Archive for the ‘noticias’ Category

Secretário e gestores debatem soluções para escolas da DDZ Leste 2

terça-feira, maio 27th, 2014

O secretário Municipal de Educação (Semed), Humberto Michiles, ouviu gestores das escolas da Divisão Distrital da Zona Leste 2 com objetivo de superar as dificuldades enfrentadas nas unidades de ensino e garantir a qualidade da educação. A reunião ocorreu nesta terça-feira, 27.

Além de debater e solucionar os questionamentos dos educadores, na reunião também é uma oportunidade para esclarecer sobre diversas atividades da secretaria. O encontro contou com a participação dos subsecretários da Semed de administração e finanças, Luís Fabian, e de gestão educacional, Ana Maria Falcão.

De acordo com Humberto Michiles, sempre é importante ouvir os questionamentos direto dos gestores, pois são eles que trabalham nas escolas e sabem das dificuldades encontradas no cotidiano. Ele disse ainda, que a reunião serve para conhecer os problemas de todos os níveis para proporcionar uma qualidade melhor de ensino.

“São tratadas questões levantadas pelas escolas, diretores, parte pedagógica, parte estrutural. Assuntos que procuramos debater e procuramos uma solução conjunta, para oferecer condição de melhoria da qualidade de educação nas escolas. Toda estrutura e logística têm que ter como foco oferecer esse suporte para o professor, dar uma boa aula para o aluno. Assim, esse aluno tirará o melhor proveito possível das aulas”, informou.

O subsecretário municipal de Administração e Finanças, Luís Fabian, esclareceu sobre o reajuste salarial de 10% garantido para os educadores por meio de proposta do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, aprovada pela Câmara de Vereadores de Manaus.

Segundo a chefe da DDZ Leste 2, Socorro Duarte, os gestores tiraram proveito da reunião com o secretário. Ela credita no estreitamento de relação para melhor qualidade nas escolas.

“Esse tipo de reunião favorece o estreitamento de comunicação com a Semed/Sede, as DDZs e as escolas. Nesse momento que é oportunizado estabelecer o diálogo sobre as problemáticas e realidade escolar. As respostas vêm de imediato, pois o secretário está ouvindo as situações e podendo dar soluções para os problemas enfrentados nas nossas escolas”, relatou

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Lton Santos

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Alunos da Semed visitam a Câmara Municipal de Manaus

terça-feira, maio 27th, 2014

Cerca de 40 alunos da Escola Municipal Terezinha Moura Brasil, localizada na rua Ponce de Leon, bairro Compensa 2, zona Oeste, conheceram, na manhã desta segunda-feira, 26, as dependências e a história da Câmara Municipal de Manaus (CMM). A visita faz parte do projeto ‘Conheça sua Câmara’, da CMM.

De acordo com a coordenadora do programa, Laura Vicuna, os alunos passam a compreender o papel dos vereadores e entender como o trabalho dos parlamentares é executado. Durante a visita, os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental conheceram o plenário, a história da Câmara no memorial do prédio e assistiram a um documentário sobre o cineasta Silvino Santos.

“A visita é superimportante para exercer a cidadania, porque a maioria deles aprende que a Câmara só serve para fazer corrupção e este projeto dá uma alavancada no conhecimento dos alunos. Eles aprendem que é daqui que saem todas as leis que regem nosso município”.

Para o gestor da escola, Raimundo da Silva Santos, a visita permite que os alunos entendam um pouco mais sobre os poderes legislativos. “Eles têm muita dificuldade para compreender quem administra o Estado, a cidade e o País. Aqui eles vão ter uma visão geral do que acontece na Câmara Municipal. É um momento para reflexão e quando retornamos à escola, trabalhamos o tema com eles”.

A coordenadora da Divisão Distrital Zona Oeste, Regina Ortiz, explicou que a meta é que todas as escolas da zona oeste conheçam o espaço. Semana que vem será a vez da Escola Municipal Professora Eliana Lúcia. “A criança começa a entender a importância de participar das decisões do município. Entender todo o processo, como funciona e quem são nossos representantes. Às vezes, a visão que o aluno tem é que só existe político ladrão e não sabe de onde vêm os projetos”, disse.

