Archive for the ‘noticias’ Category

Servidor Destaque da Semed é escolhido

quinta-feira, novembro 5th, 2015

_MG_0013Funcionária da Escola Municipal Roberto dos Santos Vieira, bairro João Paulo, zona Leste, a auxiliar administrativa, Cássia Sirlete de Aguiar Batista, foi eleita como a Servidora Destaque de 2015, da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O sorteio ocorreu, na tarde desta quinta-feira, 5, no auditório Luiz Geraldo Pontes Teixeira.

A escolha foi feita por sorteio, acompanhado pela equipe do Cerimonial da Semed. Os critérios utilizados para escolha do funcionário se deu pela postura profissional, qualidade no atendimento ao usuário, bom relacionamento interpessoal, capacidade de implementar projetos e propor inovações, habilidade no trabalho em equipe e respeito e credibilidade junto aos colegas.

O evento obedece aos critérios da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), dentro do regulamento da Escolha do Servidor Destaque da Prefeitura de Manaus. O objetivo é valorizar os servidores que se destacam nos diversos órgãos do poder público municipal.

Segundo a gerente de treinamento da Divisão de Pessoal da Semed, Ray Câmara, no total participaram 33 servidores, entres funcionários da sede, das escolas municipais e das Divisões Distritais Zonais (DDZs). Para a coordenadora do evento, foi um momento especial para todos.

“O fator mais importante de tudo isso não é eleger um servidor, mas todos terem participado e terem indicados os nomes dos colegas de trabalho. Para _MG_0048nós a grande vitória desse evento foi promover a comunhão, aprofundar os relacionamentos, mostrar que a secretaria pode produzir bons frutos dentro do seu ambiente de trabalho. Não houve competição, mas um profundo reconhecimento, onde o servidor eleito, hoje (quinta), representa aquilo que a Semed considera um servidor que se destaca, ou seja, o colega participativo, respeitador, que reconhece o trabalho do outro colega, dinâmico, enfim, que se importa com o serviço público”, disse.

Graduada em pedagogia, Cássia Sirlete de Aguiar Batista, trabalha há 15 anos na escola, desde a inauguração. Para ela, foi uma surpresa, mas acima de tudo o reconhecimento ao trabalho realizado ao longo dos anos pela educação do município.

“Para mim é um reconhecimento do meu trabalho, que gosto muito e por isso, procuro executar sempre da melhor maneira possível. Confesso que não esperava ganhar, porque tem muita gente boa na rede, mas claro, que todos mereciam ganhar. Vou fazer de tudo para ser uma referência entre os outros colegas, porque esse título me dá mais responsabilidade, principalmente para contribuir cada vez mais com o nosso trabalho”, finalizou, ao dizer que o servidor está para servir a todos, em todas as situações.

Arrecadação

Paralelo à eleição do servidor destaque, a Semed, desde o último dia 26 de outubro, realiza a arrecadação de alimentos não perecíveis e brinquedos _MG_0053na rede municipal e nas divisões distritais de todas as zonas geográficas da cidade. A entrega será feita no dia 9 de novembro, no hall e em pontos estratégicos da Semed. O material arrecadado será destinado no mesmo dia para Semad, que encaminhará para as Instituições Carentes por ela selecionadas.

A gerente de treinamento da Semed, disse, ainda, que será realizado um Culto Ecumênico, no Parque do Idoso, no dia 10 de novembro, às 9h30, onde serão entregues placas, como homenagem da Prefeitura de Manaus, aos Servidores Destaques das secretarias. Na oportunidade, o setor da Semed que tiver a maior arrecadação de alimentos e brinquedos fará a entrega de forma simbólica de uma cesta básica e um saco de brinquedos no dia da festa.
Festa
A Prefeitura de Manaus realiza no Centro de Convenções, o Sambódromo, no dia 13 de novembro, às 18h30, a Festa do Servidor Público, com entrada gratuita. A programação contará com sorteios de prêmios aos servidores.

Texto: Paulo Rogério Veiga
Fotos: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Mais de 200 alunos das Ocas do Conhecimento Ambiental visitam Parque do Mindu

quinta-feira, novembro 5th, 2015

_MG_0067O Parque Municipal do Mindu, administrado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), recebeu nesta quinta-feira, 5, a visita de mais de 200 alunos atendidos pelas OCAs do Conhecimento Ambiental, geridas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), nas zonas Leste e Norte da cidade.

