08/08/12 | 16:32
Oficina de Alfabetização e Letramento na Perspectiva do Lúdico

Com o objetivo de proporcionar a articulação entre teoria e prática na ação pedagógica dos professores no processo de avaliação e letramento, a Divisão Regional Educacional (DRE) I da Secretaria Municipal de Educação (Semed), promove, nos dias 8 e 9 de agosto, das 8h e 14h, a Oficina de Alfabetização e Letramento na Perspectiva do Lúdico, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM).

A oficina atende as prioridades do Projeto “Alfabetizando na Hora Certa”, da Semed. Cerca de 220 professores de 1° e 2° ano do ensino fundamental do município participam da oficina, para por em prática novas ferramentas pedagógicas em prol de mais de mil alunos na melhoria do processo ensino-aprendizagem.

Os educadores terão como proposta de trabalho os seguintes itens para ser desenvolvido na comunidade escolar: o lúdico no processo de Alfabetização e Letramento; níveis conceituais de leitura e escrita e intervenções didáticas; estratégias para compreensão leitora; e atividades de reflexão de análise linguística com os textos literários.

“Nossa intenção principal é melhorar a prática diária dos educadores no tema em destaque, uma vez que percebemos que os alunos do 2º ano na Provinha Brasil ainda estão no estágio bem inicial de alfabetização. A proposta, com essa oficina, é de subsidiar os professores com atividades práticas e conceituais que ajudem a melhorar a cada dia seu trabalho em sala de aula”, explicou a assessora pedagógica da DRE I, Santana Elvira Rocha.

A formadora de Alfabetização e Letramento do DDPM, Raiolanda Camargo, explica que a dinâmica da oficina é instrumentalizar aos educadores o desenvolvimento de práticas educativas que possam ser utilizadas em sala de aula.

“Nós temos aqui novas alternativas didáticas que implicam em uma formação mais consistente por parte do professor. Nesse primeiro dia estamos destacando sobre a leitura e escrita e as estratégias de como o educador pode usar a questão do letramento”, citou.

Segundo a professora de Educação Infantil da Escola Municipal Osvaldo Sobreira, Ivana Guedes, o propósito desta oficina é aprender práticas pedagógicas de ensino para que as mesmas possam ser ministradas em sala de aula de modo atraente e interativo.

“Acho importante esse momento. Às vezes nós, professores, ficamos tão presos ao comum e ao tradicional que tornamos as aulas cansativas e monótonas. Este momento vem de encontro a isso, nos dando ferramentas e auxílio para revertermos essa situação. Vamos propiciar aos nossos alunos o desenvolvimento e habilidades para que haja um aprendizado acerca da alfabetização e do letramento de maneira lúdica e ao mesmo consistente”, destacou a professora.