Archive for the ‘noticias’ Category

Escola Fábio Lucena homenageia melhores alunos do 1º bimestre

terça-feira, maio 17th, 2016

Premiação alunos destaques do 1 Bimestre. EM. Fabio Lucena. Fotos Cleomir (1)Para motivar os alunos a alcançar um bom desempenho em sala de aula, a Escola Municipal Senador Fábio Lucena, bairro Nova Esperança, zona Oeste, homenageou, com Certificado de Honra ao Mérito, nove alunos do 4º ao 7º ano do Ensino Fundamental que obtiveram as melhores notas no 1º bimestre deste ano. A solenidade aconteceu, na manhã desta terça-feira, 17, com a presença de professores, pedagogos, pais e responsáveis.

A unidade possui 950 alunos, do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental, e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A meta é despertar entre os estudantes o entusiasmo aos estudos nas diversas disciplinas da grade curricular.

De acordo com a diretora da escola, Nadir Socorro Gonçalves Rodrigues, os critérios para escolha dos alunos, foram em conformidade com o desempenho escolar do Sistema Integrado de Gestão Educacional do Amazonas (Sigeam) e dos professores da escola, como assiduidade, responsabilidade, participação e entrega, em tempo hábil, de todos os trabalhos escolares.

“Nós vamos fazer nos quatro bimestres, sendo que desta vez foram escolhidos (os alunos) por média nas disciplinas, por mérito e outros fatores observados por nossos professores. Notamos que os alunos tiveram um momento de muita emoção, porque estavam os pais presentes e seus coleguinhas aplaudindo. Foi notório o nervosismo e a emoção de todos ao receberem o certificado”, contou.

Com uma média de 9,75, em todas as matérias, a aluna do 5º ano, Flor de Letícia, 10, disse que se dedica muito aos estudos tanto na escola, quanto em casa. Para ela, foi bom ter recebido o certificado, resultado de seu esforço. “De todas as matérias eu gosto mais de português, porque adoro escrever e ler. Leio muito em casa os livros de literatura. Acho muito legal e importante esse prêmio, sendo a primeira vez que recebo como estudante. Quero no futuro ser bióloga, mas tudo isso depende de muito estudo e dedicação”, salientou.

Pela terceira vez consecutiva, o aluno do 6º ano, Caio Máximo de Souza Costa, 11, teve seu esforço escolar reconhecido com uma premiação, resultado da média 9,8. “Pelo terceiro ano seguido, recebi esse prêmio e estou muito feliz. Não esperava ganhar de novo, porque tem outros colegas melhores que eu. Adoro matemática e até ajudo outros meninos que têm dificuldade. Vou continuar estudando o máximo e não parar mais pra ser alguém na vida”, contou.

No final de maio, a escola realizará um passeio ao Teatro Amazonas, com um total de 45 alunos.  No passeio, estarão os nove alunos premiados, sendo os demais escolhidos pelo bom desempenho observados em sala de aula.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

 

 

Secretária da Semed visita Escola Municipal Thomas Meirelles

terça-feira, maio 17th, 2016

Encontro estadual e forma__odo Censo Escolar da educa__o b_sica. EE. Petr_nio Portela. Fotos Cleomir (60)A secretária Municipal de Educação (Semed), Katia Shcweickardt, fez uma visita técnica à Escola Municipal Thomas Meirelles, localizada no bairro de Petrópolis, zona Sul de Manaus. Acompanhada da subsecretária de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, a diretora da escola, Roberlane Costa, do diretor de engenharia da subsecretaria de Infraestrutura e Logística da Semed, Manoel Júnior, a secretária percorreu as dependências da unidade de ensino para conhecer a unidade de ensino.