O objetivo da visita foi o de promover um dia de atividades alusivas à data comemorativa ao Sauim-de-coleira (20/10), espécie de primata criticamente ameaçada de extinção, com exposições de desenhos feitos pelos próprios alunos, caminhadas pelas trilhas, jogos ambientais, piquenique e uma gincana com perguntas e respostas sobre a espécie.

O projeto das OCAs é desenvolvido por meio de parceria firmada entre a Semed e a Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias (Vemaqa), do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), com apoio da Semmas.

_MG_0082As OCAs do Conhecimento funcionam como espaços não-formais de educação ambiental, onde é possível desenvolver ações socioeducativas que sensibilizem e despertem o interesse de crianças e jovens, alunos da rede municipal ou egressos dos Centros de Referência de Assistência Social da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) para as questões ambientais. As atividades acontecem sempre nos horários do contraturno escolar, tendo a temática ambiental como foco.

A assessora pedagógica das OCAs, Michele dos Santos, explica que para a grande maioria das crianças foi a primeira oportunidade de visitar uma unidade de conservação. “Nossa intenção foi a de possibilitar a eles esse contato com a fauna e flora do Parque do Mindu, onde é possível avistar grupos de sauins e outras espécies de animais silvestres”, afirmou.

Atualmente, há quatro OCAs em funcionamento na cidade, das quais três estão sob a coordenação da Semed – as OCAs Zona Leste (Grande Vitória), Zona Norte (Nova Cidade) e Puraquequara (Comunidade Bela Vista) – e uma gerida pelo Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs). Na visita ao Parque do Mindu, os grupos foram recebidos pela equipe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas.

_MG_0097As crianças puderam percorrer as trilhas do parque e participar dos jogos ambientais, brincadeiras e atividades físicas, sob a orientação do chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo. Ele ressaltou a importância desse contato com a fauna e flora para as crianças. “Procuramos desenvolver atividades de recreação e interação com a natureza, aproveitando para repassar ensinamentos sobre o sauim-de-coleira, bem como a questão das queimadas e dos resíduos sólidos, entre outras. Foi muito gratificante ver a alegria de todos eles em conhecer o Parque do Mindu”, afirmou.

A coordenadora disse, ainda, que as crianças passam o ano inteiro estudando sobre os temas nas escolas e, hoje, acontece a culminância de todo o trabalho realizado pelos professores. “É muito legal ver a reação deles, pois as crianças estudam em sala de aula, fazem pinturas e cartazes sobre determinando bicho e aqui, muitas vezes, eles têm o primeiro contato com o animal e ficam entusiasmados”, destacou.

Para o estudante da Escola Municipal Professora Aurenízia Costa de Jesus, Abrão da Silva, 11, a visita ao parque foi um momento para entrar em contato com a natureza e por em prática tudo o que aprendeu na OCA. “Eu gosto de fazer esses passeios que nos ajudam a aprender bastante. Eu sempre oriento meus vizinhos a não queimarem lixo e chamo a atenção quando estão fazendo algo que prejudica o meio ambiente”, disse ao lado do cartaz que pintou sobre o símbolo do nível crítico do sauium-de-coleira.

Texto: Assessorias da Semmas e Semed
Foto: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Propostas para a Base Nacional Comum Curricular devem ser feitas até o dia 12 de dezembro

quinta-feira, novembro 5th, 2015

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está mobilizando todos os servidores e a sociedade, interessada em contribuir com sugestões e ideias, para a formalização da proposta preliminar da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). As proposições podem ser feitas até 12 de dezembro no portal do Ministério da Educação (MEC), pelo link: basenacionalcomum.mec.gov.br, onde está disponível para consulta pública o documento preliminar. O MEC receberá todas as sugestões e produzirá a versão final do documento até junho de 2016.

A proposta da BNCC, que foi escrita por um grupo de especialistas, professores e representantes das secretarias estaduais e municipais de educação de todo país, em setembro de 2015, é buscar a padronização de, pelo menos, 60% do currículo da Educação Básica, além de assegurar que todo estudante brasileiro tenha o direito ao aprendizado de conhecimentos fundamentais, com equidade em todo o sistema educacional, independente da esfera de ensino.

