Archive for the ‘noticias’ Category

Prefeitura investe no uso de novas tecnologias em sala de aula

quarta-feira, julho 23rd, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), investe no uso de novas tecnologias no processo de ensino e aprendizagem. Nesta quarta-feira, 23, assessores pedagógicos e técnicos em educação iniciaram uma formação para que possam manusear o software Aprimora, desenvolvido pela Editora Positivo. Tablets que usam o software chegarão ainda neste semestre a 125 escolas conveniadas com a editora. 

O Aprimora oferece uma combinação de atividades interativas multimídia para os alunos e professores de todas as escolas do 6º ao 9º ano da rede municipal de educação de Manaus.

Os tablets são chamados de Ypy e contam com aplicativos educacionais voltados para qualificar a aula do professor de forma interdisciplinar. As escolas que possuem telecentros receberão dez tablets cada. Já as 41 escolas conveniadas com a editora, que não possuem telecentros receberão uma caixa com 25 tabletes chamada de sala itinerante.

Segundo a coordenadora regional do Sistema Positivo, Luana Wunsh, a ferramenta aproximará os alunos do conhecimento de forma mais prazerosa.

“Os alunos hoje têm uma linguagem que é do século 21, da inclusão da tecnologia. Então, nós precisamos que todos os profissionais da educação saibam conversar com os nossos alunos dessa forma. Em uma aula de história, por exemplo, o professor pode montar uma apresentação com vídeos e imagens da ordem cronológica dos acontecimentos”, explicou.

A assessora de linguagem da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte, Sônia Maria Ribeiro, acredita que o Aprimora otimizará o tempo dos professores em sala de aula.

“Algo que eu vislumbrei bem positivamente é a questão de otimizar o tempo em sala de aula. O professor prepara a aula com a mídia, envia para os alunos e em sala de aula já vai trabalhar. Outra coisa interessante é que não ficam reféns de livro didáticos. Outro ponto positivo é a tecnologia que o aluno adora”, afirmou.

A coordenadora do Sistema Aprende Brasil, na Semed, Suely Ribeiro, revela que a ferramenta vai atender mais de 70 mil alunos.

“O Aprimora traz aplicativos muito bons. A partir do momento que o professor começar a trabalhar, vai elevar a aprendizagem do aluno. O Aprimora tem tudo que o aluno gosta: som e imagem”, disse.

In loco

A partir da próxima segunda-feira, 28, a equipe de formação do Aprimora irá percorrer todas as escolas que receberão os tabletes, para que todos os professores aprendam e possam utilizar com eficiência essa ferramenta.

“A partir de segunda-feira estamos montando uma força-tarefa para ir nas 125 escolas dar esse curso para os professores. Queremos que todos falem a mesma linguagem”, afirmou Luana Wunsh.

 

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: CLEOMIR SANTOS/Semed

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 8842-1188

Prefeito reúne com agricultores para discutir políticas voltadas à área rural

quarta-feira, julho 23rd, 2014

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, reuniu, na noite desta terça-feira, 22, com membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), no Palácio Rio Branco, no Centro. O encontro teve como proposta a discussão de políticas à área rural e a criação de um ‘cinturão’ de produção agrícola forte em Manaus. 

Participaram da reunião o secretário municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento, Fábio Pacheco, e produtores rurais das zonas Leste, Oeste e também da área ribeirinha. O prefeito destacou que um dos principais pedidos dos trabalhadores é o asfaltamento dos ramais para facilitar o escoamento e tráfego nestas áreas.

“Já agendei participar de uma assembleia deles e marquei um projeto de obras nos ramais a partir de um convênio que fizemos com o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). Eles dão as máquinas e nós o asfalto e outros insumos. O ideal desse produtores é o meu ideal também, ou seja, formarmos um cinturão agrícola forte na zona rural, tanto fluvial quanto rodoviária. Entendo que estão dispostos a fazer o bem para Manaus, onde eles estão”, comentou.

