Archive for the ‘noticias’ Category

Alunos de escola municipal aprendem sobre biodiversidade em aula prática no Cigs

sexta-feira, março 27th, 2015

Como forma de premiar os alunos com alto índice de assiduidade no reforço escolar, realizado no contraturno das aulas curriculares, a Escola Municipal Solange Nascimento promoveu, na manhã desta sexta-feira, 27, uma visita ao zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs) com a participação de 50 estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental. Na oportunidade, os alunos também visitaram a Oca do Conhecimento Ambiental/ Cigs.

O encontro foi coordenado pelos professores de ciências e serviu, também, como complemento da aula sobre a extinção dos animais da Amazônia, ministrado em sala na última semana.

“A ideia é premiar os alunos que participam do projeto do reforço escolar. Além disso, é importante que tenham esse contato para valorizar a biodiversidade, para aprenderem a preservar. Com isso, eles veem a importância da preservação da natureza. Hoje, fizemos uma aula prática do que já foi ensinado sala de aula”, disse o professor de Ciências, José Roberto Soares.

A maioria dos alunos que participou da visita mora na zona rural de Manaus e ainda não havia visitado um zoológico. O estudante Rivanildo Nascimento, 14, ficou impressionado com os animais e disse esse tipo de aula incentiva mais os estudos e torna o ensino mais atrativo.

“Eu estou filmando para ter uma recordação melhor e mostrar para os meus pais. Sair (da escola) é sempre melhor para o desenvolvimento escolar”, disse.

O aluno Marcelo Melo já tinha visitado o Cigs em outra oportunidade, mas ficou admirado em ver novas espécies de animais em exposição no local. Ele também ressaltou a importância das aulas práticas. “Nosso instrutor disse que vieram mais 11 espécies novas. É importante estar em sala de aula, mas de vez em quando é importante sair um pouco e conhecer coisas novas”, afirmou.

Para a aluna Fernanda Mácimo, 15, a visita foi uma aula de ciências de forma prática. No local, ela pode ver as espécies de perto e, segundo ela, o professor fará algumas perguntas sobre o tema na próxima prova bimestral.

“Vai cair algumas coisas na prova e eu estou observando tudo aqui para saber o que responder. Eu fiquei admirada com a onça. É um animal que está em extinção, que só ataca quando está ameaçada, fora isso é um ótimo animal”, observou.

De acordo com o coordenador da Oca do Conhecimento do Cigs, Paulo Ferraz Alves, a Escola Municipal Solange Nascimento foi a primeira escola da zona rural de Manaus a fazer uma visita ao local e conhecer também o Aquário Amazônico.

“A prefeitura fez um gol de placa ao construir juntamente com a Vemaqa (Vara Especializada do Meio Ambiente e Questões Agrárias) essa Oca do Conhecimento Ambiental nas dependências do Cigs. Para os alunos, é um ganho significativo no processo de ensino e aprendizagem”, disse o professor, lembrando que a ideia é trazer cada vez mais escolas ao local.

Texto: Thiago Botelho
Fotos: Lton Santos/Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Prefeitura e Sesi estudam cooperação técnica para creches

sexta-feira, março 27th, 2015

A Prefeitura de Manaus, por meio do Conselho Municipal de Gestão Estratégica (CMGE) e o Serviço Social da Indústria (Sesi) estudam a viabilidade de firmarem um convênio de cooperação técnica na área de creches. Administrador de uma creche que recebe mais de 2 mil crianças, o Sesi enviou representantes para uma visita técnica, nesta quinta-feira,26, à Creche Municipal Ana Lopes Pereira, na Compensa, zona Oeste, que foram acompanhados por membros do conselho. Anteriormente, a visita foi realizada na creche do Sesi, na zona Leste.

As visitas, de acordo com a presidente da Comissão Social do CMGE, Etelvina Garcia, foram sugeridas pelo conselheiro Moysés Israel, que também é membro da Comissão Social. “A creche do Sesi tem uma estrutura modelo e o nosso conselheiro Moysés colocou-a a disposição da prefeitura para que trocássemos experiências, informações e, futuramente, cheguemos a um termo de cooperação”, afirmou Etelvina Garcia.

A ideia foi reforçada pela Diretora técnica do Sesi, Rosana Vasconcelos, que afirmou já vislumbrar eventos que envolvam os profissionais da educação da unidade da instituição e da unidade municipal. “A nossa intenção é realizarmos alguns fóruns de aproximação de gestores e o grupo pedagógico, para que possamos trocar informações, trabalhos, conteúdos, experiências e projetos”, disse.