De acordo com a gerente de Formação Continuada (GFC) da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Semed, Rosane Xavier, o texto da BNCC visa que o cidadão com um currículo base consolidado possa ter conhecimento básico global.

“Os 60% de currículo base fazem com que o conhecimento adquirido pela comunidade seja um currículo que dê conta para um homem deste século e para o futuro, para que esteja onde estiver, o homem tenha um conhecimento que garanta uma interlocução em todos os lugares. Esses conhecimentos devem dar conta de toda a demanda social, tanto local como global”, informou.

Para que a importância da participação seja levada para toda a sociedade, por meio das escolas, a Semed tem realizado reuniões com as Divisões Distritais Zonais (DDZs) para explicar como podem ser feitas as proposições. No site do MEC, quem quiser deixar suas propostas tem a opção de se cadastrar como:’indivíduos’, ‘organizações’ e ‘escolas’.

“Nossa responsabilidade, como Semed, é mobilizar todos de forma mais direta voltada para a educação, de propor questões mais coerentes, de maior reflexão, de mais refinamento pedagógico. É o momento de mobilizar as DDZs, os setores da secretaria, até chegar às escolas, que é o nosso principal foco”, salientou.

Conforme Rosana, já houve cinco grandes encontros desse trabalho em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc/AM), na qual se formou uma comissão estadual, da qual participa. “Estamos orientando os servidores das escolas para que reúnam todas as sugestões e participem com suas proposições como ‘escola’, mas quem quiser participar como ‘indivíduo’ também pode”, garantiu a gerente.

Dia D

Para marcar a participação de todos os servidores da rede municipal de educação, será realizado o ‘Dia D’ na Semed, no dia 1º de dezembro, onde todas as unidades de ensino vão parar para realizar o envio das propostas e fazer o encaminhamento no site do MEC.

“Este é o momento para propor alteração, permanência ou revisão textual de algum item para a formação do currículo. A base legal vem desde a Constituição de 1988, depois, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Tratou a necessidade de ter uma base comum e agora o Plano Nacional de Educação (PNE), que fechou com 20 metas e a meta 7 configura ainda mais a importância de uma base curricular nacional”, destacou Rosane Xavier.

Encontro

Voltados à BNCC, no dia 12 de novembro, coordenadores de Telecentros da Semed estarão reunidos na DDPM, no conjunto Vila Amazonas, zona Centro-Sul, para abordar o eixo tecnologia em todas as disciplinas e fazer uma agenda de mobilização nas escolas com os formadores.

“O encontro com o pessoal do Telecentro é para apresentar o texto da proposta preliminar, que está no site do MEC, fazer uma análise de como o texto foi construído e realizar uma oficina para elaborar a agenda de mobilização nas escolas com os formadores”, explicou a gerente.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

DACC ganha espaço revitalizado e passa a ter mais uma atribuição

quinta-feira, novembro 5th, 2015

Chá de Sala Nova na Prestação de Contas - Fotos Rodemarques Abreu (18)Há mais de 10 anos em funcionamento na sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a Divisão de Acompanhamento de Contratos e Convênios (DACC) ganhou, na tarde desta quarta-feira, 04, seu espaço revitalizado o que vai dar mais agilidade aos atendimentos, além de receber nova atribuição. O subsecretário de Finanças da Semed, Luís Fabian, participou da cerimônia de reinauguração da Divisão, destacou a importância do setor para o andamento da secretaria e elogiou a participação de todos os servidores que fizeram-se presentes na cerimônia.

De acordo com a chefe da DACC, Georgete Borges, a reestruturação da sala era um pleito antigo e que foi atendido na atual gestão. Segundo ela, foram duas semanas de muito trabalho para deixar o setor totalmente repaginado e com um layout diferenciado.

Chá de Sala Nova na Prestação de Contas - Fotos Rodemarques Abreu (26)Georgete informou, ainda, que além de já realizarem fluxos processuais, processos de pagamentos que envolvam o reequilíbrio, reajustes e repactuação de contratados de serviços prestados à Semed, o setor também irá fiscalizá-los.

