Archive for the ‘noticias’ Category

Mais de 78 mil alunos da rede municipal realizam a Avaliação de Desempenho do Estudante

quarta-feira, abril 27th, 2016

Chapeuzinho de Palha.Foto-Lton Santos (1)Aproximadamente 78 mil alunos da rede municipal de ensino passaram, nesta quarta-feira, 27, pela Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE), que avalia a qualidade do ensino das escolas públicas. Alunos do 3º, 4º, 6º e 8º ano do Ensino Fundamental responderam questões de Matemática e Língua Portuguesa, e os de 8º ano, também foram avaliados na disciplina Ciências.

O resultado da ADE servirá para que as unidades de ensino avaliem os pontos positivos e negativos de suas atividades pedagógicas, e tracem um plano de ação para qualificar a educação oferecida aos alunos. Servirá, também, como ferramenta de auxílio aos diretores e pedagogos.

“Desde 2014 estamos trabalhando com a ADE e a cada ano percebemos o avanço no entendimento do professor. Eles já conseguem perceber a importância dessa avaliação e dos resultados para organizar melhor a escola, para focar no ensino e aprendizagem, porque a partir dos resultados é possível perceber aqueles alunos que ainda estão precisando de reforço”, explicou a chefe da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Núbia Breves.

Chapeuzinho de Palha.Foto-Lton Santos (3)Na Escola Municipal Chapeuzinho de Palha, Coroado, zona Leste, aproximadamente 200 estudantes participaram da ADE. A diretora da unidade de ensino, Simone Monteiro Pereira, acredita que a prova não só mostra a real situação do aprendizado dos alunos, mas também é uma espécie de prestação de contas da atuação dos professores em sala de aula.

“É um instrumento importante porque vai avaliar qual o nível de desempenho do aluno. Diante do resultado da avaliação, o professor vai poder trabalhar com os alunos seus potenciais. É um diagnóstico de como os alunos estão no início deste ano e isso é importante porque aí teremos tempo de corrigir as falhas”, observou.

Leonor Uchoa .foto-Lton Santos (2)Já Escola Municipal Leonor Uchôa, São José, zona Leste, 360 estudantes responderam as questões da ADE. Hevellgn Sabrina do Nascimento, 8, do 3º ano, disse que a avaliação foi fácil para os alunos que se dedicaram ao estudo. “Eu não achei difícil a prova, foi só português e matemática. Foi bem tranquila. Não demorei muito para fazer”, afirmou.

AS PROVAS

As provas da ADE apresentaram questões de matemática e língua portuguesa para os estudantes de 3º, 4º e 6º ano, e para os alunos de 8º foram acrescidas questões de ciências. Todas as questões foram elaboradas por técnicos da DAM, que durante o ano inteiro pesquisam e estudam para elaborar os itens. Segundo Núbia Breve, mais duas avaliações serão realizadas este ano. “Teremos a segunda avaliação nos dias 19 e 20 de julho e a terceira em 5 e 6 de outubro”, informou.

 

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

DDZ Sul dá um novo formato para as reuniões mensais de gestores da divisão

quarta-feira, abril 27th, 2016

Reunião de gestores e mesa redonda.Aud. INPA. Fotos Cleomir (15)Com objetivo de dá mais ênfase as questões pedagógicas, a Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul implantou uma nova metodologia de encontro na reunião mensal de gestores da divisão. O primeiro encontro aconteceu na tarde desta terça-feira, 26, no auditório do Bosque da Ciência, na zona Sul, e teve com o tema “Os desafios da gestão pedagógica na escola”.

Durante o encontro, os gestores expuseram suas dificuldades, solicitações, demandas, além do trabalho pedagógico realizado em suas respectivas unidades educacionais. A reunião contou com a presença de 68 gestores de escolas da zona sul da cidade, de técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed), além da subsecretária de Gestão Escolar, Euzeni Trajano.

Reunião de gestores e mesa redonda.Aud. INPA. Fotos Cleomir (20)De acordo com a subsecretária, a nova metodologia possibilita a discussão de questões pedagógicas com mais intensidade e tira o foco da discussão voltada ao administrativo e a infraestrutura para tratar as questões pedagógicas, que estão diretamente ligados a qualidade do ensino.

“A secretaria ver esta iniciativa com muitos  bons olhos, porque acredita que este novo formato de reunião contribuirá  para a qualidade da educação no município de Manaus e ajudará a pensarmos o que pode ser feito para que seja oferecida uma educação de qualidade, mesmo enfrentando problemas relacionados ao administrativo e infraestrutura, pensando juntos e  trocando experiências”, disse Euzeni.

