20/12/18 | 10:40
Profissionais da educação participam do lançamento do Programa Semed Escola Acessível e Segura

Com o objetivo de atender as necessidades dos alunos com deficiência e tornar as unidades escolares mais seguras e acessíveis, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Departamento de Engenharia (DET), lançou, na tarde desta quarta-feira, 19/12, o Programa Semed Escola Acessível e Segura. Na oportunidade, foram apresentados também os resultados do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

O evento aconteceu no auditório da Subsecretaria de Infraestura e Logística (SSIL), para gestores e assessores das Divisões Distritais Zonais (DDZs) e do PDDE.Aproximadamente 89 escolas municipais, passaram por mudanças, adequando-se às necessidades dos alunos com deficiência. As ações foram possíveis com os recursos federais do PDDE Escola Acessível, em parceria com a equipe de Engenharia da Semed.

Durante o lançamento, a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, os subsecretários de Gestão Educacional, Euzeni Araújo, e Administração e Finanças, Bruno Guimarães, participaram de uma simulação para vivenciar as dificuldades encontradas por alunos com deficiência, ao precisar se locomover. Primeiro, passaram por um circuito com obstáculos, como portas estreitas e escadas e, em outro momento, tiveram a experiência de caminhar por um circuito com acessibilidade, como rampas, piso tátil e porta acessível. “O que nós queremos é garantir o direito dos alunos de ir e vir e isso é um dever da Semed. Esse Programa complementa o que nós já desenvolvemos nas nossas escolas, que é garantir a acessibilidade e segurança de todos”, completou Kátia.

Neste ano foi implantado também o ‘Plano de Medidas de Segurança, Proteção Contra Incêndio’ com formação de brigadas de incêndio nas escolas municipais. O Projeto de Combate a Incêndio (PCI) aconteceu em 93 escolas com até 750 m². A execução do PCI aconteceu em 34 unidades e destas, 33 receberam o certificado de Auto Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

 

O Programa, acerca das adaptações das unidades da rede municipal, assegura o cumprimento da NBR 9050/2015 e do Decreto Estadual N° 56.819 do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, que visa garantir a segurança dos alunos e do público em geral. Até 2021, todas as unidades estarão adequadas com acessibilidade e certificados AVCB.

De acordo com o diretor de engenharia da Semed, Alan Miranda, o objetivo é unir forças para que todas as escolas sejam atendidas o mais rápido possível. “Nós vamos unir forças, com o recurso do PDDE Escola Acessível e a nossa mão-de-obra, assim todas as escolas serão atendidas”, explicou Alan.

 

Texto: Érica Marinho

Fotos: Martha Bernardo/Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054