“Antes dessa nova atribuição, a Semed tinha que formar uma comissão para fiscalizar os contratos de nossos prestadores de serviços. Agora, o setor será o responsável por essa demanda. Com isso e a revitalização do nosso setor, vamos poder dar celeridade aos processos financeiros, o que nos deixará muito mais motivados”, comemorou.

Com a revitalização, o DACC ganhou um layout diferenciando, ampliou o número de servidores para acompanhar o processo contratual no começo, meio e fim.

Texto: Auriane Carvalho
Foto: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

DDZ Leste 1 realiza atividade voltada a programação do Outubro Rosa

quarta-feira, novembro 4th, 2015

Gestores e assessores pedagógicos da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 1, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), reuniram-se no auditório do Cemeja Prof. Samuel Benchimol, localizado no bairro São José 3, para tirar dúvidas e obter esclarecimentos acerca do câncer de mama.

A atividade fez parte da programação do Outubro rosa, realizada em toda rede municipal de ensino, desde 2011, oferecendo consultas médicas e momentos de informação com objetivo de prevenir e evitar a incidência de casos da doença entre servidoras e servidores da secretaria.

No primeiro momento do evento, os participantes assistiram um vídeo educacional, destacando os sintomas, formas de prevenção contra a doença que ataca tanto homens, como mulheres e a importância de fazer o autoexame. Em seguida, foi feito um relato de experiência de um gestor e uma professora da divisão que obtiveram a cura definitiva da doença. O momento reuniu aproximadamente 100 pessoas. A chefa da DDZ Leste 1, Renata Moraes, destacou a relevância do evento.

“Nós servidores, investimos muito nosso tempo em nossas atividades profissionais diárias e, isso, é salutável e muito importante para o bom andamento do trabalho, mas por conta disso nos esquecemos um pouco da nossa saúde. Pensando nisso e visando na qualidade de vida de nossos servidores, fizemos este momento justamente para oportunizar esta qualidade de vida e um momento de esclarecimento”, explicou.

Para terminar a atividade foi realizada uma palestra motivacional, ministrada pela assistente social, Alessandra Collyer. Durante a explanação a palestrante destacou questões como auto estima, amor próprio, bem estar, a importância que as pessoas devem ter com sua saúde e com sua vida pessoal e profissional.

Câncer de mama

A patologia ainda é o tipo da doença que mais mata mulheres entre 35 e 54 anos em todo o mundo e sua incidência está aumentando devido ao aumento da expectativa de vida, da urbanização e aos estilos de vida. Estima-se para o Brasil mais de 57 mil novos casos da doença, segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). A taxa de mortalidade ainda é alta se comparada a de países desenvolvidos, pois a doença ainda é diagnosticada em estágio avançado.

Texto: Emerson Felipe
Foto: Divulgação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Cmei Elza Damasceno festeja dia dos Professores e do Funcionário Público

quarta-feira, novembro 4th, 2015

IMG-20151030-WA0000-1O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Elza Damasceno, localizado no bairro Santo Antônio, zona Oeste, realizou na noite da última quinta-feira, 29, o evento em comemoração ao dia do Professor e do Funcionário Público, reunindo mais de 30 pessoas. A noite de homenagens teve como temática “Obrigada Servidor, Estrela Damasceno!”.

Para as comemorações, a diretora, Delle de Karem, organizou, juntamente, com a sua equipe, um jantar com um cardápio diferenciado, além de bela ornamentação do ambiente, tornando o momento ainda mais especial. Na ocasião, todos os servidores foram homenageados de forma carinhosa pelo relevante trabalho desenvolvido na instituição ao longo deste ano.

Familiares também puderam participar do evento, que reuniu cerca de 17 funcionário e 15 acompanhantes. A programação contou com apresentação de vídeos, dinâmicas e brincadeiras onde todos puderam participar, o que deixou a comemoração com um ar de confraternização e interação entre a equipe de estrelas, forma como o grupo é conhecido nas redes sociais.

20151029_214222A pedagoga Sylvia Fonseca dirigiu a mensagem sobra a importância das boas amizades e a gestora discorreu sobre a importância e o valor de cada um dos profissionais que compõem a “constelação” do Cmei, onde todos os dias de trabalho os mesmos têm se dedicado a cumprir as suas funções com capricho, empenho e satisfação, visando sempre oportunizar o melhor para os alunos.