Reunião de gestores e mesa redonda.Aud. INPA. Fotos Cleomir (12)A chefa da DDZ Sul, Jecicleide Nascimento, informou que a ideia da nova metodologia, além de intensificar os assuntos relacionados ao pedagógico é implantar dentro da divisão um espaço de gestão democrática. “Ou seja em que todos terão espaço para propor ideias e contribuições para melhorar o trabalho na ponta”, destacou.

Durante o encontro, os gestores apresentaram as suas demandas e suas respectivas realidades.  Inicialmente, quatro gestores, por segmento de ensino, tiveram o espaço para falar, depois foi aberto o diálogo para todos os que estavam na assembleia.

Umas das gestoras que participou da mesa redonda, foi a diretora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Humberto Castelo Branco, Tânia de Melo. Segundo ela, o encontro foi interessante, porque promoveu um espaço de diálogo e troca de experiências. “Achei este novo formato de reunião muito interessante e propício para compartilhar as dificuldades e trocas de experiências exitosas de gestão”, relatou.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Escritora Ana Peixoto é homenageada em apresentação escolar

terça-feira, abril 26th, 2016

IMG-20160426-WA0019Alunos da Escola Municipal Presidente João Goulart, localizada no bairro Santa Etelvina, zona Norte, realizaram diversas atividades nesta terça-feira, 26, para homenagear a escritora amazonense Ana Peixoto. Os trabalhos apresentados pelos alunos são em alusão a Semana da Literatura Amazonense.

De acordo com a gestora, Marilena Gazel, 500 alunos trabalharam em sala de aula as obras disponibilizadas pela autora. Para ela, as atividades com autores amazonenses fortalecem a literatura do Amazonas, fazendo com que os alunos reconheçam os trabalhos feitos por eles.

IMG-20160426-WA0017“Muitas vezes, trabalhamos autores de fora. Então, quando trabalhamos com autores amazonenses eles podem conhecer mais essas obras feitas aqui e na Semana da Literatura escolhemos como homenageada a escritora Ana Peixoto, que é parceira da escola e ainda nos cedeu alguns livros para que os alunos realizassem atividades”, informou.

Ainda de acordo com a gestora, os alunos realizaram atividades de perguntas e respostas baseadas nas obras locais, além de apresentar dramatizações e trabalhos de pinturas, recortes e exposição.

Para completar a apresentação, que foi trabalhada nas obras “Frutas do Meu Quintal” e “Bichos do Meu Quintal”, os alunos levaram frutas da região e se fantasiaram de animais para encenar as peças. A apresentação foi aberta para os pais e comunidade.

 

Texto: João Pedro Figueiredo

Foto: Divulgação Escola Municipal João Goulart

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

 

Educadores da rede municipal participam de formação do Portas Abertas para Inclusão

terça-feira, abril 26th, 2016

_MG_0021Professores, pedagogos e gestores da rede municipal de ensino participaram nesta terça-feira, 26, da aula inaugural da 3ª edição do projeto ‘Portas Abertas para Inclusão’, cujo tema abordará “Princípios e dimensões da Educação Inclusiva”. O encontro aconteceu na Gerência de Tecnologia Educacional (GTE), localizado no conjunto Vila Amazonas, zona Centro-Sul, e reuniu 45 profissionais  que serão capacitado para trabalhar com alunos que apresentem algum tipo de deficiência.

O projeto é o resultado da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Instituto Rodrigo Mendes e Fundação Futebol Clube Barcelona. O programa envolve cursos, palestras e oficinas que são planejados a partir das particularidades de cada contexto.

O curso será realizado até o dia 25 de outubro, com um total de 120 horas, sendo 70 horas presenciais e 50 por meio do ambiente virtual._MG_0027

A metodologia de ensino dos cursos pressupõe que cada participante desenvolva um projeto de ação na escola/rede em que atua.

“É importante reunimos os diversos profissionais e começamos a ampliar essa discussão sobre inclusão dentro das escolas atendidas pela rede municipal. Temos uma grande demanda de alunos especiais que precisam, de fato, de profissionais da educação com conhecimento adequado”, afirmou a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, que acompanhou a aula inaugural.

Segundo o tutor do curso, Eliano Sérgio, a formação traz um conhecimento maior na área para os educadores da rede municipal de ensino, principalmente na inclusão de alunos com deficiência nas salas regulares.

