18/09/14 | 16:45
Alunos da DDZ 5 apresentam trabalhos em competição de Feira de Ciências

Alunos da Divisão Distrital Zonal (DDZ) 5 da rede municipal de ensinam participam, nos dias 18 e 19, da Feira de Ciências – etapa DDZ Leste I com o tema “Oportunizando a Alfabetização Científica na Rede Municipal de Ensino de Manaus”. A abertura aconteceu na manhã desta quinta-feira, na Escola Municipal Francisca Mendes, bairro São José II, com a presença de alunos de 63 unidades de ensino, entre Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Centros Municipais de Educação Infantis (Cmeis) da Leste.

Nesta etapa, aproximadamente de 190 alunos das escolas finalistas estão participando da feira. Os projetos selecionados foram avaliados pela equipe pedagógica da DDZ Leste I, que participaram da II Feira Municipal de Ciências, Tecnologia e Educação Ambiental, em toda rede municipal de ensino, no mês de agosto.

A Feira de Ciências – etapa DDZ Leste I, reúne uma gama de projetos, atividades e programas desenvolvidos pela comunidade escolar, professores e educadores nas diversas áreas, como uso adequado de energia, reaproveitamento de alimentos, reciclagem, coleta seletiva, temas ligados a saúde, ritos amazônicos, animais em extinção da fauna amazônica, robótica, entre outros temas relevantes ao alunado e a comunidade em geral.

Segundo a chefe da DDZ Leste I, Renata Moraes, a feira proporciona momentos de pesquisas, estudos e debates para que os alunos possam compreender a natureza como um todo, sendo o ser humano parte integrante e agente de transformação do mundo. Para a educadora, todos os trabalhos têm uma grande relevância dentro do contexto escolar.

“A importância de um evento como esse é a relevância do trabalho e conhecimento científico, desde a criança, adolescente e adulto. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está de parabéns em proporcionar o evento, que protagoniza esse momento de conhecimento e aprendizagem aos nossos alunos e a comunidade em geral”, comentou.

A Escola Municipal Ricardo Pereira Parente, do bairro São José I, concorre na feira com o projeto “Viagem ao cérebro”, com seis alunos do 2º ano. De acordo com a professora Mariany Ribeiro, muito mais do que mostrar o trabalho o importante é o aprendizado das crianças sobre o tema.

“Esse projeto foi passado na sala em forma de texto para as crianças desenvolverem a função do cérebro. Nossa preocupação em que os alunos conhecessem não apenas o cérebro, mas o corpo humano. O principal tema é o cérebro, porque nele está o pensar, agir, os tipos de doenças causados nessa área, enfim, os alunos tiveram uma chance de conhecer uma parte do corpo muito relevante”, finalizou.

O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Moacir Andrade, do São José II, é uma das escolas participantes do evento, com projeto “Brincando, experimentando e preservando”, que mobiliza os 238 alunos com a temática da educação ambiental. A diretora Carolina Pinheiro de Macedo explica como é desenvolvido as atividades com as crianças, que aprendem desde pequenas sobre o assunto.

“É um projeto de suma importância, nós trabalhamos a questão de hábito e atitudes ecologicamente corretas com as crianças. Na escola temos atividades sobre a questão ambiental, para que possamos ter um ambiente saudável e também conviver bem com todos”, disse.

Os melhores trabalhos apresentados serão analisados por uma equipe pedagógica da Semed, nas modalidades de educação infantil, 1º ao 5º ano, 6º ao 9º ano, educação de jovens e adultos (EJA), programa de aceleração de aprendizagem (PAA) e educação especial.

Nesta sexta-feira, 19, a Feira de Ciências – etapa DDZ Leste I tem prosseguimento com a presença do poeta Celdo Braga e atrações culturais da Escola Municipal Maria do Carmo com motor de recreio e Amazônia terra santa, salve o povo da Floresta.

TEXTO: Paulo Rogério Veiga

FOTOS: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 8842-1188