Aos agricultores, o prefeito destacou que o município já trabalha com o Programa de Alimentação Escolar, implantado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). O programa consiste na compra de produtos de agricultores de 26 municípios do interior. Os itens comprados fazem parte das refeições dos alunos. Segundo Arthur, a prefeitura também compra parte do que é produzido pelos trabalhadores do setor na zona rural de Manaus, o que estimula ainda mais a produção.

Para a representante dos produtores rurais do Tarumã Grande, na zona Oeste, Lúcia Nicácio, a reunião rendeu bons frutos. Ela disse que o Conselho vai continuar fazendo contato com a prefeitura para que continuem formando parcerias e também cobrar o asfaltamento dos ramais. “Queremos que nossas vias sejam trafegáveis para que possamos escoar nossa produção e continuarmos a abastecer as feiras e mercados de Manaus que são nossos consumidores”, destacou.

 

Fotos: Tácio Melo/Semcom

Educadores da Semed analisam impactos do novo Plano Nacional de Educação

quarta-feira, julho 23rd, 2014

Cerca de 150 educadores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participaram, nesta terça-feira, 22, de um encontro para a análise e impacto das novas diretrizes do Plano Nacional de Educação (PNE). Profissionais que ministram os cursos e formação continuada na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), assessores das Divisões Distritais Zonais (DDZs) e da Divisão de Ensino Fundamental (DEF) da secretaria participaram da atividade.

 

O evento foi coordenado pela Editora Positivo em parceria com a Semed. Foram realizadas palestras com técnicos e coordenadores pedagógicos da editora nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Artes, Inglês, Educação Física e Ciências. A Positivo realiza um trabalho em 125 escolas da rede municipal de ensino, por meio do Sistema de Ensino Aprende Brasil.

 

O coordenador pedagógico regional da Positivo, Reginaldo Chiaradia, explicou sobre a importância do encontro com os educadores em relação aos novos rumos da educação no país e ao trabalho com a prefeitura para melhorar o processo de ensino aprendizagem em toda a rede de ensino.

 

“Esse encontro é relativamente grande, especialmente pelo contexto do lançamento das novas diretrizes curriculares e do novo Plano Nacional de Educação, que estabelece metas para os próximos dez anos. Cada município terá que estruturar seu próprio plano de educação e implementar as metas que ele determina. É um momento muito oportuno das lideranças que trabalham com a formação dos professores de pensar coletivamente”, declarou.

 

Na área de matemática, o palestrante foi o coordenador pedagógico da disciplina da Positivo, Carlos Henrique Wiens. Para ele, a preocupação foi de passar as informações necessárias para que os educadores do município possam usar da melhor maneira possível em sala de aula.

 

 “Nós estamos focando em como a metodologia de ensino da matemática tem se modificado nos últimos anos, a partir de várias tendências que a gente tem na disciplina de matemática. Nós estamos discutindo aqui assuntos relacionados à didática e a metodologia do ensino da matemática. A partir de alguns resultados que a gente possui ou a partir de dificuldades dos alunos em sala de aula, nós estamos pensando em ações com os professores para melhorar o processo do ensino da matemática.”, concluiu.

 

A coordenadora do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Projeto Educação Itinerante da DDZ Rural, Denise Diniz, foi uma das participantes do encontro. Ela disse que o evento é fundamental para os profissionais do município.

 

“Nós estamos fazendo uma contextualização de todo processo histórico da disciplina de geografia. Com isso, devido ao Plano Nacional de Educação, nós temos que reformular toda nossa proposta, o que é gratificante para que possamos repassar aos outros professores essa mesma formação”, disse. Ela lembrou que os novos conhecimentos devem beneficiar mais de três mil alunos do 6º ao 9º ano de 45 escolas municipais localizadas na zona geográfica.

