Archive for the ‘noticias’ Category

Semed entrega Prêmio Amigo da Biblioteca

terça-feira, dezembro 16th, 2014

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Escola Municipal Izabel Angarita, promoverá nesta terça-feira, 16, o ´Prêmio Amigo da Biblioteca´. Na ocasião, serão homenageadas pessoas que se destacaram no apoio e promoção da Biblioteca Polo Luiz Bacellar – que fica no prédio da unidade de ensino – durante o ano de 2014.
O prêmio será distribuído em três categorias: professor, aluno e personalidades. Assiduidade do professor e aluno às atividades da biblioteca é o critério analisado entre os que podem receber o prêmio.

Na categoria personalidade o item utilizado foi o trabalho desenvolvido em prol da biblioteca escolar. As coordenadoras das Bibliotecas das escolas do município, Loana
Portela e Silene Batista, serão homenageadas. “Fiquei muito lisonjeada com a lembrança que a escola teve com o meu nome. É um reconhecimento do trabalho que nós estamos desenvolvendo dentre da Gacpe (Gerência de Atividade Complementares e Programas Especiais) pelo bem estar das nossas bibliotecas e alunos”, disse Portela.
De acordo com o bibliotecário Moises Cabete, organizador do evento, a ideia é incentivar o uso da biblioteca escolar e reconhecer quem a fomenta. “Vamos premiar o professor que mais utilizou o serviço da biblioteca e o aluno que mais emprestou livros. As personalidades são pessoas que de alguma forma ajudaram no fomento da biblioteca. Será entregue troféus e certificados aos premiados. O objetivo é fomentar a biblioteca escolar e reconhecer pessoas que abraçam esta causa. Queremos que os professores se envolvam ainda mais e os alunos também”, afirmou.

Sugestão
O quê: Prêmio Amigo da Biblioteca
Onde: Escola Municipal Izabel Angarita – Rua Canumã, s/n, Conjunto
Atílio Andreazza, bairro do Japiim II
Horário: 10h

Texto: Thiago Botelho

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054/ 98842-1188

 

Duas unidades da Semed realizam formatura para mais de 100 de alunos da rede

segunda-feira, dezembro 15th, 2014

Cento trinta três alunos do 1º ano das Escolas Municipais Sara Barroso e João Goulart da Secretaria Municipal Educação (Semed) , participaram de cerimônia de formatura realizada por ambas as unidades, na noite desta sexta-feira, 10. Os eventos aconteceram simultaneamente e contaram com a participação de pais, amigos e familiares dos alunos. Apresentações culturais, momentos de agradecimentos e entrega de diplomas fizeram parte da programação das formaturas.

A Escola Sara Barroso Cordeiro realizou sua cerimônia na Igreja Ministério Internacional Unidade, localizada na Rua Samambaia, no bairro de Santa Etelvina. O evento contou com a participação de mais de 200 pessoas. Os formandos da unidade fazem parte das três turmas de 1º ano que estudaram durante o ano de 2014 na escola.  Durante o evento, houve apresentação de alunos do Projeto Mais Educação.

A pedagoga da escola, Mariana Santos, falou que a unidade se organizou para proporcionar o evento  e ressaltou a importância do momento. “Nós preparamos este momento com muito carinho, fizemos  a campanha “Adote um aluno” para arrecadarmos fundo e comprarmos as vestimentas deles, envolvemos pais, alunos e comunitários. E agora, ficamos felizes porque estamos tendo a oportunidade de oferecer um momento que irá aproximar pais e filhos e restituir famílias. Para nós, é uma realização é a concretização de um sonho”, falou a pedagoga.

No decorrer da cerimônia, pais comentaram sobre o evento e sobre o trabalho pedagógico feito com seus filhos. Confraternização, emoção e alegria entre pais e alunos marcaram a formatura.   Mirian Ernandes, mãe da formanda Leticia Cristina, agradeceu a escola por realizar a formatura. “Fico feliz pela minha filha, me sinto orgulhosa por ela e agradeço a escola por proporcionar este momento que está lindo”, destacou.