A estudante Vitória Fernanda Gomes dos Santos, 14, visitou o parlamento pela primeira vez e contou que não imaginava como funcionava o trabalho dos vereadores. “Eu estou gostando muito da visita, pois eu não sabia que isso existia. Estou achando importante conhecer o trabalho dos políticos”, disse.

Já Dhemerson da Silva Souza, 16, quer ser político e ficou empolgado com a visita. “Eu gosto e pretendo ser vereador, mas eu não conhecia a Câmara e fiquei muito contente com a visita. Conheci o plenário e assisti vídeos sobre a história de Manaus e dos principais políticos da cidade”, contou.

 

TEXTO: Luana Carvalho

FOTOS: Lton Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Escolas da DDZ Sul participam de jogos seletivos para Municipíadas

segunda-feira, maio 26th, 2014

Foi dado início nesta segunda-feira, 26, os jogos de seletiva da Divisão Distrital Zonal (DDZ) da Zona Sul para a 17ª edição da
Municípiadas, organizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). Os jogos ocorreram no Centro Social Urbano do Parque 10, Zona Centro-Sul e contou com a presença de 7 escolas.

De acordo com uma das organizadoras do evento, professora Odisseia Ferreira, ao todo, 16 escolas da DDZ Sul devem participar desta seletiva, sendo selecionadas apenas as equipes que se classificarem em primeiro e segundo lugar de cada modalidade. “Hoje há jogos de 7 escolas, todos na modalidade infantil e juvenil, mas 16 devem participar, contando com a categoria mirim. Os primeiros colocados de futsal e queimada se classificam para os jogos em outubro”, relatou.

Além de classificar equipes para a Municipíadas, o amor ao próximo e a valorização do ser humano são alguns dos objetivos dos jogos seletivos, como destacou a professora de educação física e uma das coordenadoras da seletiva, Tânia Lozano de Melo. “Os jogos têm o objetivo de integração e socialização dos alunos, é um exercício de cidadania, respeito aos colegas, amor ao próximo e valorização do ser humano”, destacou.

Goleiro da equipe da Escola Municipal Vicente de Paula, o aluno do 9º ano, Renato Negreiros, disse que estava empolgado e quer levar a equipe pa

ra a decisão. “É a primeira vez que estou participando, é bom porque a gente conhece outras pessoas de outras escolas, interage mais. Espero agarrar muito para levar o Vicente de Paula para ser campeão”, informou.

As escolas participantes da seletiva da DDZ sul são as escolas municipais Padre Mauro Fancello, Antônio Matias, Anastácio Assunção, Ana Mota Braga, João Valente, José Wandemberg, Osvaldo sobreira, Padre José de Anchieta, Villa Lobos, Graziela Ribeiro, Nazira Chamma Dou, Padre Puga Barbosa, Tereza Rosa, Francisca Pereira, Vicente de Paula e Professor Paulo Graça.Apesar de ter começado os jogos perdendo, Bruno Souza, aluno do 6º ano da Escola Municipal Antônio Matias Fernandes, informou que os alunos devem aproveitar os jogos para se divertir. “Começamos perdendo de 4×0 no futsal, mas o bom é se divertir, aproveitar os jogos com alunos de

outras escolas”, relatou.

Muninicipíadas 2014

A 17ª Municipíadas ocorrerá do dia 16 ao dia 23 de outubro. Este ano traz como tema “Cultura de Paz e Solidariedade construindo uma sociedade onde todos têm direito de aprender”.

Criada em 1995, a Municipíada faz parte do calendário da Semed e serve como estratégia de inclusão social e descoberta de talentos esportivos para o município e para o estado.

