08/11/18 | 14:38
Relatos de experiências em sala de aula têm destaque no segundo dia da 4ª Socialização de Práticas Formativas

Os relatos de experiências de professores e coordenadores de Telecentros e o uso dos recursos tecnológicos na rede municipal de ensino foram os destaques do segundo dia da 4ª Socialização de Práticas Formativas, que está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e acontece até esta sexta-feira, 09/11, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM).

A programação da socialização, que esse ano tem como tema “Formação Continuada: Tecendo Diálogos Sobre o Cotidiano Escolar e Práticas Pedagógicas Inovadoras”, contou com uma roda de conversa, em que os profissionais apresentaram suas experiências.

Durante o evento, serão apresentados cerca de 50 projetos que compõem as formações com educadores nas modalidades de ensino do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Infantil e Educação Inclusiva.

De acordo com a chefe do DDPM, Rita Luna, os relatos trazem a possibilidade da troca de experiência entre os professores, enriquecendo a prática pedagógica. “Estamos proporcionando possibilidades de aprendermos juntos, porque esse é o grande diferencial quando reunimos professores, pedagogos, gestores, que realmente vivem a experiência da escola. O conhecimento tem que fazer com que a gente repense como estamos fazendo nosso trabalho”.

Com o projeto “Sequência didática: o ovo”, do escritor Milton Célio de Oliveira, a professora Adriana Costa Pereira, da Escola Municipal Zilda Arns Neumann, na zona Norte, apresentou o trabalho que realiza com 46 alunos do 1º ano do Ensino Fundamental.

“Foi muito proveitoso para o aprendizado deles, que puderam conhecer vários tipos de gêneros textuais. Como era para trabalhar a cobertura dos corpos dos animais, eles fizeram a pesquisa e apareceu o livro. Através desse projeto, trabalhei o gênero textual narrativo, ajudando no aprendizado”, contou.

Usando os recursos tecnológicos do projeto Profuturo, a Escola Municipal Epitácio Nunes da Fonseca, no Ramal do Pau Rosa, da BR 174, na zona Rural, apresentou o banner “Jogos mitos e lendas”, desenvolvidos com alunos da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano.

“Nós trabalhamos com mídias, com tabletes, sendo um recurso muito significante para o aprendizado, já que atuamos com o lúdico, atraindo a atenção deles em sala de aula”.

A professora de Educação em Ciências e Matemática, Monica de Oliveira Costa, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), foi responsável pela palestra “Reencontrar a ciência e reinventar a docência”. Ela destacou a importância da temática. “É importante o registro do que é feito em sala. O professor faz várias atividades inovadoras, mas não escreve e não registra isso visualmente, usando a tecnologia como metodologia e não como fonte de informação”.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054