 

 

TEXTO: Paulo Rogério Veiga

FOTOS: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

92 3632-2054 / 8842-1188

Prefeitura intensifica lições de trânsito seguro na frente das escolas

terça-feira, julho 22nd, 2014

O respeito à faixa de pedestres, o estacionamento em fila dupla e a redução de velocidade na frente das escolas foram enfatizados a pais e estudantes na frente da Escola Municipal Lúcia Helena Monteiro, na avenida Brasil, Compensa, zona Oeste, na manhã desta terça-feira,22.  A ação de educação tem sido intensificada pela Prefeitura de Manaus nas escolas situadas nos principais corredores de tráfego para evitar acidentes de trânsito.

Educadores do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) fazem as abordagens nos horários de entrada e saída das escolas. Durante o contato, distribuem panfletos e cartilhas com mensagens direcionadas a crianças e adultos.

“Nossa missão é orientar as pessoas para o comportamento seguro no trânsito. Mostramos como devem atravessar na faixa, que devem usar sempre o cinto de segurança e falamos sobre outras atitudes corretas. A escola é o melhor lugar para passar estas mensagens”, assegurou a gerente de educação do Manaustrans, Maria Rita Santos.

O trabalho de orientação dos educadores do Manaustrans será constante na frente das escolas. Para solicitar a presença dos profissionais, os interessados devem enviar email para educacao.manaustrans@pmm.am.gov.br.

Foto: Altemar Alcantara/Semcom

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-1188

Gincana educativa aborda tema Copa do Mundo

terça-feira, julho 22nd, 2014

No clima do Mundial de futebol, mais de 500 alunos do Programa de Aceleração da Aprendizagem (PAA), das escolas municipais da zona Leste, participaram na manhã desta terça-feira, 22, de uma gincana.

Ao todo, 17 escolas participaram da primeira Gincana do PAA. A atividade foi dividida em três etapas: grito de guerra, dança e perguntas e respostas interdisciplinares sobre o tema Copa do Mundo. O evento foi realizado na Escola Municipal Leonor Uchôa.

Segundo a coordenadora do PAA na DDZ Leste 1, Luíza Lima, como a Copa era o assunto do momento, a gincana surgiu com a ideia de trabalhar as disciplinas de matemática, português, história e geografia, de uma maneira mais prazerosa.

“Os alunos passaram este mês de julho todo estudando o tema. A ideia é aprender de uma forma significativa, já que o PAA engloba alunos com dificuldade de aprendizagem, alunos com repetência escolar. Então, pensamos nessa gincana, que eles aprendem as disciplinas de uma maneira diferenciada”, disse.

A aluna Samira Rabelo, 10, era uma das integrantes da equipe da Escola Municipal Maria do Carmo. Ela estudou mais de um mês sobre Copa do Mundo. O contato, segundo ela, despertou um amor pelo esporte.

“Eu não gostava, mas agora amo o futebol. Sou apaixonada pelo Neymar. Só fiquei triste porque a seleção Brasileira perdeu de goleada e não jogou nada”, disse.

Riquelme Silva, 11, da Escola Municipal Hanorina Vasconcelos disse que estudar sobre a Copa do Mundo foi uma diversão.

“Nós aprendemos os campeões mundiais, as capitais dos países, a moeda dos países. Descobri que a taça do Brasil foi roubada”, contou o garoto.

Redação

Juliane Gonçalves, 10, da Escola Municipal Governador Amazonino Mendes, foi a vencedora do concurso de melhor redação. A aluna dissertou sobre os investimentos nos serviços públicos e sobre o valor gasto com a construção dos estádios.

“Minha mãe me ajudou a escrever e fiquei muito feliz de ter vencido. Vou contar para minha mãe assim que chegar em casa”, explicou.

A diretora Nízea Feitoza, da Escola Municipal Maria do Carmo, avaliou positivamente a gincana. Para ela, a ação eleva a autoestima dos alunos que muitas vezes se sentem inferiores por estarem com distorção idade-série.