 

 

Escola Municipal Presidente João Goulart

A formatura da Escola Presidente João Goulart aconteceu na quadra poliesportiva da unidade, reunindo mais de 150 pessoas. Participaram da formatura 53 alunos. Os formandos estudaram no período da manhã e tarde, em oito turmas. Toda a equipe de docentes e familiares estavam presentes no evento.

“Toda a equipe docente da escola João Goulart está em festa. Como educadores sentimos orgulhosos e com sentimento de dever cumprido”, disse a gestora da unidade Marilena Gazel.

O pai do aluno Lucas Farias, Celso Vinhote, que foi um dos convidados da festa, destacou o trabalho desenvolvido pela  escola na formação de seu filho.

“Fico muito feliz com aprendizado que meu filho adquiriu durante este ano. Durante o ano, percebi uma evolução gradativa em sua escrita o no interesse pela leitura. Por isso, agradeço pelo carinho, a dedicação e esforço que tiveram com Lucas”, observou.

A festa terminou com a entrega dos canudos e um coquetel aberto a todos os presentes.

 

 

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054/ 98842-1188

Cerca de 200 alunos apresentam ‘Crianças Cantam o Aniversário de Jesus’

segunda-feira, dezembro 15th, 2014
Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Santa Isabel e da Escola Municipal Júlia Barjona Labre, localizados no bairro São José, zona Leste, realizaram, na noite desta sexta-feira, 12, a Cantata de Natal com o tema “Crianças Cantam o Aniversário de Jesus”.
A apresentação aconteceu no auditório das escolas, que funcionam no mesmo prédio, e reuniu vários pais e comunitários. De acordo com a gestora do Cmei, Rosilene de Oliveira, ao todo participaram cerca de 200 crianças com idades entre 4 e 6 anos, que aprenderam sobre o verdadeiro sentido do Natal.
“Temos quase 400 alunos matriculados, mas há aqueles que os pais não têm a cultura de participar, por isso temos cerca de 200 alunos. É uma confraternização que fizemos para expressar o espírito do Natal, que por conta do consumismo, acabam confundindo e esquecendo o verdadeiro sentido do Natal, que é a solidariedade, o amor ao próximo, resgatando o sentido desta data”, relatou.
Segundo a pedagoga Fernanda Dantas, este foi o primeiro ano que as escolas realizaram a Cantata de Natal, onde os alunos representaram o nascimento de Jesus.
“Os ensaios começaram na metade de novembro, sempre trabalhando valores a cada dia da semana com os alunos, para que eles percebam que natal não é apenas presente e sim solidariedade e amor. Na cantata, eles contam a história do nascimento de Jesus em sete momentos, encenando e cantando”, informou.
O pequeno Natanael de Oliveira Lira, 7, aluno do 1º ano, destacou que já conhecia a história do nascimento de Cristo, mas que esta foi a primeira vez que participou de uma encenação. Na cantata, Natanael representou José, pai de Jesus.
“Eu já conhecia  a história, mas nunca tinha participado, foi legal porque as professoras ensinaram que Natal não é só ganhar presentes”, disse.
Os pais de Natanael acompanharam a apresentação e se disseram orgulhosos do filho e ressaltaram o bom trabalho feito pela escola.
“É uma ótima iniciativa por parte da escola fazer um evento como este, que faz com que os alunos aprendam e que a família possa estar presente. Nós sempre acompanhamos os trabalhos do Natanael e a escola tem realizado muito trabalho bom durante o ano”, destacou MArlison da Silva Lira.
A Cantata de Natal durou cerca de uma hora e contou com a grande presença dos familiares dos alunos que lotaram o auditório.
Texto: João Pedro Figueiredo
Fotos: Rodemarques Abreu
Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054/ 98842-1188

