Archive for the ‘noticias’ Category

Alunos da rede municipal participam da abertura da XVII Municipíadas

quinta-feira, outubro 16th, 2014

A rede municipal de educação abriu, nesta quinta-feira, 16, a XVII Municipíadas. A cerimônia que marca o início dos jogos foi realizada no ginásio do Clube do Trabalhador (Sesi), na Alameda Cosme Ferreira, zona Leste, com a participação de cerca de 1,5 mil alunos de 85 escolas.

As Municipíadas são os jogos internos das escolas da rede municipal de ensino e reúnem os participantes nas modalidades de futebol, futsal, vôlei, vôlei de areia, queimada, handebol, basquete, atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, judô e jiu-jítsu, divididas nas categorias infantil (de 12 a 14 anos) e juvenil (para alunos com até 17 anos).

As disputas ocorrem na Vila Olímpica de Manaus, no Colégio Militar e em três escolas da prefeitura. Os três primeiros colocados de cada modalidade representarão a Secretaria Municipal de Educação (Semed) nos Jogos Escolares do Amazonas (Jeas) do ano que vem.

O Jeas é a competição que não sai da cabeça do time de futebol da Escola Municipal Francisco Guedes. Eles foram vice-campeões na competição este ano e querem vencer as Municipíadas para ter uma nova chance na competição estadual.

“Nós viemos focados e treinamos muito para conquistarmos o campeonato. Lá na escola não tem quadra. Por isso, agora, estamos treinando apenas aos sábados no campo do bairro. A nossa técnica é muito esforçada e sempre nos incentiva a vencermos as dificuldades. Vamos ser campeões aqui e ano que vem do Jeas”, comentou o zagueiro, cuja inspiração é o defensor brasileiro David Luiz.

“Minha inspiração é o David Luiz, desde que eu o vi salvar aquele gol debaixo da trave na Copa das Confederações”, comentou, lembrando o lance na final do torneio onde a Seleção Brasileira venceu a da Espanha.

Segundo o coordenador das Municipíadas, João Carlos Filho, os jogos, além da promoção do desporto, ajudam no processo de ensino dos alunos na escola.

“O objetivo da XVII Municipíadas é promover a cidadania por meio da cultura de paz. A secretaria quando programou esse evento, pensou além do desporto educacional. Fez pensando em desenvolver no aluno fatores que são importantes para o desenvolvimento deles como cidadãos. São questões como solidariedade, companheirismo, respeito, além da própria concentração”, explicou.

A subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Ana Falcão, afirmou que as Municipíadas funcionam também como instrumento pedagógico da secretaria.

“As Municipíadas são como instrumento pedagógico porque através dos jogos podemos resgatar valores que estão se perdendo na sociedade, como disciplina e respeito, algo muito trabalhado no esporte, já que o atleta precisa ser disciplinado e respeitar as regras. Então para nós que trabalhamos com a parte pedagógica das escolas, o esporte é uma excelente ferramenta. Sem contar que é um momento de interação, de afetividade e socialização entre os alunos, o que torna a aprendizagem prazerosa”.

Abertura

A abertura da XVII Municipíadas seguiu todo o protocolo de uma solenidade esportiva de grande porte. Os alunos da Escola Municipal Antônio Matias Fernandes apresentaram a coreografia “Amor e paz, todos por um mundo melhor”, na qual os bailarinos estavam vestidos com roupas de diferentes cores, representando a diversidade racial, cultural e religiosa da sociedade.

Em seguida, foi a vez do desfile das delegações. Cada escola foi representada por uma porta bandeira e por pelo menos quatro atletas. Logo depois, o aluno Jeandison Galvão, 14, que disputa a competição de atletismo, acendeu a pira olímpica. O estudante tem deficiência intelectual e foi escolhido como forma de chamar a atenção dos presentes sobre a importância da inclusão.

“Eu estou muito feliz por representar as escolas municipais nesse evento. Fiquei pensando a noite inteira nisso. Quase não dormi”, revelou.