Para a gestora e coordenadora da ação, Delle de Karem, esta foi uma forma de expressar a sua admiração, valorização e carinho por todos que tão amigavelmente colaboram e contribuem com o seu trabalho, fazendo com que a escola seja, de fato, uma instituição de destaque na comunidade.

Para as professoras Samires Michiles e Marlucia Costa, a noite foi super agradável, as mesmas afirmaram terem ficado bastante agradecidas com a homenagem além de seus esposos que foram e também elogiaram bastante a programação. Ao final, ainda, houve sorteio de brindes e entrega de lembranças e vale presentes para todos os servidores.

Texto e Foto: Divulgação Cmei Elza Damasceno

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Aberto prazo para servidores da Semed solicitarem remoção para outra escola

quarta-feira, novembro 4th, 2015

O prazo de solicitação para a remoção de servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) começa nesta quarta-feira, 4, e seguirá até o dia 30 de novembro. A remoção pode ser solicitada por todos os servidores efetivos e em Regime de Direito Administrativo (RDA) que queiram trabalhar em outra escola da rede municipal.

A gerente de Pessoal da Semed, Olívia Costa, explicou que a remoção é um procedimento que acontece anualmente e em 2015 os servidores poderão fazer a solicitação por dois meios: pelo site da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), semad.manaus.am.gov.br, e pelo Sistema Integrado de Gestão Educacional do Amazonas (Sigeam), que funciona em todas as escolas.

“Quem entrar pelo site da Semad é só clicar no link ‘contracheque’, como se fosse solicitar a Cédula C ou o contracheque, mas agora tem a opção ‘Solicitar Remoção (Semed)’ e preencher os campos obrigatórios. Caso tenha problema com internet ou não consiga fazer de casa, o servidor pode ir na própria escola e solicitar pelo Sigeam, utilizando o comando ‘REMOÇÃO’. Lembrando que a solicitação de remoção pode ser feitar por todos servidores, não só por professores e pedagogos”, informou.

Ao realizar a solicitação, os servidores têm a opção de escolher até quatro escolas que queiram como destino, preenchendo o campo obrigatório e informando o motivo do pedido.

“Os campos obrigatórios estão destacados e os servidores têm quatro opções. A prioridade são os professores e pedagogos que ficaram ‘extra-lotados’ por término de turno ou de modalidade nas escolas, ou seja, aquela escola que é do 1º ao 9º ano, mas a demanda maior é para o 1º ao 5º, logo precisa de mais funcionários para esses períodos. O servidor pode pedir pelo motivo que ele quiser, principalmente aqueles que querem uma escola mais perto de onde moram”, orientou Olívia.

As análises e a organização de todas as solicitações começarão no dia 1º e encerrarão no dia 22 de dezembro. Já o resultado da remoção só será divulgado entre os dias 25 a 29 de janeiro, depois que as escolas já fecharem a grade para o ano letivo de 2016 e informarem a carga horária necessária para compor o quadro de funcionários, podendo assim realocar os servidores de acordo com suas necessidades.

Mais informações podem ser obtidas com a Gerência de Pessoal (Lotação) da Semed pelo número 3632-2278 ou 98892-4503.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Alunos do 5º ano da DDZ Rural fazem aula preparativa para a Prova Brasil

quarta-feira, novembro 4th, 2015

_MG_0024Um momento de descontração e dicas para obter sucesso em provas. Esta foi a tônica da ‘Aulinha’ para a Prova Brasil, realizada pela Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural para cerca de 800 alunos de 5º ano que ainda esse mês realizarão a avaliação do Ministério da Educação (MEC), que serve como nota para o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb). O evento foi realizado na Escola Municipal Maria Leide Amorim, na BR-174 e reuniu estudantes de mais 21 unidades de ensino localizadas nas rodovias de Manaus.

Antes do início das atividades, foi realizado um momento de ginástica laboral bem divertido. Em seguida, os estudantes assistiram um vídeo motivacional, que mostrou uma matéria do Fantástico, da Rede Globo, sobre um jovem estudante do Ceará, que tem deficiência física, mas que, mesmo com a limitação para se locomover, já foi bicampeão da Olimpíada de Matemática.