Semed aplica Avaliação do Desempenho dos Estudantes para toda a rede municipal de ensino

sexta-feira, dezembro 12th, 2014
Cerca de 100 mil alunos do 1º, 2º, 3º, 4º e 8º ano do Ensino Fundamental e do Programa da Aceleração da Aprendizagem (PAA) da rede municipal de ensino fizeram a Avaliação do Desempenho dos Estudantes (ADE), na manhã desta sexta-feira, 12. A prova é elaborada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e tem o intuito de identificar as dificuldades individuais de cada unidade de ensino nos quesitos ensino do professor e aprendizado do aluno.
Esta foi a quarta ADE do ano de 2014. Na avaliação, os alunos responderam perguntas de múltipla escolha nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. O diferencial desta prova foi que continham questões com conteúdos de todos os bimestres. Os alunos de 8º ano, também responderam a perguntas de Ciências.
Segundo Núbia Breves, chefe da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM), setor responsável pela elaboração da ADE, a partir do desempenho dos alunos, a escola, com auxilio da Divisão Distrital Zonal (DDZ) e assessores pedagógicos da Semed, irão montar um plano de intervenção para combater as dificuldades detectadas.
“A Semed irá fazer intervenções a partir dos resultados da avaliação. Por exemplo, se em uma escola tal foi detectado que os alunos do 2º ano têm problema com o aprendizado de matemática, será montado um plano de intervenção para minimizar essa dificuldade. Isso já acontece desde a primeira prova e segundo relato de pedagogos e diretores, o progresso já pôde ser percebido”, disse.
“Outra questão importante é fazer com que os alunos se familiarizem com provas de múltipla escola, já que as avaliações externas são desta maneira”, concluiu Breves.
É um termômetro
O diretor da Escola Municipal Hiran de Lima Caminha, na zona leste, descreveu a Avaliação do Desempenho dos Estudantes (ADE) como um termômetro que mede a qualidade do ensino ofertado na escola, escancarando as reais dificuldades no processo de ensino e aprendizagem.
“A ADE é importante porque não mascara resultados e mostra a realidade. O resultado da prova é, de fato, a realidade da aprendizagem que os alunos têm. Essa prova serve como termômetro para nós, para sabermos onde estamos falhando, onde devemos trabalhar com mais afinco e aonde devemos cuidar com mais carinho. Agora o mais interessante é que não é uma avaliação só do aluno. Aqui, são avaliados os professores, serviços gerais, pedagogos e o diretor também”, observou.
Alunos especiais
Na escola Hiran Caminha, além dos cerca de 400 estudantes que participaram da avaliação, quatro alunos especiais, que utilizam a sala de recurso da unidade ensino, também responderam as questões da ADE.
A professora Adriana Nogueira, da Educação Especial, explicou que as provas eram as mesmas aplicadas para os discentes ditos comuns. A única diferença, é que um professor foi disponibilizado para explicar as questões e acompanhar as respostas.
“Eles se sentem valorizados, se sentem iguais aos outros alunos. aqui na escola a gente faz esse trabalho constante de conscientização, então todos os alunos são iguais. Eles conseguem fazer a prova normalmente, as vezes até melhor do que os alunos do ensino regular. A gente só precisa explicar a pergunta e eles responde, e muito bem por sinal”, afirmou.
As provas da ADE foram aplicadas em todas as escolas da prefeitura e o resultado deverá ser anunciado em 20 dias.
TEXTO: THIAGO BOTELHO
FOTOS: LTON SANTOS
Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Alunos do Ampliando Horizontes recebem certificados de conclusão de curso

