11/07/18 | 15:04
Escola na Colônia Antônio Aleixo é selecionada para participar do Projeto Vacaciones Solidárias

Os 570 estudantes da Escola Municipal Lili Benchimol, localizada no bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona leste de Manaus, serão beneficiados pela parceria entre Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Fundação Telefônica/Vivo, que levará para a unidade o Projeto Vacaciones Solidárias. A ação seleciona colaboradores voluntários do Grupo Telefônica, que trabalhem em qualquer país onde há sede da empresa, os quais doam 15 dias das férias deles em colaboração com ações sociais e educativas ao redor do mundo.

Nesta quarta-feira, 11/7, a secretária da Semed, Kátia Schweickardt esteve na unidade, juntamente com representantes da Fundação Vitória Amazônica (FVA) e da Ação Social para Igualdade das Diferenças (Asid) para uma visita coletiva e uma roda de diálogo sobre a atividade que será realizada na escola. A Asid é parceira da Fundação Telefônica no Programa Vacaciones no Brasil.

Durante esse encontro, a secretária lembrou que esse tipo de ação e parcerias são excelentes para as escolas da rede municipal, mas que é fundamental o processo de diálogo, a fim de que a comunidade escolar esteja envolvida em toda ação, uma vez que a escola é o reflexo dos moradores do entorno da unidade de ensino.

“Essa é mais uma possibilidade de traçarmos estratégias de empoderamento das comunidades e do controle social. A gente vem numa grande empreitada de transformar nossa proposta de educação básica em uma grande comunidade de aprendizagem e para isso não basta só a Semed e as escolas com os alunos e professores estarem envolvidos. É muito importante parceiros, porque a sociedade toda é responsável por uma educação melhor, que é direito das crianças, mas é muito importante também a participação das famílias e das comunidades”.

Para ser selecionada, a escola precisava ser uma das 140 escolas participantes do projeto Profuturo Aula Digital, que acontece por meio da parceria com a Fundação Telefônica/Vivo, e passar por avaliação dos responsáveis da FVA.

A representante da Asid, Isabela Bonet, explicou como funcionará o trabalho na unidade escolhida.

“Vão vir para Manaus de diversos países 17 voluntários e ficarão aqui durante 15 dias. Nos dias da semana, eles farão intervenções dentro da escola. Essas intervenções têm o objetivo de fazer a escola ser mais inovadora, mais atrativa e inclusiva”.

Ela também acrescentou que antes dessas intervenções diretas, eles vão ouvir a escola para pontuar o que poderá ser realizado e, de acordo com o talento de cada voluntário, atuarão nas principais necessidades da escola.

A gestora da unidade, Bernardete Marta da Silva, espera resultados muito positivos, uma vez que eles já têm uma comunidade bastante ativa e qualquer nova interação será bem recebida por eles.

“A expectativa é grande, ainda mais quando a gente tem em vista mais ou menos o que está traçado para acontecer. A gente espera que a comunidade possa abraçar realmente com gosto e vontade, como é típico deles. Tenho certeza que as coisas vão acontecer da melhor forma e eu conto realmente com a participação de todos os agentes da comunidade local”, finalizou.

 

Texto: Alexandre Abreu

Fotos: Lton Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054