_MG_0033Na sequência, os professores deram dicas de possíveis perguntas que podem constar na Prova Brasil e alertaram sobre a importância da leitura das questões e a interpretação dos textos. O estudante Emanuel Vilena, da escola Maria Leide, aprovou a ‘aulinha’ e disse que os conselhos dados serão importantes na hora da prova. Ele disse que não está nervoso, pois, se preparou para esse momento.

“Essa aula é bastante diferente e divertida, além de nós termos a preparação para a Prova Brasil. Nessa prova eu espero um bom resultado. Eu estou muito bem e tirei boas notas. O que precisa fazer na prova é ler, interpretar a leitura e também marcar certo”, disse o garoto que sonha ser piloto da Aeronáutica quando crescer.

_MG_0051Expectativa
A aplicação da Prova Brasil para os 5ª anos será entre os dias 16 a 18 de novembro e a expectativa é muito grande por parte da direção da DDZ Rural. A gerente da Divisão, Edilene Pinheiro, acredita que as escolas terão boas notas e elevarão os índices do Ideb. A ‘aulinha’, segundo ela, é uma aposta da DDZ Rural para que os alunos consigam tirar a últimas dúvidas antes da avaliação.

“Nós planejamos uma aula bem atrativa, dando orientações para eles lerem com atenção, relerem as perguntas e ter o cuidado na hora de responder, porque isso vai interferir no resultado. É importante que eles estejam preparados, calmos e bem tranquilos para que possam fazer uma prova com o conhecimento que eles já aprenderam. É um momento de deixá-los relaxados e motivá-los mais ainda para que possam fazer uma boa prova e termos um grande resultado”, afirmou.

Texto: Thiago Botelho
Fotos: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Semed realiza 1º Sarau da Consciência Negra

quarta-feira, novembro 4th, 2015

IMG_2671Para dá inicio a mês de programação voltado a Consciência Negra, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou durante toda esta terça-feira, 3 no auditório do órgão, um grande sarau para divulgar e apresentar a cultura afro-brasileira aos seus servidores. Apresentações culturais e exposições no hall da secretaria fizeram parte da ação. Durante à tarde, houve declamação de poesias, contação de história, coreografias, apresentação a temática afro.

O evento tem a finalidade de divulgar a cultura africana e contribuir para uma reflexão sobre o sentido do termo Consciência Negra. Segundo a assessora de Diversidade da Divisão de Ensino Fundamental(DEF) da Semed, Lídia Helena, o evento deu inicio as atividades relacionadas ao dia da Consciência Negra na Semed. Ainda de acordo com a assessora, durante todo o mês de novembro a secretaria, por meio de suas unidades de ensino, trabalhará a temática com atividades no espaço escolar e em outros ambientes fora das escolas.

IMG_2630“Este sarau tem o intuito de dá visibilidade e mostrar a importância que a cultura africana traz em sua essência. Além disso, o evento marca a abertura do mês da consciência negra na semed. Daqui em diante promoveremos uma série de ações e atividades fora e dentro de nossas unidades educacionais, com objetivo de trabalhar a temática africana de forma mais abrangente, envolvendo alunos, professores, gestores e demais atores no processo de aprendizagem da rede municipal de ensino”, explicou.

Em todos os corredores e setores da Semed, estão espalhados elementos da cultura africana, como cartazes, objetos e frases alusivas ao tema. Sobre a iniciativa de fazer o primeiro sarau aos servidores lotados na sede, a chefa da Divisão de Ensino Fundamental (DEF), Lucila Bonila, destacou como positiva.

IMG_2613“Achei bem interessante a proposta desde sarau, porque foi pensando em forma criativa para chamar atenção dos nossos servidores. Notei, por exemplo, que foi espalhado nos corredores e demais espaços da secretaria a presença de diversos elementos da consciência negra”, mencionou.

Ainda durante o período da tarde, aconteceu o desfile de turbantes típicos da cultura africana com os servidores que estavam prestigiando o sarau. Beleza e exuberância marcaram o momento. Uma das servidoras que desfilou com a indumentária africana foi a chefa da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM), Núbia Breves. Ela enfatizou o que identificou sobre a proposta do sarau.