“Infelizmente esses alunos (do PAA) são crianças com dificuldades de aprendizado ou com distorção idade-série e por isso, são crianças com baixa autoestima. Nesse evento, é perceptível que eles ficaram motivados, e aluno motivado aprende com alegria e mais facilidade”, observou.

 

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: LTON SANTOS

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-1188

Semed dá início às atividades da segunda fase da Jornada Pedagógica 2014

terça-feira, julho 22nd, 2014

Cerca de 300 profissionais da educação participaram, na segunda-feira, 21, da abertura da segunda fase da Jornada Pedagógica ‘Diálogo sobre formação continuada de professores’, com a palestra do professor doutor César Nunes, no Auditório da Prefeitura de Manaus. As atividades se estendem até esta quinta-feira, 24, com oficinas. O encontro visa aprimorar os métodos de ensino dos professores da rede pública de educação de Manaus. 

A Jornada Pedagógica é destinada aos formadores educacionais da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), que são os responsáveis por levar formação continuada para os docentes que atuam em sala de aula.

Segundo a chefe da DDPM, Jecicleide Nascimento, esse é o momento em que o formador, que ensina métodos inovadores para os professores, receberá novas instruções para aprimorar os conteúdos ministrados nos cursos de formação continuada.

“Nós sentimos a necessidade de proporcionar aos nossos formadores momentos de estudo, de busca de conhecimento, para que eles também possam melhorar as práticas deles nos encontros de formações continuadas. O objetivo é preparar o formador para que ele possa preparar os professores, para que então a pratica pedagógica seja aprimorada e chegue ao aluno, que é o principal ator da educação”, explicou.

O secretário da Semed, Humberto Michiles, destacou que a Jornada Pedagógica subsidiará ao professor novos conhecimentos, levando formação e motivação para dentro das escolas da Semed.

“Nós estamos investindo na formação continuada porque em uma sala de aula nada substitui o bom professor. E esse bom profissional precisa estar atualizado, ser motivado, para que assim possa dar uma boa aula. A educação está em permanente processo de mudança e o professor precisa acompanhar. A maneira de se fazer isso é por meio do diálogo, como está sendo feito hoje aqui”, observou.

 Palestra

A Jornada Pedagógica teve início com a palestra do professor doutor César Nunes, onde foram abordadas as mudanças da educação no País. Em sua explanação, ele destacou que o ensino deve ser pautado na humanização do aluno e não somente nas competências e habilidades, como há alguns anos. Foram apresentadas, também, as diretrizes do Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado recentemente no Congresso Nacional. 

“O PNE foi aprovado no dia 25 de junho deste ano. Então, nós vamos apresentar aos professores de Manaus quais são as tendências pedagógicas, as palavras inspiradoras para a educação atual. A palestra serve para apresentar alguns horizontes pedagógicos para os docentes da rede municipal de ensino” disse César Nunes.

A formadora de tecnologia da educação na Semed, Margareth Seixas, acredita que a interação com as novas tendências educacionais são importantes para o aprimoramento das formações continuadas.

“É imprescindível, principalmente para nós, como formadores de tecnologia educacional, que muitas vezes ficamos ligados somente nos recursos tecnológicos que chegam às escolas, como lousas digitais, entendermos as atualidades pedagógicas”, falou.

A diretora da Escola Municipal Dr. João Queiroz, assistiu a palestra e comentou sobre a importância da Jornada Pedagógica para o processo de ensino e aprendizagem dos alunos.

“Palestras com essas pessoas que têm um nível altíssimo de conhecimento pedagógico contribuem muito. A educação precisa ter uma nova roupagem para atender aos alunos no século 21. Temos que aprender a olhar a escola de uma forma diferente. E a Semed vem trazendo conhecimento para os professores com as formações continuadas. Isso estimula o aprimoramento do processo de ensino e aprendizagem dos nossos alunos”, afirmou.

