Archive for the ‘noticias’ Category

Escola Municipal recebe palestra sobre bullying

quarta-feira, julho 2nd, 2014

Cerca de 40 alunos da Escola Municipal Professora Rita de Cássia da Silva, localizada na Rua Nova Jerusalém, bairro Novo Israel, zona norte, assistiram, na tarde desta terça-feira, 1°, a palestra ‘Consequências do Bullying’, ministrada por psicólogas, assistentes sociais e fonoaudiólogas do Centro Municipal de Atendimento Sociopsicopedagógico (Cemasp), Polo 2, da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A unidade possui 21 alunos com necessidades educativas especiais. O tema abordado foi solicitado pela coordenação da escola. Cinco alunos de cada turma, do 3º ao 5º ano, foram escolhidos para conferir a palestra. No decorrer da semana, eles têm a missão de transmitir o que aprenderam aos demais alunos e para a família.

“Nós temos um grande número de alunos inclusos que foram recebidos muito bem pelos estudantes da escola, mas também temos aqueles que vêm de outras escolas e que não conseguiram se adaptar com os colegas. Daí a importância de ensinar a respeitar a diversidade e fazê-los entender que é necessário que todos respeitem uns aos outros”, disse a pedagoga Márcia Arthemis.

A assistente social Edilane Monteiro informou que o Cemasp Polo 2 atende a 119 escolas municipais da Divisão Distrital Zonal Norte 1 e 2. “Temos uma relação de palestras com vários temas. A escola recebe as palestras de acordo com o tema que a comunidade almeja. É muito comum abordamos a questão do bullying com as crianças”, contou.

Ainda de acordo com Edilane, a solicitação de palestras nas escolas é cada vez mais frequente. “Hoje, nós percebemos que a demanda é maior. O bullying, por ser relativamente novo, é um dos temas mais solicitados. A inclusão trouxe essas crianças para as escolas e, embora as professoras trabalhem o tema na sala de aula, colaboramos para a inclusão ser algo possível. Trabalhamos para que a criança passe pela vida escolar de uma forma tranquila”, completou.

As palestras são ministradas de forma lúdica e interativa, com o uso de imagens, vídeos, questionamentos e reflexões. A psicóloga Tânia Vaniete afirmou que os alunos saem sensibilizados das palestras. “Percebemos que alguns estudantes estão tendo determinados comportamentos que estão influenciando principalmente as crianças da sala de recursos. Com o trabalho sobre as consequências do bullying, o aluno muda as atitudes, passa por uma conscientização e aprende a respeitar o outro”.

A professora da sala de recursos da escola, Georgina Souza, garante que o trabalho realizado pelos professores e pela equipe do Cemasp contribui positivamente para a convivência de todos os alunos. “É importante a conscientização de todos os alunos. Percebemos o respeito com as crianças especiais. Durante a hora do recreio, por exemplo, eles se ajudam, brincam juntos e é raro vermos casos de discriminação”, contou.

Texto: Luana Carvalho
Fotos: Rodemarques Abreu

Conselheiros do Fundeb ajudarão a otimizar a aplicação de recursos

terça-feira, julho 1st, 2014

Vinte e dois conselheiros que fiscalizarão os recursos destinados ao município de Manaus por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) tomaram posse nesta terça-feira, 1º. São 11 titulares e 11 suplentes que atuarão no biênio 2014-2016. A cerimônia ocorreu pela manhã no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O secretário municipal de Educação, Humberto Michiles, lembrou que o trabalho dos conselheiros contribui para o investimento adequado dos recursos oriundos do Fundeb. Para ele, a má aplicação da verba é tão prejudicial quanto é a corrupção.

“Uma chaga que precisamos combater é o desperdício. Ele não é barulhento e escandaloso como a corrupção, mas é um mal silencioso. Uma verba mal aplicada é um recurso que deixa de ser investido na melhoria da qualidade da educação. Quantos projetos são iniciados e não concluídos, obras deixadas pela metade, quanta coisa inventada que é desnecessária. Esse é o papel que nós esperamos dos conselheiros: que eles nos ajudem a aplicar os recursos da melhor maneira possível e mais eficaz para a qualidade da educação”, disse.

O Fundeb é um fundo contábil de recursos oriundos de impostos com o intuito de financiar a educação básica pública. Aos conselheiros – que representam diversos segmentos da comunidade educacional, como: professores, diretores de escola, Conselho Tutelar, entre outros – cabe o papel da fiscalização à aplicação das verbas e também o papel de sugerir ações para a melhoria da educação.

