30/10/12 | 17:37
Aluno da rede municipal é destaque na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa

Dedicação, criatividade, além do apoio e incentivo da professora levou o aluno Gabriel Santiago Moreno a ser classificado na etapa estadual e semifinal da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa (OBLP) na categoria “Poema”.  O aluno que cursa o 5° ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Chapeuzinho de Palha  participará  juntamente com a professora Roderci de Menezes Lima das oficinas para a etapa final na cidade de Fortaleza – CE.
Segundo a gestora, Lindomar de Lima, a leitura e a escrita são os fatores principais no desenvolvimento cognitivo do aluno. A Escola Municipal Chapeuzinho de Palha desenvolve um trabalho de leitura em seu interior oportunizando ao seu alunado uma variedade de textos para que possam ser descobertos através da curiosidade, do incentivo, da informação e da formação do aluno leitor formador e transformador de opiniões e construtor do conhecimento.

“A leitura é o desvendar da vida do homem e esta se desenvolve a partir de sua prática em um leque variado de textos e oportunidades. Esse trabalho é realizado do 1° ao 5° ano a partir dos Programas e Projetos existentes na escola; o Programa” Viajando na Leitura” oriundo da SEMED e o Projeto “Aluno Leitor” da escola. A produção textual  é o fruto de todo um trabalho realizado a partir das leituras e ocorre nas exposições dos escritos  nas atividades no decorrer do ano letivo como: A Semana da Literatura Amazonense, Semana do Livro Infantil, nas apresentações das horas cívicas e principalmente em sala de aula. Os Programas e Projetos são incentivos muito importantes na escola, mas o desenvolvimento de uma boa aula ministrada com excelência incentiva a leitura e desperta a  habilidade da escrita”, ressaltou a gestora.

De acordo com a gestora, a DRE V convocou o aluno Gabriel e a professora  para uma premiação que aconteceu no dia 1º de outubro no auditório da Esc. Mul. Leonor Uchôa e consequentemente uma homenagem foi realizada na Semed na qual o aluno Gabriel foi homenageado e presenteado pelo secretário de Educação, Dr. Mauro Lippi.

“Enquanto gestora da escola e como educadora me sinto honrada em poder presenciar tais homenagens. Estamos em um momento muito bom tanto com esta premiação e principalmente agora a poesia indo para a semifinal em nível nacional e que tem grandes chances de vencer, ficaremos na torcida. Também tivemos uma ótima classificação no IDEB/2011, alcançamos a média 5.1 e todos os servidores da escola receberão o 14º salário e a escola será premiada com  o valor de R$ 50.000 (cinquenta mil reais). Estamos todos muito felizes!”, comentou a gestora.

Para a professora do 5° ano, Roderci de Menezes Lima, a leitura e a escrita dos alunos são incentivadas a partir da utilização de recursos variados.

“Rotineiramente são realizadas   atividades envolvendo a leitura, compreensão e produção de textos, utilizando-se para tanto diferentes portadores de textos, como jornais, gibis, o livro didático, livros paradidáticos, etc. Diferentes gêneros literários também são valorizados, como os poemas, os contos, as lendas e outros não menos importantes”, explicou.

 

Segundo ela, os alunos são incentivados a escrever para expressar suas opiniões, as maneiras de perceber o mundo e o meio em que estão inseridos. Para que esse processo se torne ainda mais significativo e atraente, alguns fatores são fundamentais, como o diálogo e a reflexão permanentes sobre o porquê, o para quê e o para quem se escreve.

“Considero muito importante que os alunos e alunas desenvolvam essa reflexão sobre a leitura e a escrita, pois assim eles podem perceber que escrever é bem mais que um ato mecânico de colocar palavras numa folha de papel. Eu, professora,  desejo que meus alunos percebam a escrita como um ato de emancipação e de participação que sempre foi importante, mas que hoje, na “sociedade do conhecimento”, é fundamental, pois está mais do que nunca relacionada ao crescimento pessoal e à valorização social”, enfatizou a professora.

Gabriel falou sobre como  desenvolveu a ideia exposta em seu poema.

“ Desde cedo vejo Manaus, minha cidade natal, com todas as suas belezas e desenvolvi esse tema em meu poema. Na semifinal quero representar bem o meu estado e minha cidade e conseguir uma colocação sendo selecionado para a final”, comentou o aluno.

A Escola Municipal Chapeuzinho de Palha atende 330 alunos do 1º ao 5º ano e Educação de Jovens e Adultos- EJA distribuídos nos turnos matutino e vespertino.

A semifinal acontecerá nos dias 20 e 21 de novembro. A apresentação será relacionado à  poesia “A beleza de Manaus” de autoria do aluno Gabriel em conjunto com a demonstração do relatório e o portifólio de todo o trabalho desenvolvido desde o início da OBLP pela professora Roderci de Menezes Lima.