 

TEXTO: Thiago Botelho

FOTOS: Lton Santos/Semed

 

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 8842-1188

 

Escolas municipais das zonas Norte e Centro-Sul participam de abertura da seletiva para as Municipíadas

segunda-feira, julho 21st, 2014

Cerca de 200 alunos, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, de 14 escolas municipais da Divisão Distrital Zonal 4 (DDZ 4) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), localizadas nas zonas Norte e Centro-Sul, participaram, na manhã desta segunda-feira, 21, da abertura da seletiva para as 16° Municipíadas 2014. A competição, que reunirá toda rede municipal de ensino, deve acontecer na primeira quinzena de outubro.

A seletiva das escolas da DDZ 4 ocorrerá no período de 21 a 25 de julho. A solenidade foi realizada na quadra da Escola Municipal Aristóphanes Bezerra de Castro, na Comunidade Aliança com Deus, zona Norte da cidade. Participaram do evento, professores de educação física, alunos, pais, responsáveis, assessores das DDZs e a comunidade em geral.

Os estudantes participam da competição nas categorias mirim, infantil e juvenil, nas modalidades de futsal, queimada, handebol e atletismo, nos naipes masculino e feminino. Os campeões por categoria e modalidade receberão troféus, medalhas e se classificarão para a disputa da Municipíadas.

“Nós acreditamos que as atividades das seletivas, junto às Municipíadas, colaboram muito no processo de ensino aprendizagem, porque eleva a autoestima, promove a integração dos alunos com as demais escolas, desenvolve o trabalho de esporte, cultura e lazer, o que consideramos essencial para o desenvolvimento integral de nossos alunos.”, analisou a chefe da DDZ 4, Lucy Meire Braga.

Com a participação de 39 alunos do 6º ao 9º ano, a Escola Municipal Ulisses Guimarães, localizada no bairro Amazonino Mendes, no Mutirão, zona Norte, quer repetir o feito do ano passado, quando foi campeã no xadrez (juvenil masculino), tênis de mesa (juvenil feminino) e 3º lugar no xadrez (infantil masculino). Para o professor de Educação Física, Fadoul de Souza, a seletiva não tem apenas o lado competitivo, mas de aprendizado sócio-educacional com outros alunos.

“A gente inscreve os alunos para ter a interação com as outras escolas, pois além da parte competitiva é muito importante eles se socializarem com outros colegas de escolas. Eles vão aprender com outros alunos como se comportar, ser mais competitivos também, além de ter o respeito entre todos na hora dos jogos.”, disse, ressaltando que a escola participa da seletiva no futsal e na queimada.

A aluna do 7º ano matutino, Stefani Lima, 12, da Escola Municipal Olga Figueiredo, bairro Alfredo Nascimento, zona Norte, participará pela primeira vez da seletiva. “Esses jogos são bons porque nós temos a chance de conhecer outras pessoas. Quero também ajudar minha escola a ganhar uma medalha. Vamos conseguir sim, mas todas juntas”, comentou a aluna, que joga na equipe de handebol infantil feminino da escola e aprendeu a modalidade na unidade de ensino.

Ao final da solenidade de abertura da seletiva foi realizado o primeiro jogo classificatório no handebol infantil feminino, entre as escolas municipais Aristóphanes Bezerra de Castro e Olga Figueiredo.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 8842-1188

Escola Municipal Pequeno Príncipe comemora 21 anos com Ação Social

segunda-feira, julho 21st, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), realizou neste sábado, 19, uma Ação Social, no bairro São José, Zona Leste. O evento, que encerrou a semana de atividades em comemoração aos 21 anos da Escola Municipal Pequeno Príncipe, localizada no bairro São José, Zona Leste, contou com a participação de várias secretarias municipais e atraiu centenas de moradores para a escola.