Elizangela Brandão é gestora da Escola Municipal Desembargador Candido Honório e conselheira titular do Fundeb desde 2012. Sua principal meta para o novo biênio é trabalhar na redução dos gastos.

Para a professora Fernanda Aroucha, que pela primeira vez atuará como conselheira do Fundeb, o importante é manter um diálogo próximo com a secretaria a fim de sugerir soluções para o desperdício dos recursos públicos.

“Estou há 25 anos trabalhando com educação e vejo que o estado do Amazonas e o país estão avançando na educação. Foi aprovado recentemente o Plano Nacional da Educação e virão mais recursos para os municípios investirem. Nós temos justamente o papel de darmos qualidade ao uso desse dinheiro. Acredito que é assim que continuaremos avançando”, afirmou.

Eleição

Na próxima quinta-feira, 3, será realizada a eleição para presidente, vice-presidente e secretário do Fundeb. Os eleitos tomarão posse e junto com os conselheiros atuarão no biênio 2014-2016.

 Lista dos conselheiros

Fernanda do Nascimento Melo

Miqueline da Silva

Norberto Pantoja

Roberto Santos de Almeida

Raimundo Torres de Albuquerque

Vanessa Antunes

Marcos Paulo Braga

Ernestina Garcês

Maria Auxiliadora dos Santos

Cilene de Lira

Francinete Vale da Cruz

João Ferreira Filho

Virginia Barros da Silva

Maria Niciane Bussoes

Ângelo de Souza Ataíde

Keully Leal

Vandeison Souza Santos

Ayana Heloisa Almeida Negreiros

Elizangela Brandão de Souza

Eliana Maria Teixeira

Kirk Jober Isaac Shado

Raimundo Damião Marques

 

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Lton Santos

Prefeito faz balanço dos seis primeiros meses e reforça metas de 2014

terça-feira, julho 1st, 2014

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, fez um balanço das ações realizadas nos seis primeiros meses deste ano, destacando obras em infraestrutura, saúde e educação. Durante entrevista a uma emissora de rádio local, concedida na manhã desta terça-feira, 1 de julho, o prefeito também destacou as metas que a prefeitura pretende atingir até o final de 2014, entre elas a ampliação e abertura de novas vias, com o pacote de verão.

“Serão aproximadamente R$ 48 milhões investidos no nosso pacote de verão, que contempla, principalmente, melhorias no sistema viário e transporte coletivo. Nesse projeto, vale destacar o alargamento das avenidas Umberto Calderaro e Cosme Ferreira, assim como as melhorias dos ramais do perímetro urbano e o recapeamento de 23 bairros das zonas Norte e Leste, graças ao convênio firmado com o Governo do Estado. Muitas obras serão entregues até o final deste ano e outras no começo de 2015”, destacou Arthur Neto. De acordo com o cronograma, até setembro deste ano, 2 mil ruas serão atendidas.

Entre as obras entregues no primeiro semestre de 2014, o prefeito citou a reforma do Terminal da Cidade Nova – T3; as oito plataformas do Bus Rapid System (BRS) inauguradas na Autaz Mirim; a entregua da ponte Engenheiro Lopes Braga; o recapeamento do chamado Quadrilátero da Copa, que corresponde a 62,5 quilômetros de vias; além da requalificação dos parques do Mindu e Bilhares, bem como das praças Raimundo Parente, na avenida André Araújo, e Mário Verçosa, conhecida como praça do Dom Pedro.

“Até dezembro temos muitos frutos a colher, o investimento em ações que possam mudar a cara da cidade e melhorar a qualidade de vida do povo de Manaus têm sido uma preocupação constante na nossa administração. O inverno nos impossibilita de tocar os trabalhos com mais celeridade, mas avançamos muito. A Copa passou e as melhorias ficaram. A cidade está, de fato, mais bonita, o que encantou não só a mais de 250 mil turistas que passaram por aqui mas, também, encheu de orgulho os manauaras”, afirmou o prefeito.

