02/09/12 | 19:31
Aniversário da Escola Municipal Leonor Uchôa Amorim

Com o tema “29 anos educando para a vida”, a Escola Municipal Leonor Uchôa Amorim, bairro São José, Zona Leste da cidade, comemorou na última sexta-feira, 31, mais um ano de sua fundação junto com alunos, professores, servidores, convidados, pais e a comunidade em geral.

A solenidade aconteceu na quadra da unidade educacional. Ao longo dos anos a escola tem contribuído para a formação de crianças, jovens e adultos. Hoje, funcionando nos três turnos, com um total de 1.395 alunos do ensino fundamental do 1º ao 9º ano, Programa de Aceleração de Aprendizagem (PAA), Educação Especial e Projovem Urbano a unidade é uma referência naquela zona geográfica.

A Escola Municipal Leonor Uchôa Amorim desenvolve cerca de 30 projetos e programas junto à comunidade escolar. São ações da própria unidade e da Secretaria Municipal de Educação (Semed), tais como: “A cor da cultura”, “Biblioteca no pátio”, “Consciência negra”, “Família na escola”, “Cultura no pátio”, “Agenda ambiental”, “Valorizando a pessoa idosa”, entre outros.

O diretor da escola, Ivan Maranhão de Souza, destaca a evolução alcançada pela comunidade escolar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011 com números positivos de 4,3 do 1º ao 5º ano e do 6º ao 9º ano com a marca de 4,4, superando os índices obtidos no último Ideb de 2009. Segundo o educador, o crescimento é significativo e coloca a escola dentre as primeiras na Zona Leste de Manaus na avaliação nacional, além de destacar a importância do trabalho que é realizado pelos profissionais da educação em prol do ensino-aprendizagem.

“Esses 29 anos de existência são brindados por uma boa qualidade de ensino e de estrutura, acredito que nosso trabalho tem sido de forma homogênea, formado por uma equipe maravilhosa que proporciona à escola um padrão muito superior. O nível de educação que temos aqui é de escola particular, ou até melhor. Nossa escola é tida como referência, por isso os bons resultados no Ideb, e temos trabalhado para seguir com essa boa qualidade de ensino”, finalizou.

A Professora Maria Firmina Freitas dos Santos trabalha desde a inauguração da escola, ou seja, há 29 anos. Segundo a educadora, ao longo de todos esses anos dedicados a educação fica muito satisfeita ao ver um aluno que passou pela escola e hoje cursa uma faculdade.

“Nossa evolução tem sido muito grande com os colegas professores, o material didático oferecido aos nossos alunos é bom, a estrutura da escola também, enfim são vários itens que colocam nossa escola em um patamar bem destacado. Pessoas que encontro na rua dizem: ‘Professora, eu estou fazendo faculdade e agradeço pelo seu conselho e ajuda’. É algo que fico emocionada”, declarou a professora.

“Acredito que ao longo destes 29 anos a escola tenha realizado um trabalho excelente. Digo isso, porque desde quando entrei nesta escola aprendi diversas coisas que irei levar para toda a minha vida, como ler, interpretar textos e fazer cálculos matemáticos com mais precisão”, afirmou a aluna do 5º ano, Ana Carolina, 10.

Ao perguntar da estudante em que área quer se formar quando terminar o ensino médio, respondeu em arquitetura e ainda citou que a unidade educacional tem um papel importantíssimo nesse processo.