04/03/15 | 15:29
Pedalada da Inclusão será no dia 1° de abril com alusão ao autismo

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da coordenação dos Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas), já iniciou os preparativos para a 2ª edição da Pedalada da Inclusão que será realizada no dia 1º de abril. O evento será alusivo ao Dia Mundial do Autismo, comemorado no dia 2 do próximo mês.

A Pedalada da Inclusão começará às 20h e percorrerá 12 quilômetros. A saída será do Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste, com retorno na sede da Prefeitura de Manaus e a chegada no mesmo local de partida.

Segundo a coordenadora do Jaavas, Shirley Amaral, as inscrições serão gratuitas e poderão ser feitas no dia do evento na Ponta Negra. A expectativa dos organizadores é que mil pessoas participem da programação.

Os primeiros 500 inscritos receberão a camisa da Pedalada. Segundo Shirley, o importante é mobilizar as pessoas sobre o autismo na sociedade. “Nós queremos chamar a atenção da sociedade como um todo para a inclusão, como a relacionada aos autistas. Ou seja, da aceitação, das diferenças deles em nosso meio. Queremos convocar os pais, responsáveis e as instituições para participarem, integrarem e entenderem o que é o autismo”, disse.

Ela explicou ainda que serão convidadas as instituições parceiras, como Mãos Unidas pelo Autismo (Mupa), Instituto do Autismo, Amigos Rui, Associação dos Amigos do Autista (Ama) e Autismo Gerando com Responsabilidade (Agir). “É fundamental que todos os envolvidos com o autismo possam participar conosco para promovermos uma grande mobilização”, finalizou.

Outras informações sobre a 2ª Pedalada da Inclusão podem ser obtidas com a coordenação do Jaavas, pelos números 3216-7083 ou 99350-1847.

O Autismo

A partir do último Manual de Saúde Mental (DSM-5), que é um guia de classificação diagnóstica, todos os distúrbios do autismo, incluindo o transtorno autista, transtorno desintegrativo da infância, transtorno generalizado do desenvolvimento não-especificado (PDD-NOS) e Síndrome de Asperger, fundiram-se em um único diagnóstico chamado Transtornos do Espectro Autista – TEA.

O TEA é uma condição geral para um grupo de desordens complexas do desenvolvimento do cérebro, antes, durante ou logo após o nascimento. Esses distúrbios se caracterizam pela dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos. Embora todas as pessoas com TEA partilhem essas dificuldades, o estado delas será afetado em intensidades diferentes. Assim, essas diferenças podem existir desde o nascimento e serem óbvias para todos; ou podem ser mais sutis e tornarem-se mais visíveis ao longo do desenvolvimento.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054