Dentro do cronograma de inaugurações, já estão prontas para serem entregues as obras de reforma do Terminal do Jorge Teixeira – T4; mais oito plataformas do BRS entre as avenidas Camapuã e Cosme Ferreira; e a Mini Vila Olímpica do Coroado. Ao longo do mês de julho, estão previstas para serem entregues outras 13 plataformas do BRS nas avenidas Noel Nutels e Max Teixeira; a praça Coronel Teixeira/CIGS; e a Galeria Espírito Santo.

Em agosto, o Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus (Prourbis) conclui mais 116 unidades habitacionais. Em setembro, a previsão é que o local também ganhe um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), uma Creche e um Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS). A Galeria dos Remédios e a ponte definitiva que liga a Ponta Negra ao Alphavile são outras obras que devem ser entregues em setembro. O Complexo Viário 28 de Março, deverá ser inaugurado em outubro, mês do aniversário da cidade.

 

Saúde

Na área da saúde, a prefeitura quase dobrou a cobertura da Atenção Primária do início de 2013 até agora, com o horário ampliado em 10 unidades e a ampliação da rede. Foram quatro novas Unidades Básicas de Saúde entregues neste primeiro semestre, além do Centro especializado de Oncologia (CEO) Rubim Sá, sem falar nos 486 profissionais de saúde, aprovados no concurso de 2012, que foram convocados e nos 85 médicos inseridos no quadro municipal pelo programas Mais Médicos. Vale lembrar que, durante o mês de maio, 10 mil servidores municipais da saúde foram beneficiados com o ajuste salarial de 7%.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) também implantou três novas equipes de Saúde Ribeirinha, o Centro Integrado de Operações Conjuntas da Saúde (CIOCS), os teste rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C, em 41 unidades, além do teste rápido de Tuberculose, que oferece resultado em até duas horas.

“Tivemos a ampliação do nosso Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com a criação do Samu Metropolitano, que foi outra ação conjunta com o Governo do Estado, beneficiando mais de 300 mil pessoas da Região Metropolitana. E vamos fazer mais com a construção de 12 novas UBSs até o final deste ano, um novo Centro de Especialidades Odontológicas no Distrito Leste, quatro novos Postos de Coleta de Exames Laboratoriais nas áreas urbana e rural, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na zona Norte e com a ampliação do Mais Médicos para 97 profissionais”, garantiu o prefeito Arthur Virgílio Neto.

 

Educação

Na educação, o prefeito destacou a criação de quatro novas creches, totalizando 12 já entregues, que beneficiam mais de duas mil crianças de 1 a 3 anos de idade. Oito novas creches estão em construção, 14 em licitação e mais 20 na ata de adesão do Governo Federal.

Ainda segundo o prefeito, cinco escolas também foram entregues e quatro foram reformadas. Atualmente, 21 escolas estão em licitação para beneficiar alunos da zona Rural e outras duas unidades indígenas estão em construção.

“Também reajustamos em 10% o ganho salarial de todos os servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), além de outros benefícios. Tivemos a realização do 1º Balaio Cultural, em parceria com o governo estadual, valorizando e oferecendo lazer e cultura aos professores, no período de recesso”, pontuou Arthur.

Os números surpreendem positivamente, a exemplo das bibliotecas escolares que foram ampliadas para 220, totalizando um acervo de 600 mil livros; ampliação de 44 mil para 71 mil alunos beneficiados com o Sistema de Ensino Aprende Brasil; e mais de 1,5 mil já alunos fazem parte do  projeto English For Kids.

 

 

REPORTAGEM: Alita Falcão

FOTOS: Karla Vieira/Semcom

 

Prefeitura de Manaus realiza Pedalada da Inclusão neste domingo

terça-feira, julho 1st, 2014


A Pedalada da Inclusão, que será realizada neste domingo, 6, é uma das estratégias da Prefeitura de Manaus para divulgar a edição deste ano dos Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas). O evento esportivo está marcado para às 7h e é organizado por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), com a parceria com a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

A pedalada sairá da Alameda do Samba, nas proximidades do sambódromo, com chegada na Praça Heliodoro Balbi, popularmente conhecida como Praça da Polícia, no Centro. As inscrições serão feitas no mesmo dia mediante a apresentação da carteira de identidade. O evento é gratuito e aberto ao público em geral. Durante a atividade, água e frutas serão distribuídas aos participantes. Os primeiros 500 inscritos receberão uma blusa do projeto.

