Archive for the ‘noticias’ Category

Educadores da Semed aprendem a usar plataforma online para registro de informações

terça-feira, abril 14th, 2015

Educadores da rede municipal de educação começaram, nesta terça-feira, 14, curso de formação do Sistema Instituto Ayton Senna de Informações (Siasi). O treinamento vai até quinta-feira, 16, e é direcionado aos assessores das Divisões Distritais Zonais (DDZs) para a apresentação da plataforma online do sistema.

É na plataforma que serão registradas as informações das escolas, por meio de coleta de dados, a fim de elevar as condições de ensino com os programas de correção da distorção idade-série e da dificuldade de aprendizado.

“Os assessores vão cadastrar informações como que alunos nós estamos atendendo, a faixa etária, a escola e localização, assim como o grau de desenvolvimento de cada um destes estudante. Ou seja, serão várias informações que farão um raio-x da educação municipal”, explicou a coordenadora municipal do Instituto Ayrton Senna, Neuza Vianna.

A assessora da DDZ Sul, Andreza Costa, disse que a parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS) vai trazer, em pouco tempo, benefícios para o processo de ensino e aprendizagem das unidades de ensino da prefeitura.

“Vamos trabalhar os dados dos alunos e inseri-los no sistema do instituto. Então, tudo o que for coletado na escola pelas tutoras e repassado para nós (assessoras), iremos inserir neste sistema. Nele, teremos toda uma visualização do desempenho dos alunos”, observou.

Carro chefe

Agente técnica do Instituto Ayrton Senna e responsável pela formação do Siasi em Manaus, Maria Celeste Pitaluga, lembrou que todo o esforço dos envolvidos na parceria pode “ir por água abaixo” se as informações não forem repassadas de maneira correta para o sistema.

“Com essas informações, teremos ao final do ano um panorama da escola. A informação contida nesta plataforma é imprescindível, senão não funcionará. O Siasi é o carro chefe do Instituto”, afirmou.

 

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: LTON SANTOS

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Novos alunos do Projovem Urbano participam de reunião para repasse de informações sobre o programa em 2015

terça-feira, abril 14th, 2015

Até o dia 23 de abril, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai começar o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano) na rede municipal de ensino. Na noite desta segunda-feira, 13, a coordenação do programa realizou reunião com os novos alunos para repassar informações relacionadas ao período letivo de 2015, sobre as três dimensões do programa, benefícios e eixos pedagógicos, dentre outras orientações. A reunião aconteceu no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), no Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus.

O Projovem Urbano é um programa do Ministério da Educação (MEC) que acontece em parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), com a finalidade de elevar a escolaridade de jovens com idade entre 18 e 29 anos que não tenham concluído o Ensino Fundamental, mas que saibam ler e escrever.

Neste ano, o programa será desenvolvido nas escolas municipais Firme na Fé, no Alvorada 3; Leonor Uchôa de Amorim, no São José 1; Graziela Ribeiro, no Crespo; Eliana Lúcia Monteiro da Silva, no Santo Agostinho; e Jornalista Sabá Raposo, no Monte das Oliveiras.

De acordo com coordenadora do Projovem na Semed, Magna Galvão Collyer, a expectativa é que as aulas comecem na segunda quinzena de abril. “Nós estamos trabalhando para começamos até o dia 23 de abril. Para este ano, já temos 351 alunos matriculados, mas estamos esperando mais 649  alunos”, disse Magna. O curso terá duração de 18 meses, elevação da escolaridade,  qualificação profissional e participação cidadã do interesse público.

Aluno da Escola Municipal Firme na Fé, Paulo Ponciano vê a qualificação profissional oferecida aos participantes do Projovem como uma forma de incentiva-los a participarem do Programa.

“Estou ansioso pelo início das aulas e pela oportunidade de fazer curso profissionalizante, pois além de concluir o Ensino Fundamental, quero me qualificar em alguma área de atuação. Isso foi o que mais me chamou a atenção no programa”, disse o aluno.

