Archive for the ‘noticias’ Category

Encontro técnico reúne secretários escolares e administrativos da rede municipal de ensino

segunda-feira, agosto 11th, 2014

Para repassar as modificações na legislação educacional, de acordo com as novas diretrizes do Plano Nacional da Educação e a mudança no regimento geral da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a Gerência de Documentação e Auditoria Escolar (GDAE) promove desta segunda-feira, 11, até sexta-feira, 15, encontro técnico com os secretários escolares e servidores administrativos das instituições de ensino da prefeitura.

Nesta segunda-feira, 11, no auditório da Semed, estiveram reunidos os funcionários das unidades de ensino das zonas Sul e Centro-Sul da cidade. O encontro é realizado anualmente para ajustar de forma homogênea a documentação das escolas da Semed. Segundo a gerente da GDAE, Acecy Valente, este ano, o evento tem uma importância maior em decorrência das diversas modificações a serem adotadas.

“Esse evento é um acontecimento importante. Este ano, foi aprovado o nosso Plano Nacional de Educação. Então, todas as secretarias têm que estudar esse plano, as mudanças das políticas públicas educacionais e fazer a adaptação ou até uma mudança total. São essas alterações que o encontro se propõe a informar”, disse a gerente, que aponta o trabalho dos secretários escolares como indispensável para o bom andamento das unidades de ensino.

“A atuação do secretário escolar é indispensável, pois ele organiza a secretaria. A escola que tem uma secretaria organizada tem todas as ferramentas para ter um processo de ensino e aprendizagem com qualidade”, observou.

Josana Barbosa trabalha na administração da secretaria da Escola Municipal Waldir Garcia há dois anos. Ela conta que no início teve a ajuda da secretária para aprender e aprimorar seu trabalho, mas que desde o ano passado, quando participou pela primeira vez do encontro técnico, conheceu mais profundamente seu papel na escola.

“Essas reuniões nos ajudam a aprender como deve acontecer o procedimento da secretaria da escola. A GDAE sempre nos dá suporte. Ligam, visitam a escola, mas essa reunião é importante porque todos vêm aqui, falam das dificuldades e aprendem como trabalhar. Nesse ano, que tem bastante coisa nova, ela se torna mais fundamental ainda”, afirmou.

Alfredo Simões, que assumiu a secretaria da Escola Municipal Joaquim Pinto recentemente, aprovou a realização do encontro. “É um evento importante pelo fato de eu ser novato na escola. Eu estou recebendo informações para adequar tudo o que for preciso”.

Homenagem

Durante o encontro, a Semed, por meio da GDAE, homenageou três escolas que se destacaram nos quesitos organização e tratamento com a comunidade escolar. A avaliação foi feita durante as visitas técnicas realizadas durante o primeiro semestre do ano.

Receberam placa de homenagem as secretárias das Escolas Municipais Paulo Graça, Felismino Soares e Nazira Chamma Daou.

Para Alzenira Estrela, secretária da Nazira Chamma Daou, o prêmio teve um significado especial. Ela trabalha na unidade de ensino há 24 anos e em 2014 será sua despedida, já que, a partir do próximo ano estará aposentada. Emocionada, ela disse que a homenagem fechará  o trabalho realizado em mais de duas décadas. O segredo do sucesso, segundo ela, é fazer tudo com amor.

“O segredo é trabalhar com amor e fazer o que se gosta. Foram muitas mudanças nesses 24 anos de secretaria e eu sempre fiz as atuações necessárias para aprimorar meu trabalho. Vou me aposentar feliz. É uma despedida com honra”, disse.

TEXTO: Thiago Botelho

FOTOS: Lton Santos

Cmeis da Semed apresentam a diversidade cultural brasileira em festas juninas

domingo, agosto 10th, 2014

Professores e alunos da Secretaria Municipal  de Educação (Semed) apresentam a origem, curiosidades, ritmos, danças e lendas do Brasil. A apresentação da cultura brasileira foi demonstrada pelos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) Coração de Jesus e Santa Izabel, na noite deste sábado, em seus respectivos arraiais, reunindo pais, responsáveis e comunitários que moram no em torno das unidades de educação.

A festa do Cmei Santa Izabel, foi realizada  na quadra poliesportiva da Escola Municipal Alfredo Linhares, no Bairro  São Jose 1. Com o tema “Brasil e seus ritmos”, a unidade mostrou a história e a beleza da cultura brasileira, por meio da apresentação de 200 crianças entre 4 e 5 anos.