De acordo com a gestora, Lilian Benarrós, a unidade completou 21 anos na rede municipal no dia 14 de julho, desde então os alunos realizaram trabalhos em homenagem à escola.

“Foram realizados diversos trabalhos internos em comemoração ao aniversário da escola e para coroar essas comemorações, nós da escola tivemos a iniciativa, por meio da Semed, de convocar uma Ação de Cidadania, para que além dos alunos, a comunidade pudesse participar da comemoração. Foi um sucesso. A escola ficou lotada e todos os moradores puderam usufruir dos serviços que foram disponibilizados”, relatou.

Ainda segundo a gestora, foram realizados serviços de entregas de mudas, pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmas), além de outros atendimentos como o CadÚnico (Cadastro Único do Governo Federal para programas sociais, a exemplo do Bolsa Família), atendimento jurídico e psicossocial, pré-matrículas no Programa Nacional de Acesso ao Ensino técnico e Emprego (Pronatec), 2ª via de Carteira de Identidade, carteira de trabalho, ouvidoria de corte e poda, atendimento médico, corte de cabelo, exposições, aferição de pressão e glicemia, entre outros.

As ações foram bem recebidas pela população que elogiou a iniciativa da escola, como informou a gestora.

“As ações foram até as 14h e foi uma ótima oportunidade de atrair a população do bairro e de outros bairros vizinhos para o trabalho da escola. Todos saíram falando bem e agradecendo pela iniciativa, pois são serviços que todos precisam e, às vezes, por falta de tempo ou de algum contratempo acabam sem ter a oportunidade de realizar. Como esses serviços vieram até o bairro ficou mais fácil para a população. Foi muito bom”, finalizou.

As crianças que foram acompanhar os pais na Ação Social puderam se divertir com várias brincadeiras do projeto Brincando na Rua, da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Divulgação/Escola Pequeno Príncipe

 

Secretaria Municipal de Educação – Semed

Assessoria de Comunicação

3632-2054/ 8842-1188

Gestores municipais conhecem diretrizes curriculares do novo Plano Nacional de Educação

segunda-feira, julho 21st, 2014

 A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e o Sistema de Ensino Aprende Brasil apresentaram, neste domingo, 20, para 260 gestores da rede municipal as diretrizes curriculares do novo Plano Nacional de Educação (PNE). As inovações foram expostas pelo professor e doutor em educação, Cesar Nunes, que faz parte da assessoria da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC). Segundo ele, Manaus é a primeira capital brasileira a apresentar as novas diretrizes curriculares para os professores da rede municipal.  

A orientação foi repassada no encerramento do Encontro Pedagógico Aprende Brasil, realizado no Hotel Amazônia Golf Resort, quilômetro 64, da Rodovia AM-010 (Manaus – Itacoatiara). Cesar Nunes, além de informar sobre as novas diretrizes curriculares, emocionou e cativou os representantes das 125 escolas do 6° ao 9° ano que integram o sistema Aprende Brasil na rede pública municipal de Manaus.

“As novas diretrizes curriculares foram promulgadas  pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), que é o órgão que legisla sobre a educação brasileira. Com a aprovação do Plano Nacional da Educação, abriu-se uma outra década de educação para o Brasil. De 2014 a 2024 a educação brasileira vai passar por uma grande transformação e a primeira cidade que nos chama pra falar sobre isso é Manaus. Venho aqui como pioneiro para apresentar as novas tendências da educação”.

Ele explicou, ainda, como organizar o novo currículo e como se deve trabalhar pedagogicamente o novo plano. “Manaus se atualiza e passa a contar com uma original forma de educar. Vim apresentar os princípios filosóficos e as diretrizes pedagógicas que devem organizar a escola e o currículo da escola básica brasileira. A Semed reúne as melhores condições objetivas, tem uma equipe laboriosa, um plano sensível e inspirador, uma parceria fecunda com o grupo Positivo para trabalhar essas novas diretrizes na perspectiva que cada professor seja autor do seu trabalho”, completou.