“Os educadores irão receber informações sobre conhecimentos de metodologia e ações, que visam a inclusão desse aluno com deficiência. Todo esse conhecimento será repassado aos outros professores para desenvolverem o trabalho dentro da escola”, explicou._MG_0002

Participando do projeto desde ano passado, a assessora de educação física, Josiane Valle, diz que o importante é atuar como multiplicadora das informações dentro de sua divisão geográfica. “Estou dando continuidade a esse projeto, visando ampliar este conhecimento para todos os assessores e, posteriormente, fazendo uma ampliação em toda rede. Trabalhar com incluso não é fácil, pois cada pessoa reage de maneira diferente, por isso precisamos quebrar essa barreira”, avaliou.

Cmei

Localizada no bairro de São Raimundo, zona Oeste, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Madre Elisia, atende 23 alunos inclusos, com deficiência intelectual, autismo, motora, síndrome de down e surdez. Para a gestora da escola, Wanda Almeida, é fundamental participar do curso, para depois socializar as informações e conhecimentos do projeto.

“Vou fazer a função de multiplicadora. Estou com uma professora para passarmos esse conhecimento, porque vai trabalhar a motricidade, a parte física das crianças, já que temos alunos com deficiência física. Esse curso vai contribuir na sala de aula, na parte pedagógica, principalmente de inclusão na escola”, avaliou.

No total serão abordados 20 temas durante o curso, como discussão prática, formação em ferramentas virtuais, histórico da educação inclusiva, entre outros.

 

Texto: Paulo Rogério

Foto: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Manaus compartilha experiências pedagógicas e gestão com outros municípios

terça-feira, abril 26th, 2016

RRA_8383Três itens importantes para o desenvolvimento da educação do Amazonas começaram a ser debatidos nesta terça-feira, 26, no Encontro de Dirigentes da Educação, promovido pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). Participam do encontro, até a próxima sexta-feira, 29, secretários e representantes das Secretarias Municipais de Educação do estado do Amazonas.

Durante o encontro, que acontece na sede da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Estado do Amazonas (Seduc/AM), zona Sul, será feita a promoção da formação sobre a elaboração dos Planos Municipais de Cargos e Remuneração, monitoramento e avaliação dos Planos Municipais de Educação (PMEs) e a divulgação e informação sobre procedimentos da nova estrutura do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC).

RRA_8405Para o presidente da Undime, Edelson Penaforth, a participação de todos os municípios é importante para que todos avancem juntos na educação de qualidade. “Ao final deste encontro, esperamos fazer a adesão do PNAIC por todos os municípios, continuar o monitoramento os PME’s em cada cidade e que seja feita a adesão do Plano Municipal de Cargos e Remuneração para começar a ser feito um diagnóstico com assessoria técnica do Ministério da Educação (MEC) em todos os municípios”, informou.

A educação foi destacada pela secretária Municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, como a política pública mais importante para uma cidade e que a interação com outros municípios é fundamental para a troca de experiências.

RRA_8370“Estar aqui presente para compartilhar com outros secretários nosso programa de gestão de qualidade da Educação, as estratégias que a gente vem adotando para melhorar nossos índices de qualidade, para diminuir a evasão escolar é muito importante. Isso tudo a gente vem tentando fazer em Manaus, que tem uma rede muito grande, sempre fortalecendo as equipes de trabalho, despersonificando a secretaria da figura do secretário”, afirmou.

O aprendizado das crianças em sala de aula é o ponto final do trabalho que está sendo feito a parti do encontro de todas as secretarias, como ressaltou Rossieli Soares, secretário da Seduc.

“Esperamos que haja um trabalho em conjunto, uma aproximação com todas as secretarias, damos o apoio técnico. Apresentamos diagnósticos da rede para que seja feita uma intervenção mais clara e que traga melhores resultados objetivos, que é o aprendizado das crianças”, disse o secretário.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo / Semed

FOTOS: Rodemarques Abreu/Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Cmei Madre Elísia comemora o Dia do Índio com atividades lúdicas

segunda-feira, abril 25th, 2016
?

?

No dia 19 de abril, que é comemorado o Dia do Índio em todo Brasil, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Madre Elísia, localizado no bairro São Raimundo, zona Oeste, realizou um evento, envolvendo os 300 alunos do 1º e 2º  período da instituição, de 4 e 5 anos, para mostrar a diversidade cultural indígena e salientar que as diferenças culturais existem, mas que precisam ser aceitas por todos.

