13/04/18 | 15:43
Crianças recebem reforço nutricional em creches municipais

O reforço nutricional para a alimentação infantil realizada para alunos de seis creches da rede municipal começou a ser feito, este ano, para o Primeiro Ciclo, ou seja, para este primeiro semestre. O trabalho é realizado pela Prefeitura de Manaus, por intermédio da secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com apoio da Secretaria Municipal Educação (Semed).

A abertura deste primeiro ciclo da Estratégia NutriSUS aconteceu na manhã desta sexta-feira, 13/04, na Creche Municipal Gabriel Correa Pedrosa, na Rua Sebastião Romano, 2.246, Conjunto Rio Xingu, Compensa. A ação faz parte da Estratégia de Fortificação de Micronutrientes em pó, do Ministério da Saúde (MS), e é mantida pela Prefeitura de Manaus desde 2015.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi considera que a importância da Estratégia NutriSUS reside no fato de que o reforço resulta  na diminuição de carências nutricionais e anemia para crianças de 6 a 48 meses, por meio da suplementação da alimentação escolar com micronutrientes.

“Esse objetivo está perfeitamente alinhado às nossas estratégias de saúde aplicadas nas creches do município, conforme orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto. A meta é alcançar, cada vez mais, um número maior de crianças para que elas cresçam saudáveis e bem nutridas”, disse Magaldi.

Cada sachê NutriSUS contém 1g e é composto por 15 micronutrientes, entre eles, as vitaminas A, D, E, B1, B2, B6, B12, Niacina, Ácido Fólico, Zinco, Ferro, Cobre, Selênio e Iodo. O suplemento é uma mistura de vitaminas e minerais em pó, para ser adicionado à merenda escolar.

Segundo a nutricionista, mestre em ciência de alimentos e apoiadora técnica da ação, Eliana Rodrigues em 2018 o NutriSUS pretende focar em crianças com risco de sobrepeso, sobrepeso e obesidade. “Realizamos duas avaliações antropométricas e hematológicas, em momentos diferentes, das crianças participantes do programa em 2017 e constatamos que 65,5% apresentam sobrepeso, risco ou obesidade. A partir destes números, voltamos a atenção do NutriSUS para estas crianças, promovendo uma melhor qualidade alimentícia nas creches municipais da cidade”, disse Eliana.

Mesmo participando oficialmente do programa em 2018, a Creche Municipal Gabriel Correa Pedrosa já recebia os kits nutricionais desde meados de 2017. A gestora da unidade, Edinelza César Correa, conta que a diferença na participação dos alunos e no estado de saúde é notável. “O NutriSUS chegou ano passado e já foi muito bom para as nossas crianças, porque nós verificamos que elas adoeceram menos. Temos muita satisfação em fazer o lançamento aqui e mostrar para os pais e para comunidade o que é o programa. A coroação acontece quando as crianças adoecem menos, evitando transtornos para a família como faltar ao trabalho, por exemplo”, declarou.

Na opinião da mãe do aluno Kaleb Fadul, 3, Charliny Fadul, 30, cujo filho estuda desde os 11 meses na creche, a diferença no dia a dia e no apetite dele já é notável. “Desde que começou aqui na creche, eu autorizei que meu filho participasse e eu percebi que até o apetite dele aumentou”, observou.

Administração dos Sachês

O esquema de administração dos micronutrientes em pó consiste em dois ciclos de intervenção. A administração é de um sachê ao dia, de segunda a sexta-feira, durante 12 semanas, para uma pausa por três a quatro meses. A criança que faltar à creche deve continuar a receber o sachê, continuamente, seguindo o ciclo de intervenção.

O produto é administrado por via oral e não há necessidade de adicionar mais de um sachê por dia. O conteúdo é adicionado à alimentação pronta servida à criança, em alimentos como arroz, feijão, papas, purês e cremes.

Marcelo Magaldi lembra que a criança que recebe o sachê de micronutrientes na creche não precisa receber os suplementos de ferro e vitamina A, para fins preventivos, distribuídos na Unidade Básica de Saúde (UBS).

A fortificação com o sachê de micronutrientes tem boa aceitação, não altera o sabor, cor e textura dos alimentos. A equipe de saúde vinculada à creche do PSE supervisiona, de forma compartilhada, a administração dos sachês na creche, além de registrar a suplementação com sachês na caderneta da criança.

As equipes distritais responsáveis pelo PSE/NutriSUS participam ativamente de todo o processo de implantação, monitoramento e avaliação da estratégia. A Semsa está trabalhando para aprimorar o processo monitoramento e avaliação da Estratégia NutriSUS. Ao longo do ano, as equipes de saúde realizarão a avaliação nutricional, análise bioquímica (hemograma) e avaliação do crescimento e desenvolvimento de todas as crianças suplementadas nas creches. As informações serão inseridas no e-SUS, que é o sistema de informação utilizado pelas equipes de Saúde da Atenção Primária.

No ano passado, 669 crianças participaram do NutriSUS, em creches de Manaus, sendo 368 no 1º ciclo, e 301 no 2º ciclo.

Creches Municipais participantes da Estratégia

A suplementação da alimentação infantil será realizada nas seguintes creches municipais:

1.   Creche Municipal Gabriel Corrêa Pedrosa, na Rua Sebastião Romano, nº2-246, Conj. Rio Xingu, Bairro Compensa
2.   Creche Municipal Prof.ª Eliana de Freitas Moraes, na rua 16 de Agosto, s/n. Riacho Doce III. Bairro Cidade Nova
3.   Creche Municipal Maria Ferreira Bernardes, na rua Fazendinha, s/n. Comunidade Fazendinha. Cidade Nova
4.   Creche Municipal Escritor Manuel Octávio Rodrigues de Souza, Av. Solimões, c/ rua 17, s/n. Loteamento Jardim Mauá. Distrito Industrial
5.   Creche Municipal Prof. Virgínia Marília Mello de Araújo, na rua Carnaúba, s/n. Gilberto Mestrinho Leste II
6.   Creche Municipal Magdalena Arce Daou, na rua Prof. Carlos Mesquita, s/n. Santa Luzia

 

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior / Semsa

Alexandre Abreu/ Semed

 

Fotos: Marinho Ramos / Semcom

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054