Passeio

Além dos representantes do Sesi, participaram da visita à Creche Municipal Ana Lopes Pereira os membros do CMGE Etelvina Braga, Moyses Israel, Dom Luiz Soares Vieira e Jeferson Praia, acompanhados pela secretária da Semed, Kátia Schweickardt. Eles conhecerem todas as dependências das creches e tiveram contato com as crianças.

“O que nós vimos aqui acima de tudo é uma equipe ultradedicada e vocacionada para o que faz. O que notamos é que a estrutura tem todos os recursos pedagógicos recomendados e muito bem aplicados pelos profissionais”, observou Etelvina Garcia.

A secretária da Semed falou sobre importância da educação na primeira infância e lembrou que a creche não é um deposito de crianças e sim um lugar aprendizado. “É importante entender que a educação começa em casa e logo na primeiríssima infância. Quanto mais cedo nós conseguirmos trazer as crianças para o convívio escolar, melhor. Além de uma questão de segurança e a possibilidade que os pais trabalhem, é realmente a fase onde se formam sinapses mentais, onde se formam o caráter, onde se começar a trabalhar com a criança a sociabilização, tudo isso em um ambiente com profissionais qualificados”, disse.

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: RODEMARQUES ABREU

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Prefeitura está aberta ao diálogo com os professores, diz secretária de Educação

quinta-feira, março 26th, 2015

A Prefeitura de Manaus tem buscado o diálogo e a valorização dos educadores, estabeleceu uma rede de negociação em cima de uma pauta apresentada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) e, por determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, está retomando uma comissão paritária, envolvendo várias secretarias para analisar os impactos financeiros das propostas. A informação foi dada nesta quinta-feira, 26, pela secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, que acompanhou o movimento de paralisação dos professores, nesta manhã.

Kátia informou que na terça-feira, 24, dia de sua posse na Semed, ela e o prefeito Arthur Neto conversaram com representantes do Sinteam, entidade com legitimidade para representar a categoria e que a Semed não foi procurada pelos representantes do manifesto desta quinta-feira para um diálogo ou apresentação de reivindicações antes do movimento.

“A prefeitura mantém-se aberta ao diálogo e vem executando medidas para a melhoria das condições de trabalho da categoria. Nós começamos as negociações em cima de uma pauta que o Sinteam nos apresentou. O Brasil está atravessando uma crise financeira muito grande e o município está dentro disso. Então, a gente não pode fazer coisas isoladas, sem olhar para o conjunto da situação”, defende a secretária.

Na avaliação dela, a paralisação, neste momento, é uma medida extrema. Kátia considera a greve um instrumento importantíssimo da democracia, mas que deve ser utilizado quando todos os canais de diálogo forem esgotados. “Pode ser que a coordenação desse movimento tenha considerado que, ao longo do tempo, os canais de conversa se fecharam, mas eu assumi a secretaria há dois dias e não estive, em nenhum momento, fechada para o diálogo”, disse.

Kátia ressaltou, ainda, que não pode concordar com um movimento de paralisação que deixou 71 escolas do município sem aulas. “Quando as nossas crianças e as famílias encontram a escola fechada, ficam completamente desassistidas. Isso atrapalha o dia de trabalho dos pais e atrapalha o processo de aprendizado dessas crianças”, finalizou.

Processo Seletivo Interno de Gestor Escolar da Semed tem inscrição aberta nesta quinta-feira

quinta-feira, março 26th, 2015

Começa nesta quinta-feira, 26, e seguirá até o dia 1º de abril, o período de inscrições para o Processo Seletivo Interno destinado à composição de Banco de Gestores Escolares da Secretaria Municipal de Educação (Semed). As inscrições deverão ser feitas pelo site da Semed: www.semed.am.gov.br, no link do Programa Municipal de Certificação e Composição de Banco de Diretores para Unidades de Ensino da Rede Pública Municipal de Manaus (Procert).

O edital para a realização do processo de certificação foi publicado na edição 3603 do Diário Oficial do Município (DOM), de 6 de março.

A seleção é destinada a professores e pedagogos efetivos da Semed, que devem ter graduação em Pedagogia e/ou outras licenciaturas; ter disponibilidade de tempo integral para possível empenho da função de diretor escolar e não ter sofrido nenhum tipo de sanção administrativa nos últimos dois anos, comprovado pela Comissão Interna junto aos setores competentes da Semed. Os candidatos devem ter experiência de, no mínimo, três anos em uma unidade escolar.