sexta-feira, dezembro 12th, 2014
Servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), matriculados no programa Ampliando Horizontes, receberam o certificado de conclusão do curso, na noite desta quinta-feira, 11. Ao todo, 48 servidores, que são alunos das turmas de línguas Inglesa e Espanhola, participaram da formatura que aconteceu no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM).
Durante a festa, houve homenagem aos professores formadores e apresentações de danças dos alunos. O programa tem como principal objetivo trabalhar a formação pessoal do servidor, como destacou a coordenadora do Ampliando Horizontes, Socorro Araújo.
“Trabalhamos com a formação pessoal do servidor, para oportunizar novos conhecimentos, para que possam ter mais oportunidades em outros ambientes, ampliando horizontes de fato. Este foi o quinto ano de curso. Hoje, estão formando três turmas, sendo duas de espanhol, somando 42 alunos, e uma de inglês, com 6 alunos, e poder ver a satisfação no rosto deles, nos rostos dos familiares presentes é muito bom, muito gratificante”, informou.
A professora Darcy Ferreira Carvalho não sabia falar outro idioma, se matriculou na aula de Língua Espanhola e já se sente confiante para conhecer outros países, como ela relatou.
“Durante o curso tive a oportunidade de viajar para o Chile e para a Venezuela, pude interagir de forma boa na língua espanhola, não fluente, mas quando entrei não sabia nada. Aprendi tudo que sei até hoje por conta do curso, já consigo me virar bem em um País de língua espanhola”, contou empolgada.
Motivo de orgulho para a família, a professora Elenilde Mota Cabral, assim como a maioria dos alunos, teve que superar o dia a dia corrido no trabalho para poder estar presente nos dias de curso, que acontecem durante a noite, duas vezes por semana.
“Foi um desafio grande, primeiro porque não gostava do inglês, mas quando soube do programa há três anos e que era gratuito, eu criei coragem e fui gostando. O apoio da família foi fundamental, meus filhos viam me deixar, quando não podiam eu saía do trabalho, pegava um ônibus e vinha, chegava atrasada, mas vinha. E consegui concluir, foi maravilhoso  e não quero parar, quero continuar”, relatou.
Os cursos oferecidos pelo Ampliando Horizonte tem duração de 3 anos e mais 6 meses de conversação, que é opcional. É voltado para servidores da rede municipal de ensino, mas segundo a coordenadora, Socorro Araújo, deve se estender para filhos de funcionários, que tiverem acima de 17 anos.
TEXTO: João Pedro Figueiredo 
FOTOS: Rodemarques Abreu
Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054/ 98842-1188

Semed promove encontro para debater a violência contra o educador

quinta-feira, dezembro 11th, 2014

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) por meio da Gerência de Desenvolvimento do Servidor (GDS) está promovendo reuniões com representantes das Divisões Distritais Zonais (DDZs) para combater a violência contra o educador. A atividade atende às recomendações da lei nº 1.277 de 25 de agosto de 2008.

Na manhã desta quinta-feira, 11, professores e pedagogos das unidades de ensino da zona Norte de Manaus participaram, no auditório da Escola Municipal Engenheiro João Braga, de um ciclo de palestras sobre o tema. A ideia é que as orientações sejam multiplicadas no ambiente escolar. A principal estratégia é aproximar os docentes dos estudantes criando um laço de amizade e respeito.

Segundo a chefe da GDS, Lúcia Regina Silva, as reuniões servem como prevenção do problema.

“Este evento foi incluído na secretaria em 2014, oriundo da lei criada pela Câmara Municipal. Então, estamos promovendo algumas atividades como palestras e ações pedagógicas dentro das unidades de ensino, entre elas jogos pedagógicos com os alunos, reuniões de pais e mestres e o diálogo com os estudantes. São ações preventivas. Acreditamos que o diálogo é importante para mudar as atitudes dos alunos”, disse.

A diretora da Escola Municipal Francisco Ribeiro, Graça Gusmão, acredita que o caminho é o professor ter um bom relacionamento com alunos.

“Eu trabalhei na Escola Municipal Antônia Moraes, no bairro Terra Nova. Lá tinha um índice grande de degradação ao patrimônio. Eu percebi que tinha que trazer essas pessoas para perto de nós. A conclusão foi que eles passaram a me respeitar e consequentemente respeitar a escola e os funcionários”, contou.

Superação

A professora Maria Leonirse Gomes, que leciona na Escola Municipal Maria Pereira Campos, falou sobre o êxito que obteve na escola.