Os ritmos apresentados foram o axé, boi-bumbá, cantigas de roda, carimbó e o gospel. Alunos e professores dançaram e apresentaram o histórico de cada ritmo demonstrado. A pedagoga do Cmei Santa Izabel, Fernanda de Holanda, explicou porque a unidade escolheu trabalhar os ritmos brasileiros e a finalidade do evento.

“Pensamos trabalhar esta temática, justamente na época da copa do mundo deste ano e uma possível vitória da seleção. Infelizmente não foi possível, mas mesmo assim levamos a ideia em frente.  A preparação levou cerca de 40 dias com atividades nas aulas de referência, desenvolvendo atividades motoras, cognitivas e artísticas voltadas para nosso tema proposto”, destacou a pedagoga.

Cintia Ikuno, mãe de aluno e membro do conselho escolar do Cmei, participou diretamente do evento, durante sua preparação até a realização do festival. Ela destacou que a concretização do evento só foi possível porque toda comunidade escolar se mobilizou para realizá-lo.

“Para mim que tive a felicidade de contribuir diretamente na construção do evento, posso dizer que hoje estou realizando um sonho e que, também, estou orgulhosa por ter feito parte da equipe que possibilitou a realização de um evento tão bonito e grandioso como esse”, mencionou Cintia.

No final do festival, houve um bingo, tendo como prêmio um grande rancho. O arraial estava repleto de comidas e adereços típicos de festa junina.

Já o Cmei Coração de Jesus, localizado no Morro da Liberdade, apresentou  o folclore brasileiro com dramatizações de lendas, danças, cenários, exposição de painéis e outros.

As atrações trabalhadas no arraial foram a dança do  “Arco Colorido de Flores”, que é uma dança típica indígena, a do “Pula Fogueira”, “Dança da Peneira”, a “Quadrinha do Coração”, “ O Boi Sabidinho” e as lendas do “Rio Amazonas”, da “Mandioca” e a lenda “Noite e Dia”. Trezentos alunos do 1º e 2º períodos, além de seus respectivos professores fizeram parte das apresentações.

A gestora do Cmei, Madalena Lopes Lobo, enfatizou que o intuito do arraial foi trabalhar o folclore e lendas pouco conhecidas da Região Norte e o lado pedagógico com os alunos.

“Além de trazer à tona o folclore da nossa região, queríamos trabalhar o lado pedagógico. Para isso, trabalhamos durante quase 60 dias com eixos da linguagem, música e movimento e natureza e sociedade, que são eixos da educação infantil”, destacou.

O trabalho pedagógico foi realizado em sala de aula, por meio de pesquisas sobre o folclore, exposição e confecção de painéis e aulas direcionadas para todos os alunos do Cmei.

Para Regina Marques, mãe da aluna Hanna Beatriz, a festa foi um meio de entretenimento para ela e sua filha que é autista. “Estou adorando a festa e muito feliz porque estou me sentido em um ambiente familiar e, também, porque a minha, que é autista, está se sociabilizando e se divertindo”, disse a mãe.

A festa contou com a presença de mais de 300 pessoas e com  colaboração de todos os profissionais que atuam na unidade. No decorrer da festa, houve  desfile dos alunos reis e rainhas caipiras e no final um super bingo.

 

Texto e fotos: Emerson Felipe

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92)3632-2054

Escola Municipal recebe palestra sobre valores humanos

sexta-feira, agosto 8th, 2014

Cerca de 30 alunos da Escola Municipal Professora Elcy Mesquita Lima, localizada na Rua Bragança, bairro Redenção, zona oeste, assistiram, na tarde desta sexta-feira, 8, a palestra ‘Educação e Valores Humanos’, ministrada por pedagogas e assistentes sociais do Centro Municipal de Atendimento Sociopsicopedagógico (Cemasp) Polo 1, da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

 

A pedagoga do Cemasp, Lorena Faria Loureiro, informou que dinâmicas e reflexões com textos também fazem parte da ação. “É uma palestra com cunho preventivo e educativo. Desta vez viemos falar sobre valores humanos para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental. O foco mesmo é trabalhar a questão do respeito, solidariedade, e amor ao próximo”.

 

Lorena comentou, ainda, que o bullyng também foi abordado durante a palestra. “Nós do Cemasp fazemos as palestras de acordo com as necessidades das escolas, o tema ‘bullyng’ também foi bastante citado”, completou.

