22/10/18 | 8:57
Aluno de escola municipal conquista medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Novamente um aluno da rede municipal de ensino é destaque nas Olimpíadas Brasileiras Astronomia e Astronáutica (OBA). Dessa vez foi o estudante Anthonny de Oliveira Moura, 15, do 9º ano do Ensino Fundamental, da Escola Municipal Antônia Pereira da Silva, na zona Norte, que conquistou a medalha de prata. A prova das Olimpíadas aconteceu em maio e contou com a participação de cerca de 700 mil estudantes, de 15 mil escolas de todo o país de Ensino Fundamental e Médio.

A Escola Antônia Pereira teve, este ano, contou com a participação de 15 alunos, do 8º e 9º ano. No ano passado, a unidade já tinha se destacado com a medalha de bronze da aluna do 8º ano, Sarah Beatriz Ferreira. Além dela, a Semed também teve, em 2017, outro aluno vencedor da medalha de bronze, Argeu Reis de Jesus, do 8º ano da Escola Municipal Professora Aribaldina de Lima Brito.

A OBA e realizada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e Agência Espacial Brasileira (AEB) e já é considerada a maior olimpíada estudantil do Brasil, tendo envolvido em suas 21 edições mais de oito milhões de estudantes, com o objetivo de fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, promovendo a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa.

Anthony alcançou a média 8,35. Depois de passar por um problema, o aluno decidiu se envolver nos projetos da escola e passou a fazer parte do grupo de estudos de Matemática. Mesmo admitindo não ser a disciplina a sua favorita, ele conseguiu terminar a prova antes do tempo de duas horas, disponível para o exame.

“O estudo faz a diferença. A minha motivação esse ano foi uma aluna do ano passado que ganhou a medalha de bronze. Por isso, me dediquei para tirar uma nota melhor e consegui. Na nossa idade, temos que nos preocupar apenas em estudar”, contou.

Critérios

A gestora da escola, Cristiane Marques, disse que os alunos selecionados para participar da prova foram os que tiveram melhor desempenho na disciplina e destacou o desejo dos estudantes em participar da competição.

“Esse resultado mostra nosso trabalho, não apenas na disciplina, mas temos alcançado um grande avanço de forma geral. Isso vai motivar outros alunos a participarem não só da OBA, mas de outros projetos que a escola desenvolve. Estou muito feliz e honrada, nossos professores também fazem parte dessa história”.

Para a pedagoga Cibelle Lima, a medalha de prata foi um grande resultado. “A premiação é muito importante para uma escola dentro de uma comunidade tão carente. Muitas vezes esses alunos não têm essa oportunidade e acredito que nossa escola é diferenciada. Nossos professores oferecem a disciplina de outra forma, encantando até aqueles que não gostam do assunto”, disse.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054