05/10/18 | 16:42
Semed promove 1º Congresso Municipal de Educação Física Adaptada

Teve início nesta sexta-feira, 05/10 e vai até sábado, 06/10, o 1º Congresso Municipal de Educação Física Adaptada, realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). O evento, que está acontecendo no auditório da Semed, deve reunir cerca de 70 professores de Educação Física da rede pública de ensino, além de acadêmicos, para tratar de questões importantes como inclusão.

O objetivo é debater entre os participantes o papel da Educação Física e suas adaptações para pessoas com deficiência, suas consequências no processo de aprendizagem dentro do espaço escolar, fortalecendo, assim, as discussões sobre o desenvolvimento e desafios das pessoas com deficiência nas aulas de Educação Física.

A gerente de Educação Especial da Semed, Daila Pereira de Menezes, disse que o congresso representa avanços para cidade de Manaus e mostra a seriedade com que o município trata a questão do processo de inclusão e os cuidados do trabalho com a pessoa com deficiência.

“O município, a sociedade, mas principalmente as pessoas com deficiência ganham com isso. O educador traz essa técnica, essa amplitude, onde dignifica a razão e a qualidade de vida dessas pessoas”, completou.

A coordenadora do congresso, Shirley Amaral, destacou a preocupação da secretaria no trabalho dos professores de Educação Física, aos buscar, cada vez mais, a qualificação dessas pessoas sobre a temática.

“A cada ano que passa a Semed vem atendendo com mais qualidade a pessoa com deficiência. As nossas formações são voltadas para capacitar os profissionais para eles poderem atender com mais qualidade essas crianças e também os acadêmicos, que logo estarão no mercado de trabalho”.

Congresso

Um dos palestrantes do congresso, o coordenador dos cursos de capacitação do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Davi Farias da Costa, foi responsável pela palestra ‘A estrutura do Comitê Paralímpico Brasileiro e o papel da educação paraolímpica’.

“Nosso objetivo é encorajarmos e motivarmos os profissionais que atuam nessa área. O professor de Educação Física tem a possibilidade única de mudar o contexto de vida da criança ou adulto com deficiência. O congresso teve um significado extraordinário, porque a ciência é colocada ao lado da prática”, definiu.

Idealizador do projeto ‘D + ritmo’, o professor de Educação Física Williams Ramos da Silva, atende aproximadamente de 35 pessoas com deficiência no município de Iranduba. Segundo o educador, ele não podia perder a chance de participar do congresso para ampliar seus conhecimentos.

“Minha meta é aprender mais, pois temos palestrantes vindos do Comitê Paralímpico Brasileiro trazendo mais conhecimentos para nós colocarmos em nosso município”, concluiu.

Programação:

Dia 06/10 – SÁBADO

8h – 9h30 – Processamento da Informação, Memória e Aprendizagem
Palestrante: Professora Doutora Carmem Silvia (FEF/ UFAM)

9h30– 10h30 – Libras para Educação Física
Palestrante: Keegan Ponce (SEMED)

10h30 – 11h30 – Cerimônia de encerramento com entrega dos certificados para os Expositores e Palestrantes

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054