“A escola tem alguns problemas de estrutura, porque foi construída sob um chavascal, sendo muito antiga e precisa de uma reforma. Nós estamos tentando resolver isso com uma parceria com a Seminf e com uma das nossas empresas de manutenção. A escola está com uma nova gestão, mas estou aqui para incentivá-la e elogiar o trabalho feito. Apesar das dificuldades na infraestrutura, a escola é bem Encontro estadual e forma__odo Censo Escolar da educa__o b_sica. EE. Petr_nio Portela. Fotos Cleomir (85)organizada. Aqui tem bons índices educacionais e a tendência é melhorar cada vez mais”, disse.

Feliz pela presença dasecretária da Semed, a diretora da escola, Roberlane Costa, espera solucionar algumas demandas nas dependências da unidade. Segundo ela, o trabalho é realizado com muito empenho para não atrapalhar o desenvolvimento dos alunos em sala de aula.

“Gostei muito da visita da secretária de educação, porque ela pode ver de perto as necessidades e anseios que temos. Foi um momento bem produtivo com ela. Como eu falo sempre, a chefia precisa estar perto e olhando a escola. Foi excelente a presença dela para conhecer nossos funcionários. Acredito que animou a todos e, com certeza, todos vão trabalhar com mais dedicação”, salientou.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Aluno da rede municipal disputa Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa

terça-feira, maio 17th, 2016

16.05.16.Eestudant R. Municipal de Ensino-Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa.Foto. Karla Vieira (6)O aluno do 6º ano da Escola Municipal Arthur Engrácio, no Nova Floresta, zona Leste, Marlysson Henrique da Silva, 17 anos, vai representar o Amazonas no Campeonato Brasileiro de Inverno de Tênis de Mesa, que começa a ser disputado nesta terça-feira, 17, na cidade de Fortaleza (CE). O paratleta da Seleção Amazonense da modalidade, que já foi bicampeão brasileiro escolar, está confiante em trazer mais medalhas para o Estado.

Há três anos Marlysson, que é deficiente físico como consequência de paralisia infantil, treina diariamente com a seleção amazonense de tênis de mesa. O início dele como paratleta ocorreu em outra modalidade, o Xadrez, na escola Municipal Professor Themistocles Pinheiro Gadelha, onde estudava anteriormente. Ele conta que após ingressar na equipe de xadrez, os professores começaram a perceber sua habilidade em outros esportes, incentivando-o a treinar tênis de mesa.

16.05.16.Eestudant R. Municipal de Ensino-Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa.Foto. Karla Vieira (12)Desde então, o adolescente vem se destacando na categoria, acumulando aproximadamente dez títulos importantes no esporte. Ele é atualmente bicampeão brasileiro escolar, vencendo o campeonato nos anos de 2014 e 2015, disputando partidas com adolescentes entre 15 e 18 anos.

Animado com mais uma disputa nacional, Marlysson ressalta que o esporte trouxe uma série de melhorias para sua saúde. “Desde que eu comecei a treinar tênis de mesa, a minha coordenação motora, o meu equilíbrio e a minha fala apresentaram uma melhora muito grande e eu sei que o esporte auxiliou nisso”, comemora.

A determinação e o exemplo do atleta –  que estuda pela manhã e treina à tarde e à noite – acabaram incentivando os quatro irmãos mais novos a também começar a praticar o esporte.

16.05.16.Eestudant R. Municipal de Ensino-Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa.Foto. Karla Vieira (7)Marlysson também é ambicioso em suas metas dentro do esporte. “Quero, a partir do ano que vem, começar a me preparar para conseguir uma vaga na Seleção Brasileira de Tênis de Mesa. Depois das Olimpíadas e Paraolimpíadas, ele vão começar a renovar a equipe e acredito que tenho chances. Quero poder jogar e viajar pelo mundo”, diz, empolgado. Ele também tem planos de cursar faculdade de Educação Física assim que terminar o Ensino Médio.

Para participar do torneio, professores e colegas de escola promoveram vários eventos de arrecadação de fundos para custear as passagens e hospedagem do adolescente em Fortaleza. A Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste II também contribuiu conseguindo um patrocinador para doar o tênis e a mochila que ele levará para a competição.

