Tenente PM Daniel Abreu, diz que o trabalho com as crianças é importante para formar os chamados “protetores ambientais” que vão lutar pela defesa do meio ambiente e, ainda, serem os multiplicadores dentro da sociedade.

“Nossa meta é formar consciência ambiental. O Batalhão Ambiental diuturnamente combate e reprime os crimes ambientais. O programa serve para fechar o ciclo prevenção e repressão, atuando preventivamente as crianças e adolescentes ensinando para eles ideias e questões ambientais”, explicou.

Esta foi a terceira escola municipal a participar do projeto, elevando para 830 o número de alunos participantes.

O técnico de refrigeração Ernandes Silva da Costa, 42, fez questão de acompanhar sua filha Helorayne França da Costa, 12, uma das alunas a receber o certificado de protetor ambiental do programa.  “Acho muito importante, porque hoje é muito difícil as pessoas se preocuparem com meio ambiente. Sempre procuro falar com minha filha para preservar o meio ambiente, pois os alunos são os futuros de nosso país. Se todos preservarem e levarem para outras comunidades, vão conscientizar pessoas diferentes sobre os problemas que acontecem em nosso meio”, disse.

Os 250 alunos da escola Candido Honório participaram também do Programa “Reciclar para preservar”, cujo trabalho foi a arrecadação de 5.800 garrafas pet, durante duas semanas de execução na unidade de ensino.

Foram premiados oito alunos com Certificado Protetor Ambiental e um prêmio extra, aos estudantes que se destacaram em sala de aula com atividades alusivas ao tema, além do empenho e dedicação na arrecadação das garrafas pet.