Incentivos

Outro ponto abordado no encontro foram os benefícios e a contrapartida do aluno. Será disponibilizado auxílio financeiro, no valor de R$100, aos alunos que obtiverem o mínimo de 75% de frequência no mês e salas de acolhimento, que serão exclusivamente para jovens que têm filhos de 0 a 8 anos de vida, em escolas onde acontecerão o Projovem.

Para a aluna Izabela de Oliveira, o Projovem será uma oportunidade de recomeço. “Voltar a estudar será um desafio e ao mesmo tempo uma vitória, porque passei mais de dez anos para perceber que a educação pode mudar e transformar a vida para melhor. Posso dizer que estou recomeçando um novo caminho, uma história”, disse a aluna, que estudará na Escola Municipal Leonor Uchôa.

Durante a atividade, os alunos da edição de 2013 tiveram um espaço para contar aos novos estudantes as dificuldades de reiniciar o estudo, as experiências de sala de aula e incentivá-los a concluir o Ensino Fundamental. Além disso, houve uma palestra motivacional ministrada pela pedagoga Mariseth Vargas. No fim da reunião, foi entregue um kit escolar para os alunos.

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Rodemarques Abreu/Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

População pode dar sugestões para a construção do Plano Municipal de Educação

segunda-feira, abril 13th, 2015

Já está disponível no site da Secretaria Municipal de Educação (Semed) o documento base do Plano Municipal de Educação (PME). No endereço http://semed.manaus.am.gov.br/consulta-publica/, podem ser feitas, até o dia 22 de abril, sugestões e propostas para a elaboração das diretrizes finais do documento. O lançamento oficial da consulta pública ocorreu nesta segunda-feira.

Para divulgar o documento base do PME, a Semed realizou na semana passada várias reuniões com os gestores de todas as Divisões Distritais Zonais (DDZs). Hoje, foi a vez dos diretores da DDZ 7 Rural. O encontro ocorreu no auditório Luiz Geraldo Pontes Teixeira, na sede da secretaria, no Parque Dez, zona Centro-Sul.

A ideia é que os gestores divulguem o documento em cada comunidade escolar, assim como de que maneira a população pode participar.

Membro do Fórum Municipal de Educação, Elinelson Sousa explica sobre o processo. “Na internet, estará disponível o documento base para toda a sociedade tomar conhecimento e, ao mesmo tempo, dar contribuições para a qualificação do documento. Depois disso, ele será levado aos grupos, para que as sugestões se transformem em melhorias. Na ocasião, será elaborado um Anteprojeto de Lei, que será encaminhado ao prefeito, passando posteriormente à Câmara Municipal de Manaus (CMM) para nova discussão, caso necessário”.

A expectativa é de que passando por todo esse processo, o plano seja aprovado até o dia 25 de junho.

A diretora Thatiane Gusmão, da Escola Municipal Neuza dos Santos Ribeiro, localizada no km 16 do Ramal do Pau Rosa, considera fundamental sua participação e de colegas da área no processo de elaboração de ideias e sugestões do Plano.

“A educação do campo é primordial e também faz parte do sistema de educação municipal. Nós, diretores dessas escolas, consideramos importante conhecer as etapas de discussão, bem como passar as nossas sugestões para que elas possam ser somadas ao plano e, assim, fazermos crescer o ensino da zona rural de Manaus”, comentou.

Situada na Comunidade Costa do Arara, na zona ribeirinha do Rio Negro, a Escola Municipal São Francisco das Chagas atende 56 alunos da Educação Infantil e do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Para a gestora, Maria Dulcineia, que há 11 anos trabalha na unidade, a socialização sobre o plano será fundamental para a melhoria da educação, principalmente das escolas mais afastadas da zona urbana.

“Precisamos que todos interajam para fazermos um plano de desenvolvimento da educação do nosso município. Por meio desses debates é que conseguiremos realmente fazer algo bem justo para todos. Esperamos melhorias não apenas para os alunos, mas também para os professores que se deslocam para suas escolas deixando suas famílias para trabalhar em prol da educação no interior”, destacou.