“O Marlysson é aquele tipo de aluno que nos motiva a buscar apoio e essa determinação dele acaba contagiando todos em volta. Aqueles que não possuem nenhuma deficiência passam a se espelhar nele e veem que são capazes”, ressalta a professora de Educação Física da Escola Arthur Engrácio, Jéssica de Souza Santiago.

 

Texto: Martha Bernardo

Foto: Karla Vieira / Semcom

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Educadores do município participam de formação para atuar no Censo Escolar da Educação Básica

segunda-feira, maio 16th, 2016

Encontro estadual e formaçãodo Censo Escolar da educação básica. EE. Petrónio Portela. Fotos Cleomir (37)Educadores da rede municipal de ensino participam, durante toda esta semana, do Encontro Estadual e Formação do Censo Escolar da Educação Básica 2016, que iniciou nesta segunda-feira, 16, no auditório da Escola Estadual Petrônio Portela, bairro Dom Pedro I, zona Oeste. 

O objetivo do evento é capacitar os profissionais da educação que atuarão na coleta dos dados do Censo Escolar da Educação Básica deste ano. Já a formação será de dois meses e ocorrerá a distância, pela plataforma “mobile”. Durante a qualificação, os educadores terão permissão específica de cada aluno, professor, turma e escola do país, tanto das redes públicas (federal, estaduais e municipais), bem como a rede privada, por meio o uso do sistema Educacenso. 

Encontro estadual e formaçãodo Censo Escolar da educação básica. EE. Petrónio Portela. Fotos Cleomir (41)O titular da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Rossieli Soares da Silva, afirmou que o encontro é fundamental para todos que vão trabalhar com Censo Escolar terem acesso aos dados da rede pública e privada. Segundo ele, a parceria com a Secretaria Municipal de Ensino (Semed) será fundamental para alcançar a meta. 

“Toda política pública que é definida para rede municipal e estadual tem que partir de dados. Cada vez mais esses dados são mais apurados. E a cada ano, o Censo Escolar apura com mais qualidade. O trabalho do Censo está igual ao do médico, ou seja, sem o diagnóstico, não existe tratamento. É fundamental que todos tenham ciência disso e que cada participante ajude a chegar ao secretário de educação de cada um de seus municípios essas informações”, comentou. 

Encontro estadual e formaçãodo Censo Escolar da educação básica. EE. Petrónio Portela. Fotos Cleomir (53)De acordo com a secretária da Semed, Katia Shcweickardt, a preocupação do município é justamente garantir as informações e os dados corretos para que o processo de ensino aprendizagem seja garantido aos alunos das escolas municipais, mesmo num momento de crise. “Pelo Censo Escolar conseguimos planejar e buscar verbas e parcerias, sobretudo, ter o retrato do nosso desafio e do nosso potencial”, destacou. 

Pra Kátia, Manaus está sempre à disposição para colaborar com os municípios do interior. “Agradecemos pela parceria sempre da Semed e Seduc. Que os participantes conduzam com correção e firmeza a elaboração do Censo desse ano, porque será fundamental para nós conduzirmos nossa política educacional nos próximos dois anos, onde a crise está longe de esfriar”, salientou. 

A chefe da Divisão de Informação e Estatística da Semed, Eliete Queiroz Carvalho, destacou a importância do evento e da formação para os educadores do município, que estão participando para ter mais conhecimento sobre o Censo Escolar. 

“Com esses dados temos a visão de todos os alunos que estudam na Semed e em todo Brasil e em qual escola cada um desses alunos estão. A partir dessa formação, vamos verificar todos os campos que o MEC (Ministério da Educação) incluiu, ou seja, o que tinha em 2015 e foi incluído para esse ano. Vamos poder orientar as escolas para evitar inconsistências na migração dos dados do Sigeam para o Educacenso”, disse. 