De acordo com presidente do Procert, Elinelson Souza, se o servidor não preencher os requisitos solicitados no edital, a inscrição do mesmo será negada automaticamente pelo sistema. “Quem não for professor ou pedagogo efetivo da Semed ou não tiver cumprido o estágio probatório, não conseguirá realizar a inscrição, pois os dados do sistema de inscrição serão de acordo com o que já constam no cadastro de setor de pessoal da Semed. Quando o servidor colocar o nome no espaço disponível, o sistema já vai identificando automaticamente, delimitando apenas para quem for compatível com os requisitos”, relatou.

Ao abrir o link do Procert no site da Semed, o candidato deverá preencher os campos com nome; CPF; RG; Sexo; Data de Nascimento; lotação; endereço; e-mail e telefone para contato.

Ainda de acordo com o presidente do Procert, quem já exerce a função de gestor, não vai perder o cargo, mas também deve fazer o processo para se tornar um gestor certificado.

“Atualmente, não há gestor certificado no quadro da Semed. Estamos implantando esta forma de escolha para valorizar aqueles que têm interesse de se tornar gestor e para que possam comprovar a capacidade de exercício da função. Quem já está na rede atuando como gestor vai continuar na função, mas é importante se certificar para poder ter diretos a benefícios futuros”, complementou.

A seleção e o processo de certificação não se constituem em concurso público e, portanto, não asseguram ao candidato direito à ocupação ou nomeação na função. Os aprovados comporão um Banco de Gestores e devem assumir o cargo apenas quando houver vacância. A partir da criação do Banco de Gestores, só poderá assumir o respectivo cargo aqueles servidores que obtiverem a certificação.

Etapas

O processo está dividido em cinco fases de caráter eliminatório e classificatório: 1ª Fase- Prova Objetiva e Conhecimentos Específicos; 2ª Fase – Avaliação de Perfil; 3ª Fase – Analise de Currículo; 4ª Fase – Programa de Formação e 5ª Fase – Resultado Final com homologação do banco de dados.

A data provável da prova será no dia 3 de maio. Na prova escrita constará: Conhecimentos Gerais com 15 questões de Interpretação de Texto e 10 questões de Noções de Informática. Além de Conhecimentos Específicos, com 10 questões de Legislação Educacional e 25 questões sobre Gestão Escolar, cada questão valendo 2 pontos, totalizando 120 pontos.

Os locais e horários das provas serão divulgados até o dia 20 de abril também pelo site da Semed.

TEXTO: JOÃO PEDRO FIGUEIREDO

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Professores da zona rural participam de seminário para discutir a educação no campo

quarta-feira, março 25th, 2015

Professores de 87 escolas da zona rural de Manaus participam desde esta quarta-feira, 25, do 2° Seminário de Educação do Campo e Escola da Terra no Contexto Amazônico. O seminário ocorre em tempo integral e termina nesta quinta-feira, 26, no auditório Rio Amazonas da Faculdade de Estudos Sociais (FES), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). A proposta é trabalhar conceitos para uma educação diferenciada nas escolas da área.

O seminário marca também o encerramento do Curso de Aperfeiçoamento em Educação do Campo – Prática Pedagógica e visa debater as políticas públicas da educação do campo.

Participam do evento educadores de 18 municípios do Amazonas, incluindo 64 professores do 1º ao 5º ano da rede municipal de ensino de salas multisseriadas.

O curso acontece durante dois dias na semana, sempre no final de cada mês nas dependências da Ufam. A ação faz parte do Programa Nacional de Educação do Campo (Pronacampo) do Ministério da Educação (MEC/Seceadi), em consonância com a Faculdade de Educação da Ufam, Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Semed, Núcleo de Estudo Interdisciplinar e Relações de Gêneros do Amazonas (Nereigam).

“O curso de aperfeiçoamento e o seminário visam levar uma educação diferenciada da educação urbana, sem deixar de lado o conteúdo. As aulas no campo devem ter nova metodologia, que é a pedagogia da alternância, porque o aluno vai para escola, mas tem o seu trabalho, inclusive há uma ligação entre trabalho e a educação”, concluiu a coordenadora adjunta do Curso de Aperfeiçoamento Escola de Terra da Ufam, Arminda Mourão.

De acordo com a assessora pedagógica das Escolas do Campo da Semed e interlocutora entre a rede municipal, a Seduc, Ufam e o MEC, Waldileia Cardoso, a prefeitura proporcionou aos educadores da rede uma especialização para que possam trabalhar melhor nas escolas na zona rural de Manaus.