Reunião

De 28 a 30 de abril acontecerá uma reunião dos grupos de trabalhos do Fórum Municipal de Educação para a discussão das metas e estratégias do PME, levando em consideração o resultado obtido pela consulta pública realizada pela Semed.

TEXTO: PAULO ROGÉRIO VEIGA

FOTOS: LTON SANTOS

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Escolas municipais da zona Leste usam obra do escritor Elson Farias para incentivar leitura entre alunos

segunda-feira, abril 13th, 2015

O escritor Elson Farias foi homenageado, nesta segunda-feira, 13, pelos alunos da Escola Municipal Júlia Barjona e do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Santa Izabel, ambas localizadas no São José, zona Leste. Os estudantes fizeram apresentações de dança, canto e contações das histórias contidas na obra infantil “As aventuras de Zéze na Floresta Amazônica”. A atividade faz parte da Semana da Literatura Amazonense, trabalhada nas unidades de ensino da rede municipal de educação.

O prédio da escola Júlia Barjona, onde ocorreu a programação, foi todo preparado para receber o homenageado, que tem no currículo mais de 50 obras publicadas. Nas paredes, foram fixados poemas do autor e desenhos dos estudantes que faziam alusão às obras dele. No início do mês de abril, os alunos pesquisaram sobre os dez volumes que compõem “As aventuras do Zezé na Floresta Amazônica”. Cada turma ficou responsável pela apresentação de um tema.

Os estudantes do 1º ano E colocaram o público para dançar com o ‘Rap da Paz’, que clamou a Deus pela proteção da natureza e do homem, baseando-se na história “De mãos dadas com a paz”.

Mãe da aluna Giovanna, de 7 anos, a dona de casa Cristiane Lima prestigiou o evento. Para ela, a escola tem um papel fundamental no incentivo à leitura. Apaixonada por livros, conta que a filha herdou o hábito e parabenizou a Semed pela iniciativa.

“Ela fica empolgada com todos os trabalhos da escola e sempre se envolve bastante. Eu acho importante para a educação das crianças incentivar o hábito da leitura, principalmente de obras regionais. Eles (alunos) precisam conhecer nossa literatura, saber as maravilhas que temos aqui, sobre os rios, a preservação do meio ambiente. Isso é importante”, avaliou.

O homenageado do dia assistiu todas as apresentações e ao final disse se sentir honrado pela lembrança da escola. “É com muita alegria que vejo os alunos contando essas histórias – dez delas falando da floresta amazônica. É uma alegria muito grande ver que estamos escrevendo algo que está sendo utilizado pelas escolas na educação das crianças”, observou, lembrando da importância da iniciação da leitura. “É importante porque a leitura é uma nova forma de conhecimento da sociedade, das pessoas, de um todo. Essa iniciativa é muito importante para a educação”, avaliou o escritor.

Emoção

Durante as apresentações, as mães tiraram fotos e aplaudiam os filhos. A dona de casa Gleidiane da Silva, mãe do aluno Isaías, de 6 anos, era uma das mais emocionadas. O filho com plagiocefalia, má formação do cérebro, participou da apresentação da dança “A origem das estrelas”.

“Foi muito especial ver meu filho participando de uma apresentação, porque ele é uma criança especial. E muitas vezes as pessoas rejeitam essas crianças. Para mim, está sendo o maior orgulho vê-lo interagir com os coleguinhas. Isso é muito bom para o desenvolvimento dele e estou muito feliz por ter participado”.

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: CLEOMIR SANTOS

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Secretária da Semed inicia visita a unidades escolares da rede municipal

sábado, abril 11th, 2015

Com objetivo de trocar experiências e conhecer de perto a realidade das escolas da rede municipal, a secretária municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, iniciou nesta sexta-feira, o cronograma de visitas às unidades de ensino do município. A primeira a receber a visita de representantes da Semed foi a Escola Municipal Thales Silvestre, localizada no bairro Lagoa Verde, zona Sul de Manaus.