Eliete também fez um alerta aos responsáveis pelas unidades do município para que a escola não deixe de informar os número exato de alunos que estejam estudando. “Porque senão haverá prejuízo financeiro para a secretaria, porque não vamos receber recursos por esse aluno. A partir do momento que está estudando e não é informado, não teremos como informar se foi aprovado, reprovado ou abandonou a escola”, explicou.

Formação em Brasília

Eliete disse ainda que a coordenação estadual do Censo Escolar foi a Brasília receber todo treinamento, verificar alterações, pois todo ano é incluída alguma informação. “O Censo é um dado muito importante, onde fazemos todos os anos. Enquanto, o IBGE realiza de 10 em 10 anos.  A partir daqui, vamos orientar nossas escolas, mas nesse primeiro momento sobre a matrícula inicial”, informou.

De acordo com ela, esse trabalho inicia na própria escola, porque a unidade de ensino é responsável por alimentar os dados do Sigeam. A Semed verifica as inconsistências, depois repassa para as escolas para refazer as incorreções. Ela revelou que já tem no Sigeam relatórios que auxiliam analisar as inconsistências.

“Se há algum problema na Gestão Integrada de Educação (Gide) posso verificar os dados que preciso corrigir. A partir daí se verifica, por exemplo, se falta à certidão de nascimento, entre outros. Na escola se inicia o processo, a estatística da Semed faz toda consistência, depois migra para o MEC. Em seguida, fica aberto para a escola visualizar seus dados e fechar”, orientou.

No Dia Nacional do Censo Escolar da Educação Básica, que será comemorado no dia 25 de maio, todas as escolas precisarão coletar os seus dados de matrícula, condição para informar oficialmente, no Censo Escolar 2016, o contingente de alunos regularmente matriculados e que estão frequentando a escola no ano corrente.

 

Texto: Paulo Rogério

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Escolas municipais com melhores notas no Ideb são visitadas por técnicos do Inep

segunda-feira, maio 16th, 2016

16-05-16-Inep visita escolas municipais.Foto-Lton Santos (1)Para conhecer as boas práticas educacionais realizadas nas escolas públicas do país e compartilhar com outras unidades de ensino, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) criou o Projeto Gestão na Escola, com visitas em diversas cidades do Brasil para conhecer in loco os trabalhos desenvolvidos. Ao final das visitas, serão realizados relatórios de boas práticas, que serão disponibilizados em um site, já em construção.

Na manhã desta segunda-feira, 16, a assessoria técnica do Inep deu início às visitas em dez escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que se destacaram em práticas pedagógicas de 2013 a 2015, mesmo estando em adversidade financeira, de localização e infraestrutura. A primeira foi a Escola Municipal Lago e Silva, no Km 21 da Rodovia AM-010, onde foi constatado que os pais participam com assiduidade das reuniões e a nota no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), cinco, está acima da média para colégios da região.

16-05-16-Inep visita escolas municipais.Foto-Lton Santos (10)“Vejo essa visita como uma atitude de valorização do trabalho feito na escola, que é com muito esforço, carinho e dedicação às crianças e aos pais. Estamos felizes, mas cientes de que a escola sempre pode melhorar, assim como o nosso Ideb”, afirmou a diretora da Escola Lago e Silva, Maria de Nazaré Freitas, que recebeu os técnicos do Inep e mostrou todas as ações realizadas pela unidade.

Para a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, o número de escolas visitadas pelo Inep mostra que as práticas desenvolvidas na rede municipal de ensino de Manaus têm sido exitosas.

“É muito importante disseminar as boas práticas que temos. Esse é o momento da partilha. Foram dez escolas selecionadas com melhor Ideb de 2013 e essas escolas vão apresentar o que têm feito para atingir esses resultados. Queremos que outras unidades verifiquem se seus problemas podem ser solucionados por práticas que já fazemos aqui e também que nós possamos aprender com outras experiências”, observou.