Os jogos da XVII Municipíadas serão realizados até o dia 23 de outubro.

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: LTON SANTOS

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054

Prefeitura de Manaus quer combater obesidade com orientações de alimentação saudável

quinta-feira, outubro 16th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizou nesta quinta-feira, 16, ações para marcar a programação do Dia Mundial de Alimentação Saudável (16 de outubro).  Segundo dados da pesquisa em Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizada pelo Ministério da Saúde em 2013, Manaus está em terceiro lugar entre as capitais com maior número de pessoas com obesidade, estimado em 19% da população adulta pesquisada.

As ações desenvolvidas nesta quinta-feira tiveram o objetivo de alertar a população sobre a importância da alimentação saudável para a saúde, principalmente no que se refere à prevenção da obesidade e de doenças crônicas como diabetes e hipertensão. A programação foi realizada em escolas e Unidades Básicas de Saúde.

O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Senador Álvaro Botelho Maia, na Vila Marinho (Compensa III), recebeu uma equipe de profissionais do Distrito de Saúde Oeste (Disa Oeste) que realizaram palestra educativa com fantoches e apresentação dos 10 Passos da Alimentação Saudável. O evento foi direcionado para crianças de três, quatro e cinco anos.

A nutricionista Elenize Alves, da equipe de Ações Nutricionais do Disa Oeste da Semsa, explicou que o trabalho junto às crianças é a melhor forma de garantir melhor qualidade de vida na fase adulta, prevenindo doenças.

“É essencial que as crianças possam entender que o importante é comer bem, evitar o excesso de sal, açúcar, biscoitos e refrigerantes. Além disso, as crianças são orientadas a comer uma maior quantidade frutas, verduras e legumes”, destacou Elenize Alves.

Para a diretora do Cmei, professora Maria do Socorro Melo Moreira, as ações realizadas pelos profissionais de saúde complementam as atividades de promoção da Alimentação Saudável, já realizada com os alunos durante as aulas e também por meio do cardápio da merenda escolar elaborado por uma nutricionista da Secretaria Municipal de Educação (Semed). “O mais importante é que as crianças estão aprendendo e passam a atuar como agentes multiplicadores em casa, envolvendo toda a família”, informou a professora.

O evento no Cmei Senador Álvaro Botelho Maia foi realizado também dentro da programação do Programa Saúde na Escola (PSE), por meio da Unidade Básica de Saúde da Família – Oeste 18, e que tem como meta avaliar a saúde dos estudantes, abrangendo questões como alimentação saudável, a avaliação antropométrica (peso e altura), avaliação da acuidade visual e verificação do cartão de vacina.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Fotos: Assessoria de comunicação

Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom)

(92) 3625 6908 / 3625 6921 / 3625 6844

Professores comemoram data com show exclusivo do sambista Diogo Nogueira

quinta-feira, outubro 16th, 2014

Mais de nove mil profissionais da rede municipal de educação prestigiaram, na noite desta quarta-feira, 15, o show exclusivo do sambista carioca Diogo Nogueira, promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em comemoração ao Dia do Professor (15 de outubro). A festa, que foi realizada no Studio 5, no bairro Distrito Industrial, zona Sul, contou, ainda, com as apresentações das bandas Xiado da Xinela e Pegada Sertaneja.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, destacou que a festa foi apenas uma homenagem aos profissionais da área, que se dedicam em sala de aula ao preparo de estudantes para um futuro melhor. “É uma homenagem que a prefeitura faz ao professor, pois nós depositamos toda a esperança do futuro neles, na educação. Não há economia que se desenvolva se a educação não melhorar. Essa é uma hora de congraçamento, de lazer e a gente não tem como deixar de reconhecer que a mola de uma administração bem sucedida é a educação bem sucedida. É uma demonstração de carinho para quem faz muito pelos nossos alunos e por quem luta para fazer o ensino público tão eficaz”.