“Eu assumi uma classe no mês de março. Eu já era a terceira professora que passava por aquela turma. As outras tinham desistido. Quando eu cheguei, um aluno disse que eu não duraria um mês. Graças a Deus, consegui chegar ao final do ano e eles ainda cantaram uma música para me homenagear. O êxito se deu por eu ter conversado com eles. Chamei individualmente para um diálogo. Entendi o porquê de eles agirem daquela maneira e trouxe-os para serem meus amigos. Sem gritar. Dessa maneira é possível obter respeito, eu acredito nisso”, afirmou.

Vilões

Para a chefe do Serviço Social da Semed, Regina Lúcia, os alunos com comportamentos agressivos são, em sua maioria, os que não têm acompanhamento dos pais e são educados pela programação de televisão e vídeo game. “Os pais precisam trabalhar e não têm, muitas vezes, como acompanhar adequadamente o desenvolvimento de seus filhos. Eles têm esses comportamentos agressivos, porque os jogos de lutas e os filmes só mostram essas coisas”, observou.

 

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Cleomir Santos

Semed assina acordo de cooperação técnica com Oca de Conhecimento Ambiental do Cigs

quinta-feira, dezembro 11th, 2014

O Secretário Municipal de Educação (Semed), Humberto Michiles, participou da solenidade de inauguração e assinatura do termo de cooperação técnica de forma compartilhada da Oca de Conhecimento Ambiental do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), na manhã desta quinta-feira, 11. Na oportunidade, o termo será executado pela Semed, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e militares do exército brasileiro.

O objetivo da Oca é promover educação socioambiental para a comunidade de Manaus, escolas, instituições, associações, Ongs, empresas, turistas, entre outros visitantes do zoológico do CIGS. Os visitantes poderão participar de palestras, assistir vídeos, exposições ambientais e culturais, sensibilização por meio dos sentidos, jogos, oficinas, cursos dedicados a promoção da educação socioambiental.

O secretário da Semed, Humberto Michiles, disse que a secretaria já realiza vários programas na rede municipal na área de meio ambiente. Para ele, a pasta vai contribuir de forma pedagógica para que a Oca tenha um suporte de conhecimento na questão ambiental.

“Nós da Prefeitura de Manaus, Semed, temos que investir na educação e conscientazação ambiental. O projeto da Oca é de grande relevância, especialmente no CIGS com sua área verde preservada, onde temos o zoológico cuidado pelo exército. É um espaço de apelo ambiental e será aberto às escolas, para nossas crianças, aos jovens e é um local para se discutir e debater sobre a educação ambiental de nossa cidade.”, disse.

Segundo o comandante do CIGS, coronel Alfredo Dias, a solenidade contou ainda com a inauguração do Memorial Jorge Teixeira e Aquário Amazônico, em comemoração aos 50 anos de criação do CIGS. Para o militar do exército, a Oca é um marco importante para a questão ambiental e contará com apoio fundamental dos profissionais da Semed.

“O CIGS é o segundo ponto turístico mais visitado de Manaus e estamos fazendo um grande projeto socioambiental e cultural em parceria com a Semed. O grande objetivo da Oca é dar oportunidade aos alunos da rede de ensino, antes de conhecer os animais do zoológico, passarem pela Oca. Teremos profissionais na área de educação na orientação e cuidado com meio ambiente, além de noções de sustentabilidade, cuidados com os rios, igarapés, para que a gente possa colocar uma ‘semente’ na cabeça dos alunos de conscientização e preservação ao meio ambiente”, disse.

Na primeira quinzena de fevereiro, representantes da Semed, Semmas e do CIGS se reunirão para elaborar o planejamento de funcionamento da Oca do Conhecimento Ambiental. A Semed será responsável pelo apoio pedagógico da Oca.

 

TEXTO: PAULO ROGÉRIO VEIGA

FOTOS: LTON SANTOS

Escola Municipal Solange Nascimento realiza cerimonia de certificação para finalistas do Ensino Fundamental

quinta-feira, dezembro 11th, 2014

Cerca de 100 alunos do 9º ano e do 2º segmento do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Solange Nascimento, localizado no km 886 da BR 174, zona rural de Manaus, participaram da cerimônia de certificação realizada pela a unidade, na noite desta quarta-feira, 10. O evento aconteceu na quadra poliesportiva da escola e contou com a participação de pais, familiares e amigos dos formados.