 

Kelton Ruan Andrade, 10, assistiu a palestra e comentou que os temas abordados são os que mais precisam ser trabalhados com a turma. “Foi falado sobre o bullyng, a educação e os valores humanos, que foi muito importante pra nós porque aqui na sala tem muitos colegas que precisam ter ouvido isso”.

 

Já Jailson Farias de Oliveira, 10, acredita que respeitar o próximo é a melhor maneira de melhorar o mundo. “Nesta palestra eu aprendi que não devemos praticar bullyng, sempre respeitar os mais velhos, sempre prezar os valores humanos e acho que isso vai nos ajudar a fazer um mundo melhor”.

 

 O Cemasp

 

O Centro Municipal de Atendimento Sociopsicopedagógico é uma instituição de excelência no combate à evasão escolar. Tem a missão de resgatar os alunos infrequentes e evitar o abandono escolar por meio de ações pedagógicas, psicológicas, sociais e fonoaudiólogas. O trabalho é realizado em todas as escolas municipais de todas as zonas da cidade.

 

Texto: Luana Carvalho

Fotos: Cleomir Santos

Escola municipal comemora o Dia dos Pais com visita a Arena da Amazônia

sexta-feira, agosto 8th, 2014


Uma escola da Prefeitura de Manaus, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Odete Puga levou, nesta sexta-fera, 8,  Vivaldo Lima. O passeio foi em comemoração ao Dia dos Pais, que será neste domingo, 10.

Cerca de 250 pais de alunos da instituição de ensino participaram da programação. O industriário Alessandro Nascimento, 33, nunca tinha pisado no estádio amazonense que sediou a Copa do Mundo 2014. Ao lado de Andrey, seu filho de seis anos, ele é quem parecia ser a criança e disse que ficou deslumbrado com a beleza do espaço, que para ele, será o eterno Vivaldão.

“É a primeira vez que venho aqui. É lindo demais. Foi um presente muito legal de Dia dos Pais. A sensação de estar com meu filho em um estádio lindo como esse é sensacional”.

Alegria dupla teve o professor Francisco Filho. Pai de dois alunos do Cmei e marido da pedagoga do Cmei Odete Pulga. Ele comemorou em família o seu dia e contou que só conhecia a Arena pela televisão. Para ele, de perto, o estádio é muito mais bonito. Com máquina fotográfica nas mãos, fez questão de registrar cada momento.

“É um momento histórico e deve ser registrado. É a minha primeira vez na Arena da Amazônia e em um dia especial, com a realização desse passeio pela escola entre pais e filhos. Fico feliz por estar aqui com a minha família comemorando o meu dia. Eu prometi aos meus filhos que os traria ao estádio, mas não deu na Copa porque estava muito tumultuado. Coincidiu de ser no Dia dos Pais”, comemorou.

Emoção

Apaixonado por futebol e flamenguista, Marcos Antônio Nascimento ainda não tinha visitado a Arena da Amazônia. Acompanhado da filha, Kemile, ele ficou emocionado ao lembrar que estava pisando no gramado onde desfilaram craques mundiais como Cristiano Ronaldo (Portugal), Balotelli (Itália) e Rooney (Inglaterra).

“Estar aqui é uma emoção muito grande. Vou deixar registrado para guardar como recordação. Este foi o melhor presente que já tive”, afirmou.

Segundo a diretora do Cmei Odete Puga, Amanda Macanoni, a festa sempre é comemorada na escola, mas como esse ano a cidade recebeu quatro jogos da Copa do Mundo, aproveitou-se o gancho do evento mundial para a realização de uma atividade diferente.

“Hoje só há homens aqui. As mulheres são as que trabalham na escola. Nós queríamos fazer uma interação entre pais e filhos, com futebol e arena. Eles adoraram a ideia”.

 

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: LTON SANTOS

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 8842-1188

 

Cerca de 700 alunos participam de Feira de Ciências com tema “Meio Ambiente e Tecnologia” em escola municipal

sexta-feira, agosto 8th, 2014

 Com objetivo de trabalhar com a tecnologia em prol da conscientização e preservação do meio ambiente, a Escola Municipal Frei Mário Manocelli de Grello, bairro Jorge Teixeira 4, Comunidade Cidade Alta, zona Leste, realizou nos dois turnos desta sexta-feira, 8, a 2ª Feira de Ciências – com tema “Tecnologia e Meio Ambiente”.