Compartilhamento de informações

16-05-16-Inep visita escolas municipais.Foto-Lton Santos (8)A ideia de percorrer e conhecer as escolas do Brasil nasceu no ano passado e culminou com a criação do Projeto Gestão na Escola. A finalidade é compartilhar as boas práticas pedagógicas em um portal, que ainda ficará pronto, e onde os diretores escolares das escolas do país possam ter acesso. As ações serão divididas em temas como evasão escolar, ensino de Língua Portuguesa, entre outros.

“São ‘sacadas’ do diretor, que mesmo com pouco recurso, conseguiu colocar em prática bons resultados. Procuramos algumas dessas práticas e Manaus é uma das cidades que tem diversas boas práticas e facilmente aplicadas por outros diretores. A gente tem 150 mil escolas públicas no Brasil e os problemas dela são diferentes? São, mas nem tanto. Ou seja, o problema de uma escola provavelmente já foi resolvido por outra e o que queremos é criar esse canal onde a troca de soluções viabilize o crescimento dentro das escolas”, explicou o consultor técnico do Inep, Guilherme Soares.

Cronograma

Os técnicos do Inep ficam em Manaus até a próxima sexta-feira, 20, visitando duas escolas por dia. Além da Lago e Silva, nesta segunda a Escola Municipal Zilda Arns também foi visitada. Na terça será a vez da Francisca Pergentina e Eliana Pacheco.

Na quarta-feira, 18, a visita será na zona ribeirinha: a Escola São José 1 e Escola Indígena Santo André. Na quinta-feira, 19, a Waldir Garcia e a Maria José Nunes. E para finalizar, na sexta-feira, 20, será a vez da Escola Municipal Santo Agostinho e Léa Alencar.

 

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Alunos da Escola Ana Sena recebem informações de trânsito na manhã desta segunda-feira 16

segunda-feira, maio 16th, 2016

WP_20160516_09_49_15_ProAlunos do 1º e 5º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Ana Sena Rodrigues, localizada no bairro Novo Israel, zona Norte, receberam informações e noções básicas de trânsito, na manhã desta segunda feira, 16.  A atividade faz parte do projeto  “Transversalizando o Trânsito ”, executado na rede municipal de ensino, em parceria com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e  instituições estaduais do Amazonas. As informações foram repassadas por meio de palestra e apresentação de fantoches pelo grupo de educação de trânsito do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran).

WP_20160516_09_32_38_ProDurante a aula, os alunos aprenderam de forma lúdica a importância do uso do cinto de segurança e das faixas de segurança e pedestre. Na oportunidade, os estudantes também aprenderam o que o Código Brasileiro de Trânsito diz a respeito do uso do telefone ao dirigir, não usar o capacete e sobre as sinalizações horizontal e vertical, dentre outros.

Para o cenário ficar mais atrativo foi criada uma espécie de cidade, com ruas, sinalizações horizontais e verticais, placas no chão e em mural onde foram feitas apresentações de fantoches e a palestra.

De acordo com a gestora da unidade, Suely Rodrigues, o objetivo da atividade foi  sensibilizar  e incutir nos alunos a importância da legislação e regras de trânsito. “Este evento teve o objetivo de sensibilizar e chamar atenção dos nossos alunos para as regras e as noções básicas de trânsito. E a pretensão de tornar os nossos alunos  pessoas mais conscientes em relação ao trânsito e disseminadores de conhecimento”, disse.

WP_20160516_09_45_51_ProPróxima ação

Dando continuidade à ação, a Escola Ana Sena trabalhará ao longo desta semana com a confecção de jogos educativos de trânsito. A atividade envolverá 850 alunos do 1ºao 9º ano. Ao término da ação, será escolhido um trabalho confeccionado pelos alunos para participarem de uma mostra que envolverá diversas unidades da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte, na Escola Raimundo Almeida Lúcio, no dia 25 de Maio.