 O secretário municipal de Educação, Humberto Michiles, destacou que a festa para os professores foi uma forma de reconhecimento, de agradecimento e de respeito a todos os servidores desta área. “O que nós estamos fazendo é uma demonstração do reconhecimento, do agradecimento e do respeito a todos os professores que são comprometidos com a educação, que têm compromisso com a escola pública. Os professores merecem todo meu respeito, nosso reconhecimento para estes profissionais que contribuem para melhorar a cada dia a qualidade da educação pública da cidade de Manaus. Um grande abraço a todos e um muito obrigado do fundo do coração”.

Aprovação dos professores

Todos os professores que chegavam ao evento paravam para fazer poses para as fotos com placas animadas em frente ao banner que destacava o dia deles. Para o professor Márcio nada existiria se não fosse o professor. “É valida a iniciativa, nenhuma profissão existiria se não tivesse o professor, então, tudo começa do trabalho. Nós professores, agradecemos ao prefeito por esse reconhecimento”, explicou.

Para a professora Fabiana Maciel, o momento é de lazer e confraternização. “Muito bom saber que nós professores estamos nos sentindo valorizados. É um momento de lazer, já que temos dias tão desafiadores em sala de aula” disse.

O gestor José Francisco aprovou a escolha da atração nacional, Diogo Nogueira, e destacou o esforço da Prefeitura de Manaus, por meio da Semed. “É uma data importante para nós professores e a prefeitura preparou tudo isso com muito carinho. O show do Diogo agradou muito”.

Reconhecimento do Estado

O secretário de educação do Estado, Rossieli Soares, também marcou presença no evento. Ressaltou a importância da iniciativa da Prefeitura de Manaus e lembrou projetos feitos em parceria.

“É muito bacana ver o prefeito Arthur e o secretário Michiles dando um passo desses, passo para a valorização do educador. Já tivemos ações em conjunto com a Semed, como o Balaio Cultural, que foi um sucesso, assim como essa grande festa, uma grande homenagem para as pessoas que fazem o futuro do nosso Estado, que é o professor, o profissional da educação. A prefeitura está de parabéns”.

Show

Com show de uma hora e meia, Diogo Nogueira levantou o público, tirou os professores para dançar ao som de vários clássicos do samba. Depois da apresentação, o cantor disse que o show teve um gosto a mais por ter um público de profissionais da educação.

“É sempre bom cantar em Manaus, sempre sou bem recebido, com muita atenção que sempre tento retribuir com muito carinho em cima do palco e hoje foi um dia especial, dia dos mestres, dos professores, pessoas que fazem parte da formação de cidadãos brasileiros, por isso fiquei muito contente de poder participar desta festa, ainda mais sendo uma festa de pessoas que fazem a diferença, que ensinam uma pessoa a ser um ser humano de verdade”, disse.

Antes da apresentação de Diogo Nogueira, os educadores dançaram ao som da banda Pegadas Sertaneja, que subiu ao palco às 19h40. Em seguida, foi a vez da banda de forró Xiado da Xinela. E às 22h15, o sambista Diogo Nogueira começou o show e fez sucesso com os educadores. Depois de dançar muito com a atração principal da noite, os professores ainda tiveram fôlego para aproveitar mais uma hora de som com a banda Xiado da Xinela, que voltou ao palco para dar continuidade à programação.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Rodemarques Abreu e Cleomir Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

92 3632-2054

Escola da rede municipal realiza palestra sobre hanseníase e geohelmintiose

terça-feira, outubro 14th, 2014

A Escola Municipal Marechal Cândido Rondon, localizada na Avenida do Turismo, Tarumã, zona Oeste, realizou nesta terça-feira, 14, a palestra “Hanseníase e Geohelmintiases”. O encontro reuniu 499 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental dos três turnos da unidade de ensino.

A hanseníase é uma doença infecciosa, crônica, causada pelo Mycobacterium leprae, que acomete, principalmente, a pele e os nervos periféricos. A doença causa manchas, sensação de formigamento e dormência, com diminuição ou ausência de dor, da sensibilidade ao calor, ao frio e ao toque. A geohelmintíases é um grupo de doenças parasitárias intestinais que acometem o homem e são causadas, principalmente, pelo ascaris lumbricóides, trichuris trichiuria e pelos ancilostomídeos.