Além dos alunos que participaram da formatura, mais 80 concluíram o Ensino Fundamental. Os alunos, que estudaram no período diurno, tinham a faixa etária entre 14 e 17 anos. Os estudantes do 2º segmento do EJA possuíam idade entre 18 e 60 anos.

“Esta cerimônia marca o encerramento de um longo trabalho. Um trabalho que contou com participação de todo corpo docente da escola, que conta com 67 educadores. O que nos deixa mais felizes é que formamos cidadãos e alunos capazes de fazer um bom Ensino Médio, de cursar uma faculdade pública e de estar em situação igual a qualquer aluno. Isso nos dá a sensação de dever cumprido, por  saber que todo o trabalho que realizamos com estes formandos foi significativo e proveitoso”, explicou a gestora Marlondia Miranda.

 

Entrega de canudos

 

No decorrer do evento, foram entregues certificados aos formados presentes e feitos momentos de agradecimento e juramentos pelos alunos finalistas. Para Adriano Ferreira, a conclusão do Ensino Fundamental só foi possível graças ao trabalho realizado pela a equipe de corpo docente da escola. “Hoje é dia um muito especial para mim, agradeço a todos os professores desta escola, que doaram seu tempo, sua atenção e  que contribuíram  na minha formação e que deram a oportunidade de chegar ao final do Ensino Fundamental. Enfim, obrigado a todos que participaram nesta fase”, falou.

A oradora da turma de formandos, Ane Caroline, em seu discurso, também agradeceu a todas as pessoas envolvidas na formação dos alunos e reconheceu que o ensino que adquiriu na unidade será de extrema importância para alcançar outros objetivos almejados no decorrer de sua vida.“Em primeiro lugar, agradeço a Deus que permitiu que eu e meus colegas chegássemos até aqui, a todos educadores que compartilharam, conosco,  suas experiências  e conhecimentos. Aproveito a oportunidade para dizer que tudo o que aprendi será levado para toda minha vida. Hoje, eu e meus colegas terminamos uma nova fase e começamos outra, confiantes que teremos muito sucesso, assim como tivemos até aqui, ou até mais porque fomos bem preparados e capacitados. Esta é nossa vontade e objetivo”, destacou a oradora.

Satisfação

A dona de casa Selma Ferreira, mãe da aluna Gabriely Macedo, mencionou seu sentimento ao ver sua filha concluir o Ensino Fundamental. “Fico feliz em ver minha filha terminando uma fase de sua vida e ao mesmo tempo começando outra. Como mãe, desejo-lhe só sucesso e vitórias”, falou.

 

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054/ 98842-1188

Representantes de 62 municípios participam de 2° Encontro de Tecnologias na Educação

quarta-feira, dezembro 10th, 2014

Representantes dos 62 municípios do Amazonas se reuniram, na manhã desta quarta-feira, 10, para participar do 2º Encontro de Tecnologias na Educação, promovido pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e Qualidade de Ensino (Seduc) e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O encontro aconteceu no Centro de Formação Profissional Padre José de Anchieta (Cepan/Seduc), no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus.

 

De acordo com Helena Pontes, que é coordenadora estadual do Programa Nacional de Formação Continuada em Tecnologia Educacional (Proinfo Integrado) pela Undime Amazonas, encontro tem como principal objetivo fazer uma avaliação do trabalho anual da Undime nos municípios do Amazonas que utilizaram o Proinfo Integrado, que é um programa do Ministério da Educação (MEC), para a formação de professores.

 

“O programa de formação funciona durante todo o ano com a formação deprofessores/tutores que fazem a formação dos professores/alunos. Hoje, nós nos reunimos para fazermos uma avaliação do que foi trabalhado, pois a nossa educação é trabalhada na modalidade a distância, fazendo com que tenhamos diversas dificuldades, que também são colocadas durante o encontro. Temos como objetivo a melhoria da qualidade de ensino, para que possamos dar oportunidade para professores e, consequentemente, aos alunos que, utilizando a tecnologia na educação, possa ocupar seu papel de cidadão na sociedade globalizada e ter acesso a tecnologia de ponta”, informou.