O  projeto ‘Transversalizando o Trânsito’ tem uma proposta pedagógica que inclui formação, desenvolvimento de ações, mostra pública, produção, criação de jogos educativos que abordem a temática de forma lúdica e atrativa aos alunos de toda rede municipal.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Divulgação Escola Municipal Ana Sena

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Alunos do Terra Nova sensibilizam comunidade para descarte correto do lixo

segunda-feira, maio 16th, 2016

IMG_0742Alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Antônio Moraes, localizada no bairro Terra Nova, zona Norte, provaram que não há idade para se tornar um cidadão consciente e defensor do Meio Ambiente. Na sexta-feira, 13, mais de 75 estudantes realizaram uma mobilização alertando os moradores do entorno da escola para a necessidade de dar um destino correto aos resíduos e também para a coleta seletiva de materiais recicláveis, com garrafas pet, papel, alumínio, entre outros.

Ação foi realizada em ação coordenada entre as secretarias municipais de Educação (Semed) e Limpeza Pública (Semulsp). A mobilização contou ainda com a contribuição de associações que trabalham com  coleta seletiva, como o grupo de catadores da Associação de Reciclagem e Preservação Ambiental (Arpa) e a Tumpex, empresa responsável pela coleta do lixo em Manaus.IMG_0758

“É muito importante atividades como essa que trabalha a conscientização porque acreditamos que a partir delas é possível trabalhar valores e, sobretudo, a cidadania entre os alunos que estão no processo de formação pessoal”, salientou Marco Aurélio, gestor da unidade.

Durante toda a semana os alunos foram de casa em casa para entregar sacos de lixo e levar informações sobre o correto descarte de lixo. Na quarta-feira, 11, eles retornaram às residências para coletar o lixo reciclável. O material foi levado para a escola, pesado e entregue a Arpa.

IMG_0799Jardeson Batista, do 8º ano, que participou da mobilização disse que  a atividade foi importante para  absorver conhecimento em relação ao descarte correto do lixo e para compreender que todos devem fazer a sua parte para ter um ambiente limpo. “A ação me ajudou entender o que acontece  quando o lixo descartado em qualquer lugar e, principalmente,  que cada pessoa deve fazer a sua parte para termos um meio ambiente mais limpo”, disse.

Segundo o coordenador da ação, Francisco Freitas, a mobilização teve o objetivo de sensibilizar a comunidade e, principalmente, tornar os alunos da unidade escolar multiplicadores e disseminadores de boas práticas ambientais.

 

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

 

Arthur visita Cidade do Livro Itinerante e ressalta a importância do incentivo à leitura

sexta-feira, maio 13th, 2016

Cidade dos Livros - Fotos Rodemarques Abreu (2)O prefeito Arthur Virgílio Neto visitou, na tarde desta sexta-feira, 13, o projeto “Cidade do Livro Itinerante”, realizado pela primeira vez em Manaus e instalado desde a última segunda-feira, 09, na Escola Municipal Francisca Mendes, na zona Leste. Acompanhado da secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, e de demais secretários municipais, ele elogiou a inciativa da empresa International Papers, responsável pelo projeto, e destacou a importância de ações como essas para o incentivo à leitura.

“Acho de grande importância incutir o amor e o interesse à leitura, fazer com que os alunos criem o hábito de frequentar bibliotecas. Afinal, ler é algo extremamente importante para a formação do ser humano e para que ele consiga compreender o mundo à sua volta. Parabenizo a secretária Kátia, a professora Euzeni e toda a equipe pedagógica da Semed, além de agradecer a International Papers pela iniciativa”, destacou.

Cidade dos Livros - Fotos Rodemarques Abreu (9)Com o intuito de incentivar o hábito da leitura nas crianças brasileiras, a International Paper, empresa líder na fabricação de embalagens de papel, criou o projeto “Cidade do Livro Itinerante” para crianças de 6 a 10 anos, que já foi realizado em várias cidades brasileiras. Em Manaus, foi firmada a parceria para levar a propostas aos alunos da rede pública municipal de ensino.

