27/07/12 | 17:51
Projeto Brigada nas Escolas entrega certificados aos participantes da Escola Municipal Bem-Te-Vi

Vinte e sete pessoas, entre professores, a diretora, merendeiras, auxiliares de serviços gerais e administrativos da Escola Municipal Bem-Te-Vi, bairro Coroado, Zona Leste da capital, receberam, na manhã desta sexta-feira, 27, os certificados de participação na semana de treinamento da Formação de Brigadistas de Incêndio na escola.

A ação é inédita e faz do Projeto “Brigada nas Escolas” da Secretaria Municipal de Educação (Semed), desenvolvido por meio da Subsecretaria de Infraestrutura e Logística em parceria com o Corpo de Bombeiros do Amazonas.

O treinamento teve a duração de uma semana, das 8h às 12h, com início na última segunda-feira (23) e término nesta sexta. A finalidade é  preparar a comunidade para combater incêndios e momentos de emergência que possam ocorrer na escola e nas casas dos participantes.

Nesta sexta-feira, as pessoas envolvidas no treinamento tiveram aulas de primeiros socorros e práticas de evacuação do local em casos de incêndios.  Basicamente a formação dos brigadistas é composta por quatro equipes: combate ao incêndio, primeiros socorros, evacuação e apoio.

“O projeto tem o objetivo de formar os profissionais da escola e nós alcançamos nossa meta com as pessoas que participaram do treinamento, além dos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O fundamental foi mostrar a importância do treinamento contra incêndios. A escola tem todo o equipamento de segurança e a partir de agora todos saberão como utilizar com aulas práticas que tiveram”, explicou a Engenheira de Segurança no Trabalho da Semed, Ercília Souza.

Aldacy dos Santos Melgueiro, 42, auxiliar de serviços gerais, nunca imaginou que poderia participar de um treinamento de prevenção a incêndios. Para a servidora da escola, o curso foi excelente pelas informações que ela e as demais pessoas tiveram a chance de aprender em uma semana com o Sgt. Augustinho do Corpo de Bombeiros.

“Foi muito proveitoso, porque nós aprendemos  como ajudar e socorrer uma criança e também aprendemos como estancar o sangue. A escola foi escolhida e realmente eu não esperava ser selecionada para participar, mas confesso que foi excelente”, contou.

A merendeira da escola, Maria Aparecia da Silva, 52, disse que muito mais importante que saber como agir em casos de incêndio é conhecer os procedimentos para um atendimento simples quando for necessário dentro da própria unidade educacional.

“Foi positivo o aprendizado em virtude das crianças, de vez em quando, se machucarem e nós prestamos os primeiros socorros  antes de ir ao hospital. É importante saber como colocar uma gaze, controlar o sangue, como mobilizar uma braço e uma perna. O que aprendi aqui vou passar para outras pessoas também”, comentou.

No último dia de treinamento da formação dos brigadistas de incêndio na escola, houve uma simulação de como os participantes devem  proceder para a evacuação da escola em caso de incêndio, que durou cerca de 6 minutos.

Próxima escola

O Projeto Brigada nas Escolas percorrerá a rede municipal de ensino em todas as zonas geográficas da cidade. A próxima unidade educacional a receber o treinamento de formação dos brigadistas será a Escola Municipal Ana Mota Braga, bairro São Francisco, Zona Centro-Sul da cidade, de 6 a 10 de agosto.