A idealizadora e coordenadora do projeto, Shirley Amaral, informou que a pedalada é a segunda ação de chamada para o Jaavas. “Em fevereiro tivemos a primeira ação que foi uma capacitação aos professores. Agora faremos a pedalada e em seguida acontecerão os jogos. Já no dia 21 de novembro faremos uma mostra de dança e encerraremos as atividades com o Prêmio de Educação Especial, no dia 5 de dezembro”.

Jaavas

As inscrições para o Javaas começaram no dia 2 de junho, mas podem ser feitas até o dia 31 de julho. O procedimento deve ser apenas no site da Semed, pelo seguinte link: (http://semed.manaus.am.gov.br/jaavas-2014/).

A competição é destinada a todas as pessoas com algum tipo de deficiência, sejam de Manaus ou do interior do Estado. Atletismo, basquetebol, voleibol, natação, queimada, futsal, golbol e tênis de mesa estão entre as modalidades disputadas durante os jogos.

A expectativa é que 2,5 mil pessoas se inscrevam para os jogos, que ocorrerão de 23 a 31 de agosto. O Jaavas é realizado com apoio de secretarias municipais, empresas privadas, entidades educacionais, esportivas e filantrópicas.

Para aprimorar a orientação espaço temporal e a coordenação motora e global, vários jogos recreativos adaptados foram criados pela equipe de professores de Educação Física do Jaavas. Os jogos contribuem para o processo cognitivo dos alunos com deficiência visual, auditiva, física, intelectual, entre outras.

 

SERVIÇO

O QUÊ: Pedalada da Inclusão do Jaavas

QUANDO: próximo domingo, 6, a partir das 7h

ONDE: saída da Alameda do Samba, zona oeste.

Mais informações: 99624300 – idealizadora e coordenadora do projeto, Shirley Amaral

 

TEXTO: Luana Carvalho

Semed abre inscrições de cursos de língua inglesa e espanhola

segunda-feira, junho 30th, 2014

O Programa Ampliando Horizontes, realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) para a valorização do servidor, abrirá 170 vagas de cursos de língua inglesa e espanhola. Podem participar dos cursos servidores efetivos da rede municipal de ensino e filhos de servidores efetivos, com idade igual ou acima de 17 anos.

O período da matricula é de 2 a 4 de julho de 2014, no horário de 18h30 as 20h30, na sala 01 da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizada na Avenida Maceió, número 2.000, bairro Parque 10. As informações podem ser obtidas pelo número 3642-9632.

As aulas começam no dia 14 de julho e o programa é realizado pela Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Semed.

Para se matricular nos cursos de língua inglesa e espanhola, o servidor deve ter disponibilidade para o turno noturno, não ser desistente do Programa Ampliando Horizontes, apresentar uma cópia do contracheque, uma foto 3×4 e uma cópia do RG.

Filho de servidor deve ter 17 anos ou mais, ter disponibilidade para o turno noturno, apresentar uma cópia do contracheque atual do pai ou da mãe servidor da Semed, uma foto 3×4 e uma cópia do RG ou certidão de nascimento.

Os cursos são distribuídos em seis níveis, com progressão semestral, totalizando três anos e seis meses opcionais de conversação. A média mínima para aprovação é 7,0. A aquisição do material didático é de responsabilidade do aluno.

Nivelamento

A prova de nivelamento ocorrerá no dia 4 de julho às 19h na sala 03 da DDPM. São 100 vagas para servidores e 70 para filhos de servidores. O programa Ampliando Horizontes está no seu quinto ano de trabalho, já formou 220 alunos nos cursos de língua inglesa e espanhola e atende atualmente a 280 servidores.

 

Vagas para servidores

Segunda e quarta-feira

25 vagas para língua inglesa

25 vagas para língua espanhola

 

Terça e quinta-feira

25 vagas de língua inglesa

 

Conversação: segunda e quarta-feira

25 vagas de língua inglesa

 

Vagas para filhos de servidores

Segunda e quarta-feira

20 vagas de língua inglesa

20 vagas de língua espanhola

 

Terça e quinta-feira

20 vagas de língua inglesa

 

Conversação: Segunda e Quarta

10 vagas de língua inglesa

 

Texto: João Pedro Figueiredo

Assessoria de Comunicação: 92 3632-2054

Última semana de inscrições para o Prêmio Educador Nota 10

segunda-feira, junho 30th, 2014

Educadores de todo Brasil precisam se apressar para participar da 17o edição do Prêmio Educador Nota 10. As inscrições terminam no próximo domingo, 6, e podem ser feitas pelo endereço http://www.educadornota10.org.br. A premiação realizada pela Fundação Victor Civita (FVC) irá reconhecer e contemplar 50 educadores do Brasil inteiro.

