13/05/19 | 17:48
Semed inicia a segunda edição da pesquisa de clima organizacional de 2019

Para estreitar a comunicação entre os servidores e a administração, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) iniciou nesta segunda-feira, 13/5, a segunda edição da Pesquisa de Clima Organizacional. A primeira etapa desta fase vai até a sexta-feira, 17/5, e ouvirá Auxiliares de Serviços Gerais, efetivos e terceirizados, e merendeiros. Para participar, o servidor pode acessar o link https://pt.surveymonkey.com/r/PCOSERVICOSGERAIS .

Na próxima semana, de 20 a 24/5, será a vez dos demais servidores responderem as perguntas. A intenção é que esse ano a pesquisa alcance aproximadamente de 12 mil servidores, um aumento se comparado com a primeira edição que obteve respostas de 10 mil.

E para chegar a esse número, o assessor técnico e um dos responsáveis pela aplicação da pesquisa, Jhones Silveira, realizou reuniões com gestores e nas Divisões Distritais Zonais (DDZ) e apresentou os números e as ações que já foram realizadas pela Secretaria.

“Antes da pesquisa nós demos todo o feedback do que foi feito para que as pessoas tenham noção da importância da resposta. Tivemos diversas reuniões com gestores e DDZ. Na pesquisa do ano passado, sem números para apresentar, era mais difícil mostrar a importância desses dados. Agora eles já estão mais conscientes”.

Uma novidade para a pesquisa de 2019 é que se o funcionário quiser se identificar para facilitar a localização do problema relatado, será possível. “A diferença desse ano para o ano passado é que a gente está aprofundando a pesquisa. Esse ano, quem quiser já pode se identificar para podermos trabalhar mais a fundo no problema. Estamos tentando ser mais específicos”, acrescentou o assessor técnico.

Outra novidade para a pesquisa deste ano é que os resultados obtidos pelos funcionários terceirizados serão repassados às empresas responsáveis.

Pesquisa 2018
A última consulta apontou um índice de satisfação de 72% dos servidores. A ideia é que este ano alcance 74%. Para isso, foram trabalhados os pontos com menor índice de satisfação, que foram saúde e infraestrutura.

A pesquisa foi realizada nas 498 escolas da rede municipal, nas sedes das Divisões Distritais Zonais (DDZs), na sede e prédios da subsecretaria de Infraestrutura e Logística, e envolveu, além dos professores, pedagogos, chefes de divisão, gerentes, servidores administrativos, os trabalhadores terceirizados, que atuam como serviços gerais. Entre esse último público, foi identificado uma satisfação de 76%.

Os percentuais foram calculados com base nos resultados consolidados de todas as afirmativas respondidas pelos servidores e funcionários. Foi verificado também que o maior índice de satisfação, está localizado nas Divisões Distritais Zonais (DDZs), com 77,6%.

 

Texto: Alexandre Abreu
Fotos: Eliton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054