Acompanhada da subsecretária de Gestão Educacional, Ana Facão, e do subsecretário de Infraestrutura e Logística, Franklin Pinto, a secretária vistoriou a estrutura da escola e conversou com funcionários para ouvir as demandas e procurar meios mais práticos para resolver os problemas.

A titular da pasta destacou que a intenção é visitar um conjunto de escolas todas as semanas. Segundo ela, irá tanto a unidades escolares com bom desempenho, quanto àquelas com maiores dificuldades. A secretária enfatizou que esse trabalho é importante para conhecer a realidade da rede na ponta, ouvir as demandas dos educadores, ter contato com os alunos e construir uma gestão participativa.
“Já conheci todas as DDZs, todos os gestores e chefes de distritos, já conversei com os subsecretários e conheci e reconheci as metas da nossa secretaria. Estou tentando construir uma estratégia de equilibrar todo o meu trabalho administrativo, toda nossa gestão compartilhada, manter todos os painéis de gestão, as reuniões periódicas, encontrar os nossos fornecedores, mas, sobretudo, eu vou tentar visitar todas as semanas um conjunto de escolas. Esse contato será importante para vermos realmente como podemos trocar experiências e eu, como facilitadora de todo esse processo macro, poder ajudar a nossa rede a cumprir a nossa meta deste ano de ficar entre as dez melhores capitais brasileiras no Ideb”, informou Schweickardt.

Com 355 alunos, a Escola Municipal Thales Sivestre, teve nota de 5,9 no último Ideb. Apesar de algumas dificuldades, a meta da escola é sempre melhorar e visa chegar a 6,5 na próxima avaliação, como destacou a gestora da unidade, Rosiane Pinheiro. Ela disse, ainda, que a visita da secretária nas escolas é importante para buscar sempre melhorar.

“A visita da secretária e de representantes da Semed é muito importante porque temos algumas demandas, muitas delas de infraestrutura, que precisam ser sanadas, e faz com que possamos ter uma esperança que esses problemas possam ser solucionadas rapidamente. É importante, também, para a secretária conhecer a comunidade, a estrutura da escola, como funcionamos na parte pedagógica e na parte administrativa, assim vai observar e ver quais as necessidades, não só da nossa escola, mas como de toda a rede”, relatou a gestora.

Durante a visita foram observadas estruturas de salas de aula, banheiros, cozinha, área externa, merenda escolar, entre outros pontos. Para a professora do 1º ao 5º ano, Deusanira Corrêa, a visita demonstra comprometimento e motiva o trabalho dos funcionários.

“Acho uma iniciativa ótima, passa uma confiança nossa com o trabalho da secretária. Ela passa a conhecer como a gente trabalha, as nossas dificuldades, e saber o que ela pode dar andamento nessa nova caminhada que ela está trilhando. Ficamos animados e nos dá uma motivação a mais”, ressaltou.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Secretária finaliza visita a setores da sede da Semed

sexta-feira, abril 10th, 2015

Conhecendo os servidores e compreendendo melhor o funcionamento de cada departamento, a secretária municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, finalizou, nesta sexta-feira, 10, a visita em todos os setores da sede da Semed. A secretária deve visitar na próxima semana setores que funcionam na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM).

Acompanhada do subsecretário de Administração e Finanças, Luís Fabian Barbosa, e pela chefe do Departamento de Gestão Educacional (Dege), Marcionília Bessa, a secretária ouviu os servidores, que colocaram os projetos que estão sendo executados pela Semed e o que pode ser feito para melhorar, e aproveitou para informar que chegou para somar e que pretende ser uma mediadora para fazer com que os projetos que visam a melhoria da educação sejam executados da melhor forma possível.