Modalidades

Dividida nas categorias infantil, de 12 a 14 anos, e juvenil, de 15 a 17 anos, a Municipíada conta com 12 modalidades esportivas, individual e coletiva, sendo elas: atletismo, judô, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futebol, futsal, handebol, queimada, vôlei de praia e voleibol.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Cleomir Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Mais de 500 pessoas são beneficiadas com ação em escola da Semed

segunda-feira, maio 26th, 2014

Cerca de 500 moradores foram beneficiados com a iniciativa da Escola Municipal Professora Eliana Socorro Pacheco Braga de Souza, localizada na comunidade Santa Inês, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste. Neste sábado, 24, foi realizada na escola uma Ação Global, que contou com um grupo de 15 médicos do Amigos e Doutores em Ação Livre (ADAL), que realizaram, de forma voluntária, atendimentos médicos variados.

De acordo com a gestora da unidade Rossana Agahnejad, a escola fica situada em uma zona afastada do centro da cidade e dos pontos onde ficam a maioria das clínicas médicas, o que acaba dificultando a vida dos moradores. Com isso, a Ação Global se torna uma forma de facilitar a vida de quem precisa. “O grupo ADAL escolheu nossa escola e nós achamos muito bom, pois nós estamos em um mês que promovemos o Ato de Serviço, sempre levando assuntos importantes para os alunos, e tendo essa oportunidade de levar essa questão social para a comunidade é muito bom”, informou.

O ADAL, como informou a dermatologista Patrícia Akel, é um grupo de médicos formados há 25 anos que se reuniram para realizar um ato voluntário em locais que mais necessitam de acompanhamento médico. “Nós somos da turma de medicina de 88, decidimos criar esse grupo de amigos, todos com boa vontade e sem nenhum cunho político ou religioso e sim social.  O número de integrantes depende do dia do atendimento, pois sempre participa quem pode, quem não tem agenda em seus consultórios. Buscamos atender a população carente e ribeirinha, levar o médico para quem não pode ir. Fazemos um primeiro atendimento e receitamos o que pode ser receitado, se percebemos que algum caso precisa de um acompanhamento maior, nós encaminhamos para outro médico”, relatou.

Quem foi à escola contou com atendimento de ginecologista, dermatologia, pediatria, ortopedia, hepatologia, teste de hepatite viral, oftalmologia, cardiologia, além de todos os tipos de vacinação. A dona de casa Maria da Conceição saiu do bairro Nova Vitória, também na Zona Leste, para se consultar com um clínico geral. “É bom essa ação, pois pra fazer essa consulta eu teria que acordar cedo para ir pra longe. Ter aqui num bairro perto é bom”, ressaltou.

Já a auxiliar de produção Tácila dos Santos aproveitou a Ação Global para levar a sobrinha, de apenas seis meses de idade, para se consultar no pediatra. “Facilita esse atendimento por ser perto, trouxe minha sobrinha para saber o peso e como está a saúde dela, mais um acompanhamento de rotina e sem precisar sair do bairro”, disse.

Ação de Cidadania

Organizada pela Prefeitura de Manaus, a Ação de Cidadania, que ocorreu em um igreja, localizada na avenida Rio Negro, no bairro Mauazinho, Zona Leste, levou várias ações para os moradores do local.

Com a participação de várias secretarias municipais, a ação contou com atendimento de emissão de carteira de trabalho, atendimento jurídico, distribuição de mudas, encaminhamento para o primeiro emprego, atendimento oftalmológico, além de contar com a presença da Carreta da Mulher.

Grávida de 7 meses, Jaqueline Araújo, 27, aproveitou a Carreta da Mulher para realizar uma ultrassom e saber como está a gestação. “Pra sair do bairro é muito difícil, ter esse atendimento aqui foi ótimo, poderia ter mais vezes, fiz uma ultrassom e vou me cadastrar no Bolsa Família, tudo em um só lugar”, explicou.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) participou do evento com a distribuição de um ‘sopão’ para as centenas de pessoas que passaram pelo local procurando atendimento.

 

Texto: João Pedro Figueiredo

Fotos: Rodemarques Abreu

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Semed participa do 1° Fórum Juridico em Saúde Mental

segunda-feira, maio 26th, 2014

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) participou do 1° Fórum  Jurídico em Saúde Mental, realizado pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), na última sexta-feira, 23. Na ocasião, os programas de prevenção ao álcool e outras drogas,  da Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe), foram apresentados aos participantes.