“Foi selecionado um professor de cada escola e todos tiveram a oportunidade de trabalhar os conceitos sobre a educação do campo. Ou seja, do ponto de vista da identidade do professor do campo, qual é a realidade onde a escola está inserida, qual a diferença entre a personalidade e o comportamento de uma criança que está no ramal e outra do centro da cidade, com acessos a diferentes tipos de tecnologia”, explicou.

O professor Ilson de Souza Menezes, da Escola Municipal Santa Rosa 2, localizada no Baixo Rio Preto da Eva – Rio Amazonas, zona rural, explicou que a unidade atende a 50 alunos da educação infantil e do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Para ele, o seminário será importante para a implantação de projetos na instituição de ensino.

“O fechamento desse evento consolida o que aprendemos durante todo o curso. Nós vamos levar um benefício muito grande para a comunidade, porque conseguimos aprender técnicas novas de trabalho para ligarmos a comunidade à escola. Com isso, temos a oportunidade de trabalharmos um desenvolvimento maior em nossa área, que fica distante da capital”, frisou.

Seminário

Na abertura do seminário nesta quarta-feira, 25, houve o círculo de diálogo com tema “Políticas Públicas Nacional e Escola da Terra no Contexto Amazônico” e “Educação do Campo uma Nova Abordagem”, com representantes da Ufam, Seduc, MEC/Secadi e formadores da Escola da Terra.

Nesta quinta-feira, 26, a programação prossegue com circulo de diálogo, com oficinas de letramento, ensino da matemática, história/geografia, projeto de ensino na educação do campo e ensino de arte na diversidade, além de atividade cultural e exposição das experiências da Escola da Terra dos 18 municípios participantes do seminário.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Secretária de educação visita setores da Semed

quarta-feira, março 25th, 2015

O primeiro dia de trabalho efetivo da secretária Katia Schweickardt à frente da Secretaria Municipal de Educação (Semed) foi de aproximação com os servidores. A nova titular da pasta visitou parte dos setores da sede administrativa e conversou com os funcionários com o intuito de se apresentar e estreitar laços.

A secretária disse acreditar que as organizações têm muito a cara de quem as gere e, por isso, iniciou mantendo contato próximo, já que deseja mostrar aos servidores que veio para trabalhar e somar na busca da melhoria dos índices educacionais de Manaus.

“Eu tenho uma experiência de gestão que me ensinou, seja nas pequenas organizações ou nas gigantes como a Semed, que ninguém faz nada sozinho. O que fazemos (gestores) é facilitar processos. Um gestor moderno não pode se ver como uma autoridade sobre os demais, ele tem que se ver como alguém que é parte da equipe e que é um facilitador, um mediador dos conflitos, potencializador das qualidades, aquele que ajuda as pessoas a perceberem aonde elas poderiam render mais”, observou.

“Esse movimento de ir ao encontro das pessoas que colaboram com você dá um tom diferente na gestão. Então, para mim, não tem como começar sem eu saber exatamente com quem vou lidar, o que faz cada um, o grau de satisfação das pessoas em relação ao que elas fazem. Esse ir ao encontro das pessoas mostra uma forma de você se colocar a serviço e isso reverbera daqui para fora”, afirmou.

Em casa

A nova secretária da Semed visitou 11 setores que ficam no térreo do prédio da Semed. Em cada um deles, recebeu o carinho das pessoas e boas-vindas à educação municipal. Nos próximos dias, ela concluirá a visita aos setores. De acordo com Katia Schweickardt, a receptividade foi tão calorosa que ela já está se sentindo em casa.

“A primeira impressão (das pessoas) foi muito boa. Já estou me sentindo em casa. Acho que as pessoas entenderam quem eu sou, entenderam porque eu vim e estão me dando um voto de confiança. Estou muito agradecida por isso”, concluiu.

TEXTO: Thiago Botelho
FOTOS: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Nova secretária municipal de Educação toma posse

terça-feira, março 24th, 2015


O prefeito Arthur Virgílio Neto deu posse oficialmente, nesta terça-feira, à nova secretária municipal de Educação, Kátia Helena Schweickardt, nomeada no último dia 20. A cerimônia foi no Parque Municipal do Mindu e reuniu, além dos gestores e professores da rede municipal de ensino, secretários e vereadores.

