01/06/11 | 17:43
1ª Mostra de Cinema sobre a Diversidade Etnoracial da DRE VII

Gestores, pedagogos e professores de trinta e três escolas municipais localizadas na zona Rodoviária da Divisão Regional Educacional (DRE) VII da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram nesta quarta-feira (1/6), da 1ª Mostra de Cinema com o tema “Refletindo a Diversidade Etnoracial”, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM).

O objetivo do encontro foi de oportunizar momentos de reflexão e estudo como subsídio para a implementação das Leis Federais 10.639/03 e 11.645/08 que obrigam o ensino de História da África, Cultura Afrobrasileira e Indígena no Currículo Escolar.

Os professores coordenadores das unidades educacionais trabalharam com os alunos em sala de aula com peças teatrais, música, dança, gênero sexual, religiosidade e alimentação envolvendo todos os aspectos direcionados ao tema diversidade etnoracial.

A Coordenadora do tema Diversidade Etnoracial da DRE VII, Rosa Denise Diniz, diz que o trabalho feito nas escolas é árduo e envolve os educadores na conscientização dos alunos e de toda comunidade sobre um tema que precisa ser discutido em todos os sentidos. “Nós estamos socializando as ações entre as escolas. A partir deste ano elas vão entregar os projetos sobre o tema em questão. Precisamos conhecer e valorizar nossa própria cultura que também veio com os negros há muito tempo atrás”, analisou.

Segundo o Professor Franklin Valdo da Silva da Escola Municipal São Judas, situada na BR 174, Km 30, Rodoviária Federal, a base das atividades realizadas com os alunos, foi do Projeto “A Cor da Cultura” do Governo Federal. “É importante que todos saibam que não se pode discriminar nenhuma pessoa pela cor e que devemos saber mais sobre os nossos irmãos africanos que tem uma influência em nossa cultura”, contou.

Para a Professora Ana Paula Souza dos Santos da Escola Municipal José Marques, Km 17, AM 010, Ramal Acará, procura sensibilizar a comunidade escolar sobre o tema com material em DVD e filmes. “Cada professor procura em sala de aula informar seus estudantes sobre o assunto. O dialogo com a comunidade escolar tem tido um efeito muito bom, cuja participação dos pais e responsáveis é freqüente nas reuniões”, frisou.

A mostra contou com a oficina Livro Didática “Contribuindo para a superação do racismo”, filme “Rompendo o silêncio” à palestra sobre diversidade etnoracial com a Coordenadora do tema na Semed, Lidia Helena.