13/05/19 | 18:33
Representantes e gestores das escolas da Semed participam de reunião sobre Grêmio Estudantil

Representantes e gestores das escolas municiais de Manaus participaram nesta segunda-feira, 15/03, de uma reunião sobre Grêmio Estudantil. O encontro foi realizado na Escola Municipal Professora Dalvina Silva de Oliveira, localizada no Bairro Tarumã, zona Oeste, e contou ainda com a presença de alunos, assessores pedagógicos e de responsáveis pela execução dos Grêmios Estudantis da Secretaria Municipal de Educação da Divisão de Apoio à Gestão Escolar.

O Grêmio Estudantil funciona como uma entidade representativa na gestão democrática na escola. A função é de auxiliar na mobilização e promoção de  ações  pedagógicas, que envolvem as áreas de desporto, comunicação, arte, cultura e lazer.  Atualmente, existem 13 Grêmios implantados na rede e outros serão implantados de forma gradativa.

A iniciativa é coordenada pela Divisão de Apoio à Gestão Escolar da Semed (DAGE). Segundo Jussara Marques, chefa da DAGE, o Grêmio é fundamental para melhoria do processo de aprendizagem das escolas, por isso, é importante que escolas conheçam e implantem a entidade.

“A gente tem que pensar muito além e esse muito além agora  se dá com a implantação dos Grêmios estudantis, mas de uma forma não muita rápida, porque tem todo o trabalho voltado à gestão da escola e tem que ter a adesão das unidades. Mas entendemos que o Grêmio estudantil tem que fazer parte da escola. E a ideia dele é ajudar o gestor a melhorar suas ações e o processo pedagógico de sua escola”, explicou a chefa da Divisão de Apoio à Gestão Escolar.

Na Escola Municipal Dalvina Silva Oliveira, a iniciativa começou a ser executada  no segundo semestre de 2018 e ao todo há 42 estudantes  envolvidos, sendo 12 integrantes e mais 30  associados.

De acordo com o gestor da unidade, José Francisco da Silva, o Grêmio ajuda significativamente  nos bons resultados da escola. “Antes, por exemplo, tínhamos alunos em situação de risco social e que tinham dificuldade para se desenvolver em sala de aula,  na questão da aprendizagem. Depois que esses alunos foram inclusos esse cenário mudou significativamente. Outra coisa, essa interação entre gestão, os professores e o Grêmio enriquece  o trabalho na escola em relação a didática e a dinâmica do aprendizado e  dos saberes que  se tornam conhecimento”, disse.

Cada Grêmio é composto pelo presidente, conselheiro, tesoureiro e coordenadores da área, que são responsáveis de atuar, especificamente, na mobilização e promoção das ações como arte , cultura e comunicação.

Antônio Ferreira, de 16 anos, aluno da Educação de Jovens e Adultos (EJA) frisou que conseguiu se tornar uma pessoa mais responsável com seus sonhos depois que entrou no Grêmio.

“O Grêmio me ajudou a ser mais disciplinado como aluno e ajudou a buscar sonhos na área da arte, porque a partir do Grêmio tiver como me dedicar mais nisso”, disse.

 

Texto: Emerson Santos
Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054