O encontro realizado na escola faz parte da Campanha Nacional de Hanseníase e Geohelmintiases, com planejamento pedagógico elaborado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) nas escolas da rede, de todas as zonas geográficas da cidade.

Segundo a professora de ciências e do Programa Mais Educação, Joice Freitas Santos, os 30 professores da escola trabalharam com os dois temas desde a semana passada. As atividades foram feitas por turmas com cartazes, slides, palestras e mesa redonda sobre as duas temáticas com os alunos.

“Nosso foco principal, além da hanseníase, foi a geohelmintiases. Muitos dos alunos não fazem exames de rotina. Nas aulas de ciências passamos algumas informações e orientamos sobre essa palestra. Nós conseguimos identificar que alguns familiares em casa têm problema de pele e não têm a noção do que tem. A palestra teve aproveitamento total, porque todos interagiram com perguntas e tirando as dúvidas”, comentou.

Satisfeito com o resultado das informações da palestra sobre uma vida saudável, o aluno do 8º ano matutino, Rafael Nascimento Freitas, 14, disse que vai seguir todas as orientações da escola. Para ele, que mora próximo da unidade de ensino, é muito válida a preocupação dos educadores com a comunidade escolar.

“Toda pessoa tem de ter a sua higiene corporal, porque isso também é uma educação. Se nós não tivermos cuidado com a nossa higiene, não podemos ter saúde. Temos que escovar bem os dentes, tomar banho, andar limpinho. Enfim, ter todo o cuidado necessário para evitarmos essas duas doenças. Temos que começar tudo isso em nossa casa. Isso é fundamental”, disse.

Alisiê Meireles de Souza, 14, do 8° ano, foi uma das alunas que participou de todas as atividades. Para ela, as informações vão ajudá-la a se prevenir ainda mais sobre as doenças.

“A hanseníase é uma doença causada na pele, onde se perde totalmente a sensibilidade no local da ferida. Caso não seja cuidado, com o tempo, o problema pode se agravar. Já passei por um momento ruim com vermes. Fiquei internada e ouvi dos médicos que eu precisava ter mais cuidado com os hábitos de higiene. Essa palestra vai me ajudar muito nisso”, explicou.

TEXTO: Paulo Rogério Veiga

FOTOS: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Escolas da rede municipal recebem premiação por trabalhos em feira de ciências

terça-feira, outubro 14th, 2014

As Escolas Municipais Francisca Mendes e Irmã Dulce e o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) São Francisco venceram a II Feira de Ciências, Tecnologia e Educação Ambiental da rede municipal de educação, nas categorias de educação especial, ensino fundamental de 1º ao 5º ano e educação infantil, respectivamente.

A competição segue durante a tarde e a noite desta terça-feira e vai premiar os melhores trabalhos nas categorias: Educação Indígena, Programa de Aceleração da Aprendizagem (PAA), Ensino Fundamental de 6º ao 9º ano e Educação de Jovens e Adultos (EJA) no primeiro e segundo segmento.

A disputa ocorre na sede da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério da Secretaria Municipal de Educação (DDPM/Semed). Até chegarem à conquista do título, as instituições de ensino passaram por três etapas e mais de mil projetos. Uma equipe de avaliadores observou as apresentações em sete quesitos. Entre eles: conhecimento científico e relevância social para decretar os vencedores.

A Escola Municipal Francisca Mendes, venceu a categoria educação especial ao desenvolver jogos pedagógicos feitos de materiais recicláveis. Os objetos são usados em sala de aula para estimular a coordenação motora e a percepção visual dos alunos.

Emily Castro, 15, era a apresentadora do trabalho e a mais empolgada com a vitória. “Eu estou muito feliz. Sabia que íamos ganhar. Nosso trabalho é muito legal”, afirmou.

