Archive for the ‘noticias’ Category

Plano Municipal de Educação é aprovado na CMM

terça-feira, junho 23rd, 2015

O Projeto de Lei (PL) do Plano Municipal de Educação (PME) foi aprovado na noite desta segunda-feira, 22, em sessão extraordinária na Câmara Municipal de Manaus (CMM). De autoria do Executivo Municipal, o PL 190/2015 tem 20 metas e 216 estratégias que nortearão a educação do munícipio nos próximos dez anos. O Plano foi aprovado por unanimidade e segue à sanção do prefeito Arthur Virgílio Neto.

Para a criação do primeiro PME de Manaus foram contempladas 18 emendas parlamentares das 108 apresentadas. Entre elas, as que suprimiram os termos gênero, diversidade e orientação sexual das metas 04, 15 e 16 do Plano.

Para a secretária municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, a aprovação do PME na CMM antes do prazo estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC), que seria no próximo dia 24, é uma conquista para Manaus, sendo uma das primeiras cidades do país a aprovar o plano. Ela destacou, ainda, que o PME traz as diretrizes para solucionar problemas antigos da educação no município.

“São diretrizes macro para que em 10 anos consigamos equacionar os nossos maiores problemas como zerar o analfabetismo entre os que estão em idade escolar – até 14 anos; reduzir os índices de distorção de idade/série; melhorar a qualificação dos professores, oferecendo cursos de pós-graduação; ter docentes mais motivados para trabalhar; melhorar a infraestrutura das escolas, eliminando a figura do aluguel; entre outros”, destacou.

Na avaliação da secretária, estabelecer um plano para educação mostra maturidade da sociedade que entende que uma educação com qualidade é o caminho para uma sociedade melhor.

 

PARTICIPAÇÃO POPULAR

Durante a elaboração do projeto do PME, a Semed, junto com o Fórum Municipal de Educação (FME), realizou audiências públicas e disponibilizou digitalmente o documento para consulta pública para que todos pudessem participar, opinando sobre as metas e estratégias. Depois que o projeto seguiu para a CMM houve mais uma rodada de audiências em todas as zonas da cidade, liderada pela Comissão de Educação da Câmara, para que a população tivesse acesso ao documento.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo 

FOTO: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Educadores recebem formação para educação emocional e cultura da paz

terça-feira, junho 23rd, 2015

A cultura da paz por meio da educação emocional e social é a nova metodologia que está sendo desenvolvida com educadores de 31 escolas do município que participaram, na manhã desta terça-feira, 23, na Escola do Legislativa do Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), da formação inicial promovida pela Liga Pela Paz.

A metodologia prioriza a cultura de paz e não violência para educadores e educandos do Ensino Fundamental e está inserida no currículo da Educação Integral, com ações do Programa Mais Educação, beneficiando alunos do 1º ao 5º ano do município. Todos os educadores estão participando da formação inicial da metodologia e compartilhando experiências psicopedagógicas de cultura de paz.

“Toda metodologia de ensino tem base científica que está sendo repassada aos educadores do município. É uma ferramenta que todos usam, mas que ainda não foi sistematizada”, explicou Lauren Ribeiro, da Inteligência Relacional (Ribeirão Preto/SP), responsável pela formação.

A professora Letícia Melo, da Escola Municipal Elizabeth Beltrão, Santa Etelvina, zona Norte, disse que durante a oficina aprendeu muito e recebeu suporte para dinamizar seu trabalho com os alunos do programa, que é executado na escola.

Com um total de 125 alunos, a Escola Municipal Zenaira Bentes, l Castanheira, zona Leste, também trabalha com a ação Liga pela Paz. O coordenador do programa na escola, Tiago Rodrigues Torres, disse que encontrou nessa formação diferentes maneiras de trabalhar com as crianças de sua escola, sediada em uma área da cidade que convive com altos índices de violência e drogas. “Podemos reduzir os danos e riscos ao máximo trabalhando com as crianças não apenas a parte pedagógica mas, também, o emocional delas. O projeto permite termos uma educação de média para alta qualidade em nossas escolas”, avaliou.

