25/09/15 | 15:05
Alunos da Educação Infantil participam do ‘Dia D do Trânsito’

Dia ''D'' do Trânsito Cmei Elza Damasceno - Fotos Rodemarques Abreu (25)Crianças de 3 a 5 anos de 254 escolas municipais que atendem alunos da Educação Infantil realizaram nesta sexta-feira, 25, o ‘Dia D do Trânsito’. Ao todo, aproximadamente, 44 mil alunos participaram das atividades nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). A ação da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), faz parte do projeto ‘Transversalizando o Trânsito’, que trabalha a educação no trânsito com os alunos mais pequenos.

No CMEI Elza Damasceno, localizado no bairro Santo Antônio, zona Oeste, o prefeito Arthur Virgílio Neto acompanhou a apresentação dos alunos sobre os cuidados que devem ser tomados como pedestre e motorista. O prefeito interagiu com as crianças no circuito montado no pátio da escola, simulando o trânsito e destacou o trabalho de conscientização feito ainda na educação infantil.

“Quando criança que se aprende aqui que vai salvar tantas vidas. Somos 254 unidades participando desta atividade, hoje, envolvendo 44 mil alunos. Estou nessa escola, mas sei que em todos os CMEIs estão tendo esse movimento para aprender mais sobre o trânsito. Esta é uma forma de transmitirmos para Manaus que temos preocupação com o trânsito desde essa idade para temos melhores motoristas no futuro”, informou.Dia ''D'' do Trânsito Cmei Elza Damasceno - Fotos Rodemarques Abreu (7)

Em todos os centros municipais os alunos apresentaram os projetos que foram desenvolvidos em sala de aula com a orientação dos professores. Cartazes, jogos, pinturas, textos, diversas atividades voltadas para a educação e orientação do trânsito. A subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, ressaltou que o projeto trabalha a convivência pública com os alunos.

“É da base que vamos iniciar esse processo de aprendizagem com relação a legislação de trânsito, a como ir e vir. É um trabalho que, tanto os educadores como os pais, tem que dar as nossas crianças para que sejam bons pedestres e futuros bons motoristas. O trânsito exige respeito, uma convivência pública que precisamos nos entender no ir e vir diário”, aconselhou.

O trabalho de conscientização com os alunos têm resultados positivos e pode ser estendidos para outros alunos no futuro, como destacou o diretor presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins.

Dia ''D'' do Trânsito Cmei Elza Damasceno - Fotos Rodemarques Abreu (18)“O transversalizando começou há um mês com trabalhos em sala de aula e cada escola produziu seu material que está sendo exposto hoje. É um trabalho inovador da Prefeitura que deve crescer nos próximos anos e nosso desafio é, além de envolver a Educação Infantil, envolver os alunos do Ensino Fundamental”, destacou.

A aluna Lara Sofia de Souza Rodrigues, 6, contou o que aprendeu com as aulas sobre a educação no trânsito.

“Tem que tomar cuidado no trânsito, olhar para um lado e para o outro para poder atravessar. Aprendi também sobre o semáforo, que o verde segue, o amarelo tem que ter atenção e o vermelho tem que parar”, contou a aluna.

De acordo com a chefe da Divisão de Educação Infantil da Semed, Izania Souza, todo o conhecimento obtido pelos alunos é repassado para os familiares que se conscientizam ainda mais.

“O principal objetivo é ensinar as crianças, o cuidado como trânsito para que possam levar para a família tudo o que aprenderam durante a semana na escola. Em todas as unidades que trabalham com a Educação Infantil foram realizadas atividades voltadas para essa conscientização”, relatou.

Dia ''D'' do Trânsito Cmei Elza Damasceno - Fotos Rodemarques Abreu (33)O CMEI Elza Damasceno trabalha durante todo o ano letivo a questão do trânsito, por meio do projeto ‘Bi bi Olha o Sinal’, como destacou a gestora Delle Karem.

“Nós temos 232 alunos do CMEI e essa semana veio intensificar o trabalho que fazemos durante o ano inteiro com o nosso projeto, que surgiu da necessidade em conscientizar nossas crianças que moram em outro bairro e que precisam atravessa uma avenida principal, a avenida Brasil, todos os dias”, contou a gestora.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Rodemarques Abreu

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054