Também utilizando o tema reciclagem, estavam três alunos do 5º ano da Escola Municipal Irmã Dulce. A ideia foi criar brinquedos pedagógicos, como: jogo da memória, quebra-cabeça com as letras e também um carrinho elétrico feito de garrafa pet. No momento da premiação, os integrantes da equipe: Gabriel de Oliveira, Fabrício Lima e Erivelton Lopes ficaram de mãos dadas orando pela vitória. Quando o vencedor foi anunciado, os garotos não seguraram a emoção e choraram.

“É choro de alegria. Todo dia de tarde íamos para a escola estudar e montar o projeto. Foi difícil, mas conseguimos”, disse Gabriel, que foi o idealizador do trabalho.

O secretário de Educação, Humberto Michiles, prestigiou o evento. Entusiasmado, ele afirmou que a escola tem que se tornar um local prazeroso para os alunos e as pesquisas para a elaboração dos projetos da Feira de Ciências promovem isso.

“A escola precisa fazer um link daquilo que é ensinado com a utilidade prática na vida. Tem que ter um fim. É claro que a educação em si é importante, mas para tornarmos a escola um lugar interessante, atraente, um lugar que o aluno goste de frequentar, é preciso que ele veja a utilidade daquilo que ele está aprendendo no dia a dia. É preciso também despertar a curiosidade do aluno. Incentivar a pesquisa, o entendimento. Então, neste aspecto, a Feira de Ciências tem uma importância muito grande, na medida em que torna a escola mais interessante, na medida também que promove a capacidade de trabalhar em grupo. São práticas e iniciativas que a secretaria tem todo o interesse de estimular e valorizar, porque assim vamos construir uma educação de mais qualidade”, observou.

Robótica hidráulica

O campeão da Educação Infantil foi o Cmei São Francisco. A apresentação chamou a atenção de todos os visitantes. Com nota máxima, os alunos utilizaram seringas médicas com água para criar os movimentos de robôs e de um barquinho feito de isopor.

“Foi uma brincadeira que deu vida aos robôs. Eles aprenderam brincando”, disse a professora Raimunda Nascimento, que orientou o trabalho. Gideão Brito, 5, explicou como o robô se movimenta. “É só apertar a seringa que a água empurra o braço dele”, explicou.

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: LTON SANTOS

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Prefeitura realiza festa para comemorar o Dia do Professor ao som de Diogo Nogueira

terça-feira, outubro 14th, 2014

Para comemorar o Dia do Professor (15 de outubro), a Prefeitura de Manaus realizará, nesta quarta-feira, 15, um show exclusivo com o sambista Diogo Nogueira para os mais de 14 mil educadores da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A festa em homenagem ao professor terá início às 20h, no Studio 5, na Avenida General Rodrigo Otávio, Distrito Industrial, zona Sul.

“É um dia tradicional e que será comemorado por nós. Teremos uma festa brilhante, do jeito que os professores merecem. Queremos agradecê-los por estarem de mãos dadas conosco por uma cidade melhor”, disse o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

A valorização do profissional de educação, assim como o reconhecimento da categoria foram destacados pelo secretário municipal de Educação, Humberto Michiles.

“Tem sido uma linha de atuação da Prefeitura de Manaus e da Semed valorizar, reconhecer e prestigiar os nossos servidores. Nesse caso especifico, os professores. Sabemos que o professor, na maioria, são pessoas que têm satisfação, têm prazer pelo que fazem, porém se ressentem da falta de reconhecimento. São profissionais que exercem uma atividade que tem influência direta na vida das pessoas, pois se há algo que influencia na vida é a educação. Não se faz educação se não houver professores valorizados, motivados”, disse.

A festa desta quarta-feira, 15, faz parte de uma política voltada para o servidor que ocorre durante todo o ano. “Esse evento do Studio 5 tem o mesmo objetivo que outras atividades realizadas pela prefeitura no decorrer do ano, de promover a integração, o entrosamento entre os servidores. É uma política que pretendemos continuar e tonar mais forte, visando sempre à valorização, reconhecimento e estimulando os nossos profissionais”, informou o secretário.