Para participar do Prêmio, é preciso exercer o cargo de professor, orientador, coordenador ou diretor das redes públicas e privadas e de escolas comunitárias ou filantrópicas de acesso público, urbanas ou rurais. Os professores devem atuar na Educação Infantil ou no 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental (incluindo Educação de Jovens e Adultos – EJA), nas disciplinas de alfabetização, língua portuguesa, educação física, história, arte, língua estrangeira, ciências, matemática e geografia. Já diretores, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais precisam estar à frente de turmas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio (incluindo EJA).

“O Prêmio tem como objetivo identificar, valorizar e divulgar projetos educativos de qualidade, planejados e executados por educadores em escolas de ensino regular”, afirma Angela Dannemann, diretora executiva da Fundação Victor Civita (FVC). “Portanto, todos que tiverem produzido uma experiência bem-sucedida na escola em que atua devem participar. Mais do que um trabalho inovador, buscamos resultados efetivos na aprendizagem dos alunos.”

O Prêmio Educador Nota 10, que a partir desta edição conta com a parceria da Globo e da Fundação Roberto Marinho, conta com um processo de inscrição muito fácil e intuitivo, basta acessar o site www.educadornota10.org.br e seguir as orientações. Além disso, ali também é possível conferir as dicas dos 10 educadores que venceram o prêmio no ano passado e fazer o download do modelo de relato que, contém dicas sobre o que deve constar na redação do trabalho.

Para selecionar os ganhadores, a Fundação Victor Civita avaliará a adequação entre os objetivos, as ações desenvolvidas e as aprendizagens alcançadas pelos alunos. No final do processo de seleção, serão escolhidos os 50 finalistas que ganharão uma assinatura das revistas NOVA ESCOLA ou GESTÃO ESCOLAR DIGITAL, dentre os 50 finalistas, 20 serão premiados com um tablet. Destes, serão escolhidos os 10 vencedores que ganham, além da assinatura da revista NOVA ESCOLA ou GESTÃO ESCOLAR DIGITAL e do tablet, um vale-presente no valor de R$ 15 mil. Os 10 Educadores Nota 10 concorrem ainda ao prêmio de Educador do Ano, no evento que será realizado no dia 20 de outubro, em São Paulo.

O Prêmio Educador Nota 10 também tem como apoiadores a Unesco, Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), Todos pela Educação, Unicef, Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) e Instituto Natura.

Inscrição

As inscrições vão até 6 de julho, e devem ser feitas exclusivamente no site: www.educadornota10.org.br. É preciso ler e aceitar o regulamento, preencher a ficha de inscrição e anexar o trabalho.

A premiação é destinada a experiências escolares que possam ser comprovadas (por meio de produção de alunos, registros de classe etc.) e que tenham sido realizadas no ano letivo de 2013 ou no 1º semestre de 2014. No entanto, para ser inscrito, o trabalho deve estar concluído e ter sido avaliado, sendo que cada participante poderá inscrever apenas um trabalho. O trabalho, mesmo que desenvolvido em grupo, deve ser inscrito no nome de apenas um(a) educador(a). No caso de experiências coletivas, devem ser mencionados no relato os demais participantes.

Sobre a Fundação Victor Civita

 

A Fundação Victor Civita foi criada em 1985, como uma das primeiras iniciativas brasileiras no campo social. Desde então, sua missão tem sido contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica no Brasil, produzindo conteúdo que auxilie na capacitação e valorização de professores e gestores e influencie políticas públicas.

História de superação marca encerramento do 1º Balaio Cultural da Educação

sexta-feira, junho 27th, 2014

O encerramento do 1º Balaio Cultural da Educação foi marcado pela palestra do pedagogo brasileiro conhecido como um dos dez maiores contadores de história do mundo. Roberto Carlos Ramos, que fugiu diversas vezes da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem)  entre a infância e a adolescência, mostrou aos profissionais da rede pública de ensino como a educação e a oportunidade podem transformar a vida das pessoas.

