04/09/19 | 15:54
Cmei Odete Puga realiza Desfile Cívico em torno da escola

Em comemoração à Semana da Pátria e a Elevação do Amazonas a categoria de Província, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Odete Puga, bairro Petrópolis, zona Sul, realizou na manhã desta quarta-feira, 4/9, o Desfile Cívico em torno da escola. A programação contou com a presença das professoras, pais, responsáveis e a comunidade em geral. Alunos do Cmei Maestro Dirson também participaram da programação.

A diretora da unidade, Amanda Macanoni disse que a programação é importante para as 500 crianças da escola, pois mostra todo trabalho pedagógico realizado com a temática pelas professoras, sempre alinhando as atividades com os pais e responsáveis dos alunos.

“A gente sempre tenta fazer algumas coisas diferentes e inovar. Fizemos o desfile toda vez em torno da escola com a participação dos pais e a comunidade, agregando outras escolas também para participar conosco. Os alunos, apesar de pequenos, conseguem assimilar esse momento cívico, porque nós temos nossa hora cívica na escola”, disse.

Para professora Cristina Marinho Souza, o desfile cívico é o complemento das atividades que a escola realiza com as crianças sobre a temática, pois desde cedo é ensinado a importância da cidadania para os alunos.

“É um trabalho já planejado mensalmente, com atividades para as crianças. Todos os conceitos de símbolos, valores, amor à Pátria são trabalhados em sala de aula por meio de recursos de momentos lúdicos. É importante as crianças já começarem a desenvolver um laço com os valores da Pátria e da importância do amor ao nosso País”, comentou.

A doméstica Lanira Brasil Kativo, 30, mãe do aluno do 1º período, Isaac Francisco Brasil Mendes, 4, acompanhou todo desfile. Para ela, a programação da escola foi muito boa.

“Acho muito interessante meu filho participar desses eventos, porque é autista e participar de toda comemoração da escola é muito importante. É uma forma dele se comunicar, pois tem um aspecto restrito e não gosta muito de ficar no meio de pessoas. Procuro de todo jeito trazê-lo para participar e interagir com todos da escola”, explicou.

 

Texto: Paulo Rogério

Fotos: Eliton Santos/ Divulgação/ Escola