O cantor e compositor Diogo Nogueira, filho do sambista João Nogueira, vai animar a festa exclusiva para professores e convidados com grandes sucessos do samba, como as músicas ‘Fé em Deus’, ‘A lua de um poeta’, ‘Deixa eu te amar’ e ‘Espelho’.

O sambista carioca possui mais de 750 mil CDs/DVDs vendidos e já fez mais de 30 shows no exterior. Ele já passou pelos Estados Unidos, Europa, África e Cuba. Diogo tem, ainda, participação em 45 CDs/DVDs de outros artistas como convidado e já emplacou 10 musicas como trilha sonora de novelas. A festa contará também com as abandas Xiado da Xinela e Pegada Sertaneja.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Karla Vieira/Semcom

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054 

Cmei Elza Damasceno promove palestra sobre câncer de mama

segunda-feira, outubro 13th, 2014

O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Elza Damasceno reuniu, na manhã desta segunda-feira, 13, mães de alunos e comunitários do bairro Santo Antônio, zona Oeste, para uma rodada de palestras sobre a importância da prevenção ao câncer de mama. A ação faz parte do Outubro Rosa, campanha mundial de conscientização sobre a doença.
O evento, que teve a participação de mais de 50 pessoas, abordou principalmente o autoexame para a detecção precoce da doença, que segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) deve chegar, no Brasil, a 57.120 novos casos em 2014, o que pode acarretar em mais de 13 mil mortes.
Uma das palestrantes foi a enfermeira Tatiane Cristina Moreira que mostrou as consequências de quem é acometido pela doença. Segundo ela, o evento serviu para levar à comunidade informação e conscientização sobre a prevenção.
“A Campanha Outubro Rosa foi instituída para conscientizar as mulheres em relação ao combate no câncer de mama, visto que é o câncer que mais mata mulheres no Brasil. Aqui nós estamos conscientizando as mães com relação ao autoexame, mamografia e realização do preventivo para combater o câncer de mama e também o de colo de útero. O autoexame deve ser feito mensalmente e fora do período de menstruação. É importante, porque a mulher vai conhecer a sua mama e possivelmente detectar um nódulo ou caroço. Se sentir alguma coisa diferente ou uma secreção que saia do mamilo, o ideal é procurar um médico, porque daí será feito um exame clínico e posteriormente, se necessário, encaminhamento para um especialista”, explicou.
Lene Silva, mãe da aluna Ana Clara, de 5 anos, é um exemplo da importância da detecção precoce da doença. Em 2010, ela foi diagnosticada com câncer de colo de útero, procurou tratamento de imediato e hoje, quatro anos depois, o tumor está controlado e sem riscos de se expandir.

“É importante que as pessoas saibam que esse câncer não dói. Muita gente diz que não vai fazer o preventivo porque não está sentindo nada. Eu também não sentia nada, mas fiz o preventivo e apresentou que eu tinha esse problema. E por isso, busquei tratamento e posso dizer hoje que estou curada. É importante a prevenção. A mulher tem que fazer os exames, deixar o medo e a vergonha de lado pelo bem da saúde”, disse.
Dona Maristela de Souza viveu o inverso de Lene. Ela detectou um caroço nos seios, no entanto, não buscou ajuda de imediato e teve que retirar uma das mamas pelo fato de o câncer ter se aprofundado. Ela fez questão de dar uma dica para as mulheres. “Eu não me cuidei logo e tive que tirar o seio todo. Eu digo para as mulheres: quando tiver algum nódulo, procure logo o Cecon (Fundação Centro de Controle de Oncologia), porque se eu tivesse ido mais cedo, eu não tinha tirado meio seio todo, tinha tirado só um pedacinho”, afirmou.

Ação social

Para encerrar as atividades do Outubro Rosa na escola, será realizada uma ação social na próxima quarta-feira, 15, onde serão oferecidos gratuitamente: corte de cabelo, escova e manicure. Segundo a diretora do Cmei Elza Damasceno, Delle Karem Góes, essa é uma forma de atrair as mães. “Elas (mães) serão estimuladas a virem na escola por conta da ação social e aí e teremos a oportunidade de falar sobre o tema”, falou.