O encontro

O Encontro Pedagógico Aprende Brasil foi realizado durante o fim de semana, dias 19 e 20, com palestras e oficinas oferecidas a professores, gestores e pedagogos de 125 escolas que utilizam o sistema Aprende Brasil. O secretário municipal de educação, Humberto Michiles, informou que a secretaria avalia tornar os encontros uma ação permanente.

“Nós queremos realizar estes encontros pelo menos duas vezes ao mês, a cada dois fins de semana,  trazendo um grupo de educadores, profissionais da área da educação das Divisões Distritais Zonais (DDZs) e das escolas, incluindo gestores, professores e pedagogos. O objetivo, além dessa motivação, é a integração e o fortalecimento do sistema educacional”.

Michiles comentou, ainda, sobre o sucesso desta primeira edição. “A educação é um imenso desafio e um desafio que tem consequências. É efetivamente aquilo que provoca transformação, que muda a vida das pessoas e nunca é demais a gente repetir isso por mais óbvio que pareça. Todos nós precisamos ser motivados, nos atualizar, nos aprimorar. Fico extremamente satisfeito com a motivação e entusiasmo com que esses educadores saem daqui. Estamos certo de que estamos contribuindo muito para melhorar a educação na cidade”.

Para a gestora da Escola Municipal Nina Lins, professora Nazilde de Souza e Silva,  o encontro foi surpreendente. “Maravilhoso. Não tem outra palavra. Tivemos uma semana cansativa de trabalho, mas esse fim de semana de palestras e oficinas compensou todo o cansaço. Os palestrantes que estiveram aqui contribuíram muito para a nossa postura na escola, principalmente na questão de humanização. Superou todas as minhas expectativas”, comentou.

TEXTO: Luana Carvalho

FOTOS: Lton Santos/Semed

 Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 8842-1188

Educadores da rede municipal participam de encontro pedagógico com profissionais renomados

segunda-feira, julho 21st, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e o Sistema de Ensino Aprende Brasil reuniram 260 gestores, professores e pedagogos da rede municipal de educação durante um encontro pedagógico neste fim de semana. Por meio de palestras, oficinas e atividades recreativas, os educadores tiveram a oportunidade de se apoderar da metodologia do Aprende Brasil, da Editora Positivo. O encontro ocorreu no Hotel Amazônia Golf Resort, quilômetro 64, da Rodovia AM-010.

O evento foi realizado para representantes das 125 escolas da rede municipal que integram o sistema Aprende Brasil, do 6° ao 9° ano, conforme explicou a subsecretária de gestão educacional da Semed, professora Ana Maria Falcão. “Nós estamos dando continuidade à política de valorização dos profissionais da educação. Juntamos professores e gestores que trabalham com o Sistema Positivo, com a finalidade de apoderá-los da metodologia, para que assim, eles possam melhorar sua prática e consequentemente assegurar a aprendizagem dos alunos”.

No sábado, 19, a doutora em educação e mestre em psicologia pela PUC/SP, professora Emília Cipriano, encantou, motivou e emocionou os participantes ministrando a palestra“Competências para Ensinar e a Organização do Ensino”.“Este é um momento de encontro, onde o professor consegue identificar e perceber o quanto ele tem a contribuir nesse processo e o quanto eles estão abertos para sair da mesmice, para se desafiar, buscar a comunicação de uma forma autêntica e ao mesmo tempo valorizar seus saberes. Sinto muito prazer em ver que todos os professores, mesmo com as dificuldades que enfrentam, estão dentro desta perspectiva de construção, mobilização e valorização do pensamento humano.  É uma rede que vai se intensificando, que vai dando um outro sentido e o prazer de dizer ‘sou educador, sou referencia, eu formo e sou construtor de identidades humanas’ faz todo o sentido”, disse a palestrante.