Ex-secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Kátia Helena Schweickardt deixou a pasta após convite do prefeito para assumir a secretaria de Educação. Ela disse estar preparada para o desafio e garantiu empenho ao máximo para alcançar as metas da prefeitura voltadas à área.

“É um desafio grande, mas eu estou preparada. Minha formação, minha experiência, meu compromisso e espírito público, aliados a confiança do prefeito, ao apoio dos professores, dos servidores e da sociedade possibilitarão trabalhar a educação como um instrumento de cidadania plena”, disse a nova secretária de Educação.

Ao finalizar seu discurso, Kátia agradeceu o apoio que está recebendo dos educadores e disse que está aberta ao diálogo para buscar melhorias para a categoria, que ela qualifica como o fator principal para que a Semed desenvolva um trabalho de qualidade.

“Agradeço, sobretudo, a confiança dos militantes da educação no município de Manaus e dedico esse grande esforço, aceitando este honroso convite como uma homenagem minha, aqueles que acreditam que é possível construir a partir da Educação uma nova consciência planetária, um novo homem e uma nova mulher”,  finalizou a secretária.

O prefeito atribuiu a escolha de Kátia Schweickardt para a secretaria de Educação ao trabalho desempenhado por ela a frente da Semmas e por sua capacidade técnica. “Ela teve êxito dirigindo o órgão, estruturando uma secretaria verdadeiramente respeitada hoje. Eu imagino e tenho uma enorme esperança de que vamos apresentar uma nova realidade ao fim da gestão da Kátia”, explicou.

O prefeito lembrou que a meta de colocar Manaus entre as dez melhores cidades no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) continua e se faz necessária para fortalecer a educação no município.

“Já melhoramos de maneira significativa, mas não ao ponto de nos darmos por satisfeitos, porque a Manaus que eu peguei tinha uma posição ridícula em relação às grandes capitais e até mesmo em relação a cidades do interior do Amazonas”, disse o prefeito.

Em 2011, Manaus ocupava a vigésima posição em relação ao ensino de 1º ao 5º ano, o que resultava em um índice de 4.1. Em 2013, esse índice subiu para 4.6, colocando Manaus na 13º posição representando um crescimento de 12%.

Em relação aos alunos do 6º ao 9º ano, Manaus também saiu do 20º lugar para o 17º, aumentando o índice de 3.1 para 3.4, o que representou um crescimento de 9.6%.

 

Texto: Ulysses Marcondes/ Semcom

Fotos: Rodemarques Abreu/ Semed

 

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Educadores do município participam de formação para tornar as aulas mais atrativas

segunda-feira, março 23rd, 2015

Professores do 6º ao 9º ano de quatro Divisões Distritais Zonais (DDZs) da rede municipal de educação participarão durante esta semana de formação da Editora Positivo. O curso, que iniciou nesta segunda-feira, 23, vai orientar os docentes sobre como utilizar o Portal Aprende Brasil e o Portal Aprimora, além de outros recursos que a editora disponibiliza para agregar ao planejamento do professor em sala de aula.

A formação acontece nos laboratórios da Gerência de Tecnologia Educacional (GTE), na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizada na rua Maceió, no Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul.

O coordenador pedagógico regional da Editora Positivo José Carlos Walker Bohnenberger, explicou que todos os professores devem participar da formação que tem o objetivo de tornar as aulas mais criativas e dinâmicas.

“O Portal Aprende Brasil está repleto de atividades, sugestões, encaminhamentos didáticos e metodológicos para que os professores possam utilizar essa ferramenta para enriquecer ainda mais o trabalho que eles fazem em sala de aula. Precisamos de aulas estimulantes, criativas e diferentes. Os professores têm um planejamento e as atividades do portal têm que dialogar com o assunto que eles vão trabalhar”, informou.

Neste primeiro dia, apenas professores de língua portuguesa participaram da formação. Os professores das outras áreas receberão a formação durante a semana. Ainda de acordo com Bohnenberger, o Portal Aprimora, que é uma ferramenta de produção de texto, deve ser trabalhado durante toda a formação.

“Não vamos trabalhar a produção de texto apenas como os professores de língua portuguesa. Nós vamos conversar sobre o Portal Aprimora com outras áreas do conhecimento, pois queremos trabalhar o letramento e enriquecer ainda mais a produção de texto dos alunos. Outra ferramenta que iremos utilizar são os aplicativos matemáticos, que trabalham raciocínio lógico, solução de problemas, entre outros. Este será aplicado apenas para professores de matemática”, complementou.