Durante o fórum, a coordenadora do Programa Saúde do Escolar, Lourdes de Souza, apresentou os métodos utilizados pela Semed para trabalhar a prevenção do uso do álcool e outras drogas.

“Nós trouxemos todas as nossas ações. Trabalhamos questões de violência, prevenção de doenças e outros agravos, inclusive álcool e demais drogas. Quisemos compartilhar as experiências que temos nas nossas escolas e mostrar que a Semed trabalha a questão da prevenção de várias formas”, explicou. 

Ela informou, ainda, que gerência desenvolve ações de prevenção por meio de oficinas, palestras e concursos. “As próprias escolas tem seus projetos com esse tema”.

O fórum teve como objetivo prover e compartilhar informações que possibilitem a atualização de conhecimento em relação a disseminação e discussão  sobre as redes que envolvem o processo de prevenção, atenção, reinserção social, redução de danos e da oferta do uso e dependência de drogas.

 

Texto: Luana Carvalho

Fotos: Cleomir Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Prática de artes marciais reduz brigas em frente à escola

sexta-feira, maio 23rd, 2014

Levando a arte marcial para dentro da escola, como forma de aprendizagem, alunos da Escola Municipal Leonor Uchoa de Amorim, localizada no bairro São José, Zona Leste, apresentaram na tarde desta sexta-feira, 23, a 1ª Amostra de Lutas de Contato.

O evento, organizado pela própria escola, por meio do professor de educação física, Haroldo Couto, contou com a apresentação dos alunos, que começaram a aprender as artes marciais a partir do segundo bimestre deste ano.

Segundo Couto, a iniciativa partiu depois de perceber que os jovens estavam se reunindo em frente à escola, depois das aulas, para brigar entre si. “Na frente da escola estava acontecendo muita briga entre os alunos, inclusive entre as meninas, foi quando eu percebi que tínhamos que tomar alguma iniciativa. Daí, eu pedi autorização da gestora para trazer essa briga de fora da escola e transformá-la em esporte, trabalhar em sala de aula a essência do esporte e que não é apenas sair brigando. Apesar do pouco tempo para desenvolver o trabalho, nós já podemos dizer que está dando certo, pois a briga diminuiu fora da sala de aula e os alunos estão procurando bastante as artes maciais”, informou.

A Amostra de Lutas foi a oportunidade para os alunos mostrarem para o restante da escola um pouco de Kung fu, Karatê, Taekwondo e Jiu-jitsu. Representando o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, o mestre Osvaldo Alves prestigiou o evento na escola e aprovou a iniciativa.

“A luta como esporte só faz bem, disciplina, aproxima as pessoas. Foi uma iniciativa fabulosa, sempre é bom investir no esporte. O prefeito Arthur desde antes de ser prefeito sempre apoiou o esporte, agora mais ainda continua apoiando. A luta tem que ser trabalhada como um esporte do bem, como o futebol, pois também é um esporte saudável e que prolonga a vida”, destacou.

Com apenas 14 anos, Lucas Pereira, estudante do 9º ano, é praticante de Karatê e Kung Fu, durante o evento teve a oportunidade de apresentar um pouco do que já aprendeu com as artes marciais.

“A arte marcial é muito boa para a vida, faz a gente ter mais responsabilidade e entender que não temos que mostrar nas ruas o que aprendemos. Não é briga, é uma arte, que deve ser mostrada no tatame ou em apresentações como essa de hoje. A arte marcial faz a gente se dar bem com outras pessoas”, garantiu Lucas.

Ainda de acordo com o professor Couto, organizador do evento, a procura pela pratica das artes marciais já chega ao total de 10% de alunos da escola.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Rodemarques Abreu 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Educadores da zona Rural participam da Formação Tapiri

sexta-feira, maio 23rd, 2014

Cento e oitenta educadores da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural da Secretaria Municipal de Educação (Semed), entre professores da educação infantil, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, administradores e coordenadores do Programa Mais Educação, participaram da Formação Tapiri, na Escola Municipal Maria Leide Amorim, localizada na Comunidade São João, Km 4, BR 174, zona Rural da cidade.