A palestra ocorreu nesta quinta-feira, 26, no teatro do Colégio Século, no bairro Ponta Negra, zona Oeste. O Balaio Cultural da Educação é uma realização da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Antes da palestra, os profissionais da educação básica prestigiaram o show do humorista Márcio Braga.

Palestra

Roberto Carlos é mestre pela Universidade Estadual de Campinas. Ele iniciou a palestra contando uma história sobre como se pode chegar a um resultado de sucesso. “Existem pessoas ordinárias e extraordinárias. Qual delas você quer ser? As oportunidades estão em nosso caminho e termos que ser persistentes em nossos objetivos”, destacou.

Em seguida, ele contou que foi considerado um caso irrecuperável na Febem. Ele foi interno da fundação dos seis aos 13 anos. Deixou a fundação quando foi adotado por uma francesa que se negou a acreditar que uma criança como ele pudesse ser um caso perdido.

Com ela, Roberto aprendeu a ler e a escrever, a falar francês e, principalmente, a dar e receber afeto. Na França, descobriu a arte de contar histórias. De volta ao Brasil, formou-se em Pedagogia e acabou se tornando o que ele mesmo define como “O Embaixador do País das Maravilhas”.

Roberto é Pedagogo, mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), pós-graduado em Literatura Infantil pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), membro da Associação Internacional dos Contadores de Histórias e Valorizadores da Expressão Oral Mundial, sediada em Marselha (França). Em 2001, na cidade de Seattle, nos Estados Unidos, foi eleito como um dos dez maiores contadores de histórias da atualidade.

A professora Maria da Conceição se mostrou bastante contente após a palestra. “Já tinha lido o livro sobre a história dele e poder conhecê-lo pessoalmente foi muito bom. A palestra é muito boa, faz você perceber as coisas boas da vida e parar de se lamentar pelas coisas que não deram certo. Foi muito interessante essa iniciativa e a ideia de fazer o Balaio Cultural da Educação foi sensacional”, relatou.

Balaio

O Balaio Cultural da Educação levou programação artística, humorística, lúdica e musical do dia 16 ao dia 26 de junho, durante o recesso dos professores, e foi considerado um sucesso pelo secretário municipal de Educação, Humberto Michiles.

“Foi um sucesso pela participação dos educadores, pela qualidade das apresentações. Teve ópera, cinema, peças teatrais, dentre outras atividades. A receptividade dos professores demonstra que é uma proposta que deu certo. Agora vamos fazer dessa ideia uma política pública permanente, tanto no recesso quanto nas férias do final do ano dos educadores. Além das atividades, o Balaio serviu para mostrar para a sociedade a valorização dos profissionais da educação, tanto da Semed quanto da Seduc, pois está nas mãos deles a formação dos nossos alunos”, frisou.

O prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, destacou a qualidade da programação do projeto. “Foi muito rica a programação, muito interessante de se fazer. Uma programação culta que veio da inspiração dos secretários de Educação, Rossieli da Silva, da Seduc, e do Humberto Michiles, da Semed, que escolheram com muita felicidade, pois ofereceram um bom produto aos educadores durante todo o evento”, informou.

 

Texto: João Pedro Figueiredo

Fotos: Rodemarques Abreu/Semed

Assessoria de Comunicação: 92 3632-2054

Prefeito acompanha último dia de Balaio Cultural

sexta-feira, junho 27th, 2014

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, acompanhou o último dia do Balaio Cultural da Educação, nesta quinta-feira, 26, no auditório do colégio Século, na Ponta Negra, zona Oeste, programação destinada a profissionais da área da educação pública municipal e estadual.

Ao todo, foram quase dez dias de programação intensa, envolvendo professores, pedagogos e servidores das secretarias municipal (Semed) e estadual de educação (Seduc). A ação contou com 17 atividades culturais envolvendo espetáculos de teatro, dança, show de humor, cinema e apresentações de bandas e cantores locais.

Durante o encerramento, o prefeito Arthur, acompanhado do secretário Municipal de Educação, Humberto Michiles, destacou a necessidade de transformar a iniciativa em política pública permanente. “Nós iremos, por meio de lei, estabelecer a obrigatoriedade da prefeitura e o governo do Estado de oferecerem programações de alto interesse cultural. Isso vai exigir o desdobramento em criatividade dos secretários pois nesta primeira edição tivemos uma programação muito boa e agora, fica o desafio para a próxima edição. E isso tem que ser permanente”, declarou Arthur Neto.