“Vejo este evento como um grande momento de discussão e de valorização da cultura afro. Acredito também que é uma grande oportunidade para trabalharmos a diversidade cultural, o respeito ao outro, o respeito a cultura afro, a cor negra e acreditado, ainda, que precisamos intensificar as ações como estas não só neste período, mas em todo o ano, pois são extremante relevantes para mudarmos a consciência e atitude de algumas pessoas, sobre a cultura africana”, disse.

Para fechar o evento foi realizado uma roda de capoeira.

Texto: Emerson Felipe
Foto: Deilson Lima

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054

Semed dá início às ações do Mês da Consciência Negra

terça-feira, novembro 3rd, 2015

RA - 03-11-15 - I Sarau da Conciência Negra SEMED - Fotos Rodemarques Abreu (10)Profissionais da rede municipal de educação participaram, na manhã desta terça-feira, 3, do I Sarau da Consciência Negra. O encontro foi um bate-papo e abre as atividades relacionadas ao Dia da Consciência Negra – 20 de novembro. Outras ações sobre a temática serão promovidas na rede até a data.

O encontro desta manhã ocorreu no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que há 12 anos promove atividades em alusão ao Dia da Consciência Negra. A ação foca na valorização da cultura afro na construção da sociedade brasileira e, principalmente, no combate à discriminação racial.

No auditório da Semed, assessores pedagógicos e servidores da sede puderam conhecer tudo o que a secretaria tem desenvolvido ao longo dos anos sobre o tema.

RA - 03-11-15 - I Sarau da Conciência Negra SEMED - Fotos Rodemarques Abreu (8)“O sarau visa trazer os servidores para refletirmos sobre o que é a consciência negra. A data e os eventos são formas de darmos visibilidade e mostrarmos a necessidade a respeito. É uma forma de refletirmos sobre coisas que ficaram escondidas durante muito tempo no nosso País, como por exemplo, dizer que o Brasil não é racista, não é preconceituoso, que todas as raças sempre viveram em condição de igualdade. Nós sabemos que isso não é verdade”, destacou.

“A cultura negra ficou invisível durante séculos. A consciência é um momento de refletirmos sobre isso. Queremos mostrar a importância de todos os grupos no processo de formação da identidade da população e da cultura brasileira”, completou a coordenadora de Diversidade na Semed, Lídia Moreira.

RA - 03-11-15 - I Sarau da Conciência Negra SEMED - Fotos Rodemarques Abreu (4)A gerente de Promoção da Igualdade Racial da Secretaria de Estado da Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Fabiana Saunier, participou do Sarau. Para ela, a educação é a porta de entrada para a mudança de consciência a respeito dos negros e sua cultura. Ela acredita que temas como a igualdade racial devam fazer parte da história e que as crianças desde a Educação Infantil já precisam conviver com essa experiência diária para dificultar a instalação do preconceito.

“A criança não tem preconceito, ela aprende ao longo da existência pelos exemplos dos mais velhos, pela família, e a escola tem essa função social de integrar. É preciso resgatar a nossa história, porque muitas vezes meninos negros sofrem preconceito por conta da cor, do cabelo, se acham feios, excluídos, mas se isso for trabalhado diariamente, não apenas no mês de novembro, a tendência é que diminua. As heranças africana e indígena fazem parte de quem somos aqui no Amazonas”, frisou.

I Sarau da Conciência Negra SEMED - Fotos Rodemarques Abreu (25)A subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, lembrou casos contra negros de repercussão na mídia nacional e afirmou que a educação tem sua responsabilidade na luta pelo fim do preconceito.

“A cultura afro-brasileira faz parte do currículo das escolas do município de Manaus. Esse momento é de celebrarmos todo o trabalho que vem sendo desenvolvido com relação à consciência negra. Nós queremos trabalhar contra toda forma de discriminação e também na valorização da cultura afro-brasileira. Essas questões de racismo têm pesado bastante na sociedade. Então, é preciso trabalharmos para percebermos que todos somos iguais, que não existe raça negra ou branca, que existe sim o ser humano”, afirmou.

No hall do prédio da Semed foram montadas exposições com máscaras africanas e turbantes. Haverá ainda apresentações de orixás.

Texto: Thiago Botelho
Fotos: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054