Com cerca de 700 alunos da educação infantil e do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, a comunidade escolar trabalhou em sala de aula a temática com os 14 professores. Os estudantes fizeram coleta de garrafa pet, papelão, jornal e tampinha de garrafa, para confecção do material exposto no evento.

 Segundo a pedagoga da unidade de ensino, Otaliane Corrêa, com a temática, os alunos têm a oportunidade de aprender mais sobre o assunto, principalmente por morarem em uma zona carente e por precisarem de informações para cuidar do próprio ambiente escolar e de sua comunidade.

 “Eles têm uma lição sim, porque tiram bastante proveito, interagem entre si, ou seja, nossa meta é a interação entre todos. A gente sabe que construindo eles aprendem e podem utilizar isso para o futuro deles. Nossos alunos, na verdade, são multiplicadores do tema, onde levam para os pais, que posteriormente passam a frequentar a escola e tomam conhecimento sobre o trabalho desenvolvido na escola.”, salientou.

A professora do 1º ao 5º ano, Maria Aparecida, disse que a tecnologia faz parte da vida do ser humano, por isso ela considera importante trabalhar com os alunos os recursos digitais para ajudar o desenvolvimento do processo de ensino aprendizagem em sala de aula.

“A tecnologia vai invadindo nossas casas e hoje em dia crianças de dois anos, já sabem manusear um aparelho celular. Usar os recursos, sendo mediados pelos nossos conteúdos na escola, é um aprendizado importante. A tecnologia aliada com meio ambiente, ajuda nossos alunos, pois são curiosos. Temos que aproveitar as novas metodologias para ensiná-los melhor.”, comentou ao ressaltar que a comunidade escolar utiliza a tecnologia da Editora Positivo.

 O aluno do 3º ano, Samuel dos Santos Batista, 11, mora em uma rua que sempre te, lixo pelo chão. Para ele, o aprendizado na confecção de material reciclado durante a feira, fez com que tivesse uma outra visão de como preservar o ambiente de sua própria comunidade.

“Nós trouxemos material para fazer os brinquedos na feira, mas principalmente, percebemos que nossa atitude ajuda a preservar o meio ambiente em geral. A partir de agora, não vou mais jogar lixo na rua, mas sim dentro de lixo, para não deixar tudo sujo”, comentou.

 

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação 9Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 2632-2054

Escola Municipal Maria Rufina realiza Feira de Ciências

sexta-feira, agosto 8th, 2014

Alunos da Escola Municipal Maria Rufina de Almeida, localizada no bairro Alvorada, Zona Oeste, apresentaram nesta sexta-feira, 8, a Feira de Ciência com o tema ‘Vivenciando a Cultura Amazônica, Preservando e Conservando para uma vida sustentável’.

De acordo com a gestora da unidade, Sandra Aguilar,  os professores buscaram trabalhar com o alunos o tema amazônico desde o começo do ano e aproveitaram para criar sub-temas para serem trabalhados pelas turmas durante as apresentações.

“Nós trabalhamos as lendas amazônicas com os alunos de forma interdisciplinar, para que eles tenham esse conhecimento regional, agora com a Feira de Ciência nós aproveitamos esse tema e os alunos pesquisaram seus trabalhos voltado para a região, falando sobre alimento, árvores, aterros sanitários, entre outros”, relatou.

As apresentações foram dos alunos do 1 ao 5 ano sobre “Cozinha Alternativa”, “Aterros Sanitários”, “Higiene e Saúde” e Plantas Medicinais e Ornamentais” para elaborar os trabalhos. A estudante Ana Clara Martins, 10, do 5 ano, contou que aprendeu mais sobre as planta quando se preparava para a feira.

“Nós começamos a pesquisar sobre as plantas medicinais e ornamentais há um mês, fizemos cartazes, descobrimos plantas lindas e aprendi que tem vários tipos de rosas, coisa que eu não sabia”, informou.

Acompanhar os trabalhos dos filhos na escola é muito importante para o bom desempenho do aluno, tanto na escola, como em casa, foi o que garantiu Elza Maria Albuquerque de Santana Lima, mãe da aluna Helen Beatriz de Santana Lima, 8, do 3 ano.

“Sempre que posso eu acompanho o trabalho da minha filha, sou professora e sei como a presença dos pais motiva os alunos. Além disso, a professora trabalhou muito bem o tema da alimentação saudável com os alunos, a Helen chegava causa e me dava uma aula sobre isso, o que ela aprendeu se preparando para a apresentação”, disse.