A capacitação contou com 26 formadores da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Secretaria. Cada modalidade de ensino teve uma temática específica como: As especificidades da ação pedagógica com bebês e crianças pequenas (educação infantil); Estratégicas metodológicas para aprendizagem do sistema de escrita alfabética e recursos tecnológicos (1º ao 3º ano); Desenvolvendo a competência leitora (4º e 5º ano); Higiene e segurança no trabalho e na escola (administrativos), entre outros temas relacionados com a comunidade escolar.

A coordenadora pedagógica da DDZ Rural, Francisca Alcione da Silva, afirma que a formação é um complemento pedagógico importante aos educadores das escolas municipais, pela particularidade dos alunos que moram e estudam naquela zona geográfica da cidade.

“É relevante para nós, pelas condições de nossa divisão, onde essa formação vem contribuir muito, por ser contínua, que acontece três vezes ao ano. A formação contribui muito para gerar conhecimento cada vez mais para nossos professores e oportunidade que eles adquirem novos conhecimentos, e com isso, melhorar a prática pedagógica em sala de aula”, comentou.

Com temáticas diferenciadas por modalidades, uma das coordenadoras do DDPM, Dailla Menezes, responsável pelo polo da Escola Municipal Maria Leide Amorim, explicou sobre o trabalho com os profissionais da zona Rural da cidade, que tiveram a oportunidade de absorver mais de como trabalhar no processo de ensino aprendizagem.

“As metodologias foram planejadas, junto com a DDZ, onde nós sentamos e planejamos em conjunto. Fizemos formação de tempo integral com temáticas diversas. Os temas foram tratados em grupos de estudos de forma interdisciplinar, com especialistas e mestres, identificados com a disciplina de origem, em que interdisciplinarmente elaboraram, planejaram e focaram especificamente na educação do campo”, finalizou.

A professora do 2º ano e de reforço (português e matemática), Vânia Ferreira Pereira, da Escola Municipal Emanoel Rebelo da Cunha, localizada no Ramal do Brasileirinho, no bairro do Puraquequara, na zona Rural, participou da temática “Estratégicas metodológicas para aprendizagem do sistema de escrita alfabética e recursos tecnológicos”.

“Vou aproveitar muito essas informações, até porque só vieram enriquecer, ainda mais utilizando a ferramenta do recurso tecnológico, pois pela manhã houve a teoria e depois a prática. Essa formação vai ser muito boa para enriquecer o trabalho profissional diariamente na escola. Embora estejamos na área Rodoviária, isso vai ajudar a elevar nosso índice e aprendizagem de nossos alunos”, disse.

            Similar

A mesma formação ocorreu simultaneamente com 130 profissionais da educação infantil, do 1º ao 9º ano, administradores, serviços gerais, merendeiras, condutores de transporte (lancha) e monitores do Programa Mais Educação do Rio Amazonas. A capacitação aconteceu na Escola Municipal Manoel Chagas, na comunidade Bom Sucesso, na Costa do Tabocal, zona Rural de Manaus.

 

     

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Escolas municipais do Programa Saúde na Escola (PSE) participam de oficina

sexta-feira, maio 23rd, 2014

Coordenadores de 88 escolas municipais das zonas Norte 1, 2 e Sul do Programa Saúde na Escola (PSE) participaram da Oficina de Formação de Multiplicadores para Profissionais de Educação e Equipes de Saúde, nesta sexta-feira (23), na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM). Os assuntos abordados foram Agrotóxico e Aleitamento Materno, com tema “Promoção da Segurança Alimentar e da Alimentação Saudável”.

A ação faz parte da programação deste ano do Grupo de Trabalho Intersetorial (GTI) do PSE da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O evento contou também com representantes da Secretaria do Estado da Educação (Seduc) e das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde.

Para uma das coordenadoras do GTI do PSE da Semed, Lourdes Souza, as ações devem ser trabalhadas em parceria com a equipe de saúde e da escola, no sentido de realizar um programa proveitoso, com resultados positivos e alcançar bons índices com a comunidade escolar.