 

Texto: Paulo Rogério

Foto: Lton Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

Projeto Família na Escola chama pais de aluno para dentro da sala de aula

terça-feira, junho 23rd, 2015

A aula na manhã desta terça-feira, 23, na Escola Municipal Leonor Uchôa, bairro São José, zona Leste, foi bem diferente do que costuma ser. Aproximadamente 90 alunos do 1º ano compartilharam o momento didático com pessoas muito especiais: os pais e responsáveis. É o projeto Família na Escola, criado como instrumento de aproximação entre o ambiente escolar e familiar, com a intenção de melhorar o desempenho e rendimento dos alunos.

“Nós percebemos que precisávamos fazer algumas ações para melhorar o rendimento dos alunos. Então, reunimos com os professores e pensamos em trazer os pais para dentro da escola, para que eles conheçam como é a metodologia do professor com a criança. Assim, o pai fica conhecendo o que, de fato, o filho dele precisa para melhorar”, explica Ilenilda Felipe, diretora da unidade. Ela tem convicção que os resultados do novo método virá a curtíssimo prazo: “Isso vai melhorar a relação escola x família e, consequentemente, melhorar o rendimento e avaliações nos próximos bimestres”, afirma.

O projeto será ampliado e atenderá, também, os estudantes do 2º e 3º ano do Ensino Fundamental. As aulas com os pais estão programados para agosto, após o recesso escolar.

Ideia aprovada

A experiência foi aprovada pelos pais e alunos. Em uma das classes do 1º ano, Marineide Alves acompanhava a interação da filha, Karla Thaíse, de 6 anos, na aula. A menina tem fama de tímida, mas ao lado da mãe teve um novo comportamento, amparada na segurança proporcionada pela presença da mãe. E o seu empenho foi motivo de orgulho. “Foi um momento único. Foi ótimo acompanhá-la e confesso que aprendi bastante sobre o dia a dia dela, porque a gente fica em casa e não sabe o que se passa na escola. Agora eu vou poder ensiná-la conforme a professora ensina aqui na sala, já sei como é o jeito”, observou a mãe Marineide. “Eu gostei, porque eu amo muito minha mãe”, afirmou Karla.

Para Juliana Santos, mãe da Isabelle, a experiência de participar da aula teve mais ingredientes um ingrediente de emoção. Ex-aluna da escola, ela andou pelas dependências da escola com um gostinho de saudades. “Além de estar aqui com a minha filha, pude relembrar minha infância. Reencontrei algumas professoras da minha época. A diretora é a mesma da minha época. Foi muito bom para mim e para minha filha esse momento”, disse.

 

Texto: Thiago Botelho

Foto: Divulgação

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

Semed apresenta resultado de chamada pública para o fornecimento de itens da merenda escolar

segunda-feira, junho 22nd, 2015

Das 18 associações e cooperativas que participaram da 1ª fase da chamada pública realizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), no último dia 17, 16 foram credenciadas para continuar no processo de compra de gêneros alimentícios destinados à composição da merenda escolar das escolas da rede. O resultado foi apresentado aos presidentes e representantes das instituições participantes, na tarde desta segunda-feira, 22, no auditório da Semed, localizada no Parque Dez, zona Centro-Sul.

Para este ano, serão destinados os 30% do total de R$ 40 milhões orçados para a merenda escolar, dentro do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), para a aquisição de itens da agricultura familiar. A metade do valor será custeada pelo Governo Federal e o restante como contrapartida da Prefeitura de Manaus, atendendo a Lei Federal 11.947/2009.