Michiles destacou que a programação foi criada para valorizar o professor. Para ele, o retorno desse tipo de atividade significa uma educação melhor na sala de aula.

“Além disso, nós temos uma consequência adicional: mostrar à sociedade a importância dessa valorização dos professores e dos pedagogos. Tanto a Semed quanto a Seduc valorizam seus profissionais, porque eles são os responsáveis pela formação dos nossos alunos e eles serão responsáveis pela melhoria do Brasil como um todo”, concluiu o secretário.

Texto: Leonardo Fierro

Fotos: Marinho Ramos

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054

Balaio Cultural oferece diversão na Cidade da Criança

quinta-feira, junho 26th, 2014

Nesta quinta-feira, 26, profissionais da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) participaram com seus filhos de mais uma atividade do Balaio Cultural. Desta vez, no Parque Cidade da Criança, no Aleixo. A manhã foi de alegria e diversão.

Cerca de 350 pessoas participaram do evento, que contou com jogos, músicas e muitas brincadeiras. Houve também a exibição de filmes infantis e oficinas de produção de pipas, de objetos com jornais e revistas, de pintura de desenho com tinta guache e de criação de gibis.

“Achei a ideia ótima e diferente de outros momentos dos quais participei porque desta vez foi direcionado para os filhos dos educadores. Isso foi genial e penso que deve ocorrer com mais frequência”, destacou a professora do Cmei Maria do Céu, Marinês Costa.

A filha dela, Heloisa Kimberly,  ficou empolgada com a apresentação do espetáculo teatral “Branca de  Neve”, apresentado pelo grupo Metamorfose. “É a primeira vez que vejo a história contada desse jeito. Adorei os personagens e a peça. Tudo estava muito lindo”, disse Heloisa.

Como parte da programação, crianças e educadores puderam visitar as dependências do parque e conheceram espaços como a Vila Feliz, formada por minicasas de madeiras coloridas, ruas devidamente sinalizadas e carros elétricos que estavam à disposição das crianças. Além disso, houve sessão de fotos com personagens do filme “Frozen – Uma Aventura Congelante”.

O professor Anderson Souza Castro, pedagogo da Escola Municipal Maria Rodrigues Tapajós, no Ouro Verde, zona Leste, destacou que o Parque Cidade da Criança foi muito bem escolhido para fazer parte da programação do Balaio Cultural. “O lugar é muito bacana. Há diversos brinquedos e espaços interessantes. Minha filha e eu só temos a agradecer pela oportunidade de termos um dia como este”, salientou Anderson.

No parque, crianças também aproveitaram a tirolesa e a parede de escalada, que estavam funcionando com a orientação de monitores. João Batista, filho da professora Gisele Silva, da Escola Municipal Dom Jacson Damasceno, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste, é prova de como as crianças aproveitaram as estruturas “mais radicais”. “Acho que estou em um dos dias mais felizes da minha vida. O brinquedo que mais gostei foi o que escalei paredes. Estou adorando”, disse o menino.

Para Sebastião Marinho, secretário da Escola Municipal Zilda Arns Neuman, localizada no Novo Israel, zona Norte, o Balaio Cultural foi uma excelente ideia para o recesso escolar. “A cada dia o Balaio está se mostrando mais inovador e espetacular. Minha filha e eu estamos adorando”.

TEXTO: Emerson Felipe

FOTOS: Lton Santos

Alunos da Semed participam do encerramento do Fifa 11 pela Saúde na Arena da Amazônia

quinta-feira, junho 26th, 2014

O palco da Copa do Mundo, em Manaus, também foi o local escolhido para o encerramento do Programa Fifa 11 pela Saúde, atividade desenvolvida em 11 escolas e que atendeu 400 alunos da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Na manhã desta quinta-feira, 26, na Arena da Amazônia, os estudantes receberam o certificado de participação no programa.

O Fifa 11 pela Saúde é uma parceria da Federação Internacional de Futebol com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e as secretarias municipais de Saúde e Educação das 12 cidades sede da Copa no Brasil. O objetivo é promover a atividade física e hábitos saudáveis usando como base a prática do esporte mais jogado no mundo, o futebol. O programa é voltado para crianças de 12 e 13 anos de escolas públicas.

Segundo o prefeito Arthur Neto, que participou do evento, o Fifa 11 pela saúde é um dos legados que a Copa do Mundo deixará para Manaus e o encerramento do programa serviu como uma despedida da cidade do Mundial. Para ele, o sentimento é de dever cumprido.