“Esse tema discutido na oficina de alimentação saudável, que perpassa também por aleitamento materno, é no sentido das escolas aprenderem a trabalhar e conhecer a questão da boa alimentação para uma vida saudável, além de saber sobre o risco de alimentação incorreta, tipos de alimentos que não fazem bem, o que se come no dia a dia, enfim, orientações essenciais para melhoria da qualidade de vida do aluno”, comentou.

Com pouco mais de mil alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, a Escola Municipal Padre Puga, bairro Japiim, zona Sul, desenvolve o Programa Saúde na Escola. A coordenadora do PSE na unidade educacional, Auristela Brasil Brito, uma das participantes da oficina considera o encontro oportuno para dinamizar o trabalho na comunidade escolar.

“É muito importante esse momento, porque adquirimos mais conhecimentos, na hora que fazemos a reunião com pais e professores. A gente passa essas informações das oficinas pra eles também poderem melhorar a vida das crianças na escola e em suas casas. As próprias crianças e adolescentes se tornam multiplicadores, o que massifica ainda mais esse trabalho”, contou.

Outra educadora que ficou satisfeita com o encontro foi Maria Neide da Silva Soares, coordenadora do PSE na Escola Municipal Djalma Passos, no Campo Dourado, zona Norte. Segundo a educadora, ela vai aproveitar as informações da oficina para intensificar as atividades com os 400 alunos do 1º ao 5º ano da escola.

“Por meio dessas orientações da oficina, nós vamos ter como orientar melhor a população escolar. Dentro desse tema abordado, temos como passar aos pais da escola os conhecimentos, que já estão sendo orientados, onde eles têm parabenizado a escola, porque antes a criança não comia verdura, feijão e outras coisas saudáveis, mas hoje todos estão bem conscientizados. Esperamos que nossa clientela escolar tenha uma vida melhor, sem esquecer também da família das crianças para conseguir nossos objetivos”, finalizou.

            Programação

O cronograma das capacitações do PSE 2014, no dia 26 de maio, será na Escola de Enfermagem, com os profissionais da educação das Divisões Distritais Zonais (DDZs) Norte, Sul, Oeste, Leste e Rural. Pela manhã, os temas discutidos serão “Direitos sexuais/saúde reprodutiva” e “Prevenção do álcool, crack, tabaco e outras drogas”.

Já no dia 27 de maio, em tempo integral, também na Escola de Enfermagem, os educadores das DDZs Norte, Sul, Oeste, Leste e Rural, irão acompanhar o tema “Protagonismo juvenil DST/AIDS

            PSE na Semed

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), desde 2008 aderiu ao Programa Saúde na Escola (PSE). A Secretaria conta hoje com 88 escolas municipais de todas as zonas geográficas. São beneficiados pouco mais de 55 mil alunos da Educação Infantil e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Rodemarques Abreu

Secretário da Semed anuncia construção de quatro escolas na zona leste

sexta-feira, maio 23rd, 2014

O secretário Municipal de Educação, Humberto Michiles, anunciou, na manhã desta sexta-feira, 23, a construção de quatro novas unidades de ensino na zona Leste, com as obras previstas para iniciar até o fim do ano. O anúncio foi feito durante uma reunião, com gestores da Divisão Distrital Zonal da Zona Leste 1 (DDZ 5). O encontro aconteceu na Escola Municipal Leonor Uchoa de Amorim, localizada na rua Xiborena, bairro São José 1.

“Nós já definimos os terrenos. Inicialmente, vamos começar com essas quatro unidades, pois precisamos criar mais escolas do Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano). Temos muitas escolas do fundamental 1 (1º ao 5º ano), mas se o aluno terminar as primeira séries e não tiver escolas próximas para continuar os estudos, ele acaba indo para outro bairro e acaba se tornando um candidato a evasão escolar”, explicou Michiles.

De acordo com o secretário, a previsão é que as obras iniciem no segundo semestre deste ano. “São escolas com novo padrão, com todas as dependências necessárias, além de salas de aula de acordo com o novo projeto. São certamente escolas que vão fazer a diferença em termo de comodidade, propiciando uma melhoria da qualidade de educação”, completou.