Com o resultado, o processo para aquisição de gêneros alimentícios segue para a fase de homologação e apreciação da secretária da Semed¸ Kátia Schweickardt. Em seguida, os itens das cooperativas e associações credenciadas serão analisados, como  informou o chefe da Divisão de Alimentação Escolar da secretaria, Leís Batista.

“A análise dos produtos será feita por uma comissão composta por duas nutricionistas e um membro do Conselho de Alimentação Escolar. Depois, começa o processo de contratação e a entrega dos itens nas escolas, que acontecerá até a segunda quinzena de julho”, destacou o coordenador.

Ao todo, serão disponibilizados 28 itens hortifrutigranjeiros, entre alface, couve, abóbora, mamão, açaí e pepino. Uma das associações que fornecerá itens à Semed será a Cooperativa Agroindustrial de Produtores do Projeto Uatumã. O presidente e agricultor Ozeas Martins ressaltou que o fornecimento dos insumos advindos de produtores rurais do município de Presidente Figueiredo é um meio de as famílias se manterem.

“A agricultura familiar nos dá oportunidade de planejamento. Ela permite a permanência do homem no campo, em seu habitat natural e, principalmente, dá a ele um meio viável e possível de sustentar sua família com dignidade e tranquilidade”, observou o presidente.

Também passaram para a próxima fase os agricultores do Conselho dos Assentados do Projeto de Assentamento Iporá. O presidente do Conselho, Mário Santos, ressaltou um dos benefícios para as cooperativas e associações com a venda dos produtos ao munícipio.

“O que nos deixa tranquilo enquanto produtores rurais é que os nossos produtos são vendidos por um preço justo e em grande quantidade. Com isso, produzimos mais e conseguimos mais recursos financeiros para as nossas famílias que vivem da agricultura”, salientou.

Para as compras dos itens de 2015, a Semed fez um aditivo ao contrato de 2014 de 25%, o que acabou gerando a compra de mais R$ 2 milhões em produtos. A expectativa da secretaria é fechar contratos de compras de R$ 10 milhões. No entanto, a meta do Governo Federal é alcançar R$ 6 milhões e a prefeitura mais R$ 6 milhões, como contrapartida. Para este ano, a secretaria está trabalhando com 30% do total do orçamento previsto para a alimentação escolar do exercício de 2015.

 

Texto: Emerson Felipe 

Foto: Rodemarques Abreu

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

CMEI Padre Luís Ruas realiza 9ª edição de Festa Junina

segunda-feira, junho 22nd, 2015

Bandeirolas, comidas típicas, balões e músicas típicas de arraial fizeram parte do cenário e do ambiente da 9ª edição Festa Junina do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Padre Luís Ruas, que fica localizado no bairro Mauazinho, zona Leste de Manaus. A atividade aconteceu na noite desta sexta-feira, 18, na quadra poliesportiva da Escola Municipal Nova Vida, localizada no mesmo bairro do CMEI.

No decorrer da festa, houve apresentação de quadrilhas, cirandas e boi-bumbá apresentados pelos 400 alunos do 1ºe 2º período da unidade escolar. Segundo a gestora do CMEI, Cristiane Nascimento, um dos objetivos da festa foi aproximar os pais e responsáveis dos alunos da escola.

“Esta festa foi feita com muito carinho e com muita dedicação. Começamos a nos articular desde abril. A nossa intenção com esta iniciativa foi propor um momento de socialização e integração entre a escola, pais e a comunidade”, ressaltou Cristiane.

A mãe do aluno Eduardo Efraim, de 5 anos, do 1º período, a dona de casa Vanessa Albuquerque elogiou a unidade escolar pela realização do evento. “Estou muito feliz e adorando a festa porque estou me sentido em um ambiente familiar e divertido. Parabéns a gestora, aos professores e a todas as pessoas que se envolveram para que este evento acontecesse”, parabenizou a mãe.

A mãe do aluno Guilherme Quirino, de 6 anos, do 1º período, Andreza Bernarde também aproveitou a noite para se divertir. “Não temos muita opção de diversão, então aproveitei a festinha para trazer meus filhos para ver as danças e brincar um pouco. A festa está muito legal e organizada”, comentou.