TEXTO: João Pedro Figueiredo
FOTOS: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054

Alunos do Cmei Maria do Céu prestam homenagem aos pais

sexta-feira, agosto 8th, 2014

Os alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Maria do Céu Vaz D’Oliveira, localizado no conjunto Ajuricaba, no bairro Alvorada, Zona Oeste, utilizaram a obra do poeta e escritor Vinicius de Moares para homenagear o Dia dos Pais, nesta quinta-feira, 7.

O ‘Sarau Vinicius de Moraes’ foi apresentado pelas crianças, que usaram a música e a poesia para apresentar seus trabalhos, que foram prestigiados pelos pais, mães, avós e demais responsáveis que aprovaram o evento.

De acordo com a gestora Norma Wanzeler, pela parte da manhã os alunos do maternal interpretaram a música ‘As Abelhas’, os alunos do 1º Período ficaram com a música ‘O relógio’. Já os alunos do 2º Período apresentaram a poesia ‘Peixe Espada’.

À tarde, as crianças do maternal apresentaram a música ‘O Pato’, os alunos do 1º Período ficaram com a música ‘Eu sei que vou te amar’ e os alunos do 2º Período interpretaram a poesia ‘O elefantinho’ e ‘O relógio’.

 

Semed apresenta ações durante 1º Fórum Jurídico para o Conhecimento, Prevenção, Controle e Erradicação da Síndrome Alcoólica Fetal

sexta-feira, agosto 8th, 2014
A Secretaria Municipal de Educação (Semed) apresentou suas ações de favorecimento à inclusão de alunos com deficiência, na tarde desta quinta-feira, 7, durante o ‘1º Fórum Jurídico para o Conhecimento, Prevenção, Controle e Erradicação da Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) e demais comorbidades dentro dos Sistemas Jurídico, Educacional e de Saúde Pública do Amazonas’. O evento foi realizado no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), localizada na Avenida Humberto Calderaro Filho, zona Centro-Sul de Manaus.

Palestrante do fórum e gerente de Educação Especial da Semed, a professora Reni Formiga informou que a secretaria foi convidada a apresentar as ações que realiza em prol da educação especial. “Apresentamos diversas ações, entre elas as formações ‘Sensibilizar para Incluir’, as salas de recurso na escola, onde o aluno incluído tem a oportunidade de participar de outras atividades no contraturno, intervenções pedagógicas com psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, palestras aos pais, assessoramento pedagógico nas escolas e ainda formação continuada aos professores”.

Durante o fórum, projetos de leis elaborados pela Comissão da Mulher Advogada da OAB-AM foram apresentados aos participantes. De acordo com a presidente da comissão, doutora Maria Gláucia Barbosa Soares, este ainda é um tema pouco debatido pela sociedade.

“Esse fórum é de relevância social porque é voltado para a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), um tema pouco debatido, mas que nós precisamos estender à sociedade. A escola pública faz um papel fundamental na vida dos jovens que realmente precisam de informação. Ampliar esse conhecimento e trabalhar a SAF como um tema transversal a ser colocado na sala de aula é um dos nossos objetivos. Uma vez que depois de difundido, o aluno com certeza levará isso para a família”, explicou.

Texto: Luana Carvalho
Fotos: Cleomir Santos
Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Coordenadores do Telecentro recebem capacitação para uso de ferramenta tecnológica

sexta-feira, agosto 8th, 2014

A Prefeitura de Manaus deu início, nesta quinta-feira, 7, à formação da ferramenta Netbil educacional para os coordenadores de Telecentro das escolas municipais das Divisões Distritais Zonais (DDZs) 1 e 7. O Netbil é uma lousa digital usada como auxílio pedagógico nas aulas ministradas pelos professores. A capacitação foi realizada por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no laboratório de informática do Complexo Escolar André Vidal de Araújo, na Vila Amazonas, zona Centro-sul.

O coordenador pedagógico da Netbil, Mário Silva, explicou a importância da tecnologia na educação atual e explicou como usar a ferramenta. Segundo ele, as lousas podem ser usadas em todos os segmentos educacionais, desde a Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“O Netbil tem mais de 10 mil atividades interativas, distribuídas interdisciplinarmente. É importante salientar que não é necessária a utilização da internet para o programa funcionar. Então, é importante que os coordenadores de Telecentro conheçam o que o Netbil oferece  para auxiliarem os professores nas escolas”, disse.