A mudança da rede de internet nas escolas, que agora será por meio de rádio e um software, para melhorar o processo de demandas das escolas para a Semed, também foi apresentado aos educadores. Além disso, melhorias educacionais e problemas de infraestrutura de cada unidade também estiveram em pauta.

Melhorias

Durante a reunião, o subsecretário de Administração e Finanças, Luiz Fabian Barbosa, explicou as mudanças salariais, de acordo com a lei nº 149/2014, aprovada na última quarta-feira, 21. “Além do reajuste de 10%, benefício dado pelo prefeito diante de um esforço tremendo para gente fazer a adequação orçamentária da secretaria, fizemos outras grandes modificações. Primeiramente, a mudança do sistema de remuneração de subsídio para vencimento, com isso tornamos o plano mais fácil de ser compreendido e eliminamos 76 tabelas financeiras. Isso viabiliza o pagamento de eventuais abonos para distribuição de sobras do Fundeb”, explicou ele.

A Semed também garantiu auxílio transporte aos gestores das escolas e mudança na regra de reenquadramento financeiro para garantir aos servidores uma aposentadoria mais digna. “Antes, o servidor precisava ter 25 anos de dedicação ao município para se aposentar. Com a nova lei, basta que o professor tenha 25 anos de dedicação ao magistério, seja na Semed, na Seduc, ou em outra cidade para solicitar o reenquadramento”, informou o subsecretário.

Além de Michiles e Luiz Fabian, o subsecretário de infraestrutura e logística, Franklin Janã Pinto, e a subsecretária de gestão educacional, Ana Falcão, também participaram do encontro.

A diretora da Escola Municipal Leonor Uchoa, Telma Malheiros, contou que as reuniões mensais marcam um momento importante para a educação nas escolas. “São nesses encontros que discutimos os planos pedagógicos e administrativos, de infraestrutura e demais problemas. As reuniões são bastante construtivas, pois mostramos todas as nossas necessidades e anseios. Também é um momento de confraternização”, disse.

Texto: Luana Carvalho

Fotos: Lton Santos

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Escola da Semed realiza programação para aproximar escola da comunidade

sexta-feira, maio 23rd, 2014

Para aproximar a comunidade das atividades escolares, a Escola Municipal José Tavares de Macedo, no bairro Santa Luzia, zona Sul, realizou nesta sexta-feira, 23, um encontro com pais de alunos e comunitários. Na oportunidade, os pais conheceram o trabalho desenvolvido pelos alunos da escola. O tema do evento foi “Escola e família juntas para marcar um gol de placa na cultura de paz e solidariedade”.

De acordo com a gestora da escola, Raimunda Alvacir, a comunidade tem que caminhar junto com a escola, por isso eles precisam saber o que os educadores fazem dentro de sala de aula. “É um evento aberto para a comunidade, principalmente para os pais dos alunos. Nós mostramos os índices de aprendizagem da escola, mostramos o que trabalhamos com os alunos e eles acompanharam apresentações de seus filhos sobre paz e solidariedade. A intenção era passar uma mensagem de amor entre a família”, explicou.

Com dois filhos e uma neta frequentando a escola, a diarista Maria do Socorro informou que acha muito importante a participação da família no trabalho da escola e o acompanhamento dos pais na aula dos filhos. “Eu não perco uma reunião ou apresentação dos meus filhos e da minha neta. Se for preciso eu troco o dia do meu trabalho, mas não deixo de acompanhar as atividades dele, pois assim eles se sentem bem e nós nos sentimos seguras. O trabalho da escola aqui é muito bom”, destacou.

A opinião é semelhante da dona de casa Kátia Cristina Ribeiro, que já acompanhou a formação de dois filhos na mesma escola e agora está presente em todos os eventos que a filha de 9 anos participa. “Eu gosto de acompanhar, é bom participar dos eventos da escola. Venho em todos”, informou.

Ainda de acordo com a gestora, fazendo uma alusão ao tema do evento, os pais dos alunos marcaram “um gol de placa” ao participar em grande número da programação. “Vieram em grande número, foi muito boa essa interação. Esperamos continuar assim”, relatou.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Cleomir Santos 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054