Kátia Schweickardt visitou os setores de Assessoria de Comunicação; Divisão de Informação e Estatística; Departamento de Planejamento; Divisão de Execução Financeira e Orçamentária; Gerência de Contabilidade; Gerência de Liquidação; Divisão de Gestão da Tecnologia da Informação; Gerência de Sistemas e Programas; Departamento de Gestão Educacional; Gerência de Educação Escolar Indígena; Divisão de Educação Infantil; Gerência de Creches; Divisão de Ensino Fundamental; Gerência de Educação de Jovens e Adultos; e Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais.

A secretária já tinha visitado e conversado com servidores dos setores do térreo e do segundo andar da sede da Semed. Ela pretende, ainda, visitar o máximo de escolas possíveis para conhecer a realidade do dia a dia e procurar solucionar as principais demandas.

TEXTO: João Pedro Figueiredo
FOTOS: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Professores de Cmeis participam de formações do projeto Mediação Pedagógica

sexta-feira, abril 10th, 2015

A Gerência de Creches da Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou, na tarde desta quinta-feira, 9, formação com cerca de 20 professores da fase creche, de nove Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) com a finalidade de repassar orientações sobre procedimentos metodológicos possíveis de serem utilizados em sala de aula com crianças. Participaram da atividade educadores da das Divisões Distritais Zonais Norte, Centro-Sul e Leste 2.

O tema abordado durante a formação foi: Significando os Espaços Pedagógicos das Creches. Durante a atividade os educadores aprenderam como um pequeno espaço e poucos recursos pedagógicos podem ser utilizados nas creches e com alunos do maternal.

A formação faz parte projeto Mediação Pedagógica, desenvolvido pela Gerência de Creches da Semed. A chefe do setor, Wissilene Brandão, explicou o que foi trabalhado durante o encontro e a finalidade da formação.

“A cada encontro trabalhamos um tema. A intenção é apresentar mecanismos pedagógicos que auxiliem na prática da docência com crianças. No encontro de hoje, especificamente, estamos passando para os professores como eles devem adaptar os espaços e recursos para trabalhar com as crianças, tendo em vista as limitações. Com isso, o nosso objetivo é propor novos mecanismos de ensino e de aprendizagem para crianças”, disse a gerente.

No decorrer da formação, foram trabalhadas diversas dinâmicas viáveis para creches. Para a professora do Cmei Profª Maria Raimunda, Simone Marques, o conteúdo repassado na formação será útil para aprimorar o trabalho que realiza com seus alunos.

“Esta formação vem contribuir na minha prática pedagógica, vem somar com aquilo que já sei o no que desenvolvo com meus alunos e será muito útil, pois contribuirá para tornar minhas aulas mais atrativas e interessantes”, destacou Simone.

Para a professora do Cmei Profª Ângela Maria Honorato da Costa, Cintia Monteiro, as formações são relevantes para seu trabalho e deveriam acontecer mais vezes.

“Para mim, o número de encontro é pouco, estas formações deveriam ser mais frequentes, porque contribuem significativamente no nosso dia a dia. Além disso, nos dá a oportunidade de renovar nosso conhecimento e de melhorar a qualidade de ensino em nosso município”, disse a educadora.

As formações são realizadas bimestralmente com professores e DDZs diferentes.


Texto: Emerson Felipe
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Alunos de escola municipal homenageiam Celdo Braga em programação literária

sexta-feira, abril 10th, 2015

Mais de 500 alunos da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Dom Luiz Soares Vieira, localizada no Parque das Garças, Novo Aleixo, zona Leste, fizeram o encerramento da Semana da Literatura Amazonense, nesta sexta-feira, 10. Durante a semana, a comunidade escolar teve a chance de pesquisar o trabalho realizado pelos escritores da literatura local.

O homenageado deste ano pela unidade do município foi o professor, músico, poeta e escritor Celdo Braga. O personagem é autor de várias obras e fundador dos grupos Raízes Cabocla e Imbaúba. Além dele, foram destacados, durante a semana, o trabalho literário dos escritores Elson Farias, Tiago de Melo e Ana Peixoto.