Os alunos que visitam a Cidade do Livro participam de atividades de leitura, contação de história e desenho, em meio a um ambiente lúdico, acompanhados por profissionais que incentivam a interação das crianças com o universo dos livros. A estimativa é de que a parceria com a Semed leve mais de sete mil alunos de 80 unidades de ensino para visitar o local até o próximo dia 20, data que encerra a ação.

A secretária Kátia Schweickardt destacou a importância de parcerias com empresas privadas que possibilitam o oferecimento de uma educação pública municipal de qualidade. Ela também ressaltou que o projeto “Cidade do Livro Itinerante” é mais uma medida para auxiliar a secretaria a cumprir metas estabelecidas em seu plano de educação.

Cidade dos Livros - Fotos Rodemarques Abreu (5)“Queremos compartilhar com a sociedade a responsabilidade de fazer uma educação de qualidade. O governo tem um limite e a sociedade civil precisa fazer a sua parte e as empresas têm atendido esse chamado. E isso vem ao encontro da nossa principal meta esse ano, que é alfabetizar todas as nossas crianças”.

O gerente geral da International Papers no Amazonas, Carlos Eduardo Froes, avaliou como bem-sucedida a experiência do projeto em Manaus e acredita que o número de crianças que passarão pelo evento deve superar as expectativas.

“O projeto já existe há sete anos e o que buscamos é inserir as crianças nessa cultura da leitura. Aqui em Manaus, a experiência tem sido fantástica e a aceitação gigantesca. Estamos extremamente satisfeitos”, salientou.

Atividade 

A Cidade do Livro é um espaço cenográfico temático de 250 metros quadrados, onde as crianças podem se deliciar com um acervo de mais de 200 livros infantis. Os alunos da Escola Municipal Francisca Mendes foram os primeiros a visitar o local. Lá, conheceram o prefeito da Cidade do Livro, sua secretária e a mascote do município, a Tracinha, que adora comer livros.

 

Texto: Martha Bernardo

Foto: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

 

Educadores da DDZ Sul participam de Workshop de Alfabetização e Letramento

sexta-feira, maio 13th, 2016

13-05-16-Workshop alfabetização e letramento. Fotos Cleomir (12)Cento e setenta e seis educadores que atendem turmas do 1º ano do Ensino Fundamental das escolas municipais da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul da rede municipal de ensino participaram do Workshop de Alfabetização e Letramento, na manhã desta sexta-feira, 13, na Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). 

A ação visa fortalecer um dos objetivos estipulados pela Prefeitura de Manaus com foco “Aluno alfabetizado garantia de sucesso: compromisso de todos” e meta “Todos os alunos lendo e escrevendo”. 

A secretária municipal de Educação, Kátia Shcweickardt, fez questão de prestigiar o evento, pois a preocupação é justamente que os alunos dos anos iniciais tenham uma educação de qualidade e os educadores possam trabalhar em prol do processo de ensino aprendizagem da melhor maneira possível. 

13-05-16-Workshop alfabetização e letramento. Fotos Cleomir (14)“Vim dizer que estamos juntos nessa empreitada pela educação. Vejo que vocês atenderam nosso chamado, de olhar com carinho para o 1º ano. O que vamos fazer no segundo e terceiro ano é um a mais. O nosso compromisso é terminar o primeiro aninho com essas crianças lendo e escrevendo plenamente. Esse é um direito que precisamos devolver a essas crianças”, destacou. 

Para a chefe da DDZ Sul, Jecicleide Nascimento, a ação pedagógica propicia a reflexão de um modo mais profundo sobre os aspectos constitutivos de práticas de alfabetização. Para ela, o trabalho realizado pelos educadores do 1º ano tem sido incansável em sala de aula. 

“Trabalhar com tema de alfabetização e letramento é um grande desafio, porque constantemente ouvimos relatos de que alunos no 1º ano terminam sem aprender a ler e escrever. A Divisão Sul, com esse workshop, vem fortalecer esse trabalho do professor que atua com esse público”, disse. 