Durante a atividade, os alunos encenaram um ritual indígena e foi exibido um vídeo, retratando os costumes, a vida e o dia a dia dos povos indígenas. De acordo com a gestora, Wanderluce Almeida, a atividade faz parte do projeto Diversidade Cultural, que é trabalhado há dois anos no Cmei.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

“A ação pretende demostrar  a cultura indígena, a africana e a inclusão de diferentes povos e raças, por meio de atividades lúdicas e pedagógicas como esta”, mencionou.

Sobre a atividade alusiva ao Dia do Índio, Walderluce explicou que a intenção da ação foi incutir nas crianças o respeito pela cultura indígena. “O objetivo da atividade de hoje foi fazer as  crianças entenderem que todos somos iguais e que devemos valorizar nossos antepassados, os índios, que foram os primeiros habitantes de nosso país”, enfatizou.

Ainda no decorrer da ação, foi preparada uma roda cultural indígena, onde foi propiciado um espaço para as crianças se apropriarem da cultura indígena por meio da música, dança e desenhos. Além disso, houve uma exposição de artefatos indígenas, com instrumentos musicais, redes de pesca, remo, dentre outros objetos.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Divulgação Cmei Madre Elísia

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Escola Jarlece Zaranza envolve mais de 500 alunos na 3ª edição da “Jarlecíada”

segunda-feira, abril 25th, 2016

Jogos Internos Jarlecidas 2016 - Fotos Cleomir (5)Até a próxima sexta-feira, 29, a Escola Municipal Jarlece da Conceição Zaranza, localizada no bairro Amazonino Mendes, zona Leste, promoverá jogos e competições internas, durante a 3ª edição da “Jarlecíada”. A atividade envolverá 571 alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, do turno vespertino da unidade escolar. A competição será divida nas categorias juvenil e infantil e nas modalidades de futsal, vôlei, queimada e xadrez.

A primeira série de competições aconteceu na tarde desta segunda-feira, 25, na quadra poliesportiva da unidade, envolvendo todos os alunos do 8º ano nas modalidades futsal e queimada.

Jogos Internos Jarlecidas 2016 - Fotos Cleomir (36)De acordo com a pedagoga da unidade, Deise Gomes, o evento esportivo tem o objetivo de atrair o aluno para o ambiente escolar, bem com trabalhar habilidades e competências.

“Além de promovermos um espaço de disputas saudável, a ação busca proporcionar uma prática pedagógica diferenciada para atrair cada vez mais os alunos para escola, bem como aproveitamos a ação para trabalhar as habilidades e competências na área do esporte dos alunos” explicou.

Deise destacou ainda que a participação do aluno na competições está diretamente ligada a assiduidade e um bom rendimento escolar. “Um dos requisitos para o aluno participar da Jarlecíada é assiduidade e boas notas. Caso o aluno não consiga, ele é automaticamente tirado das competições. Com isso, conseguimos motivar os alunos a participarem dos jogos e, ao mesmo tempo, melhorar o rendimento escolar e o interesse dos estudos do nosso alunado”, enfatizou.

Jogos Internos Jarlecidas 2016 - Fotos Cleomir (23)As competições serão feitas a tarde, mas não influenciarão nas aulas regulares, pois as competições serão programadas. Um dos professores que estará diretamente ligado na ação será o educador de educação física, Adriano Mota. Segundo ele, a partir da Jarlecíada também é possível trabalhar valores humanos.

“Esta atividade é importante porque nela é possível trabalhar e suscitar diversos fatores, dentre eles, o respeito, o espirito olímpico e a disciplina”, afirmou.

Na competição há alunos veteranos que até já participaram do maior evento esportivo da rede  municipal de ensino, que é as Municipíadas. Dentre eles está Rodrigo dos Santos, que ano passado, fez parte da equipe que conquistou o 1º lugar no futsal e, que individualmente, foi campeão na modalidade de xadrez, conquistando o bicampeonato no esporte. Para Rodrigo, a ação representa uma oportunidade.

“Eu jamais poderia imaginar que iria ser campeão nestas modalidades. Hoje, sinto que a cada dia estou melhor como atleta, aluno e pessoa. E devo tudo isto a escola que me deu oportunidade de provar para mim mesmo que eu era capaz de competir e de tornar-me campeão”, disse.