O conteúdo programático foi trabalhado em sala de aula com os alunos desde a última segunda-feira, 6. Para a diretora da unidade de ensino, Simone Monteiro Pereira, o encerramento das atividades, nesta sexta, mostra como foi a dedicação de todos em busca de pesquisas e informações sobre o homenageado e outros autores da literatura.

“A programação foi elaborada primeiro com os professores e pedagogos. Todos os anos, a escola homenageia um autor e esse ano o escolhido foi Celdo Braga. É muito importante esse contato dos alunos com os livros, poesia e a cultura local, muito rica em lendas, contos e mitos”, destacou a diretora.

Escolhido para ser homenageado pela direção pedagógica da escola, Celdo Braga fez uma pequena apresentação de seu trabalho com algumas obras literárias e canções que fizeram sucesso. Segundo o poeta, a semana de atividades é importante para aproximar mais os estudantes da cultura local.

“É bom ver a escola abrir espaço para destacar nosso trabalho e criar toda uma perspectiva desses jovens terem contato com os escritores e a arte produzida no Amazonas. De certa forma, isso vai fomentando os talentos às vezes adormecidos na escola. Esse momento merece nosso aplauso e a iniciativa é muito correta e oportuna. Ser homenageado pela escola é sempre bom e prova que ‘santo de casa’ faz milagres”, disse.

Satisfeita pelo resultado da semana da literatura, a aluna do 5º ano matutino, Zamya de Oliveira Mota, 10, disse que aprendeu muito sobre o trabalho de autores amazonenses. Segundo ela, uma das obras do escritor Tiago de Melo serviu como motivação para uma atividade demonstrativa dos alunos.

“Nós tivemos a chance de saber tudo sobre esses autores. A respeito de Tiago de Melo, a professora fez uma leitura sobre o Estatuto do Homem, de autoria dele. Pegamos como base essa obra e cada aluno fez seu próprio decreto. Por exemplo, escrevi o seguinte: eu decreto que os homens não abusem sexualmente das mulheres, pois é o que mais as afeta. O resultado foi um total de cinco parágrafos”, explicou.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Foto: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Semed promove palestra para estimular a participação dos pais na vida escolar dos alunos

sexta-feira, abril 10th, 2015

A importância do acompanhamento familiar no processo de ensino aprendizagem do aluno foi tema de palestra, nesta sexta-feira, 10, na Escola Municipal Esmeraldo dos Santos Bessa, no Jorge Teixeira, zona Leste. O encontro reuniu pais e educadores com o intuito de melhorar o desempenho escolar dos estudantes.

A palestra foi ministrada por profissionais da equipe multidisciplinar da Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Secretaria Municipal de Educação (Semed): a psicóloga Maria do Perpétuo Socorro e a pedagoga e coordenadora do Programa Municipal Saúde do Escolar, Lourdes Souza.

A escola atende a 589 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e desenvolve os programas Mais Educação, Viajando na Leitura, Telecentro, Programa Um Computador por Aluno (Pro-Uca), Amigos da Escola, além de possuir parcerias com o programa Ronda nos Bairros, da Polícia Militar, e com o Conselho Tutelar da Zona Leste 2.

“A ação é resultado de todo o acompanhamento de Gestão Integrada da Escola (Gide) da Semed. A escola realiza ações pedagógicas, administrativas e humanas. Tanto que percebemos que há alunos que não têm alcançado o rendimento desejado em sala de aula por não terem o acompanhamento da família. Dentro desse contexto, foram convocados profissionais da rede municipal, pais e também o conselho tutelar para a palestra, como mais um recurso para ajudar o aluno”, disse a diretora da instituição de ensino, Sandra Namiuti, ressaltando que o conselho tutelar terá papel fundamental no acompanhamento de casos em que pais não têm compromisso com os filhos junto à escola.

A psicóloga da Semed e palestrante do encontro, Maria do Perpétuo Socorro, destacou a necessidade da presença constante dos pais e responsáveis na vida escolar dos filhos, já que a educação, desenvolvimento e formação do aluno devem ser compromissos de todos.