13-05-16-Workshop alfabetização e letramento. Fotos Cleomir (15)Responsável por 18 alunos do 1º ano, a professora Eliane da Motta Pinheiro, da Escola Municipal Waldir Garcia, bairro São Geraldo, garantiu que o encontro serviu para conhecer outros trabalhos e aprender mais sobre a temática. “Foi de grande valor esse momento, apesar de conhecer a proposta do letramento. Essa troca de experiência nos edifica, nos leva a acrescentar mais conhecimentos em sala de aula. No dia a dia, não é fácil, é bem difícil, mas é prazeroso, porque as crianças trazem as práticas que eles possuem, de censo comum deles mesmo. Ao intercalar o cotidiano, com as propostas de trabalho, usando rótulos e o dia a dia deles, conseguem desenvolver a leitura de uma forma mais tranquila”, salientou. 

Programação 

Na programação, os educadores assistiram a palestra da assessora de anos iniciais da Divisão de Ensino Fundamental (DEF), Alina Leão Medeiros, com tema “Alfabetização e Letramento”. Na sequência, houve atividades em salas de socializações com práticas em sala de aula, com as professoras Maria Eliza da Gama Ledo, da Escola Municipal Joaquim Pinto, e Maria de Lourdes Simões, da Escola Municipal José Tavares de Macedo.

 

Texto: Paulo Rogério

Foto: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Prefeitura firma parceria com a Moto Honda e apresentam projeto Clubinho da Honda

sexta-feira, maio 13th, 2016

Clubinho Honda - Fotos Rodemarques Abreu (67)A Prefeitura de Manaus firmou parceria, na manhã desta sexta-feira, 13, com a empresa Moto Honda para que 300 alunos, de quatro a sete anos de idade, de 15 escolas da rede municipal de ensino, participem das atividades do Clubinho da Honda, projeto que transmite conceitos de educação e segurança no trânsito para os futuros pilotos.

Além da formalização da parceria, foi inaugurada a Cidade Mirim, espaço de 65 metros quadrados que reproduz uma avenida de uma cidade, onde os  estudantes poderão utilizar motos elétricas de brinquedos para aprender sobre os sinais de trânsito, faixas de pedestre e respeito aos pedestres.

A secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, lembrou que a Semed já desenvolve, na rede municipal de ensino, o projeto Transversalizando o Trânsito juntamente com o Manaustrans e  comemorou a nova parceria. Clubinho Honda - Fotos Rodemarques Abreu (11)

“Nós, da educação, temos responsabilidade na formação de novos cidadãos. Certamente, num futuro bem próximo, vamos perceber uma mudança de comportamento em relação ao trânsito”, disse.

O diretor Administrativo e Financeiro da Honda, João Mezari, lembrou que a inauguração da Cidade Mirim e a parceria com a Semed acontecem junto com as ações do movimento maio amarelo, que no mundo inteiro está promovendo atividades para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Clubinho Honda - Fotos Rodemarques Abreu (44)“A nossa ideia é fazer com que as crianças, que estão na primeira idade, aprendam questões básicas de trânsito e passem a praticar isso na vida”, afirma. O diretor lembra que, de acordo com estudos científicos, é nessa faixa etária, de até sete anos, que as crianças assimilam melhor os ensinamentos que levarão para o resto da vida. “Nós, como desenvolvedores de mobilidade, temos a nossa cota de participação nessa evolução que queremos fazer”, afirmou.

Cidade Mirim

Já na inauguração, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Onias Bento, na zona Leste, levou 15 alunos do 1º período para visitar a Cidade Mirim. O pequeno João Miguel de Souza, 5, ficou impressionado quando entrou no local. Ele era um dos mais empolgados em cima da moto elétrica. Além da diversão, ele mostrou que aprendeu direitinho os ensinamentos repassados. “As cores do sinal são verde, amarelo e vermelho. O verde é para andar, o amarelo para prestar atenção e o vermelho para parar”, disse.

As visitas das escolas da Semed ao Clubinho Honda acontecerão de maio a dezembro.

 

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054