 

Para Lizandro Barboza, que é coordenador do Proinfo Integrado no município de Tabatinga, o encontro serve como forma de troca de experiências entres os representantes dos municípios e destacou a tecnologia como aliada do professor em sala de aula.

 

“O encontro é inovador, uma vez que estamos numa área de fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru, ainda temos 3 mil indígenas Ticunas que estamos alfabetizando aos poucos, mas primeiramente estamos conseguindo formar os educadores. É um encontro ímpar, onde a Undime, o MEC e os secretários municipais de educação e seus representantes presentes, estão vendo que a educação não tem como parar no século 21, pois as tecnologias estão aí e devem ser aliadas no dia a dia do professor e não distanciadas. Não queremos ter alunos analfabetos da tecnologia, aquele que tem, mas não sabe usar. O trabalho de 2014 em Tabatinga foi bastante positivo, foram 35 professores/alunos inscritos, 28 aprovados, 3 reprovados e 4 desistentes. É um numero bom, até mesmo pela reprovação, pois mostra que não é apenas um curso para dar certificado e sim para dar aprendizado, há uma cobrança e esperamos bons resultados”, relatou.

O encontro continua até sexta-feira, 12, onde ainda devem ser discutidos os planos e as metas para 2015, como destacou Helena Pontes. “Pretendemos continuar nossa parceria com a Seduc, UEA e outras empresas parceiras, para manter essa socialização entre os municípios, levando tecnologia com educação para um numero maior de pessoas”, informou.

Até setembro de 2014, o Proinfo Integrado já havia aprovado 2.945 professores/alunos, de 39 municípios. Os professores têm aulas de Linux Educacional, além das modalidades de Introdução da Educação Digital, Tecnologias na Educação, Elaboração de Projetos e Redes Socais. A previsão é que para 2015 sejam ofertadas 4.845 vagas para os 62 municípios do Amazonas.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

Matrícula para novos alunos da rede pública ocorrerá de 19 a 22 de janeiro

quarta-feira, dezembro 10th, 2014

Pais interessados em matricular os filhos nas escolas públicas das redes municipal ou estadual de Manaus têm de 19 a 22 de janeiro de 2015 para procurar um dos mais de 600 postos e efetuar a matrícula. Previamente, é necessário acessar o site www.matriculas.am.gov.br até o dia 25 deste mês e fazer o cadastro do aluno que irá ingressar nas unidades de ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semed) ou da Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino (Seduc). O cadastro prévio é obrigatório.

 

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira, 10, pela Prefeitura de Manaus e Governo do Amazonas, durante o lançamento do Calendário de Matrículas 2015. A Semed disponibilizará 242.433 vagas para o próximo ano letivo, 6,02% a mais que em 2014. Do total de vagas, 24.955 são para novos alunos. Já o Estado disponibilizará 512.743 vagas na capital e no interior, 10,4% a mais que em 2014. São 48.248 vagas para novos alunos.

 

A meta da Prefeitura de Manaus é não deixar nenhuma criança fora da sala de aula. “Esse é um compromisso do prefeito Arthur Virgílio Neto. Além de não deixar nossas crianças fora da sala de aula, temos o compromisso de que todas as escolas comecem o ano letivo na mesma data porque, caso contrário, o aluno dessa escola que aula começa atrasada será prejudicado”, disse o secretário da Semed, Humberto Michiles. A rede municipal de Educação iniciará o próximo ano letivo no dia 6 de fevereiro. Já a Seduc no dia 4, do mesmo mês.

 

Michiles ressaltou que o processo de matrícula é on-line e que as escolas municipais e estaduais funcionarão como postos de matrícula. O sistema torna desnecessária a formação de filas em frente às escolas porque, por exemplo, um pai interessado em matricular o filho em uma escola da zona Leste pode procurar qualquer escola da Semed ou Seduc, independente do bairro e zona geográfica da cidade, e efetuar a matrícula. Caso não haja vaga para escola pretendida, o sistema on-line indica a escola mais próxima com vaga disponível. “Não deixem para o último dia para evitar problemas”, destacou o secretário.