Durante o arraial, também teve o desfile do rei da rainha, inúmeras guloseimas e realização de bingos com diversos brindes e prêmios.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Divulgação CMEI Luís Ruas

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

Escola Municipal Firme na Fé realiza Festa Junina

segunda-feira, junho 22nd, 2015

Mais de 500 alunos participaram do 9º Festival Folclórico da Escola Municipal Firme na Fé, localizada no bairro Alvorada, zona Oeste, realizado no ultimo sábado, 20. O evento aconteceu na própria escola e reuniu, além dos alunos, os pais e demais comunitários.

De acordo com a gestora da escola, Rosely Lira, o evento é uma ótima oportunidade par fortalecer o relacionamento entre escola e família, além de incentivar os alunos a conhecerem as manifestações folclóricas.

“A nossa Festa Junina, assim como outras atividades, servem como forma de nós estreitarmos nossa relação entre escola e família, trazer os comunitários para o ambiente da escola. É uma festa que conta com o comprometimento de todos os funcionários da escola e ela é trabalhada como instrumento pedagógico por todo o corpo docente”, relatou.

A festa foi animada com grupos de danças compostos por alunos do 1º ao 5º ano dos turnos matutino e vespertino. Alunos do 1º ano A/B apresentaram a Dança do Beiradão, o 2º ano A/B dançou o Carimbó, o 3º ano A/B/C dançou o Boi Bumbá. Já os alunos do 4º ano A/B/C apresentaram a Quadrilha Junina e o 5º ano A/B/C dançou músicas dos Anos Dourados.

As apresentações continuaram com os alunos do 1º ano C/D/E/F com Xaxado, os do 2º ano com Cantiga de Roda, e os do 3º anos dançaram Axé, os 4º anos dançaram Frevo e os alunos dos 5º anos apresentaram a dança Country.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Divulgação da Escola

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

Educação emocional é trabalhada nas escolas do município

segunda-feira, junho 22nd, 2015

Começou nesta segunda-feira, 22, a formação em educação emocional oferecida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) a 300 profissionais do magistério. A formação está inserida no calendário escolar da rede desde o ano passado e faz parte da metodologia Liga pela Paz – um conjunto de atividades que visa transformar as unidades do Ensino Fundamental em ambientes livres de violência, com harmonia, respeito e compaixão, melhorando consequentemente o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes.

O Liga pela Paz é uma das ações do Programa Mais Educação e este ano ocorre em 36 escolas da Prefeitura de Manaus, atendendo a um total de 5,4 mil alunos da rede.

Para dialogar sobre a importância das emoções no processo educativo, até a próxima quarta-feira, 24, o professor João Roberto de Araújo, referência no Brasil em estudos, pesquisas e publicações sobre o tema, estará conduzindo o seminário: “As contribuições da Educação Emocional e Social para a Melhoria dos Índices de Aprendizagem e a Redução da Violência”.

Para a secretária municipal de Educação, Katia Schweickardt, o Liga Pela Paz pode se transformar em uma ferramenta de transformação não somente dos estudantes, mas também dos colaboradores da escola.

“Eu fiquei encantada com essa iniciativa do Programa Mais Educação, não só para trabalhar as emoções dos alunos, mas antes de tudo para trabalhar as emoções dos nossos colaboradores, gestores, professores, secretários de escolas. Eu fico feliz pelos diretores que aderiram a esse projeto e estou querendo me envolver para que outros façam essa adesão porque eu acho que, de fato, isso tem um potencial enorme de transformar a realidade das escolas”, defendeu a secretária.

De acordo com o professor João Roberto, existem pesquisas que apontam a situação emocional do aluno como a variável mais importante do aprendizado, daí, segundo ele, a necessidade de se trabalhar o tema de uma forma mais aprofundada.

