26/07/12 | 16:32
Alunos e professores da EM Bem-Te-Vi participam de treinamento no Corpo de Bombeiros

Alunos, professores e servidores da Escola Municipal Bem-Te-Vi, bairro Coroado, Zona Leste da cidade, participaram na manhã desta quinta-feira, 26, de mais uma etapa do treinamento da brigada com aulas práticas de como manusear o extintor de incêndio e ainda assistiram a uma palestra sobre o trabalho realizado pelo Corpo de Bombeiros, no auditório da corporação, bairro Petrópolis, Zona Oeste da capital.

A Semed implanta na rede municipal de ensino um trabalho inédito de prevenção a incêndios. O Projeto “Brigada nas Escolas” atenderá as escolas municipais de todas as zonas geográficas da cidade. A Escola Bem-Te-Vi é a pioneira dentro da rede e está recebendo as informações para a formação da equipe de brigada de incêndio da própria unidade educacional.

A programação que iniciou no último dia 23 (segunda) termina nesta sexta-feira, 27, sempre no período matutino. A comunidade escolar teve a oportunidade de aprender sobre evacuação em casos de incêndios, rota de fuga, abandono de área, palestras de primeiros socorros, entre outras informações inerentes a questão de incêndio.

“Esse momento tem uma importância grande que dará aos funcionários informações básicas de prevenção de combate ao incêndio e primeiros socorros. Nós estamos muito satisfeitos por essa oportunidade. Nós temos os extintores na escolas e com esse aprendizado saberemos de como manusear e usar o material por conta da formação oriundo do projeto”, completou a diretora da escola, Claudete Gomes.

O chefe do Corpo de Bombeiros, Cel. PM Salin enalteceu a parceria firmada entre a Semed e a corporação na formação da primeira equipe de brigada de incêndio. Para o gestor militar é dessa maneira que se inicia um trabalho proveitoso, ou seja, tendo o cuidado com a prevenção que começa na base que é a criança.

“Esses participantes serão os agentes multiplicadores e como tem educadores participando da formação há a necessidade de passarmos as orientações para que possam saber como agir em caso de situações de incêndio. O Projeto é pioneiro e o Corpo de Bombeiros vê com bons olhos qualquer órgão em firmar a parceria para justamente atuar como agente multiplicador em casos dos pequenos fenômenos que causam um incêndio”, concluiu.