“É uma das coisas mais importantes na vida acadêmica do aluno. A escola não pode se responsabilizar sozinha, pois é uma formação conjunta, tanto da família, quanto da escola. A unidade de ensino trabalha o pedagógico e os responsáveis entram na educação doméstica”, comentou.

Pai de Joabe Castro Gomes, 11, aluno do 5º ano matutino, o microempreendedor Jair Monteiro Gomes, 42, afirmou que sempre que possível acompanha os eventos da escola. Ele fez questão de ressaltar a importância da palestra e as orientações pertinentes sobre o aluno na escola e na família. “A palestra nos orientou sobre o processo de aprendizado de nossos filhos e também sobre a interligação entre a família e a escola. Ou seja, a vida cotidiana das crianças e o aprendizado delas dentro da escola. Eu sempre procuro acompanhar tudo, saber como está o desempenho de meu filho na sala de aula”.

TEXTO: PAULO ROGÉRIO
FOTOS: CLEOMIR SANTOS

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Crianças homenageiam escritora Ana Peixoto durante a Semana da Literatura Amazonense

sexta-feira, abril 10th, 2015

Mais de 50 crianças sentadas em silêncio e comportadas. A cena incomum para um ambiente escolar foi presenciada na manhã desta sexta-feira, 10, no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Dr. Fernando Trigueiro, no bairro do Japiim, Zona Sul de Manaus. O que prendeu a atenção dos pequenos foi a contação de histórias realizada pelos professores em alusão à Semana da Literatura Amazonense. Na ocasião, a obra apresentada foi ‘O sapo do meu quintal’, da escritora Ana Peixoto.

A viagem pelo quintal da autora empolgou os alunos, que interagiram com a história. “Para que serve a língua grande do sapo?”, perguntou à contadora. “Para comer mosquitos”, respondia as crianças. “E como os sapos falam?”, questionava novamente a contadora. Foi um show de imitações do coaxar do bicho. Em meio à brincadeira, os pequenos aprenderam sobre a natureza do animal.

“O sapo come o mosquito da dengue e coloca a língua para fora. Ele não é mal”, disse Tábata Regina Brito, de quatro anos.

Para a diretora da escola, Rejane Régis, é importante despertar nas crianças o gosto pela leitura, já que, segundo ela, o livro liberta a mente para um mundo diferenciado.

“É de grande importância despertar nas crianças o gosto pela leitura. Esse incentivo por meio das imagens e das contagens de histórias faz eles se ambientarem com os livros. A leitura é uma ferramenta importante de transformação do ser humano e aqui na escola temos este papel. A leitura é como tirar a venda dos olhos e enxergar o mundo diferenciado através do conhecimento”, afirmou.

Biblioteca móvel

Em complemento as ações da Semana da Literatura Amazonense, o CMEI Dr. Fernando Trigueiro convidou a biblioteca móvel do Sesc (BiblioSesc) para propiciar um momento inovador para as crianças. Montada em um caminhão, a biblioteca levou um acervo de mais de três mil obras. Ali as crianças puderem se divertir com livros voltados para suas faixas etárias. Também houve contação de história.

“A parceria com ele foi fechada para o ano inteiro. De 15 em 15 dias, eles vêm aqui nos visitar e proporcionar esse momento de leitura com as nossas crianças”, explicou Rejane Régis.

A assessora pedagógica da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, Andrea Bonetti, lembrou que a Semana da Literatura foi instituída por meio da lei 882/2006. Nela há a obrigatoriedade de, no mês de abril, se trabalhar ações voltadas para autores e obras amazonenses. Ainda segundo Bonetti, a execução da Semana é de suma importância, principalmente, na educação infantil.

“É a partir da educação infantil que elas (crianças) começam a ter contato com os livros, com a leitura. E é isso que a gente quer: formar leitores e futuros leitores”, disse.

TEXTO: THIAGO BOTELHO
FOTOS: CLEOMIR SANTOS

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054