02/12/10 | 16:35
1ª Mostra de Poesia da EMEF Joaquim Gonzaga

Alunos do 6º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Joaquim Gonzaga, localizada na Vila da Prata, zona Oeste, participaram da 1ª Mostra de Poesia, realizada nesta quinta-feira (2), na quadra da escola. O encontro contou com a participação de aproximadamente 200 alunos do turno vespertino e tem como objetivo trabalhar a cultura geral expressa pela arte e, no caso, pela poesia, cujo trabalho culminou na produção própria de poesias, além de demonstrar a presença da cultura na vida da comunidade escolar.

Na oportunidade foram declamadas dez poesias pelos alunos que concorreram à premiação de livros, uma parceria da unidade educacional com as Livrarias Valer, Saraiva, Ática e Distribuidora Dical, que disponibilizaram obras como brindes aos estudantes. Ainda na programação teve um varal e um painel com os trabalhos produzidos pelos concorrentes da mostra.

Segundo a professora de Língua Portuguesa e coordenadora do evento, Maria das Graças Carvalho da Fonseca, foram trabalhadas várias atividades em sala de aula para preparar os estudantes com foco na leitura e escrita com a orientação dos professores de  Língua Portuguesa e Educação Artística.

“O significado do evento é trabalhar a cultura como um todo, que geralmente se expressa pela arte. É um aprendizado sem comparações em conscientizá-los sobre a importância da leitura e consequentemente com a escrita no complemento das produções escritas por eles”, contou.

A aluna do 6º ano, Daleth Cecília da Costa Diniz, 12, teve a chance de mostrar a sua poesia “Minha Rua”. A inspiração na criação da obra se deu pela observação cotidiana ao passar na rua que mora. “Cada dia que passo eu olhava a paisagem da mesma e fiquei admirada com as casas simples, mas bem arrumadas. Foi assim que tive a inspiração para escrever”, explicou.

Com leitura diária, inclusive de jornais, o aluno do 6º ano, Daniel Moreira Coelho, 12, é um dos amantes da leitura e já totaliza cinco poesias, incluindo a intitulada “Brasil”, com destaque para as riquezas do país e os bons exemplos das pessoas. “A leitura ajuda no conhecimento e no saber de tudo o que acontece lá fora sobre as coisas boas e ruins. Esse evento aqui, eu posso dizer, é uma homenagem a todos nós que produzimos as poesias”, disse.

Assessoria de Comunicação da Semed

Dalison Neto

(92)3632-2054

(92)8842-1188

Reportagem: Paulo Rogério