Na final, que será na sexta-feira, 27, haverá  entrega de medalhas e troféus aos times e alunos campeões.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Projeto integra o ensino da educação física com várias disciplinas em escola municipal de Manaus

segunda-feira, abril 25th, 2016

Jogos de Construção Interdiciplinar Esc. Mul. Padre D'Vrires - Fotos Rodemarques Abreu (34)Alunos da Escola Municipal Padre João D´vries, no bairro da Colônia Antônio Aleixo, zona Leste de Manaus, aprendem durante as aulas de Educação Física assuntos voltados para a Língua Portuguesa, Matemática e Ciências. O trabalho faz parte do Projeto Jogos de Construção Interdisciplinares, que busca integrar o ensino de várias disciplinas, além de  desenvolver entre as crianças o trabalho em grupo e o reaproveitamento de materiais recicláveis, utilizados na elaboração das atividades.

O projeto foi idealizado pelo professor de Educação Física Dennys Gomes e está sendo aplicado para alunos do 3º ano do Ensino Fundamental, do bloco pedagógico. Nele, as crianças, com idade entre oito e 11 anos, constroem os brinquedos como bolas, jogos de boliche e argola e caça palavras, utilizando material reciclável como jornais, garrafas pet, que são utilizados durante a segunda parte do projeto, com a realização de atividades físicas.

O professor explica que a ideia é auxiliar no desenvolvimento das crianças de forma lúdica e integrar diversas disciplinas no processo. As crianças são estimuladas a desenvolver a interação com os números, letras, aprendizagem de palavras, além de estimular o trabalho em equipe. “O que nós buscamos aqui foi construir jogos com os alunos e buscar a interação entre eles, trabalhando questões como a cooperação e do quanto um precisa do outro, não só na escola, mas no dia a dia”, destaca Gomes.Jogos de Construção Interdiciplinar Esc. Mul. Padre D'Vrires - Fotos Rodemarques Abreu (11)

Após a elaboração dos jogos, os alunos partem para o desenvolvimento da parte física, em exercícios coordenados em pequenos circuitos de corrida, em que trabalham a parte aeróbica, coordenação motora, utilização de bolas, associados a desafios voltados para a Língua Portuguesa e Ciência, com o uso de caça palavras, feitos por eles mesmos a partir de cartolina, papel e tampas plásticas de garrafa.

De acordo com o professor Gomes, a ideia do trabalho surgiu em 2015, após ele observar que a Educação Física associada a outras disciplinas pode ser um importante aliado em tornar as aulas mais dinâmicas e interessantes e interferir direta e positivamente na melhoria da aprendizagem desses alunos.

“A educação física proporciona essa possibilidade de desenvolvermos uma série de assuntos além da parte de exercícios”, diz o educador que, no próximo dia 22, vai apresentar o resultado do trabalho durante o Congresso Internacional de Educação Física, que vai ser sediado em Manaus.

Boliche trabalha operações de matemática

Jogos de Construção Interdiciplinar Esc. Mul. Padre D'Vrires - Fotos Rodemarques Abreu (12)Outro exercício trabalhado no projeto uniu operações de matemática aos jogos de boliche, que são produzidos a partir de garrafas pet, papel crepom e areia e argolas, feitas de jornais usados, em que as crianças têm contato com os números e aprendem a resolver exercícios de matemática básica como adição, subtração, multiplicação e divisão.

A pequena Emanuelly de Carvalho Penha, 9 anos, é uma das alunas que participa do projeto. A menina, que é uma das estudantes com o melhor aproveitamento nas atividades, segundo os professores, ressalta que aprender outras disciplinas utilizando os jogos torna o estudo mais interessante. “Eu acho isso muito divertido e bem prático estudar assim. Às vezes, eu acho muito chato ficar só sentada e escrevendo. É mais legal brincar e aprender ao mesmo tempo”, conta.

A professora Aliete Silva, que divide com Dennys Gomes o trabalho, destaca que esse tipo de atividade tem apresentado bons resultados entre os alunos, principalmente, por se tratar de crianças que ainda estão passando pelo processo de alfabetização. “Esse tipo de atividade tem me ajudado muito na formação desses alunos, já que eles acabam ficando mais atento na formação das palavras, na aprendizagem das sílabas, o que ajuda na melhoria da ortografia deles”, ressalta.

