19/10/15 | 14:55
Alunos da rede municipal participam da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

IMG_0090A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está expondo oito trabalhos científicos desenvolvidos em escolas do município na 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). O evento é realizado em todo o Brasil e, em Manaus, teve início na manhã desta segunda-feira, 19, seguindo com atividades até domingo, 25, no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), onde 20 trabalhos de pesquisas serão apresentados.

Os projetos da Semed foram desenvolvidos por meio do Programa Ciência na Escola (PCE). A Escola Municipal Magalhães Cordeiro, localizado na Cidade Nova, zona Norte, participou da abertura das atividades ao apresentar um musical mostrando a evolução da música durante as últimas décadas. A pesquisa foi coordenada pelo professor Ricardo Rocha e, segundo ele, focou no aprendizado da língua inglesa, funcionando, inclusive, como estratégia de combate à evasão escolar.

IMG_0077“Foi uma forma diferente de juntar teatro, música e canto. São 30 alunos envolvidos no projeto e cinco recebem bolsa da Fapeam (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas), pois são pesquisadores. Foram eles que descobriram que com ações extracurriculares, o índice de evasão escolar tende a cair. A pesquisa deles mostrou que 72% dos alunos confirmaram que uma atividade fora de sala de aula o fariam continuar frequentando a escola”, explicou.

O aluno Bruno Mendes, 15, fez o principal personagem do musical. Estudante do 9º ano do Ensino Fundamental, conta que as pesquisas o fizeram tomar a decisão de cursar faculdade de Artes Cênicas.

“Eu faço teatro desde pequeno, mas só que no começo deste ano eu fiz uma atividade em especial que me fez amar mais o teatro e a pesquisar sobre o assunto. Descobri que existe a faculdade de Artes Cênicas e quando comecei o projeto do PCE me interessei mais. o PCE me ajudou a escolher minha carreira”, disse.

IMG_0121Fomento

A secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, compôs a mesa de autoridades na abertura do evento e destacou a importância da Semana de Ciência e Tecnologia na inserção dos alunos no ambiente científico, além do fomento de práticas de pesquisas na educação fundamental e média.

“Para formar cientistas deve-se começar muito cedo. Não porque é algo que é bom para eles, mas porque é bom para sociedade. É por meio da prática científica que fazems descobertas e a sociedade evolui de modo mais racional e harmônico, porque você passa a conhecer os limites e as potencialidades dos recursos, sejam eles da biodiversidade ou sociodiversidade”, disse.

IMG_0112Segundo Kátia, a Semed está envolvida em semear nas crianças o interesse e todo potencial que elas possam desenvolver. “Nós já temos vários projetos se destacando, com premiação e exposição nacional. Vamos aos pouquinhos conseguindo formar futuros cientistas, certamente melhores cidadãos e, com isso, uma sociedade cada vez melhor”, destacou.

Para a Denise Gutierrez, coordenadora da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia deste ano, o evento propicia aos jovens estudantes uma oportunidade de interação com os cientistas com mais tempo de estrada e os incentiva a buscarem cada vez mais conhecimento.

“A ciência é feita com muitas mãos. É uma cadeia de conhecimento que deve envolver desde o estudante do ensino básico até a universidade, mestrado, doutorado, pesquisador, pesquisador sênior, todos esses níveis de conhecimento. Se perdermos um desses elos, a cadeia de produção fica comprometida. Esse evento vem exatamente para estimular a interação entre esses diversos elos”, explicou, ao destacar que durante o mesmo evento terá presente os estudantes da rede pública e privada compartilhando conhecimentos.

O Programa Ciência na Escola está inserido em 25 unidades de ensino da prefeitura. Agora, em 2015, estão sendo produzidos 48 trabalhos que englobam, ao todo, 240 estudantes.

Texto: Thiago Botelho
Fotos: Lton Santos

Assessoria de Comunicação
Secretaria Municipal de Educação (Semed)
(92) 3632-2054