21/02/20 | 15:53
Campanha ‘Carnaval Consciente’ conta com marchinhas e leva informações sobre prevenções a DSTs

As marchinhas clássicas de carnaval encheram o prédio da sede da Secretaria Municipal de Educação, no Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus. Na manhã desta sexta-feira, 21/02, a Gerência de Desenvolvimento do Servidor (GDS) promoveu em todos os setores da sede a campanha ‘Carnaval Consciente’ com o objetivo de esclarecer os servidores sobre as formas de desfrutar os festejos de carnaval de sem danos à saúde.

A chegada da equipe, composta por dez pessoas, em cada um dos 28 setores da secretaria era inconfundível. A banda encheu as salas de animação e atraiu a atenção de todos os presentes. Logo em seguida, os servidores da secretaria, divulgadores da campanha, entravam com cartazes repletos de imagens dos danos que as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como sífilis, herpes, gonorreia, e até mesmo as hepatites A, B, e C podem ocasionar. Após a conscientização das formas de prevenção das doenças e uma breve abordagem sobre o cuidado perante a gravidez indesejada, preservativos masculinos e femininos foram distribuídos nos setores.

Segunda a gerente da GDS, Wania Braga, a campanha busca colaborar com a saúde e todas as secretarias estão realizando ações semelhantes. Ela disse, ainda, que a banda e a caracterização com tiaras coloridas e cordões havaianos contribuíram para chamar a atenção dos servidores de forma imediata e impactá-los um pouco, de forma que todos parassem o que estavam fazendo por alguns instantes e, em seguida, os profissionais de assistência social, saúde e educação física, mostrassem através dos cartazes o que um carnaval sem consciência pode ocasionar.

“Semed que possui em torno de 15 mil servidores, logo, não poderia ficar de fora. A responsabilidade de colaborar com a saúde não pode ficar somente com a Semsa. Todos nós, de todas as secretarias, temos que ajudar. Nós levamos a alegria através da banda e das cores dos acessórios,  para que depois pudéssemos falar de uma coisa muito séria. A festa é muito bonita, mas por trás tem toda uma parte negativa. A gente pode sim brincar, mas brincar com segurança.” Completou a gerente.

 

Texto: Jéssica Salomão

Fotos: Eliton Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054