“O ser humano é um ser de emoções e a criança aprende muito mais fácil quando tem condição de lidar melhor com as emoções. Existem pesquisas lideradas pela Unesco que mostram, cientificamente, que o clima emocional da escola e a situação emocional do aluno formam a variável mais importante para uma criança aprender melhor matemática, linguagem e todos os conteúdos oferecidos na escola. Essa variável emocional é mais importante do que a própria competência do professor nos conteúdos que ele leciona”, explicou Roberto.

A chefe da Divisão de Apoio à Gestão Escolar (Dage), Jussara Marques, informou que a Liga Pela Paz engloba, além de ações práticas, um acervo com livros didáticos sobre a temática, em que cada escola precisa comprar, através da verba oriunda do Programa Mais Educação, para poder iniciar as atividades. Segunda ela, o Seminário servirá, também, para sensibilizar os diretores que ainda não aderiram à importância das atividades.

“O Liga Pela Paz é um projeto que trabalha a paz, a harmonia dentro das nossas escolas, com os nossos alunos, por meio das emoções dos estudantes, da autoestima deles. Esse projeto vem justamente para trabalhar o aspecto psicológico do aluno. A ideia é que novas escolas possam aderir ao projeto, porque ele vem resgatar os valores, que muita das vezes passam despercebidos. Com o projeto e o bem-estar propiciado ao aluno, ele terá condições de aprender melhor”, destacou.

Melhorias

A diretora da Escola Municipal Carmen Haggi, Maria Ducineia Silveira, localizada na zona Norte, contou que em sua unidade de ensino, 125 crianças participam das atividades do Liga Pela Paz. Ela disse que desde o segundo semestre do ano passado, quando o projeto foi iniciado, observou que os alunos estão mais abertos para falar dos problemas que passam em casa e, também, melhoraram o relacionamento com os colegas de classe.

“Nós trabalhamos com crianças carentes, que têm dificuldades em seus lares. Eu vejo que essa atividade faz com que elas se expressem e, como consequência, tenham um melhor relacionamento com os colegas, tornando-se mais resolvidas emocionalmente e aprendendo mais facilmente”, observou.

 

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Lton Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

Corrida Rústica, do Abracinho e Jaavas 2015 estão com inscrições abertas

segunda-feira, junho 22nd, 2015

Estão abertas as inscrições para a III Corrida Rústica Abrace uma Pessoa com Deficiência, II Corrida do Abracinho e para os Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas) de 2015. Os interessados podem se inscrever até o dia 16 de agosto, por meio do site http://endurancemanaus.com.br/, para as corridas Rústica e Abracinho. E até o dia 31 de julho para o Jaavas, por meio do endereço eletrônico http://semed.manaus.am.gov.br/.

Os eventos são realizados pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Gerência de Educação Especial. A programação deste ano contará com várias instituições e entidades que trabalham com pessoas com deficiência. A ideia é chamar a atenção sobre a inclusão na sociedade.

A III Corrida Rústica deve contar com a participação de mil participantes, entre eles, pessoas com paralisia cerebral e visual, em um percurso de 5 km, com premiação que varia de R$ 100 a R$ 500. Já a corrida do Abracinho será direcionada a pessoas com todas as deficiências, com 300 vagas, na faixa-etária de 1 a 10 anos. As duas corridas vão acontecer no dia 22 de agosto, no Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste.

Quanto ao Jaavas, será disputado no período de 21 a 28 de agosto, reunindo aproximadamente 2,5 mil pessoas com autismo, deficiência intelectual, auditiva e visual, em alusão a Semana da Pessoa com Deficiência.

“A Corrida do Abracinho será promovida para que as crianças participantes tenham a consciência e um olhar diferenciado com as pessoas com deficiência. Já a corrida rústica será destinada aos adultos com uma premiação simbólica. Solicitamos a todas as pessoas que participem do projeto, abracem essa causa e viabilizem mais apoio às pessoas com deficiência na sociedade”, convocou a coordenadora do Jaavas, Shirley do Amaral.