Texto: Thiago Botelho
FOTOS: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054

Prefeitura promove palestra em escola para esclarecer comunidade sobre cuidados com pombo

segunda-feira, outubro 13th, 2014

Com o objetivo de esclarecer para a comunidade vizinha da Escola Municipal Professora Elcy Mesquita de Lima, localizada no bairro Redenção, zona Centro-Oeste, os perigos, cuidados e prevenções sobre os pombos, o biólogo Felipe Pinheiro, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizou uma palestra na manhã desta segunda-feira, 13, na unidade escolar.

A conversa com os pais dos alunos e com a comunidade em geral foi promovida pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e em parceria com a Semsa, depois que alguns pais questionaram a Semed sobre a presença de pombos no terreno da escola, devido ao risco de atrair doenças para os alunos. Foi esclarecido na reunião, pela gestora da unidade de ensino, Tayna Duarte, que já foi feito o serviço de telar o forro para evitar que os animais entrassem, porém, eles ficaram abrigados em cima das caixas de ar condicionado, do lado de fora da sala de aula, mas na direção do pátio.

“Houve duas denúncias sobre os pombos na escola da comunidade cobrando a Semed pela presença dos animais na escola, mas nós já havíamos explicado que o serviço de telar o forro já havia sido feito e que não tinha como expulsar os pombos do lado de fora. Para ter um fundamento e esclarecer para eles que esse é um processo a longo prazo e que não podemos nos livrar matando os pombos, teve essa conversa com o biólogo do CCZ. Sabemos ainda que, para prejudicar a situação, um vizinho que mora bem próximo a escola alimenta os pombos pelo menos duas vezes ao dia, assim eles nunca vão deixar o local”, informou.

O biólogo do CCZ, Felipe Pinheiro, verificou o problema com os pombos na escola, mas informou que pode ser solucionado. Aproveitou o momento para orientar os comunitários.

“O objetivo do encontro foi informar a população sobre o animal pombo. Sua biologia, os fatores que favorecem sua presença, os cuidados para manejá-lo, quais as principais doenças causadas e o controle efetivo do animal, como deve ser feito. Vou emitir um parecer técnico para subsidiar a diretora para realizar uma alteração no ambiente, mudança de estrutura, pois esse é o principal controle que pode ser feito no momento. Encontrei, ainda, dois fatores importantes para a presença dos pombos, o primeiro é o fato de a escola ser o ponto mais alto do bairro e em segundo, um vizinho estaria alimentando os pombos, coisa que não deveria ser feita próximo a uma escola”, relatou.

Mãe da aluna Carla Vitoria, 9, a dona de casa Andreia dos Santos aprovou a iniciativa da palestra.

“Foi uma forma esclarecedora. Já sabia dos perigos dos pombos, mas o biólogo explicou ainda mais todos os cuidados que devemos ter e as doenças. Minha filha é alérgica, já passou mal por ter tido contato com a pena do pombo. Sabemos que a escola tem feito o máximo para retirar os pombos daqui, mas eles voltam pelo instinto”, disse.

Jacó Monteiro, que é pai de aluno, informou que sabe que seus filhos estão protegidos em sala de aula, mas que ficaria mais tranquilo se não houvesse mais pombo na área externa.

“Na parte de dentro, a escola fez o que poderia ser feito, lá não tem risco, mas do lado de fora eles ainda estão expostos. Já tentaram falar com o vizinho para ele parar de alimentar os pombos, mas ele é valente e disse que não queria conversa. Fica complicado”, relatou.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054

Escola Sara Barroso Cordeiro realiza momento em comemoração a dia das crianças

sexta-feira, outubro 10th, 2014

Os 830 alunos de 1º ao 5º ano da Escola Municipal Sara Barroso Cordeiro participaram de momentos recreativos e lúdicos. Atividade foi realizada no refeitório, em salas de aula e na quadra da unidade para comemorar o dia das crianças.