 

Texto: Martha Bernardo

Fotos: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Cmei Dilsen Alves realiza atividade em alusão ao Dia do Livro

quarta-feira, abril 20th, 2016

20160420_140533Em comemoração ao Dia Nacional do livro Infantil, comemorado no dia 18 de abril, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Dilsen Silva Alves, localizado no bairro Coroado III, zona Leste, realizou uma atividade na última quarta-feira, 20, no período da manhã a tarde, envolvendo os 170 alunos do 1º e 2º período que estudam na unidade escolar.

De acordo com a gestora da unidade, Ádria Marinho,  durante a atividade foi estimulado  à leitura e  recontagem de obras de um importante escritor da literatura infantil brasileira. A gestora mencionou ainda que o evento teve o objetivo de propor um momento de aprendizado diferenciado e atrativo.

“Todo trabalho realizado durante esta semana buscou enfatizar a importância do estímulo à leitura e a valorização das obras  do autor e escritor Monteiro Lobato, que é um dos maiores representantes da literatura infantil do nosso país”, salientou.

20160420_141636A gestora destacou ainda que desde última segunda-feira, 18, até o dia do evento, os alunos participaram  de uma série de atividades em sala de aula.

“Durante esta semana os alunos participaram de inúmeras atividades, envolvendo por exemplo, contação de histórias e releitura das obras do escritor Monteiro Lobato”, mencionou.

Durante o término da programação em torno do Dia do Livro, professores, administrativos, a pedagoga, merendeiras e os profissionais de serviços gerais se caracterizam com os personagens Narizinho, Pedrinho, Dona Benta, Tia Anastácia, Saci, Visconde de Sabugosa, Emília, para representar e dramatizar uma das principais obras de Monteiro Lobato: O Sitio do Pica Pau Amarelo.

Depois da encenação os professores destacaram tanto a obra épica do autor quanto outras tão relevantes quanto do Sitio.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Divulgação Cmei Dilsen Alves

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Escola municipal do Colônia Terra Nova recebe doação de 450 livros de instituto

quarta-feira, abril 20th, 2016

Entrega de Livros na Esc. Mul. Raimundo Almeida - Fotos Rodemarques abreu (9)A Escola Municipal Professor Raimundo Almeida Lúcio, localizada na comunidade Rio Piorini, bairro Colônia Terra Nova, zona Norte, recebeu, na tarde desta terça-feira, 20, uma doação de 450 livros, entre eles, dicionários, gramáticas, obras de literatura e contos infantis. As doações vão compor o acervo bibliotecário da unidade escolar.

A doação faz parte da campanha “Doe livros, compartilhe conhecimento”, realizada pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed), que é uma organização social sem fins lucrativos com sede em São Paulo, mas que mantem um escritório em Manaus.

Entrega de Livros na Esc. Mul. Raimundo Almeida - Fotos Rodemarques abreu (1)A escola atende 1,3 mil alunos do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental e funciona no período matutino e vespertino. Segundo a gestora da unidade, Elissandra Silva, os livros vão ajudar a escola a desenvolver suas ações pedagógicas e, consequentemente, o aprendizado dos alunos. “Estamos muito felizes com a doação. Os livros vão ajudar no nosso trabalho pedagógico e influenciar diretamente no aprendizado das nossas crianças. Só temos a dizer: muito obrigado”, declarou.

A entrega foi realizada por uma comitiva do Imed. O diretor do instituto, Remidio Vizzotto, mencionou que após todo o trabalho de mobilização e arrecadação, que aconteceu no período de 4 a 19 de abril, a instituição estava com sentimento de dever cumprido em contribuir para o crescimento do universo literário das crianças.

Entrega de Livros na Esc. Mul. Raimundo Almeida - Fotos Rodemarques abreu (23)“Para nós foi um prazer contribuir no fortalecimento da aprendizagem desta unidade escolar. Estamos com sentimento de dever cumprido e, também , de maior responsabilidade, pois sabemos que vamos ser estimulados pela sociedade para fazer outra doações, pois esta campanha foi um sucesso”, afirmou ao destacar que a campanha arrecadou muitos livros pelo grande envolvimento das pessoas.

Durante a entrega, a coordenadora das Bibliotecas Escolares da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Silene Lima, afirmou que que as obras vão completar o acervo que virá ainda este ano para compor a unidade escolar. “Para completar o acervo da biblioteca, a Semed entregará kits de livros, contendo livros de pesquisa, da literatura amazonense, entre outros. Além disso, a unidade receberá livros advindos do Programa Nacional de Biblioteca Escolar (PNBE)”, disse.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054