Para a professora de língua portuguesa Nátaly Ramos Gama, da Escola Municipal Arthur Engrácio da Silva, a formação é uma importante ferramenta para que os professores consigam maior atenção dos alunos em sala de aula. “A formação é uma boa alternativa, já que os alunos estão ligados nas mídias e têm dificuldade em prestar atenção no conteúdo. Ela deixará as aulas mais dinâmicas e atrativas”, destacou.

Participam nesta primeira semana, professores das DDZs Leste 1, Leste 2, Centro-Sul e Norte. As outras divisões devem receber a formação em outra data, que será definida pelos representantes da Editora Positivo.

 

 

Texto: João Pedro Figueiredo

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Semed abre inscrição para cursos de informática básica e avançada

segunda-feira, março 23rd, 2015

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Gerência de Tecnologia Educacional (GTE), em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), iniciou nesta terça-feira, 23, as inscrições para o curso de informática básica e avançada em Word, Excel, Corel Draw e Photoshop. Os interessados terão até o dia 10 de abril para confirmar sua inscrição.

O curso de informática básica será gratuito e para se inscrever as pessoas interessadas devem apresentar a cópia do RG, CPF e comprovante de residência.

Com um total de 60 vagas, servidores das Divisões Distritais Zonais (DDZs) e da Semed terão a chance de fazer o curso, nas salas de informática do GTE. As aulas acontecerão de segunda à sexta, das 17h30 às 20h30, no período de 27 de abril a 03 de junho. As inscrições podem ser feitas na gerência, das 8h às 11h e das 14h às 17h.

Os comunitários que residem próximo às escolas municipais com suporte dos 219 Telecentros, também serão beneficiados com o curso de informática básica. Cada unidade de ensino terá um total de 24 pessoas. As inscrições dependerão do funcionamento de cada escola.

Segundo a gerente do GTE da Semed, Aldemira Câmara, o curso destinado à comunidade é mediante convênio entre o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI) e a Prefeitura de Manaus. Para ela, a qualificação é bem abrangente para todos.

“Tive uma reunião com a equipe do Cetam digital e foram autorizadas vagas para nossa rede, onde dividimos as turmas por Divisões Distritais Zonais e ainda houve duas turmas para os servidores da Semed. Dentre os cursos oferecidos, o Corel Draw e Photoshop, serão realizados em nossa gerência. Esses cursos fazem parte do projeto do Telecentro, que atende tanto a parte pedagógica, quanto os alunos e a comunidade, ou seja, aos estudantes e pais dos mesmos”, completou, mas lembrou que só poderão se inscrever alunos a partir dos 14 anos com a devida autorização do responsável.

Aldemira Câmara lembra que o curso de informática básica nas escolas, começa dia 27 de abril e vai até o dia 24 de junho. Para conferir as unidades do município que ofertarão o curso para a comunidade em geral, basta acessar o link https://db.tt/rRzk5XuZ 

Outras informações do curso podem ser obtidas com a coordenação dos Telecentros, por meio do número 98844-5316.

 

Texto:  Paulo Rogério Veiga

 

Secretaria municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Começa a formação dos profissionais que comporão o Núcleo Regional de Tutoriais

segunda-feira, março 23rd, 2015

Iniciou, nesta segunda-feira, 23, na Divisão de Desenvolvimento profissional do magistério (DDPM), a formação de tutores que comporão o Núcleo Regional de Tutorias Pedagógicas da Semed. Eles serão responsáveis por promover a formação e o desenvolvimento de equipes escolares, com base nos padrões curriculares e nas expectativas de aprendizagem da Semed. Eles serão tutores dos servidores que ainda estão em estágio probatório na secretaria.

A formação é uma das ações do Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem) e da Fundação Itaú, que tem como apoio técnico o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds).

De acordo com Dailla Menezes, coordenadora da Gerência de Formação Continuada (GFC) da Semed, a expectativa é que o número de tutores da educação chegue a 100 em dois anos.

“É uma formação gradativa, estão sendo capacitados, neste primeiro momento, cinco tutores que receberão a formação completa, para incorporar a missão da tutoria. No futuro, eles serão multiplicadores para mais 25 tutores e esses, no futuro, serão multiplicadores para mais 100. Eles vão trabalhar diretamente com os servidores em estágio probatório. Atualmente contamos com 488 profissionais nesta situação. A formação terá uma necessidade ainda maior após a entrada de novos servidores, por meio de concursos públicos futuros”, informou.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

 

Secretaria municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054