Para a coordenadora pedagógica dos Telecentros da Semed, Alessandra Gaio, atualmente, usar o quadro tradicional e o livro didático para tentar chamar a atenção dos alunos não é o suficiente, por isso, utilizar as ferramentas tecnológicas se tornou essencial.

“Hoje em dia, todo professor precisa ‘linkar’ o pedagógico com o tecnológico. Por isso, os coordenadores de Telecentro são preparados para serem os multiplicadores na escola e dar suporte no tecnológico aos docentes. O objetivo é fazer uma inclusão digital do professor que está engessado no tradicionalismo e atrair o aluno para esse novo universo da educação”, explicou.

Luana Batista é coordenadora do Telecentro da Escola Municipal Vicente de Paula, no Japiim, zona Sul. Para ela, a formação amplia o conhecimento e as possibilidades de atuação com a ferramenta.

“As formações são importantes porque sempre conhecemos coisas novas. Na minha escola há muitos professores que me procuram para auxiliar as atividades e precisamos estar por dentro de tudo”, afirmou.

Revista em quadrinhos

A coordenadora do Telecentro da Escola Municipal Amine Daou Lindoso, Daniele Valente, conta que por meio do Netbil os alunos do 4º ano produziram uma revista em quadrinhos sobre o bullying.

“Eles pesquisaram sobre o tema, produziram histórias com desenho a mão e montaram o texto. Depois, dividimos os grupos, fizemos as fotos e montamos a revistinha. A história retratou uma situação de bullying dentro da escola. Ao final, apresentamos para todas as turmas. Hoje não tem como fugir disso. As crianças já nascem sabendo mexer no celular, no computador. A educação tem que acompanhar esse processo”, ressaltou.

Todos os coordenadores de Telecentros serão contemplados com as formações. As demais DDZs serão divididas nos dias 12, 14 e 19 de agosto.

 

TEXTO: Thiago Botelho

FOTOS: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Prefeitura entrega certificados aos participantes do curso em educação física adaptada

quinta-feira, agosto 7th, 2014

A Prefeitura de Manaus entregou certificados para profissionais e acadêmicos que participaram do curso de capacitação em educação física adaptada para alunos com deficiência. As aulas foram teóricas e práticas com a participação, inclusive, de membros do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

A entrega dos certificados ocorreu, nesta quarta-feira, 6, na sede da Faculdade de Educação Física, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). As aulas começaram na segunda-feira, 4.

Durante o curso, professores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) tiveram a oportunidade de participar de aulas práticas e teóricas de voleibol sentado, basquetebol com cadeira de roda e bocha. Cerca de 170 inscritos receberam o certificado de participação.

O curso faz parte das ações dos Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas), que serão realizados no dia 25 de agosto.

A capacitação realizada com os profissionais de educação física visa dar suporte e métodos de ensino para os professores trabalharem a inclusão em sala de aula de forma mais ampla e eficaz. “A parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro inclusive incentiva os educadores da rede municipal de ensino”, destacou a coordenadora dos jogos, Shirley Amaral,.

O presidente da Confederação Brasileira de Voleibol Paralimpico, Amauri Ribeiro, que realizou palestra sobre características e regras do voleibol, destacou a ação da secretaria como de fundamental importância para o crescimento do esporte paralimpico e de inclusão social.

“É com ações como essa que o esporte voltado a pessoas com deficiência tende a crescer e mais pessoas com deficiência serão incluídas na sociedade. Não como pessoas menos importantes, mas como pessoas que merecem respeito”, enfatizou o presidente.

Professor da Escola Municipal Ruy Lima, Goutier Rodrigues ressaltou que a iniciativa da Semed trará resultados em sala de aula. “Essa troca de experiência e tudo que absorvemos nesses dois dias de capacitação serão de grande valia para nós professores, pois irá influenciar diretamente em nossas escolas, na abordagem com nossos alunos e, consequentemente, na aprendizagem e qualidade de vida deles”.

Nesta quinta, 7, e sexta-feira, 8, os inscritos no curso participarão de uma segunda etapa da capacitação, na qual terão aula de golbol, ministrada pelo professor Eldo Gomes, da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) e também de jogos recreativos adaptados, com a professora mestre Elani Iamut, coordenadora de Educação Física da Uninorte.

 

TEXTO: Emerson Felipe

FOTO: Cleomir Santos/Semed