“A própria revista de Fifa reconheceu que é uma pena que não tenham previsto mais jogos da Copa do Mundo nas outras fases aqui em Manaus. Foi a melhor subsede. Satisfez 97% das pessoas que passaram por aqui. A Copa teve vários legados e esse Eleven for health (11 pela saúde) é um deles. A Arena também é um legado, onde poderão ser realizados grandes eventos, shows internacionais e se tornar um chamariz de estrangeiros. Manaus está se internacionalizando”, disse.

O Secretário de educação, Humberto Michiles, afirmou que é um compromisso da prefeitura dar sequência às ações do FIFA 11.

“A prefeitura está participando para chegarmos à meta de em 2019 atingirmos 45 mil escolas brasileiras. Os médicos diriam que juntar esporte, saúde e educação é a melhor receita. O pessoal do esporte diria que é a melhor escalação. Sabendo disso, não temos dúvida que o programa é um legado”, afirmou.

Emoção

A aluna Amada Garcia, 12, da Escola Municipal Álvaro Cesar de Carvalho, nunca tinha entrado na Arena da Amazônia. Maravilhada, ela quase não piscava admirando a beleza do estádio. Ela é amante do futebol e, para ela, participar do Programa FIFA 11 ajudou a desenvolver a habilidade como zagueira. Além disso, proporcionou à jovem pisar no gramado onde seu ídolo jogou futebol.

“Só de pensar que estou pisando no mesmo lugar que o Cristiano Ronaldo pisou dá vontade de chorar. É muita emoção. Eu sou fã dele e estou muito feliz de estar aqui. Nunca tinha vindo à Arena e na primeira vez já tive o privilegio de entrar no campo. Foi demais”, falou entusiasmada.

“Aprendi sobre o vírus HIV, sobre alimentação saudável e na parte do futebol desenvolvi o meu chute que era ruim e agora está bem melhor”, finalizou.

Jurandir Fernandes Neto, 12, é volante. Dentro do gramado da Arena ele disse que vontade era pegar uma bola e bater uma pelada com os colegas no palco da Copa em Manaus.

“Olhando esse estádio bonito dá vontade de jogar uma bola. Fico imaginando como deve ser para um jogador de futebol. Quero um dia ser como o Luiz Gustavo, da seleção”, contou.

Expansão do programa

O Diretor Médico da Fifa e idealizador do Programa, o suíço Jirí Dvorak garantiu que esse não é o fim, mas apenas o início do Fifa 11 no Brasil. Segundo ele, a Federação Internacional de Futebol disponibilizará parte da verba arrecadada com os jogos no Brasil para expandir o programa para outras cidades do País.

“Nós sabemos que quando o futebol fala e as pessoas do futebol falam todo mundo ouve. E nos sabemos que vocês poderão mudar suas vidas e viver uma vida com mais saúde daqui para frente”, falou.

O coordenador local do FIFA 11, o médico Eduardo Menezes Stewien, disse que Manaus foi uma das cidades com maior rendimento no programa desde que ele foi criado, em 2009.

“Manaus foi uma das cidades que teve um dos maiores rendimentos nesse programa. Comparando com o programa que foi feito na Ásia. Dados preliminares mostraram que no Brasil o programa foi mais bem-sucedido”, revelou.

Como funcionou em Manaus

O Programa FIFA 11 foi realizado em Manaus, com parceria entre a Semed e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em 11 escolas da rede pública, sendo uma delas na zona rural da cidade.  Um grupo de educadores físicos passou por um treinamento em Brasília-DF e, entre os meses de maio e junho, aplicaram 11 sessões de 90 minutos de aulas para os participantes.

A atividade foi dividida em dois tempos de 45 minutos, como em uma partida de futebol. Na etapa inicial chamada de ‘Jogue Futebol’, foram ensinadas habilidades específicas do esporte, como: chute, passe, domínio de bola, drible, cabeceio entre outros. Na fase complementar, batizada de ‘Jogue Limpo’ o foco foi repassar aos alunos orientações sobre temas relacionados a saúde tais como: “Respeitar as meninas e mulheres”, “lavar as mãos”, “Seguir uma dieta balanceada” e “Proteger-se contra o HIV e DST”.

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: RODEMARQUES ABREU