 

A atividade faz parte do calendário anual das festividades da escola, segundo a pedagoga Mariana Souza.  “Objetivo desta atividade é proporcionar um momento de entretenimento, de descontração e de comemoração ao dia das crianças. E para isso, nos esforçamos ao máximo para que eles tenham um momento único e de satisfação”, disse a pedagoga.

 

De forma lúdica, a unidade abordou a importância dos animais para o meio ambiente, por meio de cartazes, frases e paneis. O aluno Kaeh Gabriel, do 5º ano, mencionou o que aprendeu durante a programação. “Eu aprendi que o desmatamento é umas das causas que leva a extinção de muitos animais e que todos nós devemos respeitar a natureza”

 

A aluna do 5º ano Maysa Costa, descreveu o evento como marcante. “Eu adorei o meu dia, brinquei bastante, aprendi muita coisa legal e tive tempo para conversar com meus amigos. Acho que nunca vou esquecer deste dia”, enfatizou Maysa.

 

Além das brincadeiras os alunos comeram diversos tipos de doces salgados participaram de uma peça teatral intitulada como “Era uma vez uma chance”.

 

TEXTO: Emerson Felipe

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054

Crianças indígenas da rede municipal de ensino participam de atividades recreativas

sexta-feira, outubro 10th, 2014

Mais de 50 crianças indígenas, alunas da rede municipal de ensino, participaram do ‘Brincadeiras de Curumins e Cunhantãs’, nesta sexta-feira, 10, às margens do Lago do Tarumã Açu, na Comunidade Inhãa-Bé. Participaram do evento em homenagem ao Dia das Crianças, as comunidades INhãa-Bé, Rouxinol, Watchimaucu, Sahu-Apé, Apurinã, Gavião e alunos das escolas municipais Santo André e Paulo César da Silva Nonato.

Antes das brincadeiras começarem, o grupo musical Kuiá deu as boas-vindas aos participantes com canções e o hino nacional na língua Tikuna. Logo depois, iniciaram as atividades. Divididas por comunidades, as equipes competiram nas modalidades de futebol, natação no rio, canoagem, corrida de saco e corrida com colher e limão.

Tiago Almeida, de 9 anos, da etnia Tikuna, lembrou que participou da brincadeira no Dia das Crianças do ano passado. Mesmo morando na zona urbana, ele afirma que prefere se divertir na comunidade junto a seus amigos índios. “Aqui nós brincamos de tudo. Eu prefiro vir para cá. Na capital, tem muita coisa, mas aqui é melhor porque tem rio que dá para nadar, brincar”.

Isaias Cruz, 11, que mora na comunidade Inhãa-Bé, adora futebol e é fã de Ronaldinho Gaúcho. “Nós sempre jogamos futebol aqui na comunidade. É muito legal a diversão com meus colegas”, comenta.

A gerente de Educação Escolar Indígena da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Meire Lane Araújo, explicou que o evento foi uma iniciativa da própria comunidade e tem dois objetivos específicos: comemorar o Dia das Crianças e fazer a interação entre os povos indígenas da região do Tarumã-Açu.

“Ao mesmo tempo em que reúne as comunidades indígenas do Tarumã-Açu, ele também vai agregar outras etnias da área urbana e ribeirinha. É uma homenagem às crianças e ao fortalecimento da cultura indígena”, explica.

Visita

A comunidade indígena Apurinã, que fica no bairro do Mauazinho, na zona urbana de Manaus, participou da atividade. A professora Jéssica Batista trouxe os alunos do Centro Cultural Apurinã para conhecerem como é viver em uma aldeia, já que eles são índios que vivem no meio da cidade. “Em uma comunidade urbana a gente não tem essa experiência que os povos que vivem em aldeia têm. Estamos aqui em busca do resgate de nossa cultura, de nossa fala. Por isso, essa festa é tão importante”.

TEXTO: Thiago Botelho

FOTOS: Lton Santos

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054