Cipriano acredita que a parceria com a Editora Positivo, bem como os planos de ações que estão sendo realizados pela Semed, elevarão os índices educacionais da cidade de Manaus.  “Eu não tenho dúvida de que são iniciativas dessa natureza que mobilizam, que criam uma sensação de não isolamento e de percepção de outras realidades. Iniciativas dessa perspectiva fazem com que se potencialize muitas experiências que já existem em Manaus. Dessa forma não há índices que não sejam superados, com uma clareza de que não são apenas os números que nós queremos alterar, queremos alterar a qualidade de vida das pessoas”, ressaltou.

Os educadores participaram de oficinas com temas direcionados aos cargos exercidos dentro das escolas (assessores pedagógicos, pedagogos, professores e gestores). Palestrantes de renome no cenário nacional, entre eles Carlos Sanches, Fátima Rigoni, Silvia Dumond e a  professora doutora Zita Lago ministraram as oficinas.

Ainda no sábado, dois grupos se dividiram: enquanto um fazia uma caminhada pelo resort, outro participava de uma aula divertida de hidroginástica. Após jantarem, todos foram convidados a participar do Luau Pedagógico, que contou com a presença da animada dupla de seresteiros e contadores de histórias `Parabolé`.

Educadores

Para a gestora da Escola Municipal Honório de Azevedo Vasconcelos, Gleide Maria de Lima, as atividades foram importantes para motivar os profissionais da educação. “Achei a palestra maravilhosa e bem contextualizada. Seria muito bom se outras pessoas pudessem ter a oportunidade de participar desse momento. A posição da Semed, de compartilhar com os gestores e professores esses momentos de somatória, é louvável. É uma mudança de comportamento e com isso outras estratégias surgirão a partir desses momentos. E o mais importante é que levaremos tudo que foi absorvido para as salas de aula”, afirmou.

O gestor da Escola Municipal Deputado Ulisses Guimarães, Carlos André Alonso da Silva, também avaliou o encontro de forma positiva. “Está sendo uma integração muito maravilhosa, a expectativa está sendo alcançada e o que eu vou levar é a melhor impressão e o melhor conteúdo por meio dessa interdisciplinaridade entre assessoria pedagógica, professores, diretores, pedagogos e da equipe da Semed. Estamos com uma expectativa real que vamos sair daqui melhor do que chegamos: motivados, com ideias e levando pras escolas o melhor que a gente puder levar”.

Quem também está buscando a transformação na educação do município é a professora Danielle Coelho, da Escola Municipal Waldir Garcia. “Esse encontro esta sendo ótimo, muito proveitoso e como sempre as formações da Positivo são maravilhosas. Eles falam da realidade do nosso trabalho, do dia a dia e o que a gente leva são ótimas informações, experiências e práticas que a gente vai poder aproveitar na escola. Os encontros são imprescindíveis, vem de encontro com nosso trabalho e eu defendo que aconteçam mais vezes”.

Aprende Brasil

O Aprende Brasil foi implementado na rede municipal de ensino em 2011 para potencializar a qualidade de ensino nas escolas municipais. O sistema disponibiliza materiais didáticos e recursos tecnológicos de aprendizado para cerca de 71 mil alunos das escolas municipais, do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental 2.

Em 2014, além da ampliação do sistema na rede, os estudantes passarão a contar com o software de ensino Aprimora, a partir deste segundo semestre. O Aprimora oferece uma combinação de atividades interativas e multimídia para os alunos e professores.

Ao todo, as escolas da rede que ainda não possuem telecentro e estão incluídas no programa receberão 41 carrinhos, cada um com 25 tablets, roteador, wi-fi, data show e laptops. As que já possuem telecentro receberão mais 10 tablets para trabalhar o conteúdo digital.

 

Texto:Luana Carvalho
Fotos: Lton Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-1188/ (92)8842-1188