03/12/12 | 16:29
1ª Mostra de Tecnologia da Escola Municipal Abílio Alencar

Os trabalhos desenvolvidos por 565 alunos do 5º ao 9º ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do 1º e 2º segmentos dos três turnos da Escola Municipal Abílio Alencar, localizada na Rodovia AM 010 – km 35, Zona Rural da cidade, tiveram um destaque na 1ª Mostra de Tecnologia, com o tema “Plugado com a Cidadania”, na sexta-feira, 30 de novembro.

Utilizando as ferramentas tecnológicas disponibilizadas pelo Telecentro, Netbil (software dentro do Telecentro em que há jogos e recursos pedagógicos de todas as disciplinas) e Sala de Informática (Portal Positivo – com links disponíveis para pesquisa), a comunidade escolar pôde realizar suas atividades com a ajuda dos professores. A ação é uma forma da Secretaria oportunizar aos alunos a inclusão digital, mesmo morando na Zona Rural da cidade.

A mostra tem o objetivo de promover a integração e a troca de experiências entre escola e comunidade, referente ao aprendizado adquirido nos programas, projetos e ações durante o ano letivo.

Os alunos apresentaram os resultados de suas pesquisas e estudos com exposições em salas temáticas. Os pais, responsáveis e a comunidade em geral puderam ver de perto alguns temas, dentre eles: diversidade de regiões, um voo nas exatas, resgate histórico da EM Abílio Alencar, qualidade de vida/geração saúde, tecnologias e contos, grafitagem e valores, datas comemorativas, entre outras.

“Desde fevereiro, quando assumi a direção da escola nós tínhamos programado essa mostra, em função de todo esse aparato tecnológico que recebemos ao longo do ano letivo. Devido aos recursos nós precisávamos dar prosseguimento e não ficar apenas guardado em sala. Em cima das atividades em sala de aula, nós idealizamos esse evento e ao mesmo tempo colocamos em exposição o que os alunos estão aprendendo na escola. Temos a oportunidade de incluir na era digital crianças e adultos que moram distante da capital”, disse contente o gestor.

A coordenadora de mídias, Professora Ednelza Higino, destacou os 20 alunos que atuam diretamente com os professores e auxiliam os educadores no aprendizado com a comunidade escolar. Segundo ela, o fato da unidade educacional estar localizada na Zona Rural não impede que o trabalho seja positivo junto às comunidades adjacentes da escola.

“Esse ano nós trabalhamos com vários projetos que não envolveram somente os alunos, mas toda a comunidade. Faltava o link para unir todo esse aparato de atividades. Então pegamos alguns estudantes que tem o conhecimento de mídias na escola, que são devidamente orientados pelos educadores e resolvemos dinamizar. A inauguração do Telecentro veio somar na Zona Rural devido ao acesso, pois agora temos duas redes wi-fi e dois laboratórios de informática, benefícios que vieram para contribuir com essa evolução na área da informática”, destacou.

Hevelen Suane Costa Valente, 12, estudante do 6° ano, é uma das 20 alunas monitoras de mídias da escola. De acordo com Hevelen, é uma satisfação contribuir com seus colegas em sua própria escola.

“Nós ajudamos nossos professores e colegas nessa parte de informática. Para mim é uma honra e sempre quis fazer esse trabalho de ser uma monitora. Quero no futuro seguir um curso em alguma faculdade e trabalhar na área de tecnologia. Aqui tem muitas pessoas que não tem chances de utilizar um computador, porque moram longe da cidade, mas aqui na escola elas podem usar”, contou.