 

A gerente de matrícula da Semed, Darlene Liberato, ressaltou que, após o cadastro pela internet, os pais devem procurar os postos de matrícula com a certidão de nascimento do filho e um documento comprovante de residência. “Caso os pais não tenham a certidão, eles devem procurar a Defensoria Pública. Na Defensoria, eles receberão um documento autorizando as secretarias de educação a efetuar a matrícula”, explicou.

 

Conforme calendário de atendimento, inicialmente serão atendidas as pessoas que requisitam vagas para o Ensino Infantil (de 19 a 22 de janeiro); seguindo-se as requisições por vagas para o Ensino Fundamental 1° e 2° anos ( 20 a 22 de janeiro); Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) 3° ao 9° anos (21 e 22 de janeiro); e Ensino Médio e EJA/ Ensino Médio (22 de janeiro).

 

Outros prazos

O secretário da Seduc, Rossieli Soares, informou durante o lançamento do Calendário de Matrícula que os alunos que já fazem parte das redes municipal e estadual de educação e interessados em continuar nas escolas que estudam atualmente devem efetuar a rematrícula do dia 16 deste mês até 8 de janeiro.

 

“Já as transferências por reordenamento, que são aqueles casos em que a escola não oferece a série que o aluno irá cursar no próximo ano deve ser feita de 22 de dezembro até 14 de janeiro”, informou.

 

Transferência por interesse do próprio aluno deverão ser feitas nos dias 15 e 16 de janeiro. Quem perder os prazos tem o dia 23 de janeiro para realizar qualquer um dos procedimentos.

 

Creches

Durante a coletiva, nesta quarta-feira, o titular da Semed falou sobre a oferta de creches municipais. Michiles destacou que a rede municipal possui 11 creches, das quais quatro são conveniadas e sete são municipais. Informou, ainda, que no início do ano letivo de 2015, iniciarão as aulas em mais cinco creches municipais, o que totalizará

16 creches em funcionamento. No decorrer de 2015, a prefeitura entregará mais 15 unidades, encerrando o ano com 31 creches.

 

A prefeitura, além de se preocupar com a construção de novas creches, tem uma atenção especial com a estrutura desses prédios, com os serviços e com o conteúdo pedagógico ensinado às crianças. Todas as sete creches municipais possuem oito salas de aula, laboratório de informática, brinquedoteca, berçário, minianfiteatro, fraldário, solarium, lavanderia e refeitório. Ao todo, 30 profissionais atuam nas creches, entre professores, psicólogos, enfermeiros, lactaristas, manipuladores de alimentos e pedagogos.

 

BID

Michiles destacou, também, que a Prefeitura de Manaus, por meio da Semed, está em fase de negociação junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para financiamento no valor de mais de US$ 100 milhões.

 

O processo de aprovação do financiamento está em andamento. Em novembro de 2014 foi aprovada a negociação; e, até o dia 16 de dezembro, a diretoria do BID assinará o contrato e enviará ao Senado Federal. A previsão de assinatura de contrato é março de 2015.

 

Em quatro anos, contados a partir da assinatura do projeto, serão construídos 13 Centros Integrados Municipais de Educação (Cimes) contendo um Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) e uma Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef), totalizando 26 novas unidades escolares municipais. Também serão construídas sete creches e haverá a aquisição de equipamentos mobiliários para as unidades escolares no âmbito do projeto. No total, serão ofertadas mais de 18.300 vagas para novos alunos, das quais 1.200 em creches, 6.200 em Cmeis e 10.920 em Emefs. Para 2015, serão iniciadas as construção de quatro Cimes e sete creches.

 

 

TEXTO: Cleidimar Pedroso e  Gisa Prazeres

FOTOS: Lton Santos

Secretaria municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054/ 98842-1188