De acordo com a coordenadora, a premiação será efetuada ao término das corridas. Outras informações podem ser obtidas pelos números 99350-1847 ou 99962-4300.

 

Texto: Paulo Rogério

Foto: Lton Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

Festa Junina do CMEI Maria do Céu reúne 600 comunitários

segunda-feira, junho 22nd, 2015

Pelo menos 600 pessoas, entre pais e responsáveis, professores e demais comunitários participaram da Festa Junina do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Maria do Céu Vaz D’Oliveira. O evento foi realizado na tarde do último sábado, 20, na quadra poliesportiva da Escola Estadual Maria Rodrigues Tapajós, localizada no bairro Redenção, zona Oeste de Manaus.

Com o tema “Raízes que cantam, dançam e encantam”, a Festa Junina contou com a apresentação de 150 crianças do Maternal III, 1º e 2º período que realizaram apresentações culturais em homenagem às três raças (branco, negro e índio), dançaram, ainda, quadrilha junina, kuduro, música country, frevo, dança do índio e sobre a miscigenação.

De acordo com a gestora do CMEI, Norma Wanzeler, o momento foi de aproximar a comunidade e a escola. Segundo ela, a participação dos pais, responsáveis e dos moradores do entorno foi muito positiva. “Tivemos a excelente participação da comunidade. Foi uma interação muito positiva entre a escola e os familiares de nossos alunos, pois sempre que convocamos a comunidade para participar de nossos eventos, somos prontamente atendidos”, comemorou a gestora.

Além das apresentações das crianças, a Festa Junina do CMEI promoveu o concurso infantil do rei e rainha mirim.

 

Foto: Divulgação CMEI Maria do Céu

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054

Alunos da Escola Municipal Santa Rita de Cassia tem dia especial sobre o Meio Ambiente

segunda-feira, junho 22nd, 2015

Os 420 alunos do 1º ao 5º ano da Escola Municipal Santa Rita de Cassia, localizada no conjunto Riacho Doce, bairro Cidade Nova 1, zona Norte, tiveram um dia voltado ao meio ambiente, na ultima sexta-feira, 19. A atividade contou com a parceria da concessionária Eletrobrás Amazonas Energia, que levou funcionários para explicar aos alunos a importância do consumo inteligente de energia elétrica.

De acordo com a gestora Simone Malveira, a escola aproveitou o mês de junho, em é realizada a semana do meio ambiente, para colocar em prática a importância da preservação do meio ambiente e conversar sobre sustentabilidade com os alunos.

“Nós temos a parceria da Eletrobrás Amazonas Energia desde 2012. Eles nos apoiam em projetos de sustentabilidade e esse ano nós decidimos fazer esse dia sobre o meio ambiente com diversas atividades, além de fazer uma preparação para a nossa feira de ciências e tecnologias, que ocorrerá após o recesso escolar”, explicou.

Conforme a gestora, esse ano a feira vai abordar o tema ‘Aprendendo a utilizar e economizar energia elétrica preservando a natureza e o bolso’. Para ela, é bom para os alunos tenham esse momento lúdico, mas sem perder a realidade do foco principal que é a preocupação com o meio ambiente.

Os alunos dos turnos matutino e vespertino prestigiaram o grupo teatral ArtCena, que encenou a peça ‘Este rio é a minha vida’,  abordando sobre a poluição dos rios e do meio ambiente em geral. Em seguida, seguiram para as salas de aula, onde puderam ouvir dos servidores da Eletrobrás Amazonas Energia, acompanhados dos professores, sobre a importância da economia de energia. Ainda segundo a gestora, os alunos realizaram atividades com materiais recicláveis, além de trabalhos de corte/colagem e pintura.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Divulgação Escola Municipal Santa Rita de Cassia

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054