16/03/20 | 17:06
Rede Municipal de Educação realizará pesquisa da qualidade no ensino na modalidade infantil

Aproximadamente 150 unidades de ensino da educação infantil, que atendem crianças de 1 a 5 anos, participarão de uma pesquisa para diagnosticar as potencialidades e os desafios da educação nas creches e pré-escolas da Prefeitura de Manaus, coordenadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). As informações sobre a ação foram repassadas nesta segunda-feira, 16/3, aos chefes e gerentes pedagógicos das Divisões Distritais Zonais (DDZs) da Semed, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul. Nesta terça-feira, 17, as orientações serão repassadas aos diretores das unidades de educação infantil.

A pesquisa acontece por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Manaus, a Fundação Maria Cecília Vidigal e o Laboratório de Estudo e Pesquisa Economia Social (Lepes), que será responsável pelo estudo. Manaus e mais 11 municípios brasileiros serão observados pelos pesquisadores da Lepes. As pesquisas estão previstas para acontecer entre os meses abril e maio.

A secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, esteve no local e falou sobre a importância da avaliação e ressaltou que os bons resultados alcançados na educação de Manaus são consequência do trabalho desenvolvido pelos professores em sala de aula.

“A principal causa do nosso sucesso, sem dúvida nenhuma, foi o empenho, motivação e compromisso dos nossos professores em sala de aula com o apoio dos assessores e gerentes pedagógicos, que assumiram e trabalharam com metas e resultados, conforme as diretrizes do prefeito Arthur Virgílio. A avaliação não coloca em xeque a competência dos nossos educadores, isso é um balizador do nosso fazer, que mostrará onde podemos melhorar”, comentou Kátia.

A pesquisa é uma forma de conhecer o que é oferecido pelo município na educação infantil em termos de equipamentos, estrutura, formação aos professores, além do relacionamento entre escola e família.

De acordo com o coordenador da Lepes, Daniel Santos, a pesquisa é para fortalecer a prática do docente, na aprendizagem e desenvolvimento das crianças. “Nesse primeiro momento vamos observar como são os ambientes de aprendizagem e não o resultado do desenvolvimento das crianças. Queremos investigar as oportunidades no ensino aprendizagem oferecidas para esse público, como a conservação dos equipamentos, a infraestrutura do local e a qualidade da prática pedagógica e estratégia utilizada pelos professores”, explicou.

Aproximadamente 30 observadores estarão envolvidos nesse processo, que receberão orientações da Lepes. O resultado da pesquisa deve ser divulgado em setembro. “O que iremos avaliar é a educação oferecida pela Semed aos alunos da educação infantil, não estaremos avaliando nenhum professor individualmente”, esclareceu Daniel.

A gerente de Creches da Semed, Wissilene Brandão, está com muitas expectativas sobre o que a avaliação pode trazer de novidade e orientação realizadas nas creches. “Nós implementamos uma política educacional forte e séria nas nossas creches, então essa é a hora de sabermos qual parte das nossas orientações e recomendações está dando certo, onde precisamos melhorar. Esse é um momento de olhar para as ações da Semed, com um olhar de pessoas que estão fora daquele ambiente”, disse Wissilene.

— — —

Texto – Érica Marinho / Semed
Fotos – Eliton Santos / Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054